Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (185)

O Sporting no Tour de France (1975)

Leão Zargo, em 16.02.20

Joaquim Agostinho Tour de France 1975 cimo de l'Iz

Em 1975 não se realizou a Volta a Portugal em bicicleta. A partir de Fevereiro desse ano verificou-se um grande debate no ciclismo português pela opção entre amadorismo e profissionalismo. O Sporting e o Benfica defenderam o profissionalismo, enquanto que o FC Porto optou pelo amadorismo. Perante a indefinição, o Benfica em Assembleia-Geral votou a suspensão da modalidade e o presidente João Rocha decidiu preparar uma equipa para participar na Volta a França. Nesse ano, em Portugal a principal prova foi Grande Prémio Clock, que Joaquim Agostinho venceu.

O presidente leonino conseguiu o patrocínio do Banco Pinto e Sotto Mayor e das bicicletas Lejeune. A equipa era composta por Joaquim Agostinho, Firmino Bernardino, Fernando Ferreira, José Amaro, Joaquim Carvalho e Manuel Silva e os franceses Francis Campaner, Ferdinand Julien, André Mollet e Bernard Labourdette, com o director desportivo Raphaël Geminiani. O Tour decorreu entre 26 de Junho e 20 de Julho, mas a equipa do Sporting viajou antes para fazer um estágio em Issambres e correu o Tour de L’Aude, que Agostinho terminou em 3º lugar depois de ter andado com a camisola amarela até ao último dia.

A relação entre o director desportivo e os portugueses degradou-se rapidamente. Para além de questões de mentalidade e cultura e de dificuldades de comunicação por causa da língua, foi imposto um regime alimentar ao qual os ciclistas lusos nunca se adaptaram. Queixavam-se de fome e de falta de forças. Com Agostinho os problemas agravaram-se depois de um contra-relógio entre Morzine e Châtel, quando, depois de ter ultrapassado dois competidores, recusou-se a fazer o mesmo a Raymod Poulidor. “Ia lá passar o senhor Poulidor!”. Geminiani que já se queixara que “não posso traçar tácticas para um corredor que faz a corrida pela sua cabeça”, ficou furioso.

Firmino Bernardino, que estava a fazer uma boa prova, foi obrigado a desistir e Agostinho andava por lugares na classificação abaixo do habitual. A relação de Geminiani com os ciclistas piorara ainda mais e, frequentemente, tinha de ser o mecânico Francisco Araújo a dar indicações. Antes da 15º etapa, que partiu de Nice, João Rocha estabeleceu que era imprescindível chegar aos Campos Elísios, em Paris. No final, concluíram a prova cinco sportinguistas, mas Agostinho foi o 15º, o seu pior resultado no Tour. O Sporting ficou em 9º entre treze equipas.

*Na fotografia, Joaquim Agostinho sobe o l'Izoard, nos Alpes (Tour de France 1975).

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De António Vieira a 16.02.2020 às 21:43

A humildade de um grande campeão.."Ia lá passar o sr. Poulidor"
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 17.02.2020 às 15:56

António Vieira

Revelador do carácter de Agostinho, sem dúvida. O Tour de 1975 correu mal a Poulidor, na altura com 38 ou 39 anos. O gesto de Agostinho também deve ser visto nesse contexto, o respeito por um grande campeão que atravessava um mau momento.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.02.2020 às 22:03

Obrigado, caro Leão Zargo, por publicar este acontecimento, desconhecida de muitos sportinguistas. Até porque o Sporting não é só futebol.

Abraço
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 17.02.2020 às 15:57

Nem mais, caro Nação Valente. O Sporting é o mais eclético dos clubes portugueses!

Um abraço
Imagem de perfil

De Greenlight a 16.02.2020 às 23:10

Joaquim Agostinho, o maior ciclista de Portugal, de todos os tempos, foi um atleta extraordinário e promoveu brilhantemente o nome ( agora dir-se-ia marca) do Sporting. Entrou, tardiamente, para o ciclismo profissional e faltava-lhe a técnica, nomeadamente nas descidas. Se tivesse tido “escola” teria vencido o Tour, em vez de andar a fazer de “aguadeiro” para outros, como Ocãna por exemplo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 17.02.2020 às 16:05

Greenlight

Tem toda a razão, com técnica outro galo cantaria! Recordo-me de uma queda terrível que ele deu na Vuelta.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 17.02.2020 às 17:29

A verdade é que com ou sem técnica, ele poderia ter ganho um Tour, se tivesse sido Chefe-de-Fila de uma equipa forte, mas passou a brilhante carreira a ajudar outros a ganhar. Está imortalizado numa das curvas da etapa raínha da Volta a França. E é verdade que infelizmente uma maioria de Sportinguistas não conhece esta e outras estórias, nem sabem que a popularidade de Benfica e Sporting a nível nacional, se deve essencialmente ao Ciclismo, e aos duelos Nicolau-Trindade, que levavam as camisolas dos seus Clubes, à porta das pessoas, num tempo em que não havia televisão. Por isso alguns acham estranho que os clubes de Lisboa tenham implantação nacional, falta cultura desportiva.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 17.02.2020 às 21:15

O Tino era um tipo castiço. Só ele para ter essa tirada.

Curiosamente, o Benfica, que tem uma roda de bicicleta no emblema, teve o seu 1º capitão de equipa de futebol, Fortunato Levy, como competidor também no ciclismo, tendo feito bons resultados, assim como no atletismo.

O ciclismo, foi um catalizador do crescimento dos dois grandes de Lisboa, e acelerou a sua popularidade e a rivalidade que ainda hoje é notória, em qualquer modalidade, e em qualquer escalão.

O JAgostinho podia ter sido ainda mais um fora de série, mas as suas lacunas técnicas não o deixaram ir mais longe.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo