Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Fotografia com história dentro (90)

Leão Zargo, em 25.03.18

Sporting 4 Atlético 2 1945-46 final Taça de Port

 

O génio de Cândido de Oliveira

 

A Taça de Portugal salvou a época leonina de 1945-46. Tudo o que tinha de correr mal no Sporting aconteceu nos meses que precederam a chegada de Cândido de Oliveira em Maio de 1946. O treinador Joaquim Ferreira foi assassinado numa rixa no Verão de 1945, falharam a contratação de Fernando Cabrita e o regresso de Eliseu, o guarda-redes Azevedo esteve suspenso pela Direcção devido a divergências quanto ao salário, Jesus Correia, Canário e Armando Ferreira tardaram a adquirir a boa forma em virtude de lesões e o novo treinador, o antigo avançado António Abrantes Mendes, revelou dificuldades na organização do jogo da equipa. O fracasso no Campeonato de Lisboa e no Campeonato Nacional, e uma goleada por 7-2 imposta pelo Benfica, fizeram soar as campainhas de alarme.

 

O presidente Ribeiro Ferreira entendeu que só a Taça de Portugal salvaria uma época que se aproximava do fim e que se revelava desastrosa. Convidou Cândido de Oliveira, que aceitou as funções de orientador técnico, ficando Abrantes Mendes como treinador de campo.

 

Cândido de Oliveira considerava que o ponto fraco da equipa leonina residia na incapacidade dos dois interiores de proporcionarem o devido apoio a Peyroteo. Ao mesmo tempo era um admirador das qualidades de Sidónio, o eterno suplente do avançado-centro sportinguista. Por essa razão, no primeiro jogo que ele orientou, em Olhão em 12 de Maio, apresentou uma táctica invulgar para a época, com Peyroteo e Sidónio lado a lado numa linha de quatro avançados, fazendo recuar António Marques, o interior esquerdo, para a linha média. Um 3-3-4 pouco usual, o que implicou outra ideia de conjunto e de organização e uma grande coordenação de movimentos dos jogadores.

 

A verdade é que o novo sistema funcionou. Em sete jogos (três para o Campeonato e quatro para a Taça de Portugal) os leões venceram seis e empataram um, marcaram 40 golos e sofreram 16, assinalando Peyroteo e Sidónio 14 golos cada um. Surpreendido, o jornalista Tavares da Silva reconheceu que assim, com menos avançados, se reforçou o futebol ofensivo. Na final da Taça de Portugal, em 30 de Junho de 1946, perante a fortíssima equipa do Atlético que tinha eliminado o FC Porto e o Benfica, o Sporting ganhou com relativa facilidade por 4-2, ficando a vitória decidida perto do final da primeira parte.

 

Na fotografia, a equipa leonina que venceu a Taça de Portugal em 1945-46:

 

De pé - Álvaro Cardoso, Roqui (suplente), Veríssimo, Juvenal, Manuel Marques, Octávio Barrosa e Azevedo;

Em baixo - Armando Ferreira, Sidónio, Peyroteo, António Marques e Albano.

 

publicado às 12:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo