Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (126)

Leão Zargo, em 16.12.18

 

Albano Narciso Pereira.jpg

 

Albano Narciso Pereira

 

Na galeria dos grandes jogadores do Sporting, Albano Narciso Pereira é um dos símbolos aglutinadores das diferentes gerações de adeptos leoninos e ocupa um lugar de destaque na narrativa histórica sobre as glórias passadas do Clube. O seu currículo é significativo. Por ter integrado a mítica linha avançada dos “Cinco Violinos”, mas também pelo número de jogos com a camisola sportinguista, os golos que marcou, os títulos que conquistou e os admiráveis feitos desportivos. E pelo seu indesmentível fair-play e a paixão com que se entregou ao futebol.

 

Franzino e tecnicista, rápido e criativo, com um drible curto, mas imprevisível, Albano foi um extremo-esquerdo que possuía uma percepção do jogo feita de génio e de versatilidade. Realizava cruzamentos para a grande área adversária com régua e esquadro, como fazia com mestria e em velocidade o transporte da bola para efectuar um remate repentino e colocado à baliza. Para muitos, ele era o mais talentoso dos “Violinos”. Fernando Peyroteo fez-lhe um elogio invulgar: “Nada fazia em força, mas em jeito. Tudo era feito de uma maneira leve e suave.”

 

Albano vestiu a camisola verde e branca entre 1943 e 1957, participou em 334 jogos oficiais e marcou 160 golos (Wiki Sporting). Conquistou oito vezes o título de Campeão Nacional, quatro vezes a Taça de Portugal e três vezes o Campeonato de Lisboa, para além da Taça Império e da Taça O Século. Foi internacional em 15 jogos. Despediu-se do futebol em 29 de Junho de 1957, sendo distinguido em 1998 com o Prémio Stromp na categoria Saudade.

 

publicado às 13:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De RCL a 16.12.2018 às 14:07

Leão Zarco
Obrigado por trazer ao blog a Historia do nosso Sporting, Sporting vencedor.
Não vi jogar os violinos mas lembro-me de Travassos, Vasques, Martins e Carlos Gomes, campeões em 1958, primeiro campeonato do Sporting de que me lembro.
Amigos brasileiros contaram-me que Albano foi a figura maior do Sporting durante a Taça do Rio,1952 ; os seus dribles estonteantes desorientaram os defesas, sobretudo no jogo com o Penarol, deixou o uruguaio de "olhos em bico". Albano foi considerado o mais brasileiro dos jogadores do Sporting,o que naquele tempo era um elogio.
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 16.12.2018 às 14:32

Caro RCL
É verdade, ser “considerado o mais brasileiro dos jogadores do Sporting” é o maior elogio que se podia fazer a um extremo esquerdo. Calculo que os adeptos brasileiros ficaram encantados com o futebol fantasista de Albano!
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 16.12.2018 às 14:33

O Núcleo do Sporting Clube de Portugal do Seixal organiza na sexta-feira, 21 de Dezembro, um "Jantar Comemorativo do 96º Aniversário Comemorativo do Nascimento de Albano Narciso Pereira". Até este momento estão confirmadas as presenças de Fernando Mamede, de Madjer (futebol de praia), do treinador Paulo Freitas e Matías Platero (hóquei em patins) e de Pedro Solha e Cláudio Pedroso (andebol).

Esse dia é particularmente importante para os sportinguistas do Seixal. Para além de ser a data do nascimento do "violino" Albano, em 21 de Dezembro de 2016 foi criada a comissão instaladora do Núcleo e em 21 de Dezembro de 2017 a Câmara Municipal do Seixal anunciou a cedência do espaço para a construção da sede do Núcleo e do Espaço Memória Albano Narciso Pereira. Destina-se a homenagear a maior referência desportiva do Concelho e constituir um ponto de encontro dos sportinguistas. A inauguração será em 2019.

Página no Facebook: https://www.facebook.com/N%C3%BAcleo-do-Sporting-CP-do-Seixal-Espa%C3%A7o-Mem%C3%B3ria-Albano-Narciso-Pereira-1953779138024143/
Sem imagem de perfil

De HY a 16.12.2018 às 19:13

Confirma-se aquela lenda que ele teriamp passadomp por debaixo das pernas de um defesa direito inglês bem alto, bruto e forte?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 16.12.2018 às 22:17

HY

Essa história de Albano ter passado por debaixo das pernas é verdadeira. Mas, há quem diga que foi um escocês, outros referem um suíço.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo