Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fotografia com história dentro (97)

Leão Zargo, em 20.05.18

Rui Patrício final Taça de Portugal 2015.jpg

 

Rui Patrício

 

Hoje à tarde quando Rui Patrício subir ao relvado do Jamor, na memória de muitos sportinguistas estará a final da Taça de Portugal com o SC Braga em 2015, a reviravolta épica no marcador, o empate no prolongamento e aquela série vertiginosa de remates da marca grande penalidade.

 

No momento dos penalties, apesar de estar fisicamente limitado, Rui Patrício nunca se intimidou e olhou inquiridor para o adversário, procurando sempre que ele assumisse a iniciativa. Aguardar até ao último milésimo de segundo foi um jogo psicológico que confundiu os bracarenses. Estes, com as pernas a fraquejar depois do sofrido percurso desde o meio do campo e um estádio inteiro com os olhos postos neles, esperavam que o guarda-redes se denunciasse por um breve movimento. O keeper leonino, do alto do seu metro e noventa, fez orelhas moucas e aguentou o braço de ferro enquanto “escondia” a baliza.

 

Só Alan é que o conseguiu enganar. Confiante, ele sabia que alguma vez os marcadores chutariam com menos força ou revelariam a direcção do pontapé. Então, num ápice, num movimento felino no instante do remate, qual predador, ávido, Rui Patrício agarrou a bola ou afastou-a do risco fatal. Subitamente, ficou tudo consumado. A competência técnica e emocional de Rui Patrício transformou-o no herói do jogo e, numa correria louca desde o meio do campo, os companheiros de equipa apressaram-se para o vitoriar e gritar o seu nome.

 

Foi assim que tudo se passou naquela final da Taça de Portugal, no mítico Estádio Nacional, entre o guarda-redes do Sporting e os jogadores do Braga que se aproximaram da marca de grande penalidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De British Lion a 20.05.2018 às 14:29

Em frente, Sporting!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 20.05.2018 às 14:35

Pois claro... !
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 20.05.2018 às 14:58

Confesso que fui um dos muitos que não gostei de Rui Patrício no início da sua carreira profissional no SCP. Nunca assobiei como nunca o fiz com nenhum jogador, dirigente ou treinador do meu clube.
Ainda bem que Paulo Bento, num misto de convicção/teimosia, insistiu no Rui Patrício.
Pessoalmente, já lhe desejei muita sorte pessoal e profissional.
Espero que não estrague toda a bonita história que tem no SCP.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 20.05.2018 às 16:44

Oxalá, José Sousa, oxalá!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo