Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Se Deus quisesse que jogássemos futebol nas nuvens, teria posto relva lá em cima". A frase do já falecido Brian Clough parece agora ganhar novo sentido, perante o que se começa a perceber ser a ligação entre o futebol e o desenvolvimento de demência. Por isso mesmo, a Federação Escocesa está a ponderar banir os cabeceamentos no futebol juvenil, revelou esta quinta-feira a BBC.

De acordo com um estudo recentemente divulgado no "The New England Journal of Medicine", em que também esteve envolvido John MacLean, o médico da Federação Escocesa, o número de mortes relacionadas com doenças neurodegenerativas é mais alto em ex-jogadores de futebol, assim como a prevalência de demência.

mw-1280.jpg

A Federação escocesa pondera, assim, proibir que os(as) futebolistas com menos de 12 anos cabeceiem bolas, em treino, por prevenção, algo que também já acontece nos EUA. Na Europa, contudo, a Escócia seria o primeiro país a impor uma proibição semelhante.

"Temos de tomar algumas decisões sensatas e pragmáticas neste momento e isso tem a ver com o tentar reduzir o número de vezes que os jovens cabeceiam a bola - e mesmo nos treinos costuma haver mais cabeceamentos do que nos jogos", explicou John MacLean à BBC, assumindo que ainda não está directamente provado que sejam os cabeceamentos a prejudicar os jogadores, mas, por uma questão de "bom senso", o médico diz que não se pode "estar a à espera de provas claras" sobre o assunto.

Artigo de Tribuna Expresso

publicado às 03:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Perfil Facebook

De Pedro Martins a 17.01.2020 às 10:11

Concordo ou, em alternativa, poderiam usar uma proteção para a cabeça como no râguebi. Também no hóquei em patins deveria ser obrigatório os jogadores de campo usarem proteção na cabeça. Poderia não ser um capacete como no hóquei no gelo, mas uma stickada ou uma bola a mais de 100 km/h faz mossa.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 17.01.2020 às 18:55

Lembra a luta que houve nos EUA por causa das consequências nos jogadores de futebol americano.

Embora ficasse provada a relação entre a pratica daquele desporto e a demência nunca se chegou verdadeiramente a rever regras ou a investir na prevenção.

É como o boxe, ou o MMA, quando morre um atleta, "ai coitado.." e mais não sei o que, mas só se usam capacetes em certas competições.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo