Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_770x433$2018_07_25_14_12_07_1427910.jpg

 

Sempre tentei compreender a posição dos jogadores que rescindiram, face ao infame evento de 15 de Maio, mas admito que há dois ou três casos que mexem mais comigo, pela negativa.

 

É por de mais óbvio que o ainda imaturo "puto" Rafael Leão está a ser conduzido por terceiros, com o objectivo único de deitar as mãos a muito dinheiro no imediato, em vez de esperar que a sua expectável e natural evolução lhe permitisse colher eventualmente dividendos superiores. O futuro esclarecerá o de(mérito) desta sua decisão.

 

Battaglia indigna-me porque fico a pensar: 'mas quem ele pensa que é afinal?'. Um jogador mediano, muito lutador, é verdade, mas com maus pés e quase nula construção de jogo, mesmo tendo em conta que é um médio-defensivo. Acho que a SAD devia aceitar uma proposta minimamente razoável por ele e mandá-lo à vida. Há muitos "Battaglias" no mercado.

 

E, por fim, temos Gelson Martins, o caso que mais me afrontou, talvez porque nunca admiti que não regressasse. É por de mais óbvio que o Atlético de Madrid ofereceu-lhe um salário superior no contrato de cinco anos que assinou, mas também não vejo que tivesse grande razão de queixa no Sporting. Foi integrado a cem por cento na equipa principal, maioritariamente como titular, condição que permitou a sua ascensão à Selecção Nacional. Não seria o mais bem remunerado do plantel, mas já teria um bom salário, especialmente considerando que consta que foi aumentado poucos dias antes da rescisão. Continuando com a sua evolução, era uma questão de tempo - porventura mais uma época - até ser transferido para um grande, com benefícios mútuos, para ele e para o Sporting, e com uma saída pela porta grande.

 

Assim, será sempre visto como um ingrato que virou as costas ao clube que o formou e que lhe deu a oportunidade de vida. Se já estiver de facto inscrito pelo emblema espanhol, o Sporting procederá com o devido processo de queixa à FIFA, e ficamos na incerteza de futuros pareceres sobre a legitimidade de justa causa.

 

Não é que não fosse já conhecido, mas pela subsequente troca de mensagens nas redes sociais, verifica-se que Gelson Martins, Rafael Leão e Rúben Semedo, são três produtos das mesmas origens e com semelhantes mentalidades.

 

Adenda: "O Atlético Madrid fez uma última tentativa para chegar a acordo com o Sporting por Gelson Martins. O clube espanhol apresentou uma proposta de 22 milhões de euros, mais 10 por objectivos, dos quais metade eram relativamente fáceis de atingir. Em troca ficaria com uma percentagem entre os 60 e os 70 por cento do passe. Sousa Cintra, mais uma vez, recusou de imediato, pedindo 50 milhões pela transferência".

 

Isto, a reportagem do Record. Além dos números não serem espectaculares, na minha opinião, até confirmação mais fiável, não acredito muito nesta notícia, pela ambiguidade da mesma.

 

publicado às 15:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


68 comentários

Sem imagem de perfil

De José Sousa a 25.07.2018 às 16:16


Subscrevo o que diz de Battaglia e Rafael Leão.

Em relação a Gelson, segundo consta, em Junho/2018, o SCP (ainda com BdC) terá accionado a cláusula prevista no contrato do jogador, que fazia com que a cláusula de rescisão passasse de 60 para 100 milhões de euros.
Segundo o jornal "Record", que avança a notícia citando fonte dos leões, Gelson teria um aumento salarial na ordem dos 400 mil euros brutos anuais e teria ainda de receber 1,5 milhões de euros como prémio de assinatura.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.07.2018 às 17:33

Será que chegou a receber tudo isso ?
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 25.07.2018 às 17:40

Pois...não sei! Notícia do jornal de 13/06/2018, pouco depois foi a destituição e não sei como ficou o processo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.07.2018 às 18:42

Perguntei, pelo então estado da tesouraria.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo