Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (6)

Leão Zargo, em 24.07.16

 

SCP SCLM 1963 José Carlos e Nuno Martins.jpg

O cumprimento dos capitães José Carlos e Nuno Martins

(Fotografia in “The Delagoa Bay Company”)

 

 

Onde se fala de Eusébio a propósito de um jogo entre leões

 

 

O Sporting Clube de Portugal e o Sporting Clube de Lourenço Marques defrontaram-se nos quartos-de-final da Taça de Portugal, em 2 e 9 de Junho de 1963. O SCP venceu a eliminatória com facilidade, mas foi muito emocionante o ambiente do jogo entre a casa-mãe e a filial da belíssima cidade das acácias. Em Alvalade, houve moçambicanos a quem o coração bateu mais depressa. O treinador Juca e os jogadores Hilário e Pérides.

 

Nuno Martins, ex-Académica de Coimbra, era o capitão de equipa e treinador no SCLM. Em 1957, dirigia um treino quando apareceu Eusébio recusado pelo vizinho Desportivo. Decidiu, logo, que ele ficaria para jogar nos juniores. Poucos sabem que, escassos anos depois, Nuno Martins recomendou a Fernando da Costa, chefe de Departamento do SCP, a contratação do futuro Pantera Negra. No entanto, a confiança nas relações privilegiadas entre o clube-sede e a filial colocou o processo em banho-maria. Depois, um telefonema para Lourenço Marques que falhou, a prontidão audaciosa do Benfica e, talvez, o cepticismo de Otto Glória nas qualidades do jogador determinaram o curso da história.

 

publicado às 12:36

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Imagem de perfil

De Profeta a 24.07.2016 às 17:11

Não digo que os dirigentes do Sporting não pudessem ter sido mais assertivos acerca do Eusébio, mas quem o levou para a luz foi o próprio estado. Levado para o aeroporto num carro com matrícula do exército, e dentro do avião foi "escondido" com nome de "Ruth". Isto, dito pelo próprio numa entrevista há 6 anos atrás.

Depois mais tarde, afirmou que o Sporting de Lourenço Marques é que era um clube de racistas e de polícia! Isto, quando a filial do SLB não o aceitou...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 24.07.2016 às 17:53

Profeta
Curiosamente, a história da contratação de Eusébio está por fazer. O Sporting não conta tudo porque confiou primeiro, hesitou depois e viu o jogador ir para o rival. O Benfica porque agiu no limite da legalidade para ficar com o jogador. Há pessoas que ainda são vivas e que assistiram a muito do que se passou, como é o caso do nosso Hilário e de Nuno Martins.

O Hilário Sporting contou que o Sporting queria que o Eusébio treinasse à experiência em Alvalade. O Benfica foi a Lourenço Marques e deu (consta) 110 contos à mãe do Eusébio. Num determinado dia (15 ou 17 Dezembro de 1960) o Eusébio passou pela casa do treinador para se despedir.
Horas depois embarcou num avião com o nome de código “Rute Malosso”. Em Portugal esteve escondido em Lisboa e no Algarve por causa do Hilário que o procurava.
O Sporting reclamou e a Direcção-Geral dos Desportos deu-lhe razão. Mas, alguns meses depois pareceu desinteressar-se e em 12 de Maio de 1961 o Eusébio assinou pelo Benfica.

Consta que em Abril de 1960 o Otto Glória, que treinava o Belenenses, já estava comprometido com o Sporting. O Otto tinha visto o Eusébio, em Moçambique no verão de 1960, e garantiu que como ele havia muitos em Portugal. Enganou-se.

O que é certo é que o Sporting de Lourenço Marques entregou a carta de desobrigação do jogador ao Benfica e recebeu 400 contos. O Presidente Brás Medeiros sentiu-se traído e cortou relações institucionais com o Benfica, que só foram reatadas depois do 25 Abril 1974.

Tenho dúvidas que o Eusébio tenha circulado numa viatura do Exército português. Acontece que o major Rodrigues de Carvalho, benfiquista e futuro dirigente, andou com ele no seu carro e levou-o ao aeroporto.

A conversa do Eusébio sobre o Sporting de Lourenço Marques foi ingrata e injusta. Talvez publique um post sobre isso.

Um abraço

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds