Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jpg

 

Terminou o sonho europeu do leão. E a eliminatória foi mesmo perdida em Madrid após uma exibição distante daquilo que se passou ontem à noite em Alvalade - em que a remontada não foi, decididamente, uma utopia, por aquilo que se viu em campo.

 

O Sporting sai com muita honra da Europa do futebol, vencendo um Atlético de Madrid que, nos últimos quatro anos, só caiu em eliminatórias perante o Real Madrid.

 

Não se podia pedir mais a Jorge Jesus. No meio da missão de paz que tem vindo a mediar entre plantel e presidente conseguiu - sem Piccini, Fábio Coentrão, William Carvalho e Bas Dost (e depois ainda viu-se sem Mathieu numa fase inicial da partida) - estruturar uma equipa capaz de surpreender o vice-líder da Liga espanhola.

 

O melhor elogio que se pode fazer a treinador e jogadores do Sporting é que conseguiram em grande parte do jogo, sobretudo nos primeiros 45 minutos, realizar uma exibição de luxo, a melhor da época, e vulgarizar uma equipa que foi finalista da Liga dos Campeões por duas vezes nos últimos cinco anos.

 

Os colchoneros na primeira parte tiveram zero oportunidades e limitaram-se a ver o Sporting jogar e construir lances claros que lhe podiam ter permitido, pelo menos, chegar ao intervalo com a eliminatória empatada. Acuña, Coates e Gelson tiveram nas suas cabeças golos cantados - principalmente o uruguaio, que viu a bola desviada por Oblak, numa extraordinária defesa do esloveno.

 

A linha de três centrais do Sporting, os setores muito juntos (quase colados para facilitar a reação à perda da bola) e os posicionamentos de Gelson e Bruno Fernandes, um pouco atrás de Montero, confundiam o Atlético de Madrid e deixavam Simeone à beira de um ataque de nervos, sempre a retificar a equipa. Percebia-se que o Sporting tinha as meias-finais ao seu alcance e essa ideia ficou ainda mais clara depois de Montero ter marcado o único golo do encontro num lance em que Oblak avaliou mal e desfez pior o centro de Bruno Fernandes, muito chegado à baliza.

 

À beira do intervalo, com o Atlético encostado às cordas, Gelson teve na cabeça o 2-0 e, visto da bancada, parecia que a bola só podia ter como destino as redes da baliza do Atlético de Madrid.

 

A saída de Bryan Ruiz

 

No segundo tempo claro que os espanhóis surgiram mais pressionantes, mas a primeira real oportunidade só surgiu aos 58 minutos, com Griezmann a testar Rui Patrício numa altura em que o lesionado Diego Costa já tinha sido rendido por Fernando Torres.

 

Faltava um clic, uma pitada de sorte para que o segundo golo acontecesse - e ele podia ter surgido, novamente pela cabeça de Gelson ou por um remate de Montero, que tentou atirar em jeito mas sem força. Aos 70", Jesus, na ânsia de esticar a equipa e forçar o segundo golo, terá cometido um erro de análise ao retirar Bryan Ruiz, que estava a fazer uma enorme exibição ao lado de Battaglia. Rúben Ribeiro nada acrescentou e, com essa mudança, o Sporting desorganizou-se e permitiu que Griezmann se isolasse duas vezes - numa delas Patrício esteve em grande nível.

 

Doumbia ainda foi lançado, Gelson terminou a lateral, mas o Sporting ficou mesmo fora da Europa após uma extraordinária exibição que deve deixar o seu presidente orgulhoso, mas que, vendo bem as coisas, nada vale, pois foi o Atlético a seguir em frente. Resta agora o campeonato, a importantíssima meia-final da Taça de Portugal com o FC Porto e a amenização de um ambiente que, como é óbvio, deixou marcas. E se a bola não entra.

 

Bruno Pires, Diário de Notícias

 

publicado às 13:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


58 comentários

Sem imagem de perfil

De Governo Verde a 13.04.2018 às 13:47

Se em todos os jogos que faltam disputar,tiverem a mesma postura lá estarei para os aplaudir, de pé é que ainda não sei se farei.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:25

Mesmo acusando algum desgaste, com objectivos mínimos em vista, têm a obrigação de dar o tudo por tudo em cada jogo.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 14:22

O apertâo que levaram teve o seu efeito,eu pessoalmente ja o esperava.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 13.04.2018 às 14:28

Por caminhos muitos avessos, talvez possa ter provocado algum efeito, mas está (muito) longe de ser um merito de BC - ou sequer considerar-se que BC fez algo bom.

Aliás se se passar a ideia que os jogadores só jogam bem por causa do raspanete, depressa eles perdem essa motivação.

Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 14:36

Nao se trata de repetidos raspanetes mas sim de mentalidade.
O Sporting chegou á fronteira em que os seus atletas têm que decidir ;perceber a mentalidade que é necessaria quando vestem as nossas camisolas .
Ou passam agora essa fronteira para o tal nivel mais exigente ou há um retrocesso e volta tudo ao mesmo.

E aqui os adeptos ,estas novas geraçoes de adeptos sportinguistas que raramente festejaram titulos sao fundamentais se perceberem isso.
As dores do crescimento se nao forem tratadas convenientemente podem provocar a morte.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 14:41

Esse trabalho de mentalizar uma equipa começa-se a fazer logo no primeiro dia da pré-época, não é agora.

Que seja necessário uma ocasional chamada de atenção, é outra história.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 14:37

Julius,

A ter efeito - porque nem sempre tem - se o raspanete tivesso ocorrido à porta fechada, como devia ser - o impacte, potencialmente, teria sido o mesmo ou até maior.

Se para haver boas exibições é preciso o presidente do clube ir gritar para o Facebook, está tudo muito mal!!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 14:46

Mas ja concordamos todos que a forma nao foi a mais correcta .
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 14:48

A "forma" foi a pior possível!!!
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.04.2018 às 14:52

O caro Julius insiste nessa demanda de justificar a humilhação pública que a equipa teve do presidente (para isso j+a existem os adversários e CS) com resultados. Digo mais, não sei que benefício teve se o Sporting sai pior do que quando entrou, em que tem acções congeladas, investimento perdido, patrocínios a pedirem justificações ou mesmo a fugirem, para não falar que passaremos a ser uma pechincha no mercado dos patrocinadores, por altura de negociação de novos contratos... O caro acha que todo este prejuízo para o clube e restantes modalidades valeu a pena para melhorar a mentalidade dos jogadores da equipa de futebol sénior que, a bem da verdade, teria tido o mesmo efeito se ele tivesse entrado pelo balneário adentro, partido aquela m...a toda e feito a maior cena de pedido de responsabilidades pela palhaçada que foi o jogo em Espanha... Ok!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:23

O Julius insiste em defender o indefesensável, por razões que são pouco claras.
Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 13.04.2018 às 14:57

O episódio do raspanete aos jogadores e afins está interligado com o processo associado ao adiamento do reembolso das obrigações. Incapaz de cumprir os prazos por falta de liquidez, o Bruno Miguel necessitava de algo para justificar o adiamento. Vamos aguardar pelas cenas dos próximos capítulos, mas quem brinca com o fogo...
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.04.2018 às 15:06

Neste momento, ainda é só uma teoria, com tanta probabilidade de se tornar real como a teoria que dizia que seria para fazer a folha ao JJesus. Por enquanto, são só teorias. O que é concreto é o resto que já se sabe e exposto supra.
Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 13.04.2018 às 15:12

Amigo R. Ribeiro...isto poderia ser um dois em um. O Bruno Miguel faz aquele comunicado, os jogadores eram criticados, Jesus sentia-se ofendido e mandava umas bocas ao Presidente. Estava aqui um pretexto para o despedimento com justa causa. Acontece que o Bruno Miguel não estava à espera da reação dos jogadores, visto que ele já tinha tido atitudes menos correctas com os próprios e baixaram sempre a bolinha. A massa adepta reagiu e muitos deles defenderam os jogadores. O Bruno Miguel não se aguentou e enviou aquele extraodinário segundo comunicado. O caldo ficou entornado de vez.

É muita coincidência...os timings não são inocentes. O adiamento do reembolso das obrigações é uma falha gravíssima.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:18

Caro Fidalgo,

Não acredito que tenha sido deliberado com isso em mente. Se foi, acabou por ser um monumental tiro nos pós.

Não... ele reagiu impulsiva e irreflectivamente, sem medir consequências, ou convencido que vindo do "todo poderoso", todo o mundo se ajoelhava.
Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 13.04.2018 às 15:25

Caro Rui,

Não tenho dúvidas que há algo deliberado no meio disto tudo por parte de BdC.. Contudo, penso que o Bruno Miguel não estava à espera que a massa adepta tivesse esta reação. Não se esqueça das recentes AGs. Qual a necessidade da sua realização quando estávamos em primeiro lugar? Foi o que foi...e Bruno Miguel conseguiu o que queria (mais poder), e mais apoio dos sócios. Ele julgou-se mandatado para fazer o que bem entende, só que os adeptos torceram o nariz.
Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 13.04.2018 às 15:28

O Bruno Miguel necessitava de criar uma situação grave para provocar o adiamento do reembolso das obrigações.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.04.2018 às 15:28

Desculpem-me se agora vou ser muito mauzinho, mas não consigo conceber à criatura que foi à Assembleia da República e que, à primeira advertência de tempo limitado, marrou o burro, amuou e disparou bocas o resto da tarde aos nossos legisladores num esforço colaborativo para o melhoramento do desporto, a inteligência necessária para conceber um plano tão maquiavélico e com tantas consequências indetermináveis. Simplesmente não consigo.

Para mim, foi um impulso incontrolável e irreflectido denegrir a prestação da equipa naquele momento, publicamente, para safar a cara de um possível pedido de responsabilidades por falta de resultados. Só isso. O timing é isso mesmo, uma coincidência dos diabos. Correu mal porque os sócios e os adeptos, apesar de tudo, protegem e querem a equipa protegida do escárnio e depreciação, ainda para mais quando é o elemento máximo do nosso clube a fazê-lo. Reparem que não estou a proteger a prestação da equipa em Madrid, mas tão só a dizer o que já foi dito aquando na altura.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:39

Voltamos à mesma conversa. Qualquer palavra à equipa devia ter ocorrido à porta fechada. Ponto!

Cá para fora, para a media e para os adeptos, dava-se um discurso politicamente correcto para não melindrar nada nem ninguém.

Não se esqueçam, e já escrevi isto, Bruno de Carvalho, além de reagir irreflectidamente, sente a necessidade de o fazer, pelo mediatismo. A traição do ego, portanto, por outras palavras.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:28

Não houve em tudo isto uma estratégia pré-delineada por Bruno de Carvalho. Reagiu irrefflectidamente, como já fez em outras ocasiões, sem sequer parar medir as possíveis consequências das suas acções.
Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 13.04.2018 às 15:36

Sinceramente...daquele homem espero tudo. Não se esqueça que ele andou a preparar a Presidência desde os 6 anos de idade.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 13.04.2018 às 15:28

IJ,
Cada qual tira as ilações que mais lhe convém em relação a determinados factos. A atribuição da boa exibição ao raspanete do presidente não me surpreende. Já a vi manifestada por outros adeptos. Na minha perspectiva penso precisamente o contrário. Ela resulta da resposta à humilhação pública que tiveram e da solidariedade com o treinador que os apoiou. De qualquer modo, a motivação de uma equipa não pode estar prisioneira de "chicotadas" ocasionais. Ela tem que ser mantida em alta durante toda a competição, pela estrutura de apoio. E isso nunca aconteceu com este presidente e é uma das razões de falta de melhores resultados. Por outro lado, não se pode esquecer que a actuação de qualquer equipa de futebol, sofre sempre alterações, ao longo de uma época e está sujeita a erros, até pelos melhores. Quem não percebe isto, não percebe nada de futebol.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:34

Si por experiência própria, porque já o fiz ou mandei fazer, que há um vasto leque de acções/medidas que se pode tomar quando uma equipa cai por qualquer motivo.

Nem sempre palavra ao colectivo resulta, mediante as personalidades. Por vezes, é melhor falar apenas com alguns em particular, ou reunir com os capitães e delegar a eles a palavra num encontro apenas do plantel.

Mas o mais importante de tudo, é o acompanhamento no dia a dia. Só quem o faz, e com competência, está em posição para poder influenciar jogadores e equipas. E não me refiro necessariamente a treinadores.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 16:08

Eu.nao percebo nada de futebol.

Muitos ex craks como o Figo abriram escolinhas de futebol e dali so saiem craks mundiais todos os anos.

A mais alta industria futebolistica fabricada com ciencia exacta , a nova era dos automatos.
As vezes penso que um dia ainda vamos ver o Messi em pleno jogo perder uma perna e sair da sua boca a frase repetida sem parar AVARIADO AVARIADO AVARIADO
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 16:14

Julius,

Acho melhor 'trocar isso em miúdos' para se perceber onde pretende chegar com este seu comentário.

Digo isto a título de curiosidade, sem sarcasmo algum.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 16:53

E simples Rui Gomes ha muita gente aqui que comenta como se o futebol fosse uma ciencia exacta ,quizá o Luis Freitas Lobo tambem tenha aberto uma escolinha de comentadores.

E desse futebol nao percebo nada.

A maioria nao sabe que grande parte dos jogadores tem uma parte deles proprios muito mal formada para nao dizer outra coisa e que todos so ganham coragem quando em grupo ,sosinhos sao cobardes.e sao eximios em fazerem-se de "tontos" (ingenuos) entrar naquelas cabeças por vezes é necessario ter arte e estarmos preparados para tudo.

As vezes falta coragem ao proprio JJ de fazer esse papel por exemplo depois do que se passou na Republica Checa.

Mourinho em toda a sua carreira espevitou planteis e jogadores usando o delate publico.
Quem andou la dentro percebe isso.

Eu tive curso acelarado treinei equipas em que os seus jogadores eram meio humanos meio selvagens em que essa parte má deles esta mais exposta.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 13.04.2018 às 17:00

O Indiana Júlio enfia as carapuças que quiser. Não entendi onde viu escrito, nas minhas palavras, algo a dizer que não percebe nada de futebol? Quanto à restante parte do comentário se puder ser explícito, agradeço.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 17:32

Estamos sempre a repetir-nos nao coloco de parte a terapia a base da ctitica publica tem os seus timings quando e principalmente a do balneario em desgaste necessita de renovaçao.
Depois estamos todos de acordo em que a forma nao foi a adequada e muito menos a sua insistencia em que anulou parte do efeito que poderia ter tido.
Ai faltou coragem e experiencia para o enfrentamento imediato e perdeu-se o controle.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.04.2018 às 16:42

Comentário apagado.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 16:54

Carneiro é o teu abuelo.
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 13.04.2018 às 22:50

... afirmar que os jogadores são mal formados, que Jesus tem defeitos, mas que um bronco como bdc utiliza as últimas das ciências sociais nas suas postas do facebook...

Oh Indiana 😁 Assim já ninguém ri com a sua defesa de bdc, começa-se a ter pena
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 14.04.2018 às 08:46

Que BdC nao tem defeitos?onfe leu isso?
Nao se fala de outra coisa a nao ser os defeitos que tem e que sao muitos.
So que ninguem esta inocente é disso que se trata.
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 14.04.2018 às 09:16

Onde leu o Indiana que eu lhe atribui tal frase?

Não sei é onde o Indiana vê virtudes em bdc, exceptuando o
"A culpa é do Benfica" que lhe vale 90% dos votos provenientes das camadas mais "desfavorecidas".

Quando se chega ao ponto de atribuir a bdc (!) conhecimentos de ciências sociais e gestão de grupos quando nem se percebe como o homem ata os sapatos sozinho...
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 14:53

Conhecendo os dois técnicos e a forma como jogam... E analisando desde um ponto de vista neutral.. A história da eliminatória contra este Atlético de Simeone, é bem diferente.
O Atlético de Madrid foi simplesmente pragmático, cínico!
O Simeone é sinónimo de catenaccio. Mesmo na sua Liga, jogando contra os pequenos, sempre faz o mesmo, ao estilo JJ.. Se vai ganhando nunca avança para o ataque...Sempre, tira um avançado e mete mais um no meio campo.
Não carregou no acelerador. Foi intenso quanto baste. Não foi necessário.
Eles também pensam no campeonato, na Taça Europa. Têm muitos lesionados.. Correram menos 10 km que o Sporting. Tiveram a eliminátória sempre controlada.
Claro e concordo, se o Sporting tivesse marcado um golito mais, podia ter acontecido uma noite europeia. O futebol é assim mesmo.
Do inesperado, nasce a esperança!!.

Agora sim, apesar de todos e com todos os problemas existentes no Sporting, os jogadores tentaram dar o seu melhor..
Sem estes probleminhas, estou certo que este Sporting ainda pode dar muito mais.

Gostei de ver um JJ menos gritão. Isso ajuda e muito. (será que foi por causa da chuva?) 😁
Mas, não gostei da desculpa dele(ahh!!. e tal, já fizemos 53 jogos esta época)
Mister JJ, issso numa equipa grande é o mais normal. Está na tua habilidade e capacidade de controlar o tempo de jogo dos jogadores. Não as rotações malucas e absurdas, não há utilização reduzida de jogadores.

P. S. Esta época já vamos em 4 ou 5 vitórias morais..
1 vitória válida! ..Taça da Liga.

NOTA : Desculpem-me ser um desmancha prazeres😊
Não gosto, nem do ocho, nem do ochencha e ocho.
Ainda temos o FêCêPê e uma Taça a disputar.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.04.2018 às 15:03

Concordo com algumas coisas do que diz. E, pegando apenas sobre o que diz da desculpa de JJ, é totalmente verdade, numa equipa que se quer grande, 53 jogos não é nada. Por isso mesmo é que o mercado de inverno existe e os melhores treinadores, as melhores equipas com os melhores presidentes investem nesta como na de verão, pois sabem que é aqui que está a concretização dos seus objectivos colectivos. No entanto, no Sporting, contratou-se no inverno a pensar na época seguinte!!!! E agora queixa-se que a equipa já não tem pernas para 90mins de jogo internacional. Pudera, os jogadores não podem rodar nem nos jogos da carica, caso contrário, perde-se contra equipas de 3ª Divisão. Péssima gestão do plantel e péssimas contratações de Janeiro, tal como outras que saíram goradas (sim, estou a falar de ti, R. Ribeiro! Que decepção!), são o resumo da trágica 2ª parte da temporada. Apenas isso. Por isso vemos um Gelson e um B. Fernandes espremidos até ao núcleo. Não nos podemos dar ao luxo de os tirar pois também não há substitutos que valham 1/1000 destes. Nem são tanto as invenções ou más substituições, mas sim um banco péssimo e sem opções à qualidade que tem sempre que começar os jogos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:21

Carlos,

Eles ontem começaram o jogo com praticamente o seu melhor 'onze', mas é verdade que têm tido lesões. Todos os clubes têm nesta altura da época em que o número de jogos começa a pesar.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.04.2018 às 15:39

Tanto começaram melhor eles do que nós, que não tivemos em campo os nossos principais 5, por isso, essa teoria de que o AtM passeou pelo campo enquanto os nossos se mataram é completamente descabida. Aliás, tenho visto os jogos do AtM e eles jogam mesmo desta forma, compassadamente, à espera do erro da equipa adversária para capitalizar, favorecendo a defesa em vez do ataque. Tiveram azar, o Sporting quando errou, esteve lá um Patrício do tamanho do mundo, nos 2 únicos erros feitos cá, no final do encontro já! Não houve desmérito nenhum do AtM ou de Simeone, houve foi um enorme mérito do Sporting e de JJesus, que soube anular o jogo deles e fazer o nosso. Griezman esteve em terra de ninguém e Diego Costa não conseguiram sequer cheirar a bola, de tão encostados na área deles que estiveram. Quando tinham a bola no pé, não conseguiam progredir sem a perder na linha do meio campo. E diz que a eliminatória estava controlada. Realmente, não vimos o mesmo jogo. Marcámos aos 28mins... Com mais de 62mins pela frente apenas com um golo de diferença, já com outro lance de golo iminente antes do golo concretizado do Sporting e a não conseguirem jogar, é mesmo arranjar desculpas sem necessidade, porque o AtM não tinha nada controlado, ao fim de 20mins. Foi isto, o jogo ontem. Não vale a pena tentar ver o jogo de outra forma ou arranjar desculpas para a derrota do AtM. Eles jogaram o seu melhor e nós o nosso.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 15:45

Ontem, perante um Sporting dinâmico e bem organizado, não tiveram hipóteses. Se tivesse surgido mais um golo para levar o jogo para prolongamento, estou convicto que acabaríamos vencedores.

Eles jogaram com os seus melhores, não há desculpas.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 16:57

R. Ribeiro
Quanta contradição!!.
Jogam no erro e foram encostados. 😎
R. Ribeiro escreve textos demasiado longos. Indesculpável!

E como fui descabido, vou revverter a minha ideia.
O Sporting jogou muito, teve azar!
O azar que o Sporting tem. Uff!!.. Por vezes insustentável.

Jogamos sempre bem e perdemos como sempre.(sim, eu sei que ontem foi 1 a 0 de que nada serve).
Se não é o árbitro, são as lesões!. Ou é o JJ ou jogador que erra ou ainda que jogamos sem os melhores. Se nada disto for, é o sistema!!..
Ou por ultimo, como o titulo do texto indica; A falta de sorte!!..

Mas, ontem foi espectacular!. Mais posse, mais cantos, mais remates à baliza, mais faltas cometidas, mais golos!..
Que azar, em 180 min. só conseguimos marcar um golito, por erro colossal do Oblak..

Abrazzzo
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.04.2018 às 18:04

Não percebi onde está a contradição, caro Carlos. O AtM joga na base do erro do adversário. Como ontem o Sporting não errou durante quase o jogo todo, o AtM foi encostado às cordas, tal como foi visível! Também posso fazer um desenho, se preferir aos textos longos ahahah

Há-de reparar que, mesmo em Madrid, os golos do AtM são resultado do erro da defesa do Sporting. Quando o Sporting se recompôs, dividiu o jogo, mas não tendo conseguido concretizar, por culpa nossa, claro. A falta de eficácia na finalização é algo que também se treina.

É assim que eles jogam, tal como jogam em Espanha.

Abraço
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 19:11

Nada contraditório, claro!!..Isso já eu tinha notado.
Venha lá esse desenho.
Seria de uma termenda utilidade, para mostrar aqui à malta e em especial a mim mesmo, como se joga no erro do adversário. Agradecido 😊
Aviso de amigo, para que não cometa erros ao desenhar. Os dois erros cometidos em Madrid não são os erros de jogo que se fala em estrategia, senão ninguém assim jogaria. Nem o erro do Oblak.
Aqueles são erros de desconcentraçâo. Erros, não forçados. Erros inesperados e pouco casuais.

Não escreva, desenhe!!
Vamos lá Ruben Ribeiro 😀
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 16:25

Carlos,

Não há causa para tanto negativismo no contexto do jogo de ontem.

Sobre o que referiu - número de jogos - também não é bem assim. Ora vejamos alguns galácticos, e nós não o somos nem podemos comparar plantéis:

Real Madrid conta com 52 jogos realizados.
Barcelona com 51
Bayern Munique com 44
Manchester City com 51

Podemos criticar outras questões, sem dúvida, mas o número de jogos tem muito a ver com o desgaste. Ainda mais no Sporting, com a gestão de Jorge Jesus e as contratações, nomeadamente as de Janeiro, que não serviram para aliviar a equipa.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 17:07

Plantel= qualidade (não competimos para ganhar tudo)
Plantel= quantidade(para ser possível uma gestão da temporada)

Não comparamos qualidade mas, queremos jogar as mesmas competições e ganhar algumas. Quantidade
A minha critica vai em comformidade à segunda parte do seu comentário.

Se ontem, dizem que jogamos bem e não tinhamos cinco craques operacionais. Tão mal assim de plantel, não estamos! 😀
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 17:10

-“ Não há causa para tanto negativismo no contexto do jogo de ontem.“ -
Não foi a ideia negativa..
Foi estar com os pés "assentadinhos" no chão.
Por isso terminei com a frase: nem oitenta, nem oitenta e oito.
Entendo a euforia!.. Não partilho😬
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 17:51

Da minha parte não há euforia alguma, pelo contrário. O meu ponto é que ao analisar devemos ser equiblibrados, especialmente no que diz respeito ao jogo de ontem que apesar de nos afastar da Europa, ofereceu-nos muito positivos.

Mas isto é apenas um jogo. Veremos o próximo.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 13.04.2018 às 18:02

Eu diría os proximos.Vem aí uma semana com mais 3
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 19:12

-“ ofereceu-nos muito positivos.“ -
É precisamente aqui que não concordo.
Eu vi muito erro. Os restantes(talvez) leitores e o Rui viram diferente
Os próximos jogos dirão.!!... 😉

Rui,
O jogo decorre exatamente como o Simeone o idealizou. Passar a eliminátória. Pragmático, cínico!
Ou seja, enquanto eles não marcarem, não fazemos mais do necessário. Se por acaso eles marcam o segundo, temos nós só a necessidade de fazer um golito. Bem perto estiveram ainda assim.
O JJ disse : eles nem sabiam como nós jogavamos. E o que conseguimos?.. Nada!!
Marcamos um golo num erro crasso do Oblak. Aparte da cabeçada efectuada por o Coates na primeira parte, eu não vi nada perigoso que pudesse por em sobressalto o Simeone.

Ver o que precisava o Atl. Madrid.
Ver o que precisava o Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 22:54

Carlos,

Isso já é negativismo a mais. Creio que anda obcecado!

Pode pintar o que desejar, mas têm havido muitos jogos merecedores de crítica, ontem não foi um deles. Mereciam ter marcado mais, talvez por ineficácia própria não o fizeram, mas jogaram para merecer.

Não viu a preocupação de Simeone durante o jogo porque não quis ver, muito simples.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 23:50

Rui,

-"" ..Creio que anda obcecado!""- Ufff !!...Com ???
O futebol portugues nao contribuiu para a minha felicidade. O Sporting muito menos. Com o Camarote Leonino, divirto-me.

Sei que lê milhares de comentários diáriamente..Mas, eu nao critiquei!..
Nunca ou raramente critico um leitor ou , discordar da opinao, sim!
Crítica faco ao JJ e ao Bruno.
Se discordar é criticar!!. Entao, o problema é meu. Tenho um problema de entendimento.

Dei uma, a minha opiniao e quem criticou a minha opiniao, foram voces. Até se ofereceram para fazer desenhos ... LOOOOOOOOOOOOOOOLL!!
Eu, até elogiei .!!. Concordando, com parte do seu texto.
-"" Agora sim, apesar de todos e com todos os problemas existentes no Sporting, os jogadores tentaram dar o seu melhor..
Sem estes probleminhas, estou certo que este Sporting ainda pode dar muito mais. ""-
O unico que dice foi que nao concordava com a leitura feita ; grande jogo!
Nem negativo, nem obcecado. Discordante nada mais.
O mundo gira à volta do sol e todos tem direito à livre opinao.O Rui também
(filósofo desconhecido)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.04.2018 às 00:02

Carlos,

A conversa é sobre o jogo, nada mais. É evidente que criticando ou não, tem pleno direito à sua opinião, assim eu como eu.

Eu apenas referi que o Carlos exagerou com o negativismo, no contexto do jogo. Quer se queira quer não, o Atlético de Madrid correu um sério risco de ser eliminado, depois do 2-0 em casa. Não aconteceu, mas não esteve longe disso.

Se mesmo assim o Simeone foi criticado em Espanha, imagine o que seria...
Sem imagem de perfil

De Anibal Pinto a 13.04.2018 às 18:13

Em Belém é que se vai ver...!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 22:54

Porquê?... É algum papão?
Imagem de perfil

De Corvo a 13.04.2018 às 18:34

Faltou sim, uma pitada de sorte.
E desta vez, pelo menos, honra ao mérito que não foi uma vitória moral. Ganharam mesmo. Apenas, insuficiente e isso faz parte da tal sorte.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.04.2018 às 19:16

.. Eu vejo os jogos sem som
Não gosto dos atuais comentários televisivos.
Superficiais, inckinados e manipuladores..
Acho o LF Lobo ridiculo ou otros analistas de táctica que passam o jogo todo a dizer como se deveria jogar em vez de analisar o que os treinadores propõem. Qual a ideia de eles e não a do analista..
Estes distorcionam em muito o conceito daquilo que o treinador realmente quer. Eles não estão lá para fazer critica ou corrigir. Estão lá, para ajudar o adepto a compreender melhor a tal ideia do treinador. Mas, não!!.
Por isso eu, sempre vejo os jogos sem som ou procuro um canal noutra língua!
Sem imagem de perfil

De atitopoteu a 13.04.2018 às 22:16

se esquecermos o que o Griesman não jogou...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2018 às 22:48

Antes de falar no jogador, aprenda a escrever o nome dele.

P.S.: Para a próxima vamos dar ordens para ele não ser marcado, só para agradar a quem de futebol nada percebe!!!
Sem imagem de perfil

De atitopoteu a 14.04.2018 às 00:21

quero lá saber como é que se escreve 'direito' o nome do rapaz !...ainda se as suas falhas ontem e em Madrid contribuíssem para a minha felicidade !...mas nem no 'plafond' aposto.

pelo que vai por aqui escrevendo sobre Futebol, olhe se ele não fosse marcado, você é sem dúvida, um 'expert' na modalidade.
deixavam-no jogar lá na rua quando era o dono da bola, não é assim?!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo