Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (136)

Leão Zargo, em 24.02.19

 

21363642_hKj1K.jpeg

 

O jovem Rocha

 

Augusto Rocha nasceu em Macau a 7 de Fevereiro de 1935. Chamavam-lhe “Lou Fu Chai”, o “Pequeno Tigre”, a alcunha do seu pai. Começou a jogar futebol no Negro Rubro em 1952, mas na época seguinte transferiu-se para o Sporting de Macau presidido por António da Conceição, um sportinguista com uma personalidade singular e brilhante, campeão nacional de estafetas em atletismo, e que jogou na equipa leonina de reservas quando estudou na Faculdade de Letras de Lisboa no final da década de 1920. Em Macau, para além de presidente do Sporting, foi treinador, seleccionador, jornalista, professor e reitor do Liceu. 

 

Rocha jogava em qualquer posição da linha avançada e conseguiu rapidamente grande notoriedade pela sua velocidade e domínio de bola. O seu ídolo era Joaquim Pacheco, o polícia que veio para o Sporting com fama de goleador, mas que depois se destacou como defesa, que jogou na selecção de Macau e recebeu convites do Benfica, do Desportivo de Lourenço Marques e do Eastern Sports de Hong Kong. António da Conceição, que em 1949 tinha recomendado Joaquim Pacheco aos dirigentes leoninos do clube-sede, fez o mesmo com “Lou Fu Chai”. Ele próprio tratou de tudo para que Rocha viajasse para Lisboa em 1954.

 

No entanto, o macaense não foi feliz no Sporting e transferiu-se em 1956 para a Académica de Coimbra treinada por Cândido de Oliveira, onde revelou o seu grande valor como futebolista. Dois anos depois os leões pretenderam contratá-lo de novo a troco de 400 contos, uma importante quantia para a época, e do passe desportivo de Pompeu. Rocha ainda treinou em Alvalade e ensaiou uma ala esquerda com João Morais em jogos particulares, até porque Travassos aproximava-se do final da carreira, mas o acordo com Académica gorou-se e afinal não se concretizou o seu regresso ao Sporting.

 

Na fotografia, uma equipa do Sporting de Macau, em 1953 ou 1954. Augusto Rocha está no lugar clássico do extremo direito.

 

publicado às 13:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 24.02.2019 às 16:13

É verdade. Um belíssimo jogador, que não vingou no Sporting, mas na Académica fez uma carreira espectacular! Encaixava muito bem no sistema de jogo da Briosa.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 24.02.2019 às 17:08

Sim, Rocha encaixou muito bem no futebol rendilhado de passe curto da Académica. Conta-se que Cândido de Oliveira um dia ao dar a táctica disse aos jogadores que “vão ser quatro em linha e um à boa vida”. À boa vida ficava Rocha, a quem o treinador dizia para fazer em campo aquilo que a inspiração lhe mandasse.
Imagem de perfil

De Clorophilo a 24.02.2019 às 20:34

Além de grande glória da Associação Académica, Rocha ainda teve a honra de ver o filho, também Rocha, a capitanear os Estudantes na década de 90!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.02.2019 às 08:28

Sem dúvida, Clorophilo, mas sem a estatura e a personalidade de Rocha-pai!
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 24.02.2019 às 20:34

Obrigado por estes pedaços, todos importantes, da história do nosso clube.
A história no todo, o bom e o mau, sem subtração de nada.
O bom para engrandecer, o mau ensina.
Os equipamentos são super, a bola que nem parece redonda...e tem aspecto de pesar toneladas.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.02.2019 às 08:31

Aprende-se mais nas dificuldades e nas derrotas do que nas vitórias. É verdade, José Sousa.

Observei a bola com mais atenção. Não parece ser lá muito esférica!
Sem imagem de perfil

De RCL a 24.02.2019 às 21:27

A outra parte da história, dizia-se nos principios de 60:" nem Rocha nem os 400".
Dizia-se tambem que Rocha não ficou no Sporting porque a esposa não queria sair de Coimbra.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.02.2019 às 08:34

RCL, pode ter acontecido. A Wiki Sporting refere-se a problemas de adaptação de Rocha no Sporting.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 25.02.2019 às 09:10

Foi realmente isso. Problemas de adaptação. Nunca se evidenciou no Sporting. Ao contrário, em Coimbra sim, mostrou bem as suas qualidades.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo