Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

se-utiliza-por-primera-vez-el-var-en-un-mundial-me

 

Em comunicado enviado à Agência Lusa, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Altive reagiram às várias criticas que surgiram após o jogo entre FC Porto e Vitória de Guimarães, numa partida em que o sistema de  videoárbitro esteve sem funcionar durante 30 minutos, altura em que ocorreram dois lances muito duvidosos, um deles deu mesmo o segundo golo ao FC Porto:

 

“O sistema é eficiente, como provam os cerca de 35 mil minutos sem registo de ocorrências que impeçam a sua utilização. Nesse período, foram comunicadas publicamente pelo Conselho de Arbitragem falhas em apenas dois jogos: Desportivo das Aves-Benfica (época 2017/18) e FC Porto-Vitória SC (2018/19).

 

Do protocolo de utilização do sistema em cada jogo faz parte um período de testes que envolvem técnicos na Cidade do Futebol [sede da FPF, em Oeiras] e no estádio, bem como a equipa de arbitragem. No jogo disputado no Dragão, (…) o sistema foi testado, como estipula o protocolo. Por volta dos 15 minutos perdeu-se a comunicação com o estádio, devido a falha num componente de ‘hardware’ da solução.

 

A Federação Portuguesa de Futebol e a Altice comprometem-se a continuar a trabalhar em conjunto no desenvolvimento tecnológico - mecanismos de redundância do sistema de videoarbitragem - que permita manter o futebol português na vanguarda”.

 

publicado às 12:56

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


16 comentários

Sem imagem de perfil

De antonio a 27.08.2018 às 13:57

Ponto 1
Eu aceito perfeitamente a falha de hardware do VAR. Custa-me a acreditar que nao exista um sistema alternativo para estas situacoes. Ninguém na FPF e Altice pensou nisso?

Ponto 2
Se o árbitro foi avisado, nao era possível ele próprio ver as imagens? Ou faz parte do protocolo que se o VAR está indisponível nao há VAR para ninguém?
No golo fora-de-jogo até compreendo que nao vá consultar o VAR - pois a decisao do fiscal é de que está em jogo - mas o penalty a favor do VSC deveria ter sido consultado.

Ponto 3
Enfim, o facto de um dos patrocinadores do FCP ser parte fundamental da solucao já é por si questionável e estes comunicados que nada explicam ainda mais suspeitas levantam.

E é melhor para por aqui!
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 27.08.2018 às 14:16

A mim preocupa-me mais o elevado nível de incompetência do árbitro auxiliar do que a falha no VAR. Uma bola PARADA, com o jogador SEMPRE em fora de jogo, SEMPRE, e o árbitro não marca ?

Isto é mesmo daqueles casos em que digo que não marca porque não quer. Ponto.

Quanto ao VAR, sendo um equipamento, é normal que hajam falhas, não me choca isso. Claro que o fato de ter sido numa altura em que o Porto é beneficiado em 2 lances seguidos, não ajuda nada a que não hajam teorias da conspiração.
Sem imagem de perfil

De o acutilante a 27.08.2018 às 14:57

Sou da sua opinião. De facto qualquer componente mecânica é susceptível de avariar, mas os árbitros deixaram ou desaprenderam de arbitrar?
O penalti foi penalti em toda a parte do mundo, e o fora de jogo que precede a jogada do golo foi fora de jogo ainda mais claríssimo.
Esses foram lances que não levantam dúvidas e o árbitro teria forçosamente de os assinalar. O VAR serve para julgar jogadas duvidosas, mas não para os lances que não oferecem dúvidas.

Sem imagem de perfil

De PSousa a 27.08.2018 às 14:58

A mim também não me choca que o VAR tenha falhas, no entanto tem de existir alternativa.
No caso do Penalti até dou de barato ele não conseguir ver, no caso do fora de jogo, o fiscal erra a olho nu mas na TV vê-se muito bem e aqui é a alternativa, não há VAR vê-se na TV e no melhor ângulo possível, se no golo não há qualquer duvidas, no penalti poderiam existir... mas em vez de 2-0, estava 1-0.

Mas gostei que o FCP fosse um clube justo, já que não houve VAR e que souberam que o golo foi fora de jogo, deixaram-se perder! LOLOLOLOL
Sem imagem de perfil

De PSousa a 27.08.2018 às 17:44

Eh eh eh
Há pessoal que não sabe estar no desporto e aceitar uma brincadeira.
Grato Rui... assim não tenho de responder!
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2018 às 17:55

"Grato Rui"... a propósito de quê ?
Sem imagem de perfil

De PSousa a 27.08.2018 às 17:57

Pelo corretor automático, deve ter sido mais um dos anónimos que por aqui populam.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2018 às 18:13

Creio que foi o usual idiota que nos chega dos EUA. "Encarnado", ainda por cima.
Sem imagem de perfil

De Sel a 27.08.2018 às 15:04

"que permita manter o futebol português na vanguarda". Na vanguarda das suspeitas, naturalmente.
Sem imagem de perfil

De antonio a 27.08.2018 às 15:18

Infelizmente em Portugal tem-se a mania de querer estar na vanguarda antes de se ter as coisas a funcionar propriamente e de forma potenciar o desporto. Interessa ter para mostrar que se tem.
Veja-se que o facto de ter 35 mil minutos de gravacoes do VAR é considerado como métrica da eficiencia do mesmo. Absolutamente ridículo.
Sem imagem de perfil

De Sr. Feliz a 27.08.2018 às 15:46

35 mil minutos de gravações do VAR serão aproximadamente 350 jogos gravados.

Para termos uma boa métrica e que não seja absolutamente ridícula qual seria o rácio que o antonio proporia ou acharia não ridiculo?
Sem imagem de perfil

De antonio a 27.08.2018 às 17:19

Meu caro não deturpe as coisas.
A disponibilidade é apenas uma das propriedades do VAR. Dizer que um sistema é bom apenas porque está disponível mais de 99% do tempo é passar um atestado de estupidez.

Preocupa-me que não haja solução alternativa e que não seja nada transparente a forma como os árbitros atuam neste caso.

A falha foi alegadamente de comunicação pelo que a função principal do VAR estava disponível.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 27.08.2018 às 17:52

No fundo é como o SIRESP: funciona bem a maior parte do tempo, mas depois falha quando há incêndio ...
Sem imagem de perfil

De o acutilante a 27.08.2018 às 16:12

Caro antonio.
O que eu acho, não ridículo mas sim altamente suspeitoso, é que nos três jogos até agora realizados pelo Porto os adversários clamem todos por injustiça das partidas.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 27.08.2018 às 17:12

Bem.... nada de estranho quando em tantos jogos que poderia falhar e falha precisamente em 2 jogos a beneficiar o porto e benfica....
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 28.08.2018 às 17:19

Exacto, até pode ter sido coincidência, mas fica a suspeita.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo