Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Excelente jogo e espectáculo

Rui Gomes, em 18.01.15

 

ng2753032.jpg

 

Indiscutivelmente, um dos melhores jogos da época, com uma primeira parte mais equilibrada, repartida pela dinâmica do Sporting e o perigosíssimo contra-ataque do Rio Ave, mas com a equipa leonina a regressar do balneário, ao intervalo, com um notável acréscimo de velocidade e criatividade ofensiva, criando diversos lances de perigo eminente e, eventualmente, marcando mais três golos.

 

Duas estreias absolutas na I Liga: Tobias Figueiredo como titular e o jovem Ryan Gauld a entrar aos 64 minutos, em substituição de André Martins. Ambos estiveram muito bem, porventura com o defesa central a oferecer fortes argumentos a Marco Silva para o considerar em termos efectivos no onze, não obstante a presença de Maurício.

 

1024.gif

 

Não deixamos de reconhecer o mérito da equipa de Vila do Conde, com uma muito boa prestação ao longo dos 90 minutos e sempre perigosa nas jogadas de contra-ataque, acabando por merecer os dois golos que marcou, os primeiros sofridos pelo Sporting em sete jogos, salvo erro.

 

Analisando um ou outro lance individual, a falta para grande penalidade é indiscutível, não obstante a onda de protestos dos jogadores do Rio Ave. O defesa definitivamente agarrou Montero pela camisola e impediu-o de jogar a bola. Diria, até, que a equipa visitante foi feliz em não sofrer uma ou duas expulsões, pelos protestos.

 

André Carrillo acabou por sair ao intervalo, esperamos, por mera precaução. Não há dúvidas que ficou magoado na jogada que o levou contra o placar publicitário na linha de cabeceira.

 

9XLR4VOT.jpg

 

Uma muito boa exibição por parte de todos os "leões". Para ser sincero, com um ou outro erro cometido, não me vem à ideia um único jogador que não estivesse bem no jogo. Tanaka, a saltar do banco aos 82', mais uma vez a demonstrar que pode ser muito útil à equipa, com o seu sentido do colectivo e com aquele letal pé esquerdo. Grande mérito de William Carvalho pela luta que travou para controlar o esférico e efectuar o passe para o golo do avançado japonês.

 

Creio que a nação leonina tem muitas razões para estar satisfeita esta noite.

 

publicado às 22:39

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


34 comentários

Sem imagem de perfil

De HY a 18.01.2015 às 23:04

Não sei se alguma vez concordei tanto com um post do Rui :-)
E mais, se calhar tem razão sobre o que tem dito sobre o Gauld. Espero que sim (e não é por ser aposta pessoal do Bruno, pode crer).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.01.2015 às 23:26

Tenho muitos defeitos, mas quero crer que depois de tantos anos de envolvimento profundo no futebol, admito que tenha aprendido alguma coisinha.

Dois jogadores impressionaram-me na pré-época (entre os recém-chegados): Ryan Gauld e Junya Tanaka.

Daí, que tenha criticado ocasionalmente Marco Silva pela gestão do plantel. Um é de grande utilidade no imediato, o outro poderá vir a ter uma grande carreira.

Veremos... nem só um ou dois jogos fazem uma época.
Sem imagem de perfil

De HY a 19.01.2015 às 18:44

Sim, espermos que ele confirme as boas indicações. Mas tome cuidado, Rui, olhe que o LdA foi hoje acusado de se ter vendido ao Brunismo por ter elogiado o Gauld. Se a moda pega o Rui vai a seguir :-))
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2015 às 19:00

Há uma questão que algumas "almas" ainda não compreenderam ou recusam aceitar.

Eu não simpatizo com o Bruno, não acredito nele e não hesito em criticá-lo, quando entendo que há causa para isso. Nunca, mas mesmo nunca, recorro a pretextos laterais para camuflar a minha crítica.

Se não gosto de um reforço do Bruno, critico pela qualidade do activo e não por ter chegado via esta liderança. Gostei do Ryan desde o primeiro dia, escrevi nesse sentido aqui no blogue em várias ocasiões e fiz o mesmo com o Tanaka.

Não temo ser acusado de "Brunismo", termo que eu não uso e nem sequer sei o seu real significado. Gosto mais de usar "seguidista" ou "falange", etc..

Duvido que o autor do outro blogue, com quem eu me mantenho em contacto pessoal, fique preocupado com essa acusação...

P.S. Não sei se terei oportunidade hoje, mas já tenho em mente outro post em relação ao Bruno. Do género que o HY vai gostar, decerto :)
Sem imagem de perfil

De J. a 18.01.2015 às 23:13

Por acaso, achei a primeira parte muito fraca.
Muito lentos, com jogadores muito estáticos e se não fosse aquele penalty ter caido do céu, pois não admiraria que tivessemos estado a perder.
A segunda parte foi um hino ao futebol.
Até dá gosto de ver, quando é assim.
Acho que de menos positivo, colocaria Cédric (cruzamentos quase sempre na direcção errada e ficou mal no primeiro golo do Rio Ave) e Mané novamente (parece quase sempre demasiado desplicente).
De positivo todos os outros, com João Mário á cabeça.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.01.2015 às 23:28

Respeito a sua opinião, mas acho que não vimos exactamente o mesmo jogo, ou, pelo menos, temos leituras muito diferentes.
Sem imagem de perfil

De RRAleixo a 18.01.2015 às 23:14

Concordo com tudo mas quero acrescentar que o Rio Ave só deu boa réplica por erros do Sporting, demos algumas abébias a defender e a distância entre sectores tem que ser um pouco revista deixamos constantemente um espaço de 20/30metros entre defesa e meio campo...

Tobias para mim esteve muito bem, uma falha ou outra, o que é normal, mas gostei bastante (aos 6min existe um lance tipico de "amarelo ao Mauricio" devido às suas entradas à queima em que Tobias vai com calma fazer a pressão que tem que ser feita...)
Como vi em stream não sei bem mas corrijam-me se estiver errado mas POliveira pareceu-me mais nervoso hj e Cedric desastrado.
Gauld mais uma vez a mostrar promenores e muito muito futebol na cabeça e pés (aquela cueca no 3º golo é sublime)
Montero - MVP
Tanaka - eficiência e grande sentido de colectivo

SL
Sem imagem de perfil

De FCS a 18.01.2015 às 23:28

Também gostei da exibição do Tobias mas convenhamos... ainda na primeira parte há uma lance claro para amarelo em que pisa o calcanhar do adversário.

De resto grande jogo do Wiliam (finalmente a regressar) e do João Mário.

O Tanaka a revelar-se como reforço. Não daqueles reforços que entram directamente para o 11, não há dinheiro para tal.... mas mais um bom elemento para dar profundidade ao plantel.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 18.01.2015 às 23:50

Continuamos com pouca agressividade a defender. Muito macios. Naquele lance do 1º golo do Rio Ave o João Mário tem OBRIGATORIAMENTE de fazer falta sobre o jogador. Qualquer jogador do Benfica ou do Porto o faria. E não levámos outro golo a seguir, pela mesma razão, por acaso. Quanto a mim o Adrien fez falta.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2015 às 00:00

Pedro, é evidente que defensivamente Adrien é superior a João Mário, e também mais experiente. Penso, no entanto, que em termos de criatividade ofensiva, João Mário leva a melhor.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.01.2015 às 09:53

Claro que é, mas temos um problema de agressividade a defender. Acho que com ele e William a coisa disfarça mais. O João Mário terá à mesma o seu lugar. O meio campo de ontem contra o Benfica, não sei não... Outro facto curioso: o Carnide, ontem, precisou de rematar 7 vezes para marcar 4 golos. Nós marcámos os mesmos 4 golos em 20 e tal remates...
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.01.2015 às 01:08

A origem da quase errupção em vias de explodir o vulcão Sporting está clara e felizmente não passou de um valente susto e o vulcão adormeceu de novo , o céu voltou a ver-se azul.
Alguem duvida dos objectivos do presidente e do treinador? Ambos só querem......... ganhar.
O treinador deixou a teimosia de lado com o puxão de orelhas e aí temos Tobias Figueiredo e Ryan Gauld.
Andámos a patinar em ideias erradas durante toda uma primeira volta do campeonato que nos custou vários dissabores.
Tobias é claramente superior a Sarr e sempre esteve ali , Ryan Gauld é uma opção de grande qualidade, a soluçao para a gestão de desgaste da equipa sempre a tivemos e temos internamente.
Finalmente Marco entendeu mas foi necessário provocar um vulcão quase ao seu limite de explosão.
O Sporting jogou hoje desinibido diría até demais correndo riscos desnecessários.
Mas teve na maioria do tempo o controle do jogo.
Áparte da excelente oposiçao que o Rio Ave nos fez durante toda a partida á que rectificar algumas lacunas principalmente nas perdas de bola infantis e por culpa própria nas saídas quando até temos espaço e superioridade numérica.
É uma questão de maior concentração e responsabilidade.
A nossa diferença no jogo é e será sempre no maior ritmo na maior velocidade que a qualidade dos nossos jogadores consegue imprimir com qualidade de passe.
A diferença da primeira parte para a segunda foi isso mesmo.
Os empates consentidos incluindo a derrota de Guimarens são o exemplo claro quando jogámos com ritmo de passeio.
Esperamos que a lesão no braço de Carrilho seja recuperável rápidamente. Está em alta e nao pode perder o ritmo, o jogo com o Benfica está á porta.
Agora e de repente Marco ficou com mais soluções na equipa.
Nao acredito no título mas podemos chatear, enervar e muito "os apitos dourados" na luta do 2º lugar.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.01.2015 às 10:16

Não concordo. Marco continua fiel aos seus princípios. Tobias a qualquer momento podia ser lançado. Estava a ser seguido. Maurício estava impedido de jogar, Sarr abanou, portanto foi para o banco e entrou Tobias. Normal. O mais natural, contra a Académica é reentrar Mauricio e Tobias ir para o banco. Quanto a Gauld, foi para o banco porque sem Adrien e Rossell e apesar de entrar André Martins tinha obrigatoriamente de ir aos BBs. Assim foi buscar Gauld e Esgaio que também pode jogar aí. Pouco mais havia para ir buscar. Deu-lhe uns minutos, e tal como o treinador explicou o A. Martins estava rebentado, pois vinha de grande paragem.
Sem imagem de perfil

De OCR a 19.01.2015 às 10:26



"O treinador deixou a teimosia de lado com o puxão de orelhas..."

Foi o treinador que levou um puxão de orelhas?!


AH!!!!....

Então foi por isso que o BdC andou a organizar jantaradas!...

Até dá vontade de rir...
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.01.2015 às 11:27

Á que fazer as pazes quando á entendimento os jantares ás vezes servem para isso mesmo.
Como já disse aqui antes os 2 têm a sua quota de responsabilidade no que passou, o BdC talvez tenha exagerado e quase perdeu o controle da situação.
Foi necessario fazerem um "reset" á relação entre ambos.
Sem imagem de perfil

De OCR a 19.01.2015 às 17:22



"...o BdC talvez tenha exagerado e quase perdeu o controle da situação."

TALVEZ?!

Depois de tudo o que aconteceu, ainda há quem tenha dúvidas?

Pode-se perguntar, o que é que o rapaz deve fazer mais, para convencer alguns que ele "não é flor que se cheire?

Colem-se... e depois queixem-se.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.01.2015 às 18:21

Tenho de facto muitas duvidas, de um assunto que não foi claro , a real origem do extremar de posições, o que sei é que tanto o BdC como o treinador Marco têm um objectivo comum que é o de ganhar, que tudo fazem para obter vitórias e que procuram ambos atingir os objectivos dignos do clube. Quem vai acreditar que o presidente entrou em colisão com o treinador só porque lhe apeteceu? Só porque lhe deu na real gana?
Passaram jogos de rendimento muito baixo dos jogadores e nao falo dos pontos perdidos que deveríamos ter , falo da péssima atitude dos jogadores em alguns dos jogos contra equipas banais. Jogos que levaram á crítica geral , eu pessoalmente nao gostei.
Qual é afinal o papel do presidente de um clube como o Sporting ? O de biblot como aconteceu com alguns antecessores do actual?
Ás vezes os treinadores que passam pelo Sporting nao entendem a dimensão do clube e necessitam de abrir melhor a pestana. Um processo de aprendizagem acelarado.
No Sporting podem aceitar-se as derrotas quando se dá o máximo .
Jogar contra o Benfica ou o Porto valem os mesmos 3 pontos que os jogos contra o Moreirense ou o Paços de Ferreira.
Marco é um bom treinador se a sua mensagem continuar a chegar bem á mente dos jogadores e agora tem chegado de forma mais consistente e é isso que todos nós pretendemos.
Gosto muítissimo do Clube Sporting e é talvez um dos meus maiores defeitos e a unica coisa que me pode colar é as ganas de o ver ganhar , dá-me um imenso prazer quando isso acontece.
Mas desconfio que nao seremos campeões nos próximos anos.
Tería que mudar muita coisa e não á indícios dessa grande e necessária mudança.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.01.2015 às 08:51

Excelente jogo principalmente na 2ª parte onde o SCP criou oportunidades para pelo menos marcar +3/4 golos!

Não sei repararam mas ontem tivemos com a entrada do Mané 9 jogadores portugueses em campo e desses 8 foram formados pelo SCP!

O Tobias tem garra de leão
O Ryan não engana tem Classe
O Tanaka ... bem o Tanaka para além de ser um ex-flop é sinónimos de Golo ... e vitórias ... e já vão 8!

Quanto à azia do Pedro Martins terá sido estratégica basta ter passado por alguns dos programas desportivos da praça para vermos os comentários de jornalistas "isentos" (Manuel Queiroz e o do SLB Rui qq coisa no contra-golpe da TVI24) a passarem a mensagem que o arbitro Nuno Alemeida tinha "oferecido 2 golos ao SCP" ... as palavras foram mesmo essas "oferecido" ... a vergonha e a ignorância enquanto não for taxada dá nisto!
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 19.01.2015 às 14:03

O penalti é bem marcado Montero é rapido a dar o nó cego e levaria vantagem na area, vantagem que lhe foi retirada pelo puxão na camisola, o outro lance tambem com Monteo é um facto que Montero faz falta desiquilibrando o defesa , falta que deveria ter sido marcada.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 19.01.2015 às 09:01

E mais um joguinho do Pedro Martins contra nós, com ele a queixar-se do árbitro.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 19.01.2015 às 09:25

SL
O Pedro Martins queixa-se de quê?
De um PENALTY que deveria ser marcado mais vezes, sim porque há muitos lances destes... eu que joguei futebol, sei que um toque ou agarrão destes pode fazer com que não cheguemos à bola primeiro... e foi esse o caso. Para além disso, eu como arbitro teria de imediato expulsado os dois jogadores que me "dessem" dois encontrões. Era certinho e sabido!
O segundo golo, não sei se leva toque, mas numa jogada rápida com aquela, ninguém viu....
Mas porque não levantou tão alto a voz, o Pedrito, quando lhe anularam um golo limpinho na LUZ? Ele falou do lance mas não com tanta CORAGEM!
SL
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.01.2015 às 12:24

Diego Lopes levou amarelo aos 30' no lance do penalti. O homem estava de cabeça perdida e empurrou o árbitro. teve muita sorte em não levar vermelho. Ficavam a jogar com 10 uma hora. Alguém falou nisso ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2015 às 12:36

O que ele fez foi uma autêntica agressão e devia ter sido expulso. Nisso não convém falar :)
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 19.01.2015 às 11:28

Agora com mais tempo para escrever, eis o meu comentário ao jogo.
A equipa, continua a mostrar dificuldades no processo defensivo. Antes era porque expunha demasiado as costas e os adversários tinha 1 ou 2 oportunidades de golo na cara de Patricio, por jogo. Agora que descemos a defesa, não conseguem impedir a construção de jogo por parte do adversário.

Claramente há uma falha de coordenação entre os 2 médios e a defesa. Não sei a que nível e o problema não se resolve apenas mudando jogadores (embora melhores jogadores escondam melhor os problemas coletivos). A pressão tem que ser feita de forma mais eficaz: não podemos ver acontecer por jogo aquilo que vi ontem, que só depois do jogador do Rio Ave receber a bola e a ter controlada é que caía alguém em cima dele para o pressionar.

Ofensivamente, a diferença com Ryan Gauld em campo é da noite para o dia. O nível de criativadade e de transporte de bola é completamente diferente. Por mim era apostar nele mais vezes. E só não se notou mais a diferença porque o Rio Ave marcou o 2º golo logo no minuto a seguir (mais uma falha clamorosa na pressão, pois deixar um jogador vir detrás e toda a equipa estar 4m à frente dele é de amador) e com isso a equipa ficou psicologicamente afetada.

Tanaka é o que eu já tenho dito desde o início da época. É um jogador para jogar em conjunto com o Montero. Já que nenhum deles rende tanto a jogar sozinho na frente. Desta vez correu bem pois o Rio Ave estava lançado para tentar o empate.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 19.01.2015 às 11:36

Prezado Amigo Rui Gomes

Gostei mais do resultado que da exibição. Penso que o sistema defensivo do Leonardo Jardim era mais seguro, pois quando o SCP jogar com uma equipa que saia rápido no contra-ataque vai ter sempre problemas. Os primeiros 20/25 minutos da segunda parte foram espectaculares, mas depois houve para ali muita gente com falta de pernas e felizmente os avançados estavam inspirados. Globalmente gostei de todos os jogadores, pela sua postura em campo. Dos novos que entraram o Tobias perdeu algumas bolas de cabeça, onde é muito forte, mas temos de desculpar pois, jogar pela primeira vez na primeira equipa do SCP não é fácil descontrair. O Ryan necessita de mais minutos em campo, pois tem uma qualidade acima da média. Aqueles pés não enganam ninguém.
Concluindo gostei daquilo que vi, lamento os comentadores dos diversos canais da TV terem a visão do penalti desajustada, pois não são todos unânimes nas suas apreciações. NA TVI dos cinco comentadores apenas um diz que não foi penalti , e essa apreciação é sectária, pois está a li para defender o seu clube e não é para isso que lhe pagam. NA SIC todos foram unânimes que foi falta para penalti .
No segundo golo dizem que o Monteiro faz falta, mas terei de rever o lance para ter uma opinião, pois houve várias versões entre os comentadores.

Um abraço para si

Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2015 às 11:43

Caro Amigo,

No segundo lance não se consegue ver quem tocou em quem, eu pelo menos não consegui ver. De qualquer modo, compensa outras decisões erradas contra nós.

Abraço
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.01.2015 às 12:33

Houve realmente um pequeno toque no arranque e mudança de direcção. Com tanta fita que os jogadores fazem (até às vezes caem com o vento), não sei até que ponto foi impeditivo de o defesa continuar no lance. Sei é que ficou logo batido com a rapidez do Montero.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo