Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (199)

Uma Delegação do Sporting na Mina de S. Domingos

Leão Zargo, em 24.05.20

21815599_yl2uH.jpeg

A Mina de S. Domingos, no concelho de Mértola, é um sítio singular. Localizada na Serra de S. Domingos, numa zona de fronteira com a Espanha e o Algarve, teve destaque na Antiguidade em virtude da extracção de minérios. A sua história moderna iniciou-se em 1854 quando a empresa britânica Mason&Barry adquiriu ao consórcio espanhol La Sabina a concessão da exploração de cobre, chumbo, zinco e enxofre, que se manteve até 1966.

A Mason&Barry levou para a Mina um “mundo” até então ali desconhecido. Habitação social, escola, hospital, cineteatro, central eléctrica e caminho de ferro para o escoamento dos minérios para o porto fluvial do Pomarão. Com a empresa mineira chegou também o futebol. Os clubes mais importantes foram o Guadiana Foot-ball Club e o S. Domingos Foot-ball Club. Os jogos realizavam-se num terreno onde está o Campo Cross Brown.

O Guadiana foi fundado em 1918 por adeptos do Sporting, equipava de verde e branco e tornou-se Delegação leonina. Participou nas competições da Associação de Beja, sendo o campeão da 2ª Divisão Distrital em 1940-41. A maioria dos jogadores eram mineiros que subiam desde o fundo da mina para jogar futebol ao ar livre. O seu espírito colectivo e o trabalho perigoso revelavam-se no comportamento aguerrido dos jogadores em campo.

Em Outubro de 1942, o presidente José Barão Martins referiu numa entrevista ao Diário do Alentejo a difícil situação financeira do clube. Não havia treinador e os dirigentes é que orientavam a equipa. A diminuição do preço internacional dos minérios tinha provocado uma grave crise nas minas, houve desemprego, os mineiros chegaram a trabalhar apenas quatro dias na semana e a maior parte dos sócios deixou de pagar as quotas. As últimas notícias sobre o Guadiana datam de 1954.

Na fotografia, uma equipa do Guadiana Foot-ball Club em 12.5.1940 (foto pertencente ao Centro de Estudos da Mina de S. Domingos).

publicado às 12:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 24.05.2020 às 12:29

Precisamente por toda esta honrosa diáspora e História enriquecedora, somos o ímpar e Grandioso Sporting Clube de Portugal.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 24.05.2020 às 15:21

Caro Rumo Certo

Tem razão. O Sporting é uma instituição com implantação nacional (e nas antigas colónias ultramarinas), e as filiais e as delegações são a prova disso mesmo. É absolutamente invulgar e notável nesse aspecto.

No caso presente, escolhi propositadamente uma pequeníssima povoação, isolada e "perdida", a Mina de S. Domingos, para mostrar o forte sentimento sportinguista existente que se exprimiu, neste caso, na criação de uma Delegação do nosso Clube.

SL
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 24.05.2020 às 23:27

Bem lembrado, a cerca de 17 KM da bela Mértola, onde comi - o ano passado o extraordinário Cozido de Grão - encontram-se as Minas de S. Domingos com a sua linda praia fluvial e historial leonino (que desconhecia)
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.05.2020 às 15:06

J. Oliveira,

tem toda a razão, em Mértola come-se muito bem!

A propósito, o clube de Mértola chamado Guadiana foi fundado em 1947 e não tem nada a ver com o Guadiana Foot-ball Club da Mina de S. Domingos.

SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.05.2020 às 15:05

Caro Leão Zargo,
Mais um pedaço da pequena/grande história do SCP. Reflecte o período áureo de uma povoação perdida no Alentejo profundo, quando as minas eram exploradas intensivamente. Depois de fecharem perdeu esse dinamismo e viveu uma certa decadência. Procura hoje reerguer-se com base no turismo, mas esse tempo de camisolas verde e branco, será apenas uma boa recordação, oportunamente acordada do seu sono.

Abraço
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.05.2020 às 15:16

Caro Nação Valente

aquele tempo e aquele lugar não se repetirão, sem dúvida. No futebol sobreviveu apenas o S. Domingos. Para além do Guadiana também desapareceram “Os Unidos” e o Nacional, e o complexo mineiro deixou diversos problemas ambientais com as escombreiras a céu aberto.
Mas, é como diz, atrás de uns dias outros virão. É o que acontece com a Mina de S. Domingos, onde gosto muito de voltar de vez em quando.

Um abraço
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 25.05.2020 às 19:12

Tem uma excelente praia fluvial, e o ambiente de desastre ambiental que se vive no que sobrou das instalações daria um belo cenário para um filme apocalíptico.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.05.2020 às 17:15

ChakraIndigo

É um cenário apocalíptico de ruínas, de edifícios sem telhados, esventrados, vandalizados, de maquinaria abandonada... um desastre ambiental com uma dimensão esmagadora. Um espanto cénico de destruição, sem dúvida!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo