Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Futebol com humor à mistura

Rui Gomes, em 05.10.18

 

mw-860.jpg

 O 'onze' inicial do Sporting na Ucrânia, com o novo equipamento

 

Diogo Faro, cronista do jornal Expresso, tem por vezes um humor sarcástico um tanto ou quanto "bicudo", mas não deixa de acertar em alguns casos. Escolhi uns exemplos para o entretenimento do leitor:

 

JEFFERSON

 

Às vezes fico com a impressão de que é como o Ministro da Defesa em relação ao caso de Tancos. Parece não fazer a mínima ideia do que anda ali a fazer, mas lá passa por entre os pingos da chuva.

 

BRUNO GASPAR

 

Fez de tal forma um jogo tão fraquinho como quase todos os seus amigos de preto e branco (equipamento exclusivo para este jogo por causa de regulamentos da UEFA, e bonito, diga-se). Portanto, o maior benefício de ter jogado foi ter dado descanso ao Ristovski.

 

ACUÑA

 

Voltou ao meio-campo e aquela raça está lá sempre, mesmo que sem grande inspiração, como foi o caso de hoje. Pior ainda, agora que já me habituei a vê-lo a defesa esquerdo (bastou-me três minutos, habituei-me quase tão rápido como a Demi Lovato ao cavalo), custa-me que ele volte para aquela zona do campo.

 

PETROVIC

 

Excelente, excelente, excelente. Aquele lance em que foi a correr para a linha em direção ao banco para a entrada do Jovane.

 

img_920x519$2018_10_04_20_21_20_1456295.jpg

 

NANI

 

Fez uma birrinha ao ser substituído há dois jogos, foi castigado (terá sido mesmo? Ou houve ali um acordo – inteligente – de cavalheiros para fingir que estava castigado e a comunicação social não implicar com o Sporting e o Peseiro?), e agora voltou de regresso a delegado de turma pronto a liderar de novo os colegas rumo ao sucesso. Voltou com vontade, deixou foi a sua própria eficácia ainda de castigo.

 

DIABY

 

Finalmente jogou mais de três segundos e meio, o que só por si já é notícia. Tendo em conta que a toda a equipa esteve meio apática quase todo o jogo, também não era ele que ia fazer a desfeita e sobressair pela positiva.

 

JOVANE

 

Fica apenas uma sugestão para o próximo jogo: que entre em campo com uma camisola a dizer Rei Midas.

 

MONTERO

 

Freddy Classe Montero.

 

Ele hoje sentiu que tinha que aconchegar a bola no seu peito, como se de um bebé se tratasse. À primeira, abraçou a bola com o peito e arriscou o pontapé de bicicleta. Era difícil, muita gente à frente. À segunda, - inteligente a jogar como é – voltou a acolher a bola carinhosamente no peito, mas meteu no chão, puxou para o outro pé, deixando a defesa toda mais manca que o Paulo Gonzo e meteu em arco no poste mais longe. Que bonito foi.

 

publicado às 04:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo