Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Futebol e inteligência emocional

Leão Zargo, em 30.09.23

Sporting 2 Rio Ave 0 2023-24.jpg

Ontem, num interessantíssimo texto, o Julius Coelho reflectiu sobre a hierarquia natural que se verifica num plantel de um clube de futebol, e no Sporting em particular. De facto, numa equipa tem de haver um objectivo único, o sucesso colectivo, que se deve equilibrar com a procura do sucesso individual. Parece-me que se houver equilíbrio nas dimensões colectiva e individual há muito maior disponibilidade para cada jogador comportar-se com espírito de equipa. Neste contexto, os aspectos psicológicos, a inteligência emocional, são determinantes.

Não basta ser muito competente de um ponto de vista técnico ou táctico, um jogador tem de ter alta capacidade para se automotivar sistematicamente, de treinar e jogar num nível muito elevado, ao mesmo tempo que mantém um salutar espírito de grupo, admitindo as aspirações dos restantes companheiros e saber conviver bem com elas. Isto para além do controlo da ansiedade e da irritabilidade e a compreensão dos problemas inerentes a uma equipa com grupos etários muito diferentes e de diversas nacionalidades ou culturas. 

Quando vemos o Sporting jogar focamo-nos na performance de cada um dos jogadores e da equipa no seu conjunto. É o resultado do trabalho do treinador na superação dos seus atletas, e em que medida cada um é capaz de agir de acordo com os seus pontos fortes e fracos, contribuindo para derrotar o adversário. Na prática, isto tem nomes, desde Rúben Amorim, a Coates, Adán, Pote, Edwards, Catamo, Nuno Santos, Diomande, Morita, Inácio, Hjulmand, Gyokeres, Paulinho, e os outros do plantel, e como são (ou não são) capazes de lidar com o stress competitivo e as emoções de um jogo de futebol ao mesmo tempo que aplicam as suas competências técnicas e tácticas.

publicado às 14:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.09.2023 às 17:31

José Jaime Marques

Treinador de bancada com Nível 0!

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo