Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (254)

O leão estava uma fera (1981-82)

Leão Zargo, em 04.07.21

SCP 7 R Ave 1 16.5.1982.jpg

Em 1981-82, o jogo em Alvalade com o Rio Ave na penúltima jornada para o Campeonato foi de festa pelo título de campeão garantido no domingo anterior no Estoril. Quando os jogadores surgiram à boca do túnel o barulho dos gritos e das buzinas tornou-se infernal. Com o Estádio completamente cheio, ao som de aplausos intermináveis, num entusiasmo indescritível, o plantel leonino entrou em campo oferecendo ramos de flores aos adeptos. No centro do terreno, fizeram-se fotografar jogadores, equipa técnica e médica e dirigentes ligados ao departamento de futebol.

Apesar do ambiente festivo, o Sporting iniciou o jogo com o “pressing” agressivo habitual. O adversário portador da bola tinha sempre dois ou até três sportinguistas por perto. “Vive como um leão, joga como um leão”, dizia constantemente Malcolm Allison. Nem o primeiro golo de Jordão aos 8 minutos, a corresponder a uma assistência perfeita de Lito, acalmou os jogadores leoninos. O angolano estava em disputa da “Bola de Prata” com o portista Jacques e não havia motivos para abrandar o ataque à baliza vila condense. No banco, Allison gritava “go forward, go forward” (“para a frente, para a frente”).

Mesmo com Oliveira ausente por se ter lesionado com o Boavista algumas jornadas antes, o Sporting dominou o jogo com Manuel Fernandes, Jordão e Lito num triângulo ofensivo de enorme eficácia suportado por um meio campo operativo e uma defesa de betão. Os leões venceram folgadamente por 7-1 e por cada golo o Estádio quase que ia abaixo com a euforia dos adeptos, já a imaginar a loucura que seria a invasão do relvado logo depois do apito final do árbitro.

Ficha de jogo:

Campeonato Nacional (29ª jornada)

Sporting 7 - Rio Ave 1

Estádio de Alvalade, 16 de Maio de 1982

Árbitro - Agostinho dos Santos (Leiria)

Sporting - Ferenc Mészáros, Virgílio, Bastos, Eurico, Barão, Marinho, Ademar, Lito, Mário Jorge, Manuel Fernandes e Rui Jordão

Treinador - Malcolm Allison

Rio Ave - Trindade, Dias, Baltemar Brito, Sérgio, Duarte, Cabumba, José Manuel, Adérito, Quim, Paquito e Álvaro Soares

Treinador - Mourinho Félix

Marcadores - Rui Jordão (8’, 25’,39’, 75’ g.p. e 85’), Manuel Fernandes (30’ e 50’) e Álvaro Soares (65’)

publicado às 14:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De HY a 04.07.2021 às 16:12

Em Bissau desde Fevereiro desse ano, não pude acompanhar ao vivo esta saga, ao contrário do que anconteceu dois anos antes, quando estive em Guimarães e na recepção ao U Leiria. Mas garanto que ouvir os relatos num rádio de fortuna, por vezes à sombra de um mangueiro aproveitando o som saínod de uma janela aberta, foi muito, muito emocionante.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 04.07.2021 às 16:56

HY

Ouvir assim num rádio em Bissau à sombra de um mangueiro (por exemplo na esplanada do Grande Hotel ou numa rua qualquer) o Sporting ser campeão nacional tem outro sabor. Acredito!
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 04.07.2021 às 17:32

Caro Leão Zargo,

A famosa época 81/82, que tantos recordaram e associaram à fantástica época que há bem pouco terminou.
Eram os tempos das enchentes, em que havia sempre lugar para mais um, e em que o jogo terminava com a tradicional invasão de campo, com os jogadores a serem literalmente despidos.
Duas curiosidades associadas ao Rio Ave e ambas com associação especial a José Mourinho. O treinador, seu pai, e Baltemar Brito, que foi seu adjunto muitos anos.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 04.07.2021 às 17:57

Caro Leão do Norte

A equipa campeã em 2020-21 faz lembrar a de 1981-82 em alguns aspectos, nesse entusiasmo que refere e na qualidade do futebol e na quantidade de jogadores provenientes da formação sportinguista. E na baliza, em ambas as épocas, guarda-redes experientes e seguros.

Mourinho Félix teve uma ligação muito forte ao Rio Ave. O próprio Mourinho (filho) jogou no Rio Ave.
Sem imagem de perfil

De Leão da Pontinha a 04.07.2021 às 19:34

José Mourinho fazia parte desse plantel do Rio Ave.
Havia divergência entre alguns jogadores e o jovem Mourinho que na altura já tinha o temperamento que lhe conhecemos hoje.
Nesse dia terá havido mais problemas no balneário e José Mário Mourinho não chegou a equipar-se, o pai para lhe mostrar quem mandava, enviou-o para a bancada, onde assistiu, sentadinho, aos 7-1.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 04.07.2021 às 21:32

Agradeço a informação, Leão da Pontinha. Já não me recordava de que José Mário Mourinho fez parte parte da equipa do Rio Ave precisamente em 1981-82. Na verdade, ele não era grande coisa como jogador e ele referiu numa entrevista que foi por essa razão que optou pela carreira de treinador que iniciou poucos anos depois nos juniores do Comércio e Indústria.

Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 04.07.2021 às 20:01

Lembro-me de ouvir no rádio os jogos, eu tinha 12 anos e já uma grande paixão pelo Sporting, foi um grande campeonato, o Sporting tinha uma equipa fenomenal e uma linha avançada temível, grandes tempos, obrigado pela partilha dessa memória.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 04.07.2021 às 21:33


Paulo Salcedas

Na verdade, foi uma época de grandes alegrias para os sportinguistas. E depois do Campeonato ainda conquistámos a Taça!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.07.2021 às 08:36

Vi todos os jogos em casa com execeção do Sporting- Belenenses. Este jogo já não teve aquela emoção extra ,pois já eramos campeões. Em 79/80, o ultimo jogo foi para mim, o mais emocionante que presenciei!
Sem imagem de perfil

De Yazalde a 06.07.2021 às 03:30

Mas a partir daí ,entrou o papa para o futebol ,deu cabo do futebol ,e puxou o Sporting ,o João Rocha era um grande presidente, mas depois não soube combater a implantação do sistema, com o Benfica na expectativa, que gozava de muito poder, o João Rocha começou a ficar extremamente cansado,não admira num clube como o Sporting requer muito empenho, o p costa muito mais novo, e empreendedor ,goji o porto e o que e hoje graças a ele , mas também ganhou com fruta ,escutas roubando alguns títulos de campeão ao Sporting, e os presidentes que viram a seguir ,podiam ser competentes ,mas já não conseguiam travar o poder de pinto da Costa.,que o sistema corrupto ainda perdura ,mas envelhecido dar sinais de algumas ruturas, mas o futuro ainda não se sabe do futebol português

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo