Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




‘Estrangeiros’ nas selecções?

Rui Gomes, em 28.11.22

image (1).jpg

No Qatar estão 32 selecções com um total de 832 jogadores de 53 nações diferentes, em que 137 não jogam pelo seu país de nascimento. Confuso? Não. Afinal, este é o Mundial da globalização (onde ironicamente nem todos podem expressar-se livremente). Na selecção de Marrocos, por exemplo, mais de metade dos jogadores são “estrangeiros”.

Das 32 selecções que estão a competir no Qatar, apenas quatro não contam com nenhum jogador nascido noutro país. São elas: Brasil, Argentina, Arábia Saudita e Coreia do Sul. Nas restantes, a maioria, há jogadores naturalizados, com destaque para Marrocos, que tem 14 ‘estrangeiros’ contra 12 convocados nascidos no próprio país. O país tem uma grande diáspora, a maioria na França, que conta com mais de um milhão de marroquinos até à terceira geração; mas existem também grandes comunidades de marroquinos na Espanha, Países Baixos e Bélgica.

Tunísia e Senegal surgem logo atrás de Marrocos com 12 jogadores naturalizados cada, enquanto os anfitriões catarenses têm 10 nomes de fora na sua lista - o português Pedro Ró-Ró é um deles -, tal como o País de Galês.

Uma outra análise da lista leva a verificar também que o país que enviou mais jogadores para o Qatar é a França. A selecção gaulesa tem apenas três atletas ‘estrangeiros’ na sua convocatória - Camavinga, nascido em Angola, Mandanda nascido no Congo e Marcos Thuram em Itália -, mas, em contrapartida, são 38 os nomes franceses que irão disputar o torneio por outros países, entre os quais Raphaël Guerreiro, por Portugal.

Além das 32 selecções participantes no Mundial, há outros 21 países que também estão representados, só com jogadores: Itália, Gâmbia, Argélia, Iraque, Sudão, Bahrein, Egito, Escócia, Quénia, África do Sul, Costa do Marfim, Bósnia e Herzegovina, Áustria, Guiné-Bissau, Angola, Colômbia, Congo, Kosovo, Jamaica, Suécia, Nicarágua.

Excerto da crónica de Alexandra Simões de Abreu, em Tribuna Expresso

publicado às 12:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.11.2022 às 13:49

O árbitro americano que ofereceu o pênalti a Portugal também é "marroquino". americano naturalizado.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 14:04

Ofereceu!?..
Ai, ai, ai.. Julius
Olha que por aí há videos e fotos de outro angulo, no qual se vê e se percebe porque foi penalty..

Ah!. O teu "amigo" marroquino/americano teve a delicadeza de não expulsar nenhum ganês ou de não marcar penalty sobre o J.Félix(assinalou um fora de jogo inexistente)

P.S. Julius, ficas avisado: uma mais e perdes o passaporte português. 🤣🤣🤣🤣🤣
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.11.2022 às 15:31

Carlos nao vi o jogo, vi a repetição dos golos e …. não é penalti, o arbitro se vai ao VAR revertia a decisão

A verdade acima de tudo.
À contacto, mas o ganês chega primeiro e corta a bola
Mas Portugal acabaria por ganhar sempre, tem melhores jogadores.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 15:56

Sim, a verdade primeiro!.
1- O ganês nem toca a bola, sim o pé do CR7. (vê outro angulo, por favor)
2- O C.Ronaldo deixa o corpo atrás e o ganês acerta na parte da coxa por trás e também nas costas. Ou seja: Cavou um penalty, mas penalty
Há fotos(eu jâ vi) dum angulo, donde se vêm os dois jogadores de costas.
É por isso que os árbitros do VAR e outros que já deram declarações e disseram: penalty inteligente.

Deixa pra lá o penalty...
Tu sabes muito bem que la forma como se apita um jogo, influencia muito mais que um penalty(a não ser que seja nos minutos finais, sem possibilade de reviravolta)
Mas, Julius, JULIUS.... estranho muito que não digas nada de nada dum árbitro que foi tendencioso.Talvez por falta de experiência, mas tendencioso.

P.S. (Os marroquinos teus amigos, aí em Casablanca...... "te entran a piñazo duro, si hablas mucho")
Ok..ok.
Abrazo.. habladorazoooo!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 13:53

Esta questão, é um pau de dois bicos!..

Para mim é extrangeiro aquele que é nacionalizado por interesses monetários, claros!. E não desenvolve uma afinidade clar com o País(temos un exemplo na Seleção portuguesa de 2004)
No actual caso português; nem R.Guerreiro, nem Pepe são extrangeiros, nem Matheus Nunes, William Carvalho, Nuno Mendes ou Diogo Costa...para exemplo.
Assim como não são todos os marroquinos que representam o País dos seus pais ou os franceses com ascendencia africana.

P.S..Quando vives uma vida inteira num País que não te viu nascer mas, viu-te crescer, ganhas um amor incondicional a esse País de acolhimento...
Se nasces no País ao qual os teus pais emigraram e te viu nascer, não perdes, mas sim, ganhas o amor ao País de origem dos teus pais.
Deixe-se... de americanismos(USA)!.
Sem imagem de perfil

De Mauro Guedes a 28.11.2022 às 14:29

Diogo Costa, porquê?
É filho de pais portugueses, ponto.
Não interessa onde nasceu.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 14:45

Isso é!.
Exatamente o que descrevi no meu comentário.

Os marroquinos e muitos outros são fillhos de pais ... do País que não nasceram mas, representam com amor e orgulho... Logo, não podem ser tidos como extrangeiros como se pode ler no artigo descrito por Alexandra Simões Abreu.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 14:59

Exemplo: O Nuno Mendes(nascido en Portugal) o William Carvalho(nascido em Angola) ..... os pais destes jogadores e muitos outros são nascidos portugueses. Nascidos debaixo da bandeira portuguesa. Portugueses de várias gerações..
Não são eles tão portugueses como qualquer outro?..

Rui Àguas, Eusébio, Carlos Duarte, Peyroteo, Hilário, Fraguito, Cédric Soares, Nani, etc... nascidos todos fora do cantinho a beira-mar plantado. Todos portugueses!💪

P.S. O C.Ronaldo não é português. Tem avó ou avôs cabo-verdianos🤭
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 15:13

O autor do hino nacional português que todos cantamos com muito orgulho
Ás armas!..Às armas!.
Contra os canhões.. Marchar!..Marchar!
Foi escrito por um português de nome Alfredo Keil(alemão, nascido em Lisboa)
Ou seja, o nosso Alfredo não é português

É o que eu digo: uma questão como um pau de dois bicos.
Os que dizem, sim e os outros que preferem seguir a corrente americanista(USA)
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 15:17

Erro 404
Não escrito... sim composto(a música)
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.11.2022 às 15:18

O Ronaldo é madeirense, no fim do mundial vai pedir a independencia do arquipelago e tornar-se presidente da Madeira
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2022 às 15:21


O grito do Funchal
Independecia ou morte!..
Sem imagem de perfil

De Leão da Pontinha a 28.11.2022 às 23:43

O grito de Ronaldo para a independência da Madeira:
Independência, siiiiiiiiim!!
Sem imagem de perfil

De RCL a 28.11.2022 às 22:01

Mais facilmente seria presidente de Portugal que ele ama.
Depois de tantos recordes pessoais, 5 bolas de ouro, não sei quantas botas, 5 títulos da LC, campeão em 4 paises diferentes, etc, etc,....ele diz que o maior triunfo da sua carreira foi o campeonato europeu de 2016. Um Homem que chora ao cantar o Hino.
SL
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 28.11.2022 às 16:22

Para mim, se o Estado dá a nacionalidade a alguém, esse alguém passa a ter os mesmos direitos.

O que eu condeno é seleccionadores que nem nacionalidade têm.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2022 às 17:20

Como é possível um seleccionador não ter nacionalidade? Não é cidadão de um país?
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 28.11.2022 às 17:41

Eu quero dizer seleccionadores que não têm a nacionalidade do país que treinam.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2022 às 17:58

São profissionais, nada tem a ver com nacionalidade.
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 28.11.2022 às 18:58

Então e os jogadores não são profissionais, ou é da opinião que pode jogar qualquer um?
Sem imagem de perfil

De Elitista a 28.11.2022 às 22:08

Os treinadores não jogam, portanto, não entram nessa equação. Muitos países progrediram no futebol graças a treinadores estrangeiros, sem nunca terem recorrido a "contratações" de jogadores forasteiros.
Sem imagem de perfil

De Elitista a 28.11.2022 às 22:18

Esta análise é um tanto confusa.
Não é o local de nascimento que define a nacionalidade, são outros factores. Tenho familiares e amigos que nasceram cá, adoram Portugal, mas assumem como nacionalidade o país de acolhimento. E tenho familiares e amigos que nasceram no estrangeiro, (algund ainda lá vivem) e consideram-se (e escolheram ser) portugueses.
Nesta questão das selecções há que diferenciar os acasos da vida das "contratações". Pepe e Matheus Nunes são portugueses por "caprichos" da vida que os trouxe cá. Deco, Liedson e Octávio são contratações. Obikwelu pertence ao primeiro grupo, pichardo ao segundo...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo