Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Foi uma estreia de sonho"

Rui Gomes, em 20.09.19

img_920x519$2019_09_19_19_38_00_1604385.jpg

"Foi uma estreia de sonho, entrar e marcar é muito bom. Foi de arrepiar. Tenho pena de não termos conseguido ganhar o jogo ou no mínimo pontuar. Pensei na minha satisfação de ter conseguido algo que eu queria muito. Pensei também muito na minha família, deve-se muito a eles.

Tempo em campo até marcar? Um minuto e 11, sabia. Já fui informado disso. Dois toques na bola e fiz golo. É o início, trabalho todos os dias. O golo foi muito bom. Agora é trabalhar para surgirem mais golos e vitórias. Esta foi uma boa oportunidade para me mostrar.

O míster Leonel acredita em mim, sempre que puder vou ajudar a equipa e o Sporting. O objectivo de todos nós na formação é trabalhar para chegar à equipa principal. Foi a minha vez de ter essa oportunidade e acho que fiz um bom papel.

Se estou triste por não jogar com o Famalicão? É como tinha dito, passo a passo. Tenho o próximo jogo nos sub-23, onde estiver estou a servir o Sporting, seja nos sub-23 ou na equipa AA. São meras opções, mas há mais inscrições em Janeiro. Vou trabalhar para ser opção".

Declarações de Pedro Mendes após o embate com o PSV Eindhoven.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo CFerreira a 20.09.2019 às 06:14

Muito bem dentro do campo e excelente declarações a não alimentar um tema já de si polemico.
Imagem de perfil

De Greenlight a 20.09.2019 às 09:45

Pedro Mendes deveria ter entrado mais cedo face ao pouco ou nada demonstrado por Vietto. Mas, parece que Leonel Pontes é daqueles treinadores que atrasa as substituições e guarda sempre uma para os últimos minutos. Já tinhamos assistido a isso no Bessa e ontem aconteceu novamente com Rafael Camacho a entrar quando faltavam poucos minutos para o fim.
Sem imagem de perfil

De Ghost a 20.09.2019 às 12:22

Continuo sem perceber a mania de não se fazerem substituiçõs ao intervalo. O treinador teve 45min para ver o que estava mal, se a solução passa por trocar um jogador é ali que tem tempo de o fazer e falar com a equipa toda para organizar a nova táctica e posicionamentos. Não é a lançar um gajo para jogar 10 ou 20 minutos que se corrige um sistema táctico, quanto muito tem-se a sorte de entrar com vontade e ter sorte de destabilizar. Substituições longe do intervalo só devido a cartões e lesões. Seria assim a minha teoria

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.09.2019 às 12:46

Disse bem... a sua teoria, não mais do que isso!
Sem imagem de perfil

De Ghost a 20.09.2019 às 14:31

Então o porquê deste seu comentário? O seu comentário, não mais que isso!
Perfil Facebook

De Aurélio Buarcos a 20.09.2019 às 12:37

Na Europa, a jogar com o PSB, parece-me ajuizado não queimar as substituições muito cedo, se existisse uma lesão como fazia? Ficava a jogar com menos um?
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 20.09.2019 às 14:57

Tem razão. Prá proxima, em vez de se esgotarem as substituições ao min 90, o melhor é deixarmos a substiruição para o min 93. Assim a probabilidade de lesões é quase nula.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.09.2019 às 16:02

As suas parvoíces aumentam de dia para dia!
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 20.09.2019 às 17:00

As minhas parvoíces sobem na exata medida em que vou lendo os disparates que aqui são escritos. O Rui acha razoável o argumento de que se deixa uma substituição para o min 90 para precaver lesões, sobretudo estando a perder. Desculpe mas eu não acho.
Perfil Facebook

De Aurélio Buarcos a 20.09.2019 às 20:48

Sr. Mike1906, às 14h57,
A questão que comentei foi a entrada, supostamente, tardia de Pedro Mendes.
Pedro (na sua opinião) entrou aos 90 minutos e marcou um golo aos 82 minutos, estamos conversados quanto à sua capacidade de análise.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 20.09.2019 às 22:00

Para a próxima tente ser mais claro sff. O comentário anterior fala em P Mendes e em Camacho. Quando refere "queimar as substituições" o que se interpreta daqui? Que está a falar da última substituição, daí o meu comentário. Saudações Leoninas

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo