Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (269)

Capel, Capel!

Leão Zargo, em 17.10.21

Diego Capel SCP.jpg

O futebol está cheio de histórias sobre jogadores cujas carreiras ficaram algo longe das expectativas dos seus adeptos. Sem essas histórias, e as intermináveis conversas sobre os jogadores em causa, o futebol não seria a mesma coisa. Diego Capel é bem capaz de ser um desses casos. Em 2008, jogava no Sevilha, era um dos extremos mais cobiçados do futebol mundial e até o Real Madrid se interessou pelos seus serviços.

Em 2011, com alguma surpresa pelos elogios e pelas referências na imprensa espanhola e internacional, Capel tinha 23 anos de idade e foi contratado pelo Sporting, a troco de 3.5 milhões de euros. Veio por cinco épocas, ficou quatro anos, e os dois primeiros foram dos melhores da sua carreira. No entanto não evoluiu como deveria, sempre com as mesmas qualidades e os mesmos defeitos, e deixou de ser um titular indiscutível.

Apesar de não ser um goleador nato, era um extremo esquerdo com grande velocidade e poder de arranque. Tinha um domínio de bola muito bom, comparativamente a muitos outros na sua posição. Os sportinguistas já tinham saudades de ver um extremo a sério em Alvalade, alguém que acelerava o jogo, que o abanava com esticões, que não tinha medo de ter a bola no pé e de partir para cima do adversário. Transmitia-nos aquilo que faz falta no nosso e no futebol: a ilusão de que com ele em campo estaríamos sempre mais perto da vitória.

Diego Capel marcou alguns grandes golos e fez assistências perfeitas. Naquele jeito dele, de cabeça baixa sempre com a bola colada ao pé e a ir super veloz para cima dos defesas contrários, parecia adivinhar o posicionamento dos companheiros de equipa, fazia-lhes chegar a bola em perfeitas condições para então rematarem à baliza adversária. O pior era quando as coisas não lhe corriam de feição. Passes transviados, bolas que se perdiam, o desespero que se instalava. Sendo um jogador emocional necessitava de sentir a confiança do treinador.

A fotografia corresponde à imagem de Diego Capel entre os sportinguistas. Um jogador excitante, mas algo inconsequente muitas vezes. O extremo tinha acabado de marcar ao Athletic Bilbao nas meias-finais da Europa League, virando o resultado para um favorável 2-1 aos 80 minutos de jogo. No entanto, os bascos na 2ª mão venceram por 3-1 e esfumou-se o sonho de participar em mais uma final europeia. Como foi decepcionante a final da Taça de Portugal com a Académica, com uma derrota por 1-0.

publicado às 14:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 17.10.2021 às 17:03

Caro amigo Leão do Norte

Capel foi sempre de grande dedicação profissional, suou a camisola, como se costuma dizer, era o tipo de jogador que puxava pelos companheiros. O tipo de “ilusão” que provocava na equipa e dos adeptos é um ingrediente importante no futebol. Depois desiludiu, de facto, como refiro no texto sempre com as mesmas qualidades e os mesmos defeitos e acabou por perder o lugar para Nani.

“Este Clube é muito grande e merece o melhor”, disse Capel sobre o Sporting.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo