Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (152)

Leão Zargo, em 23.06.19

SCP SLB 1986-87 7-1 CN.jpg

Uma vitória efémera!

Ralph Meade, Manuel Fernandes e Mário Jorge festejam um golo, perante o desalento de Dito, Oliveira e Silvino. Foi no célebre Sporting 7 - Benfica 1, em 14 de Dezembro de 1986, a tarde em que os “leões devoraram gulosamente as águias” (Aurélio Márcio, no jornal A Bola) e o último dia em que Silvino equipou de azul.

Este jogo, memorável para os leões e desastroso para os encarnados, encerra várias lições. A primeira é de que uma vitória pode ser apenas uma vitória. Mesmo um triunfo assim invulgarmente volumoso. No final, o Benfica foi o campeão nacional com vinte vitórias, nove empates e somente uma derrota. Essa, a do 7-1, precisamente. O Sporting ficou em 4º lugar, com menos onze pontos do que o rival de sempre.

Outra grande lição decorre da inconstância dos adeptos. Muitos benfiquistas presentes na bancada Superior Norte entenderam que aquela seria a melhor ocasião para fazer uma fogueira onde queimaram bandeiras e cachecóis do seu clube. Há quem garanta que houve cartões de sócio que foram à vida. Palpita-me é que que poucos meses depois tiveram de ir a correr à “Loja” para comprar à pressa os apetrechos para a festa do título.

Há ainda uma outra lição, mas essa bem amarga para o treinador Manuel José. Em 14 de Dezembro dirigiu os leões no celebrado 7-1, mas não aqueceu o lugar durante muito mais tempo. Naquela tarde em Alvalade houve abraços entre todos, menos de um mês depois, em 11 de Janeiro, recebeu a guia de marcha depois de um empate com o Rio Ave (0-0). Depois da euforia, a solidão. Mistérios que o futebol tece.

Ficha de jogo:

Campeonato Nacional, 14ª jornada

Sporting 7 - Benfica 1

Estádio de Alvalade, 14 de Dezembro de 1986

Árbitro: Vítor Correia (Lisboa)

Sporting - Damas, Gabriel, Venâncio, Virgílio, Fernando Mendes (Duílio, 78), Oceano, Zinho, Litos (Silvinho, 78), Mário Jorge, Manuel Fernandes e Ralph Meade

Treinador - Manuel José

Benfica - Silvino, Veloso, Dito, Oliveira, Álvaro, Shéu (Nunes, 58), Diamantino (César Brito, 72), Carlos Manuel, Vando, Chiquinho e Rui Águas

Treinador - John Mortimore

Golos: 1-0, Mário Jorge (15), 2-0, Manuel Fernandes (50), 2-1, Vando (59), 3-1, Ralph Meade (65), 4-1, Mário Jorge (68), 5-1, Manuel Fernandes (71), 6-1, Manuel Fernandes (83) e 7-1, Manuel Fernandes (86)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


19 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 23.06.2019 às 14:58

Está devidamente referido no texto do post!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo