Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (137)

Leão Zargo, em 03.03.19

 

Sporting - Leixões 29.10.1972.jpg

 

Invasão do campo em Alvalade

 

Quando o árbitro Carlos Lopes assinalou penálti contra o Sporting, naquele jogo em Alvalade com o Leixões ninguém imaginava o que iria acontecer poucos minutos depois. Tinham decorrido apenas dois minutos desde o apito para o início da partida. O público contestou a marcação da grande penalidade pois o fiscal de linha assinalara fora de jogo a um avançado de Matosinhos. Damas defendeu o penálti marcado pelo leixonense Esteves. O pior foi quando o árbitro mandou repetir e Esteves não falhou. Muitos apupos e gritos.

 

Numa jogada, pouco tempo depois, um defesa do Leixões pareceu cortar para canto um ataque leonino. Na verdade, foi tudo muito rápido e não se percebeu com rigor o que aconteceu. O árbitro marcou pontapé de baliza e dezenas de adeptos do peão invadiram o relvado, logo seguidos por outros das bancadas. Havia apenas 7 minutos de jogo, foi o último lance do jogo e o resultado estava em 0-1.

 

Aquilo ficou feio. O capitão José Carlos descreveu como um espectador correu para o árbitro Carlos Lopes, que tinha caído, procurando espetá-lo com o guarda-chuva. Acertou na relva. O defesa Alhinho deitou-se em cima do árbitro, até que chegou o massagista Manuel Marques, Yazalde e outros jogadores sportinguistas que acalmaram os adeptos. A equipa de arbitragem, no meio de grande confusão, lá conseguiu sair do relvado e chegar a porto seguro.

 

Muitos anos mais tarde, o árbitro Carlos Lopes contou a Luís Miguel Pereira (“Estórias d'Alvalade”) o susto que apanhou: “Quando me virei para o lado sul só vi os adeptos enfurecidos a correr na minha direcção. Parecia que tinham aberto a jaula dos leões. Só tive tempo de pensar, ‘oh Rainha Santa, lá vai o Carlos Lopes para o maneta!’. Nisto levo um soco que me atira para o chão e a partir daí choveram pontapés. Se não morri posso agradecer ao já falecido Manuel Marques, massagista do Sporting e da Selecção Nacional.”

 

A Federação Portuguesa de Futebol homologou o resultado: 0-1 a favor do Leixões. Aconteceu na 8ª jornada do Campeonato Nacional, em 29 de Outubro de 1972, o Estádio de Alvalade ficou interditado e o Sporting só voltou a jogar em casa em 22 de Abril de 1973. Foi o jogo de futebol mais rápido a que assisti na minha vida.

 

publicado às 12:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds