Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foto do Dia

Rui Gomes, em 21.12.16

 

img_770x433$2016_12_20_23_34_10_1199347.jpg

Claque "visitou" a equipa na Academia, em Alcochete.

Chegou a isto ?

 

publicado às 04:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


30 comentários

Imagem de perfil

De PF a 21.12.2016 às 07:41

Foi necessário vir a este espaço, por excelência sportinguistas, para colocar as coisas no devido lugar, os comentários que tenho ouvido na TV por ditos distintos comentadores são de bradar aos céus, dizem estas criaturas que a referida visita é normal, salutar e até desejável, anda tudo doido ou perdeu-se a noção do ridículo?
Esta visita é uma vergonha, e só vem demonstrar que Bruno só está no lugar que está graças a uma boa dúzia de enegrumenos e inúteis da sociedade que o apoiaram e agora querem utilizar o poder que o presidente lhes ofereceu, já não bastava a participação em comissões de liquidação de ex presidentes (CLP), agora também servem como grupo de pressão sobre os profissionais do Sporting, a mando do dono, para que as vitorias regressem, como diz a criatura a "GLORIA" só que o nome não é esse é "MUSTAFA", personagem pouco recomendada.
Sem imagem de perfil

De roc a 21.12.2016 às 09:45


MUSTAFÁ!!!

A cópia fiel do MACACO.

Sem imagem de perfil

De roc a 21.12.2016 às 09:46


queria dizer a cópia fiel do MACACO do norte.
Imagem de perfil

De Drake Wilson a 21.12.2016 às 10:23

Espanta-me aos dias de hoje, o nosso Clube não estar ainda imune a interferências externas desta natureza, por diversas vezes verificadas ao longo dos últimos anos. Ou sequer que as instrumentalize ao serviço do emblema, quem se considere no direito de o fazer...

Tanto pela forma como pelo conteúdo, sinto desprezo por esta génese de militância de uma claque moderna – dotadas de lógica nos anos 80, faziam todo o sentido nos moldes como surgiram e recriavam uma dinâmica pouco habitual nos nossos estádios, em comunhão com as sensibilidades de todos os adeptos, independentemente da idade, género ou mesmo classe social.

É graficamente violento sujeitar o carácter de um Marido, Pai e Capitão como Adrien, a escutar retóricas de um indivíduo que há 20 anos se galvanizava pelo desprezo à própria família, aquando de uma saída precária de um estabelecimento prisional, promovendo num português primitivo, que "prefiro sair para ver um Dérbi do que estar em casa com a família".

Não se pode confundir falta de estrutura intelectual com os valores intrínsecos à dignidade do ser humano. Talvez o problema seja que, dentro do Clube, já poucas pessoas os tenham.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 21.12.2016 às 10:53

Caro Drake,

Os movimentos ultras têm uma grande importância nos clubes actualmente.... não é só no Sporting, mas sim em todos os clubes com alguma massa adepta!

A discussão sobre se as claques são positivas ou não, é uma discussão estéril.... porque em termos práticos as claques são organizações à parte dos clubes, com milhares de associados, com receitas de milhares de euros, e têm uma força muito maior do que a maioria das pessoas pensa! Existem aspectos positivos e aspectos negativos nas claques..... sendo que no meu entendimento os aspectos positivos superam os negativos.

A incapacidade para a maior parte das pessoas para perceber a mentalidade ultra, deve-se primeiramente a questões sócio-económicas, mas também a uma questão que pouca gente entende os sacrifícios que muitos destes ultras fazem.... faço esta pergunta.... quem é que aqui comenta é que vai ver o próximo jogo em Belém 5ªa feira às 9 da noite? veremos se a maioria dos adeptos do Sporting presentes não serão as claques...

Essa conversa do Adrien pai e marido, desculpe mas isso para mim é treta!! Não foi ele que fez uma entrevista ao jornal Ojogo a dizer que queria sair no ultimo dia de transferências?! que respeito teve ele pelo Clube?! Não me parece nada do outro mundo, ele como capitão ter que apresentar as explicações aos adeptos, que aqui estão representados pelo líder da claque....
Não concordo com a visão de tratar os jogadores como prima donas, quando na realidade não passam de putos endinheirados, que tudo fazem por dinheiro.... com algumas excepções.... mas por principio acho que o plantel do Sporting tem de ter a humildade para aceitar as criticas tanto dos normais adeptos, como da direcção, como da claque.... que também faz parte da orgânica do futebol!

SL
Imagem de perfil

De Drake Wilson a 21.12.2016 às 11:17

Schmeichel, bom dia.

Não concordar, é um direito que lhe assiste. Já considerar uma "treta" qualquer opinião não qual não se reveja, parece-me pretensioso da sua parte. Você pretende o debate, o está a fazer o papel de um qualquer Mustafá comigo?

Considerar uma claque como agente representativo dos adeptos, é um direito que lhe assiste, no qual não me revejo. Não discordo que uma claque pertença à orgânica do Futebol, tal como um apêndice. Consigo ter uma opinião diferente, sem desqualificar a sua.

Agora se considera que uma claque representa a entidade patronal, à qual o atleta X tem de prestar justificações, ao invés dos órgãos nomeados e renumerados para o efeito pelo Clube, significa que no dia em que sua excelência tenha o azar de bater com o carro contra um qualquer Mustafa desta vida, este considere legítimo fazer a justiça contra si pelas suas próprias mãos, ao invés de recorrer às autoridades competentes para o efeito.

Sugiro-lhe neste Natal, a leitura da obra "Sociedade e Conhecimento – Ordem, Caos e Complexidade".
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 21.12.2016 às 11:32

Drake,

Quem é o Adrien Silva para não poder ser criticado?! só porque é pai?! mas o BdC não é pai também?! Se para mim um determinado argumento é uma treta.... eu direi que é uma treta... não espere de mim outra coisa!

Eu quando fui jovem pertenci à Torcida Verde.... e sempre vivi o futebol apaixonadamente, gastei centenas de euros a deslocar-me pelo pais fora, nunca mandei uma tocha ou um petardo. Nunca fui assalariado ou protector de nenhuma direcção.... acho que a Torcida Verde mantém essa postura de ser apenas uma claque de apoio ao Sporting... no futebol e nas modalidades!

A JuveLeo tem uma história e orgânica diferentes.... mas não tenho qualquer duvida que representam parte dos adeptos do Sporting, goste o Drake ou não.... o futebol não um mundo para meninos, e exemplos como o Porto que sempre geriu estes assuntos com o apoio da claque, demonstram como o mundo de futebol resolve os seus problemas..... esta é apenas a constatação disso!

Nota: nunca farei de Mustafá consigo.... não confunda a minha argumentação agressiva, com falta de respeito... que não o pretendi fazer!
Imagem de perfil

De Drake Wilson a 21.12.2016 às 11:53

Se o Futebol não é um mundo para meninos, com algum humor, poderíamos acabar com os escalões de formação e recorrer a estabelecimentos de correcção para scouting.

Isto no fundo revela a influência do nosso olhar sobre os assuntos, influenciados pela experiência. Assisto com pouca assiduidade a jogos de futebol em Londres, no Emirates, por me deslocar com relativa frequência a Inglaterra. Observo os novos focos de agressiva militância clubista naquelas pessoas, e penso como pode o ser humano ter uma memória tão curta.

Consegue justificar a sua forma de ver o futebol aos familiares daqueles que faleceram em Heysel, ou mesmo para os familiares do adepto sportinguista que pereceu no Jamor?
Sem imagem de perfil

De SMCM a 21.12.2016 às 11:58

Tb eu pertenci à torcida verde e deixei-a quando o Fernando Mendes e capangas irritados com o resultado do jogo e do apoio que a torcida mantinha deslocaram-se até nós e destruiram o nosso material. Éramos uns 50 e eles uns 2mil, na antiga curva sul do José de Alvalade. Depois disto a minha visão das claques mudou. Cambada de frustrados que se aproveita do "grupo", da quantidade de fiéis para praticar todos os actos de vandalismo e sair impune. Sou contra. E não gosto de ver estas cenas, quem manda no clube? E nos jogadores? São pessoas externas que vão dar ordens? Ou a política agora é de coação? De terror e do medo? Não é assim que vejo o mundo.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 21.12.2016 às 14:54

SMCM,

A Torcida sempre foi um espaço distinto no universo das claques não só no Sporting.... mas em Portugal!
No universo leonino, gostei muito do trabalho inicial dos Directivo Ultras XXI.... tinham canções engraçadas, e respiravam um pouco aquele conceito ultra italiano.... que sou fã!

Já a JuveLeo é uma claque de outra dimensão.... muito mais numerosa, que mexe com muito dinheiro.... se eles quiserem retirar do poder um Presidente ou um treinador, eles conseguem....
Em muitos clubes o capo (o líder da claque) é parte integrante da estratégia do clube.... participa nas reuniões e tem uma palavra a dizer.

Esclareço que acho bem as claques estarem envolvidas no processos dos clubes.... no caso do Sporting acho mal, que seja apenas a JuveLeo a falar com o plantel.... para além de existirem outras claques, deveria estar ali representado um representante dos normais adeptos, que também deveria ter uma palavra a dizer ao plantel e dirigentes (incluindo BdC), e explicar/relembrar a esta gente o que significa representar esta instituição e envergar o leão ao peito!
Não vejo mal ao mundo que esta ligação plantel/adeptos seja feita com maior regularidade...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.12.2016 às 16:37

Schmeichel,

Este suposto poder das claques, nomeadamente da Juve Leo, é uma disposição ilusória que lhes é concedida por presidentes/direcções por um lado subservientes, por outro que as usam - caso clássico de Bruno de Carvalho - para os seus fins.

Se e quando chega ao ponto de terem influência na estrutura de um Clube, devem ser abandonadas por completo.

Em tempos, tiveram um a função muito positiva e que a maioria de nós aplaudimos. Hoje em dia os negativos superam os positivos largamente. O governo devia intervir com a sua proibição permanente, em termos de grupos organizados.
Sem imagem de perfil

De zé vitor a 21.12.2016 às 10:30

Deve haver um equivalente a este no meu benfica, mas ainda não vi por lá uma cena destas. Pelo menos não me lembro de tal coisa.


Uma vergonha. O Sporting foi tomado de assalto. O shor presidente agora até tem guarda pretoriana.

cumprimentos e votos de um feliz natal

Zé vitor
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 21.12.2016 às 10:36

Há pelo menos 1 que matou um adepto do SCP e foi escondido pela própria claque.
Sem imagem de perfil

De joao a 21.12.2016 às 20:17

Ainda o verylight? Tenho a certeza que já aconteceram coisas muito piores. Há mafiosos em todas as claques. Não podem é mandar no clube.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 21.12.2016 às 10:37

Aqui a minha questão é: Não há segurança na Academia para impedir isto?
Sem imagem de perfil

De João a 21.12.2016 às 10:39

Segurança?... Se estavam autorizados pelo presidente, a segurança não iria impedir.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 21.12.2016 às 10:46

Bom, pelos vistos eles não foram lá para ameaçar e sim para mostrar apoio.

Aqui: https://www.youtube.com/watch?v=lQoU41-5eb0
Sem imagem de perfil

De roc a 21.12.2016 às 12:11


Sim, foram lá mostrar apoio... nas palavras! No fundo, a atitude foi mais para fazer pressão e deixar no ar a ideia, que se não ganham o campeonato...

Costuma-se dizer que "para bom entendedor meia palavra basta!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 21.12.2016 às 12:21

Não acredito.
Quanto muito, pressionar para mostrarem sempre atitude em campo. Agora, exigir o título, ninguém pode fazer.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.12.2016 às 23:15

Foi indubitavelmente para fazer pressão. A ideia do Bruno foi precisamente essa. Lamentavelmente, ele não compreende que mais vezes do que não, estes métodos têm repercussões.
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 21.12.2016 às 13:14

Passo por aqui sempre que posso, porque o espaço não é inimigo e permite interagir, mesmo que virtualmente, com gente que gosta de futebol e deporto em geral.~

A maior parte das vezes não comento, dado que são assuntos sportinguistas. Faço-o. normalmente e quando posso, quando se trata de temas mais generalistas.

Desta vez, dou ao teclado a propósito de uma afirmação feita noutro comentário e que reza o seguinte: «O futebol não é para meninos.». Compreendo o sentido da imagem, mas uma afirmação destas explica, com toda a clareza, como é hoje vivido o espetáculo desportivo por estas bandas por uma minoria de adeptos.

É verdade e tem toda a razão o 'comentarista': o futebol não é para meninos; é para guerreiros, é para 'Macacos', Mustafás, Mendes, Ferreiras, etc., desta vida.

Estive mais de 20 anos sem entrar num estádio de futebol, pois as minhas duas últimas experiências resumiam-se a ver um espectador sacar de uma arma do bolso e ameaçar adeptos adversários e ter de fugir, apressadamente, do campo de jogo, em resultado de uma invasão de adeptos adversários que queriam linchar a equipa de que fazia parte. Foi esse o fim da minha passagem enquanto atleta pelos campos nacionais.

Voltei muitos anos depois como disse, por causa dos meus filhos, para os acompanhar aos estádios A e B para verem o Benfica, mas apenas os levo a «jogos calmos». Jamais os levarei a um clássico ou a meia dúzia de estádios complicados. O mais novo tinha 9 anos quando o levei pela primeira vez. Era, portanto, um menino. Naquele dia, o futebol foi para meninos e nos jogos seguintes também.

Nos EUA, entro, com uma camisola dos Mavs, no pavilhão dos Spurs, e fico no meio de quase 20 mil espectadores. Vibro com os lançamos de Nowitzki, Kidd ou Terry e nada me acontece. Ninguém me dirige uma palavra menos simpática e muito menos qualquer espécie de ameaça. Ao sair do pavilhão, há alguma probabilidade de ser assaltado ou vítima de um lunático qualquer, mas lá dentro passo 3 horas de paz e tranquilidade, usufruindo do espetáculo que me é proporcionado.

«O futebol não é para meninos.» Um dia destes, alguém vai concluir que o futebol não é para ninguém, ou é apenas para a meia dúzia de fanáticos facciosos.

PS - Ainda hoje não compreendo como nunca dei uma naifada no meu pai, sportinguista de sempre, quando assistíamos, juntos, ao futebol.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 21.12.2016 às 15:06

Ou ele em si, por desobediência LOOOOOOLL!!
Fiz uma brincadeirinha com uma coisa séria..

Excelente comentário. Muita realidade.

Idolatrando LFV, PdC ou Bruno..
Programas rascas às duzias.
Jornalistas que escrevem ou dão noticias falsas.
Escudando-se na idéia.. nós somos latinos!! Ou a outra: isso é futebol (que parolada)
Zangar-se por meia palavra.
Etc, etc,

Enquanto assim for.... Nada a fazer!!

P. S. Giro, giro é mesmo quando há porradaria e as TVs esquecem o jogo e policia mais perto começa a ser entrvistado..
Bruteza não tem fim
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 21.12.2016 às 15:20

Oceano Vermelho,

Acho que fez um excelente comentário.... mesmo para um benfiquista.... :)

Uma nota... você não pode comparar franchisings americanos com o futebol europeu... não tem sentido!! Eles mudaram os Nets de Jersey para Brooklin e está tudo bem.... na Europa existe história.... muita história! Existem algumas rivalidades na América... mas é incomparável!

A violência não é só das claques.... eu já vi violência pura e dura entre pessoas ditas normais.... e olhe que muitas vezes até em jogos do Distrital!
E também não vamos generalizar.... porque não houve violência nenhuma no acto da JuveLeo... houve sim uma achegazinha ao plantel.... como se costuma dizer!!

Você acha que os jogadores de futebol já não estão habituados a estas pressões e não conhecem os Mustafas e companhia?!?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.12.2016 às 16:55

O dia que o Schmeichel não aprovar/criticar uma qualquer medida do Bruno . e não tenha dúvidas que esta iniciativa partiu dele - é o dia em que o sol nascerá no Ocidente.

Há clubes norte-americanos com muita história, não devemos generalizar, e se acompanhasse o dia-a-dia verificaria que o fervor entre muitos não é nada inferior ao que se verifica na Europa com o futebol. Em geral, a maneira de e estar é que difere significativamente, mas não a emoção.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 21.12.2016 às 19:29

Já fui ver um jogo da NBA e acompanho na generalidade o desporto americano e deixe-me que lhe diga que já existem clubes de futebol americanos com claques organizadas... sendo um exemplo disso a claque dos Portland, que é fantástica!

A diferença para a europa é uma questão histórica.... dou o exemplo das rivalidades Sporting Benfica.... 100 anos de história e 1km de separação! Isto não existe na América....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.12.2016 às 19:39

O sistema das claques norte-americanas é muito diferente. Acima de tudo, a mentalidade do cidadão, e por consequência do adepto, é também radicalmente diferente.

Também há cidades norte-americanas com duas equipas na mesma Liga em várias modalidades. E não esquecer os colégios, em que por exemplo no "football" enchem estádios com mais de 100 mil espectadores. É um fervor espectacular.

Comparado a Portugal, os E.U.A. é um país jovem, mas nunca podemos esquecer que tem mais de 300 milhões de habitantes.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 21.12.2016 às 19:45

Deixo-lhe aqui um link( https://www.youtube.com/watch?v=NRSEyLqOpZw&t=159s ) da tal claque organizada de Portland.... um exemplo do que é ser uma claque! Eles chegam a cortar um tronco quando marcam golos....porque eles chamam-se Portlad Timbers!

A discussão sobre ilegalização das claques, esquece-se de que a maioria dos adeptos que por acaso pertencem a uma claque, estão lá apenas para apoiar o clube a um nível de dedicação acima do normal dos adeptos... quanto tempo e dinheiro pensa que a maioria deles não gastará? Com isto não quero diminuir a necessidade de implementação de medidas que impeçam o hooliganismo.... porque isso é diferente de claques organizadas. Por exemplo os muito falados Casuals, que se pesquisar na internet verificará que é um movimento que está em todos os clubes... este tipo de movimentos é que têm de ser alvo de controlo e dissuasão!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.12.2016 às 21:27

O cenário em Portugal é bem diferente.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 21.12.2016 às 15:13

Macacos, Mustafas, NN, etc..
Impressionante!!!
Nomes lindos que eu ninguém vai dar ao seu próprio fillho.
Mais famosos que a maioria dos craques da bola, daqueles por quem nós vamos ao Estádio..

Não é isto uma aberração??

Não, não, as claques não são necessárias.
SMCM.. Somos dois!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.12.2016 às 23:18

Carlos,

Pela postura do Schmeichel pode-se ver bem que as claques são boas para serem usadas à conveniência de quem dá as rédeas. Neste caso o Bruno... ou vamos esquecer o grande abraço dele com o líder na final da Taça de Portugal há dois anos ?

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo