Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (200)

Os “Cinco Violinos” do hóquei em patins

Leão Zargo, em 31.05.20

SCP 1976-77 Equipa Maravilha.jpg

A época de 1976-77 foi a melhor de sempre do hóquei em patins português. O Sporting venceu a Taça dos Campeões Europeus em Junho e a Selecção Nacional o Campeonato Europeu em Julho. Mas, tratou-se também da época de ouro da equipa leonina que ao triunfo nos Campeões Europeus, juntou a conquista do Campeonato Nacional e da Taça de Portugal. O “cinco” titular era sempre o mesmo com a camisola das quinas ou de leão ao peito: Ramalhete, Júlio Rendeiro, Sobrinho, Chana e Livramento.

Aquela que é considerada como a mais equipa virtuosa do hóquei em patins mundial de sempre começou a ser construída quando Torcato Ferreira foi contratado em Março de 1971 e revolucionou a modalidade no Sporting. Entre 1971 e 1976, meticulosamente, o treinador teceu a teia que lhe permitiria colocar em campo a “Equipa Maravilha”, que era muito bem assessorada por jogadores suplentes de categoria, como Carmelino, Garrido, Jorge Costa e Carlos Alberto.

O momento culminante foi a vitória na Taça dos Campeões Europeus frente ao Vilanova, os campeões em título. Constitui uma página gloriosa da História do Sporting Clube de Portugal, a primeira vez que uma equipa portuguesa conquistou essa competição, até aí um feudo dos clubes espanhóis. A classe dos leões ficou bem expressa na célebre afirmação do guarda-redes Trullols: “Sofri seis golos e fiz uma das melhores exibições da minha vida.” Os sportinguistas de boa memória jamais esquecerão aqueles que fizeram juz ao lema fundador do nosso Clube.

(Este post constitui o número 200 da série intitulada “Fotografia com história dentro”, que tem a finalidade de destacar aspectos históricos do Sporting Clube de Portugal. Acontecimentos, atletas, dirigentes, jogos, títulos, modalidades e formação leonina, nomeadamente, são a matéria que pretende proporcionar conhecimento e/ou reflexão sobre o nosso Clube. A finalidade é demonstrar que a secular História leonina constitui motivo de orgulho para todos os sportinguistas. A série iniciou-se em 19 de Junho de 2016 com a fotografia da equipa que defrontou o Lusitano de VRSA na última jornada do Campeonato Nacional em 1947-48. O Sporting venceu e conquistou o título.)

publicado às 15:08

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.05.2020 às 16:58

Caro Leão Zargo,

Parabéns por este post, o 200.º desta fantástica rubrica da sua criação.

Já tive ocasião de lhe dizer em particular e reitero aqui que sinto muito orgulho em poder integrar esta digníssima obra no Camarote Leonino.

Engrandece o nosso trabalho e, claro, o Sporting Clube de Portugal.

Também sei que esta recapitulação de certos aspectos da história do Clube é muito apreciada pelos leitores, tanto aqui como nas redes sociais.

Continue com este excelente trabalho.

Grande abraço amigo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 31.05.2020 às 17:51

Caro Rui Gomes

É um grande orgulho colaborar no Camarote Leonino em prol do nosso Clube, o Sporting Clube de Portugal. É uma grande alegria ser apreciado pelos leitores do blogue.

Agradeço a sua colaboração e os seus conselhos. Ajudam (e muito) em todas as circunstâncias.

Um abraço amigo
António Alfarrobinha
Sem imagem de perfil

De sloct a 31.05.2020 às 17:07

A melhor recordação que tenho desta fantástica equipa nem são as épicas vitórias europeias, foi um jogo que tive oportunidade de ver no Porto, em que ganhámos facilmente por 6-3 e todo o pavilhão bateu palmas à nossa equipa.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 31.05.2020 às 17:53

Amigo sloct

Um momento extraordinário: revelador da categoria daquela equipa e do desportivismo dos espectadores.

Um grande abraço
Sem imagem de perfil

De sloct a 31.05.2020 às 20:08

Grande abraço, caro António!

E venham mais 200 ou 2000 fotos, felizmente a nossa história tem momentos mais que suficientes para isso.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 31.05.2020 às 19:23

Para mim e para muitos apaixonados do hoquei esta foi a melhor equipa de sempre a nivel mundial , vi-os jogar muitas vezes e saiamos do pavilhao com o orgulho a abarrotar , uma equipa que estou convicto conquistaram muitos novos jovens adeptos a gostarem do Sporting.

The fantastic five os super herois do hoquei ;

Ramalhete o homem elástico
Joao Sobrinho o coisa
Julio Rendeiro o homem invisivel
Chana o tocha humana
Livramento o senhor fantástico.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 31.05.2020 às 21:25

Caro Indiana Julio

Grande síntese das qualidades de cada um dos hoquistas, é isso mesmo.

SL
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 31.05.2020 às 20:22

"Dream team", sobre rodas.
Maravilhado pelas emoções, qualidade, espectáculo dentro e fora do recinto e fantástico apoio vivido em comunhão e coesão dos sócios e adeptos.
Quando assim é, conscientes da nossa força e coesão, atemorizamos os adversários sem recurso a indesejáveis comportamentos, e o trilho do sucesso e da alegria na participação, fica muito mais presente e perto da Glória.
SL


SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 31.05.2020 às 21:29

Caro Rumo Certo

Tem razão. Nós, os sportinguistas adeptos e atletas, somos fortes e vencedores quando fazemos da coesão e da união a matriz da nossa actuação. Enfraquecemos e fragilizamo-nos quando corremos atrás do foguetório.

SL
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 31.05.2020 às 22:15

Parabéns, os seus posts continuam a ser um oásis de qualidade. Só referir o pormenor de Ramalhete e Livramento terem sido formados, e jogado e ganho muita coisa no Benfica. Infelizmente para o meu clube, mas felizmente para o Hóquei Português, eles juntaram-se aos igualmente gigantes Chana, Sobrinho e Júlio Rendeiro. Não tenho dúvidas que terá sido a melhor equipa de sempre do Hóquei em Patins. Bem lembrado.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 01.06.2020 às 08:54

Robbie Fowler

N a verdade, nos finais da década de 1960 e início de 1970 o Benfica teve o cinco base da selecção nacional: Ramalhete, Jorge Vicente, Garrancho, Casimiro e Livramento. Uma das grandes equipas do hóquei português.


Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo