Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ganhou quem mais mereceu?

Rui Gomes, em 12.07.21

Screenshot (200).png

Muito poucas finais das grandes provas entusiasmam - salvo quando a Selecção Nacional participa - e esta foi apenas mais uma.

Duas equipas com muito poucos argumentos ofensivos. A Inglaterra marcou logo aos dois minutos e dedicou-se simplesmente a defender. A Itália, com domínio de bola superior mas com um jogo muito rendilhado e com pouco para oferecer no último terço, salvo o golo do empate no meio de alguma confusão. Chegou a um determinado ponto que ambas esperavam pelo prolongamento e, daí, as grandes penalidades.

Na lotaria, uma mistura de eficácia e felicidade ditou o vencedor.

*** Em nota separada, Cristiano Ronaldo sagrou-se o melhor marcador do Euro 2020, com 5 golos, e é o mais velho a consegui-lo. Schick também apontou o mesmo número de golos mas o primeiro critério de desempate são as assistências e aí o capitão da Selecção Nacional leva vantagem: uma contra nenhuma do checo.

Aos 36 anos e cinco meses, é o mais velho melhor marcador de sempre num Europeu. Até agora, o mais velho era Michel Platini, que tinha 29 anos e um mês em 1984.

publicado às 06:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.07.2021 às 08:15

Ganhou quem mais mereceu, a alteração tática a meio da segunda parte de Mancini desequilibrou de vez o jogo, que já estava mais azul.
Grande fezada de Southgate, colocar no último minuto de jogo dois jovens que acabaram por falhar dois penalties foi de Zandinga, tinha tudo para correr bem: jogadores jovens que não acusam pressão, entram totalmente concentrados e com a adrenalina a 100%.

Ronaldo quebra mais um recorde, por SETE anos e 1/4. Não há palavras.
Sem imagem de perfil

De LG a 12.07.2021 às 08:15

Isto desmarca de vez em quando

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo