Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (185)

O Sporting no Tour de France (1975)

Leão Zargo, em 16.02.20

Joaquim Agostinho Tour de France 1975 cimo de l'Iz

Em 1975 não se realizou a Volta a Portugal em bicicleta. A partir de Fevereiro desse ano verificou-se um grande debate no ciclismo português pela opção entre amadorismo e profissionalismo. O Sporting e o Benfica defenderam o profissionalismo, enquanto que o FC Porto optou pelo amadorismo. Perante a indefinição, o Benfica em Assembleia-Geral votou a suspensão da modalidade e o presidente João Rocha decidiu preparar uma equipa para participar na Volta a França. Nesse ano, em Portugal a principal prova foi Grande Prémio Clock, que Joaquim Agostinho venceu.

O presidente leonino conseguiu o patrocínio do Banco Pinto e Sotto Mayor e das bicicletas Lejeune. A equipa era composta por Joaquim Agostinho, Firmino Bernardino, Fernando Ferreira, José Amaro, Joaquim Carvalho e Manuel Silva e os franceses Francis Campaner, Ferdinand Julien, André Mollet e Bernard Labourdette, com o director desportivo Raphaël Geminiani. O Tour decorreu entre 26 de Junho e 20 de Julho, mas a equipa do Sporting viajou antes para fazer um estágio em Issambres e correu o Tour de L’Aude, que Agostinho terminou em 3º lugar depois de ter andado com a camisola amarela até ao último dia.

A relação entre o director desportivo e os portugueses degradou-se rapidamente. Para além de questões de mentalidade e cultura e de dificuldades de comunicação por causa da língua, foi imposto um regime alimentar ao qual os ciclistas lusos nunca se adaptaram. Queixavam-se de fome e de falta de forças. Com Agostinho os problemas agravaram-se depois de um contra-relógio entre Morzine e Châtel, quando, depois de ter ultrapassado dois competidores, recusou-se a fazer o mesmo a Raymod Poulidor. “Ia lá passar o senhor Poulidor!”. Geminiani que já se queixara que “não posso traçar tácticas para um corredor que faz a corrida pela sua cabeça”, ficou furioso.

Firmino Bernardino, que estava a fazer uma boa prova, foi obrigado a desistir e Agostinho andava por lugares na classificação abaixo do habitual. A relação de Geminiani com os ciclistas piorara ainda mais e, frequentemente, tinha de ser o mecânico Francisco Araújo a dar indicações. Antes da 15º etapa, que partiu de Nice, João Rocha estabeleceu que era imprescindível chegar aos Campos Elísios, em Paris. No final, concluíram a prova cinco sportinguistas, mas Agostinho foi o 15º, o seu pior resultado no Tour. O Sporting ficou em 9º entre treze equipas.

*Na fotografia, Joaquim Agostinho sobe o l'Izoard, nos Alpes (Tour de France 1975).

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 17.02.2020 às 21:15

O Tino era um tipo castiço. Só ele para ter essa tirada.

Curiosamente, o Benfica, que tem uma roda de bicicleta no emblema, teve o seu 1º capitão de equipa de futebol, Fortunato Levy, como competidor também no ciclismo, tendo feito bons resultados, assim como no atletismo.

O ciclismo, foi um catalizador do crescimento dos dois grandes de Lisboa, e acelerou a sua popularidade e a rivalidade que ainda hoje é notória, em qualquer modalidade, e em qualquer escalão.

O JAgostinho podia ter sido ainda mais um fora de série, mas as suas lacunas técnicas não o deixaram ir mais longe.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds