Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




22021262_zRY9r.jpeg

No programa Raio-X da Sporting TV, esta segunda-feira, Miguel Braga, Responsáel de Comunicação do SCP, foi muito crítico em relação ao comportamento do assessor de imprensa do FC Porto, no episódio que acabou por marcar o pós-clássico e que envolveu, não apenas o homem que se senta ao lado do treinador nas conferências de imprensa, mas também Sérgio Conceição e um jornalista do site 'Zerozero.pt':

"Faz-me confusão o que se passou na sala de imprensa e nos momentos posteriores. Há um jornalista que faz uma pergunta ao treinador do FC Porto, assinalando um facto verificável, que qualquer pessoa que ponha o jogo para trás pode ver, e que é, no fundo, uma mola que existe no banco do FC Porto, que os obriga a saltar o triplo das vezes que saltou o banco do Sporting.

Houve um jornalista que se deu ao trabalho de contar quantas vezes saltou um banco e outro, porque, nestas últimas semanas, se tem falado muito que o comportamento dos bancos é, muitas vezes, uma forma de pressionar os árbitros. Fez o seu trabalho, está no sítio onde é suposto a imprensa estar a fazer perguntas e o que se passou foi deplorável. Faz-me confusão que num país livre, num país suposto democrático, exista esta espécie de 'bullying' a jornalistas que fazem perguntas que alguém acha incómodas.

É a liberdade de imprensa, é a liberdade de os jornalistas fazerem perguntas e não serem sujeitos a insultos ou tentativas de agressão. Toda a gente viu o que se passou - e depois não viu nada do que se passou... porque as câmaras não estavam lá. Como é possível um assessor de imprensa insultar desta forma um jornalista? É que não só o insultou na sala de imprensa, como foi a insultá-lo até ao carro dele, o que eu acho realmente surreal.

Há certos senhores que estão convencidos de que há uma coutada dentro do país e dentro do Estado de direito. E não existe. Faz-me confusão que algumas entidades, que gerem o nosso futebol, não digam nem uma palavra sobre este caso. Podia ser a primeira vez, mas não é. Desde 2009, pelo menos, há casos de tentativas de agressão e insultos.

Relativamente ao Sérgio Oliveira, o Rúben Amorim já disse tudo e, perante a resposta dele, não é preciso dizer mais nada. O mesmo para o Francisco Conceição. Aquilo que o Pedro Porro disse, deixa-me convencido, mas, olhando para as imagens e tendo em conta o que o Porro disse, percebe-se facilmente onde está a razão.

Além de Artur Soares Dias, há uma geração de árbitros que tem qualidade. Se for uma parceria de intercâmbio, eu não vejo onde é que está o tal atestado de incompetência de que a APAF fala. Até pode ser uma coisa bastante interessante e, se for para melhorar a arbitragem em Portugal, diria... tudo Ok, maravilhoso".

publicado às 05:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 02.03.2021 às 17:13

Estas atitudes de bullying do banco do Porto, faz-me lembrar o nosso antigo presidente, que “gramamos” durante 4 anos, ele também não admitia perguntas que não fossem do seu agrado, chegando ao ponto de escarnecer dum jornalista desabilitado, os árbitros deviam marcar no relatório as vezes em que são contestados, mas... não teem a coragem de ir contra o sistema.
O próximo ano parece que vamos ter árbitros estrangeiros, não quer dizer que vão ser melhores ou peores, mas estou em crer que não se vão amedrontar com o sistema e a errar será para os dois lados.
Venham de lá árbitros estrangeiros.
Saudações leoninas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.03.2021 às 18:09

Essa dos árbitros estrangeiros só vendo para acreditar. Daqui até lá vai haver enorme pressão para que isso não aconteça.
Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 02.03.2021 às 23:38

Depois do VAR “e embora por vezes aconteçam coisas estranhas” o Benfica tem mais dificuldade em controlar os árbitros, e sendo assim está bastante interessado em vir árbitros estrangeiros, posso estar enganado mas pelo que me dizem o Benfica não descarta esta possibilidade.
A minha fraca opinião era os árbitros serem sorteados porque afinal são todos de “primeira” categoria.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo