Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Frase da Semana

Rui Gomes, em 02.05.14
 

 

«Tenho a certeza quase absoluta - para não dizer absoluta, analítica e sintética - que o William continua no Sporting. Mas nunca se sabe se aparece algum clube que tenha interesse em levá-lo pela cláusula de rescisão.»

 

-    Bruno de Carvalho    -

 

Nota: Por norma não adiciono comentários à frase da semana, e esta excepção à regra deve-se a ter ficado impressionado com as palavras do presidente do Sporting: "para não dizer absoluta, analítica e sintética". Muito bem... não deixa margem para dúvidas !??

 

Aproveito o ensejo para dar um conselho a Bruno de Carvalho - que ele não me encomendou - sugerindo que aceite uma oferta de 30 milhões de euros, se de facto surgir uma. Não é que eu tenha dúvidas sobre o nível do jogador, mas o futebol tem coisas estranhas e imprevisíveis e nunca oferece garantias "absolutas" sobre o que poderá suceder amanhã. Ao fim e ao cabo, mesmo com apenas 60 por cento dos seus direitos económicos, 18 milhões de euros é muito dinheiro, especialmente para um clube nas condições algo precárias do Sporting.

 

publicado às 03:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


23 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.05.2014 às 13:55

Bem... ninguém pode acusar o Petinga de revelar bipolaridade.

Não sei onde leu essas "páginas e páginas", mas decerto que não foi aqui, e não compreendo a sua dificuldade em "ler" o "clima" em torno de William.

1. O presidente é obrigado a insistir neste tipo de discurso, pese o seu usual exgero ou escolha de palavras menos adequadas.
2. A vasta maioria de adeptos prefere ver o William ficar mais uma época, mas pelo noticido interesse de vários clubes, reconhecem que a possibilidade de ele sair é muito forte.
3. A surgir uma boa oferta, mesmo abaixo da cáusula de rescisão, estes mesmos adeptos pensam que o melhor para o Sporting será aceitar. A parte discutível é sobre o que consta uma "boa oferta". Creio que tudo o que for the 25 milhões para cima satisfaz.
4. Duvida da capacidade de William se impor como titular nos clubes de topo, mas ao mesmo tempo indica que o seu rendimento para o Sporting, caso permaneça, seja inferior a 30 milhões. Clara contradição que não faz sentido.
5. O Sporting não vai conseguir recuperar a pecentagem do passe que está com o Fundo, salvo pagando uma verba muito elevada de acordo com o parecer dos administradores desse Fundo sobre o valor do jogador no mercado. O único cenário que precipitará a viabilidade desta operação, é a desvalorização desportiva do jogador na próxima época.

Diversos clubes andaram a observar William praticamente a época toda. Creio que não o fizeram apenas pelo entretenimento, daí a forte possibilidade de surgir uma proposta muito boa.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 03.05.2014 às 08:19

1. nao requer comentário

2. "A vasta maioria de adeptos prefere ver o William ficar mais uma época, mas pelo noticido interesse de vários clubes, reconhecem que a possibilidade de ele sair é muito forte."
Como sabe que é a vasta maioria? Está a assumir que a sua opiniao é a da vasta maioria? Fez uma sondagem?

3. "A surgir uma boa oferta, mesmo abaixo da cáusula de rescisão, estes mesmos adeptos pensam que o melhor para o Sporting será aceitar. A parte discutível é sobre o que consta uma "boa oferta". Creio que tudo o que for the 25 milhões para cima satisfaz."
Voltamos à questao da maioria. Para além disso, já se viu em anos anteriores a excelente capacidade de gestao de dentro para fora dessa "maioria" de adeptos. Como nao sao "esses adeptos" que lideram os destinos do clube...

4. "Duvida da capacidade de William se impor como titular nos clubes de topo, mas ao mesmo tempo indica que o seu rendimento para o Sporting, caso permaneça, seja inferior a 30 milhões. Clara contradição que não faz sentido."
A contradicao só existe na sua cabeca. William no Sporting em 2014-15 é titular garantido e tem espaco para continuar a crescer. Pode ter um ou dois jogos menos conseguidos em ambientes difíceis (tipo a jogar fora contra um Real Madrid ou Bayern se tivermos a infelicidade de calhar no grupo de uma dessas equipas), que ninguém beliscará a sua titularidade. Para além disso tem um estatuto no plantel totalmente diferente.
William vai para um Manchester City (por exemplo). Nao vai certamente ser o único jogador do clube para a sua posicao, terá que se adaptar a um novo estilo de futebol, a um novo treinador, a um novo país, uma nova língua (sabe se William domina o ingles? frances?) e certamente uma imprensa e massa associativa desejosos de rotular transferencias avultadas como "flops" ao mínimo deslize. Estatuto no plantel? Inexistente, será apenas "o miúdo em quem toda a gente acha que se gastou demasiado dinheiro". Já percebe?
Agora, em termos de rendimento: ficar com o mais que provável jogador do ano da Liga Sagres mais uma época representa um capital moral para os adeptos, para a equipa e para o treinador inestimável no ataque à próxima temporada. Uma equipa a jogar com William sabe que pode confiar em quem fica nas costas quando vai para o ataque. E isso pode fazer toda a diferenca em jogos onde os detalhes podem valer uma vitória e onde uma vitória vale 1 M€ e um empate vale metade, onde as receitas de bilheteira podem valer uma temporada de jogos em casa da Liga e onde o merchandising vai seguramente subir em flecha se o Sporting conseguir um brilharete que seja (que pode ser simplesmente manter-se na luta pelo 2o lugar do grupo até perto do final).
5. "O Sporting não vai conseguir recuperar a pecentagem do passe que está com o Fundo, salvo pagando uma verba muito elevada de acordo com o parecer dos administradores desse Fundo sobre o valor do jogador no mercado. O único cenário que precipitará a viabilidade desta operação, é a desvalorização desportiva do jogador na próxima época. "
Eu nao tenho assim tanta certeza porque nao conheco os detalhes do negócio em questao. Há sempre muitas formas de negociar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2014 às 10:14

Não vale pena insistir, o futuro dirá. Quanto à recuperação da percentagem do passe, concordo que há sempre formas de nogociar... com dinheiro na mão !
Sem imagem de perfil

De Petinga a 03.05.2014 às 21:29

Nao necessariamente. A título de exemplo, nao seria complicado ao Sporting propor ao Sporting Football Fund a troca dos 40% por dinheiro + percentagens de passes de outros jogadores. Estaria longe de ser a melhor solucao, mas manda a lógica de gestao que diversificar investimentos costuma ser boa prática portanto nem me parece demasiado impossível de imaginar.
Para além disso, vai haver dinheiro na mao em breve porque me parece evidente que a SAD vai realizar encaixes com vendas de jogadores no defeso - aquilo que todos temos curiosidade em descobrir é precisamente "que" jogadores.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2014 às 21:39

Dado o acréscimo de valor do William, o Fundo nunca iria nessa conversa.

Encaixes com quem ?... Welder, Magrão e mais dois ou três do género ?

Os que têm algum valor terão de ser agarrados, desportiva e financeiramente, e isto até é aplicável ao William se não surgir uma oferta de 25 milhões para cima.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 03.05.2014 às 22:07

Welder e Magrao? Por vezes pergunto-me se estará a falar da mesma equipa do Sporting em que todos os jogadores que transitaram da temporada anterior se valorizaram consideravelmente.
Capel e Carrillo sao candidatos com mercado, só para citar dois nomes. Cédric e Rojo também, apesar de serem mais importantes para a equipa do que os dois anteriores (e no caso de Rojo penso que o Sporting nao detém grande coisa do passe).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2014 às 22:48

Referi Welder e Magrão mas não literalmente, pois sem bem as condições deles.

Lá vem o disco sa época passada e esta, "eles" e "nós". Ainda não se cansou disso ?

O mercado tanto para Capel como para Carrillo é muito relativo, porque não comandam verbas elevadas, além das percentagens que estão com os Fundos.

Apesar de apenas termos 25% do Rojo - o "seu" presidente podia ter recuperado mais 25% em Outubro mas falar é mais fácil - seria um erro vender porque ele faz falta à equipa e ainda se vai valorizar mais.

Cédric ???... Já agora venda o plantel todo e vá jogar com a equipa B !!!
Sem imagem de perfil

De Petinga a 04.05.2014 às 08:02

Mas onde é que eu falei de "nós" e "eles"??? Referi apenas que os jogadores se valorizaram como consequencia da melhoria quer no futebol praticado quer na classificacao final. Torna-se difícil ter uma conversa séria consigo quando entra em paranóias, Rui.

E se sabia as condicoes de Welder e Magrao escusava de as ter referido; ambos terminam vínculo esta temporada e portanto podem ser descartados (se assim for decidido) sem custos adicionais.

Capel nao comanda verbas elevadas?... se 7M de euros nao sao uma verba elevada, nao sei onde estamos. Carrillo valerá menos (e nao penso que tenhamos 100% dos direitos económicos), mas a sua idade talvez permita um encaixe razoável. Ah, e foi aqui que se escreveu que o Sporting já terá hoje a totalidade do passe de Capel (http://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/a-holdimo-e-outros-em-parceria-com-o-802833).
Já agora, na seccao de comentários desse mesmo post o Rui escreveu
"Em troca de Dier, o Sporting deu 50% de Filipe Chaby e ainda consentiu negociar João Mário e Christian Ponde."
Ou seja, é perfeitamente possível recuperar percentagens de passes de jogadores com muito futuro dando outros em troca. Tenho as minhas dúvidas que Dier valesse mesmo tanto na altura em que o negócio foi feito, mas o Rui aparenta saber que esse tipo de trocas sao possíveis.

Uma coisa tem que entender: se os jogadores se valorizaram e aumentaram a sua cotacao no mercado, é para serem transferidos. Os que toda a gente quer comprar sao obviamente os que estiveram em maior destaque e foram titulares. E é com esses se que podem realizar os maiores encaixes. A SAD é que tem que fazer o (muito difícil) cálculo dos prós e contras e identificar as posicoes em que pensa poder substituir ou indo ao mercado ou na equipa B. Se for possível manter Dier nao tenho grandes dúvidas de que um dos centrais pode ser negociado - seja Mauricio seja Rojo - assim se consiga uma oferta realmente elevada. Dei o exemplo de Cedric porque ainda tem margem para evolucao mas está longe de ser um fora-de-série e nao me parece de todo insubstituível. E vai quase de certeza sair pelo menos um dos extremos porque Esgaio é para subir à equipa A.
A mesma prospeccao que identificou Carlos Eduardo, Josué, Rafa e Ghilas nao é capaz de substituir os jogadores acima mencionados com dinheiro na mao para ir ao mercado nacional?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.05.2014 às 08:35

Não precisa de o dizer directamente, está sempre presente em tudo o que diz.

7 milhões só porque o "Bruno" fala nessa verba. Quando for assim vendido, avise-me.

Não há comparação mínima com a recuperação da percentagem do passe de Eric Dier, pelos respectivos valores. Com um estamos a falar de centenas de milhares e com o outro muitos milhões.

Com dinheiro na mão tudo é possível. Onde é que ele está ?
Sem imagem de perfil

De Petinga a 04.05.2014 às 09:10

"Não precisa de o dizer directamente, está sempre presente em tudo o que diz."

Continuo sem perceber a razao de tanta paranóia.

"7 milhões só porque o "Bruno" fala nessa verba. Quando for assim vendido, avise-me."

30 milhoes por William só porque "A Bola" fala nessa verba...

"Não há comparação mínima com a recuperação da percentagem do passe de Eric Dier, pelos respectivos valores. Com um estamos a falar de centenas de milhares e com o outro muitos milhões."

Se Ilori foi transferido por 8 milhoes e Bruma por 10, Dier nao valeria certamente muito menos.

"Dinheiro na mao" aparece assim que forem transferidos jogadores... é o que se chama "viver à medida das possibilidades"...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo