Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (275)

Um “poeta do futebol”

Leão Zargo, em 28.11.21

Pedro Barbosa Sporting CP.jpg

Pedro Barbosa vestiu a camisola leonina durante dez épocas, de 1995-96 até 2004-05. Contratado pelo Sporting para substituir Luís Figo, dotado de uma técnica assombrosa, considerado um dos jogadores mais virtuosos da sua geração, que tecnicamente superava tudo e todos, demorou a demonstrar todo o seu valor. Chamaram-lhe “Pastelão” e “Pedro Vagarosa”, mas na verdade ele era um falso lento, criativo e imprevisível, o pêndulo que organizava e distribuía o jogo. Com bola, a jogar pelo centro e em apoio frontal, definia os posicionamentos e movimentações que contribuíam para o controlo do jogo.

Sendo o seu talento inegável, não conheceu uma carreira de maiores voos internacionais em virtude da irregularidade das suas geniais exibições. Com ele, o Sporting conquistou dois campeonatos nacionais (1999-00 e 2001-02), uma Taça de Portugal (2001-02) e duas supertaças Cândido de Oliveira (1999-00 e 2001-02), tendo contribuído decisivamente para a caminhada europeia em 2005. Foi um verdadeiro desportista, não me recordo de uma única atitude desleal enquanto futebolista. 

Pedro Barbosa reinventava o gosto mais antigo pelo futebol enquanto forma de arte que sempre nos maravilhou e nos fez sonhar. Por isso, e pelo sportinguismo do grande capitão, José do Carmo Francisco dedicou-lhe um belíssimo poema:

Pedro Barbosa - com o número 8

Desenhas o teu jogo com um compasso
Com desprezo do esforço e do excesso
Onde não há, tu inventas novo espaço
Levando a bola até onde já não a meço

Tão veloz que não permanece na retina
E apenas surge no golo em conclusão
Afagas a bola numa ternura repentina
Como se de repente o pé tivesse mão

“Feito num oito” fica quem tu enganas
No drible mais inesperado e imprevisto
Em vez de dias tu permaneces semanas
Na memória de quem fez o seu registo

Tu não és o altivo artista mas o artesão
E se jogas sempre de cabeça levantada
É porque a distância da bola ao coração
É tão pequena como um grão de nada

(José do Carmo Francisco, “Pedro Barbosa, Jesus Correia, Vítor Damas e outros retratos - Poemas”, Col. Cais da Poesia, Padrões Culturais Editora, Lisboa, 2004)

publicado às 14:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui a 28.11.2021 às 21:32

Deve ter sido ainda mais criticado que o Paulinho! Recordo que era um polivalente: tanto no centro do meio-campo como na ala direita ou no apoio mais próximo ao ponta-de-lança.
Um grande jogador que fez parte da espinha dorsal da equipa durante vários anos, e de facto com grande lealdade ao clube, apesar de ter sido formado, salvo erro, em Guimarães.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 28.11.2021 às 22:21

Rui, curiosamente ele fez a parte final da formação no Porto e já como sénior foi para Guimarães.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.11.2021 às 15:05

Caro amigo Rui

Verdade, Pedro Barbosa foi ainda mais criticado e mais polémico do que Paulinho. Talvez porque Barbosa era um jogador fantástico mas irregular, que nem sempre conseguia exprimir no campo o seu nível futebolístico.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 28.11.2021 às 22:16

Caro amigo Leão Zargo,
Pedro Barbosa era a genialidade ao serviço do futebol. Tal como tantos génios era muitas vezes incompreendido e alvo de críticas por parte dos adeptos.
Não podemos negar alguma inconstância, mas a forma como nos maravilhou com o seu futebol torna essa inconstância quase secundária.
A sua elevada qualidade permitia-lhe marcar golos fabulosos. Lembro-me especialmente de um nas Antas contra o Porto e outro ao serviço da selecção nacional contra a Holanda.

Para além do belíssimo poema de José do Carmo Francisco há outra pessoa que o definiu na perfeição. O treinador Quinito disse, “Se tivesse muito dinheiro, compraria Pedro Barbosa para jogar futebol comigo no meu quintal. É um jogador à moda antiga. Enquanto amante da arte, da magia e beleza estética, o Pedro Barbosa é o expoente máximo desses predicados.”
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.11.2021 às 15:12

Caro amigo Leão do Norte

O treinador Quinito compreendeu muito bem Pedro Barbosa, por ele próprio ter sido "especial" quando foi jogador, em particular irreverente e fantasista. Mas também apertava com Barbosa como quando falou de "croissants".

Em 1999-00 e em 2001-02, Pedro Barbosa teve um papel determinante na conquista dos títulos de campeão. Pelo facto de ser o capitão da equipa como pelo(s) lugar(es) que ocupou.
Sem imagem de perfil

De Manuel Barbosa a 30.11.2021 às 12:41

Sem dúvida foi um dos maiores craques que passaram pelo Sporting. Tinha um perfume extraordinário nos pés. Fazia certos lances que só ele percebia por ter uma inteligência acima da média. A meu ver tinha lugar na época em qualquer liga europeia e só não foi porque não quiz. Pecou pelo seu desleixo ou conformismo. Mas de resto foi um prazer te lo no Sporting por tudo o que deu em campo e o que dignificou o Sporting SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo