Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

19938667_YzZWc.png

 

... É que se assim não fosse eu ficaria preocupado. Mas vamos confiar no nosso timoneiro que saberá conduzir o barco a porto seguro. Este tipo de notícias não passam de mera especulação.

 

publicado às 13:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Diogo Martins a 30.09.2016 às 14:51

A notícia é evidentemente sensacionalista e o postador teve pouco ou nenhum interesse em aprofundar a matéria. Mas ficam duas notas importantes para discussão daqueles verdadeiramente interessados no nosso Sporting:

- Nada consta na convocatória relativamente a um eventual aumento do capital social, pelo que nada será decidido na AG;
- A necessidade dos 44M resulta do facto do Sporting se encontrar na situação prevista no artigo 35.º do Código das Sociedades Comerciais - capitais próprios negativos, situação em que o Sporting se encontra pelo menos desde 2010 e cuja resolução nunca foi equacionada.

Trata-se acima de tudo uma questão contabilistica e que deve ser resolvida responder. O aumento do capital social é apenas uma das soluções. E vejo com muito maus olhos a entrada de novos investidores, solução que não tem o minimo de interesse. Já basta termos as VMOC's para resolver.

Por outro lado, é evidente que o Sporting não está "a precisar de dinheiro para sobreviver", nem que se encontra nalguma situação financeira estrutural desequilibrada.
Sem imagem de perfil

De Leo...nardo a 30.09.2016 às 20:46

Que tem a AG do Sporting, onde qualquer associado pode tomar assento, com uma AG da SAD onde o clube é representado pelo presidente de ambas as entidades !?
Sem imagem de perfil

De Diogo Martins a 30.09.2016 às 21:25

O quê? Eu falei da AG da SAD, onde tem lugar qualquer acionista com 100 acções. É a única que faz sentido falar.
Sem imagem de perfil

De joao pereira a 30.09.2016 às 15:13

Sempre pode ir buscar as almofadas do inicio do ano...
Imagem de perfil

De Profeta a 30.09.2016 às 16:46

Isso, ou os fundos russos, os fundos americanos, ou os 20 milhões que entrariam mal ele fosse eleito presidente...

Enfim, este tipo nunca teve nada para dar ao Sporting, para além de ser bem remunerado para fazer lipoaspirações e endireitar os dentes. Só vergonha alheia, foi o que ele acrescentou ao Sporting!
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 30.09.2016 às 18:35

"Dar"? Mas em que raio de mundo vive?
Sem imagem de perfil

De Jorge Paiva a 30.09.2016 às 16:45

É realmente uma noticia estranha. Ainda por cima aparece num jornal dos amigos do Saraiva.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.09.2016 às 17:15

Nuno Saraiva trabalhou no DN.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 01.10.2016 às 12:08

Explicacao. Transcrita do Blogue "amigo" A Norte de Alvalade, pelo leitor MMS.

"Esta "notícia" do JN é do mais miserável que vi nos últimos tempos. Por dois motivos, fundamentalmente, ambos relacionados com a total impreparação do jornalista que a escreveu:
- o absoluto tiro ao lado na interpretação do artigo 35º CSC;
- o absoluto desconhecimento do que possam ser suprimentos.

O artigo 35º não diz absolutamente nada do que refere o jornalista. Nada! Fala de perda de metade do capital social (relação entre capitais próprios e capital social) e fala da obrigação de o CA convocar uma AG para deliberar sobre várias possibilidades de resolução dessa perda (incluindo a dissolução). Possibilidades, reitero. O artigo 35º não tem nenhuma consequência automática para a situação de capitais próprios negativos, nem a dissolução nem outra.

Quanto aos suprimentos: um suprimento não é mais do que um empréstimo realizado à sociedade por um seu acionista. Considerando que foi a própria Sporting SAD a realizar as vendas, percebe o absurdo que seria contabilizar as vendas como suprimentos... O que não significa que a Sporting SAD não venha a solicitar suprimentos aos seus acionistas. Mas isso em nada está relacionado com compras, vendas, etc.

Isto dito, vamos lá às duas primeiras perguntas:

1. Era preciso vender? Era. A SAD teve um prejuízo de 32M€ em 15/16. O discurso da desnecssidade de venda foi para não colocar o Sporting em posição de desespero no mercado. Se me pergunta a minha opinião pessoal, não acho mal.

2. Está em risco a maioria na SAD? Com uma entrada de 18M€, parece-me que não (há outros temas, como as VMOC, que não vou abordar aqui). Fazendo umas contas de merceeiro, (a) mesmo que o aumento seja inteiramente subscrito pelo segundo maior acionista (Holdimo), que detém cerca de 30% do capital, (b) uma vez que o Sporting detém direta ou indiretamente 64%, (c) que o capital atual é de 67M e passará a ser, portanto, de 85M, parece-me que a participação da Holdimo não ultrapassará os 45% do capital social. Mas aqui, repito, as contas são de merceeiro, esta parte precisaria de alguma afinação em função de percentagens concretas, etc.

Quanto à terceira pergunta: o impacto das vendas será seguramente muito positivo no resultado deste exercício. Em regra, os capitais próprios só se melhoram com entradas dos acionistas (aumento do capital) ou com resultados positivos nos exercícios. É possível que ocorram ambas.

Só uma nota final: percebo perfeitamente que o LdA e muitos dos leitores do JN tenham sido levados ao engano por esta suposta "notícia". Como sabe sou jurista e por isso para mim é relativamente fácil desbravar o caminho das bacoradas do texto do JN. E por acaso a "notícia" toca em dois temas com que lido todos os dias tendo por isso bastado uma primeira leitura na diagonal para perceber o pouco que o jornalista (?) investigou antes de escrever tantos disparates ao mesmo tempo.

A conclusão a que chegamos é que quem publica no JN não prepara, sequer, o básico que lhe permita assegurar-se de que está a informar corretamente. E isso é triste."

Espero que isto seja claro. Sensacionalismos sao o mote da Imprensa desportiva portuguesa, que todos já sabemos ao que vai. Escusam os sportinguistas de alinhar pelo mesmo diapasao sem, pelo menos, se informarem melhor.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo