Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_770x433$2017_11_28_12_12_12_1338977.jpg

 

O recurso de Godinho Lopes relativo ao processo em que exige o reembolso de um empréstimo feito ao Sporting em 2012 foi registado esta terça-feira no portal Citius.

 

O antigo presidente do Sporting interpôs uma acção na Justiça a 6 de Agosto de 2015 com o objectivo de recuperar os 754 mil euros que afirma ter emprestado à SAD durante o seu mandato (2011-2013), no sentido de fazer face a pagamentos urgentes.

 

O antecessor de Bruno de Carvalho terá procurado evitar uma multa de 220 mil euros por falta de entrega ao Estado da retenção na fonte dos jogadores.

 

Em primeira instância, a 1ª Secção Cível do Tribunal de Lisboa, onde a acção deu entrada há dois anos, declarou-se incompetente para deliberar sobre a matéria, pelo que o engenheiro, de 65 anos, decidiu apelar para o Tribunal da Relação de Lisboa, de forma a reaver os créditos que reclama à SAD, mais especificamente 754.520,25 euros.

 

Godinho Lopes pretende ser ressarcido do dinheiro que emprestou, sem juros.

 

É por de mais óbvio que o argumento fundamental deste caso em nada se relaciona com a qualidade de gestão de Godinho Lopes enquanto presidente do Conselho Directivo do Sporting.

 

Mais um processo, entre tantos outros, que bate à porta dos tribunais, pela  óbvia procura de confrontação de Bruno de Carvalho. Parece-me que devia ser uma questão muito simples: houve ou não empréstimo e quais os respectivos comprovativos. Confirmando-se, o caso resolve-se pagando a dívida. Se esses comprovativos não existirem (e a lógica indica que devem existir) e Godinho Lopes continuar a insistir na dívida, então terá de ser o Tribunal a resolver.

 

Curioso, no entanto, que a 1ª Secção Cível do Tribunal de Lisboa se tenha declarado incompetente para deliberar sobre o caso.

 

publicado às 15:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Carmo a 28.11.2017 às 16:25

Porque razão a lógica indica que existam comprovativos fidedignos? Se o tribunal se declarou incompetente é porque talvez não seja assim tão simples
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2017 às 16:42

Se de facto não existissem comprovativos e o Tribunal não se tivesse considerado incompetente, teria deliberado sobre o caso, em princípio, a favor do Sporting.

A razão que eu referi "lógica", é porque não me parece minimamente sensato que alguém venha a clamar uma dívida de terceiros, ainda por cima em Tribunal, sem comprovativos.

Além do mais, e isto não é com conhecimento factual de causa, sempre constou que Godinho Lopes emprestou dinheiro ao Sporting. Até acho que não é segredo algum e à parte de documentação, devem existir também testemunhas.
Sem imagem de perfil

De Jo a 28.11.2017 às 17:56

Se há alguma coisa fácil de provar deve ser uma transferência de dinheiro, se de uma conta sai uma determinada quantia e essa mesma quantia entra noutra conta parece-me que não há muito por onde fugir.

A não ser que o dito empréstimo tenha sido feito em notas e moedas (este espaço seguinte fica reservado para um emoji do tio patinhas a mergulhar nas moedas do cofre...)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2017 às 18:06

Bem... tem razão, mas é necessário um pouco mais do que isso. Transferências de dinheiro são efectuadas por motivos vários.
Sem imagem de perfil

De Jo a 28.11.2017 às 18:19

Concordo, mas quando de um dos lados está uma empresa, esta terá contabilidade e os movimentos deverão estar devidamente contabilizados e justificados, uma entrada de dinheiro será na maioria dos casos um recebimento de cliente, nos restantes casos advirá de uma situação devidamente justificada.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 28.11.2017 às 17:52

O que é o portal Citius?
Sem imagem de perfil

De Jo a 28.11.2017 às 18:02

É um portal do ministério da justiça onde é dada entrada dos processos pelos advogados e onde é feita a gestão dos processos e comunicações entre os tribunais e advogados, entre outras funcionalidades.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 28.11.2017 às 19:57

Não sei se vou de encontro ás opinião de todos, mas um presidente que teve um mantato calamitoso, onde acumulou quase uma centena de milhões de euros, na minha opinião e apesar de não poder ser responsabilizado pelo rombo que causou ao clube - não devia ter direito (no minimo moral) a exigir esse dinheiro que suspostamente emprestou
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2017 às 20:34

Em que Mundo é que vive ?

São duas questões distintas. Até parece que é o primeiro presidente a emprestar dinheiro ao Clube e a ser ressarcido, alguns com juros acrescidos. Alguém falou hoje no Sousa Cintra. esse foi um deles.
Sem imagem de perfil

De Flip a 29.11.2017 às 10:44

Este assunto tem sido pouco mais que rodapé nos diversos órgãos de comunicação social - e, sem ironia, até percebo que assim seja tal a enxurrada de outros assuntos mais "sumarentos" - mas não deixa de ser mais uma demonstração da baixeza de carácter da pessoa que hoje preside o nosso clube.

Concordo com o Rui e por isso, também eu sem conhecimento de causa, considero quase impossível que um empréstimo de tão avultada quantia seja difícil de descortinar, sobretudo estando as contas auditadas "à séria" como BdC ainda há alguns dias afirmou aquando da questão da auditoria. Logo, das duas uma: ou Godinho mente e não houve qualquer empréstimo e há aqui uma tentativa de fraude - ou - Godinho não mente e a dívida apenas não está saldada por manifesta falta de vontade de quem dirige o Sporting.

Escusado será dizer qual a hipótese mais provável... E mais uma vez as custas judiciais ficam à conta do clube, pois claro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.11.2017 às 11:38

Parece ser, de facto, a conclusão possível e a única que faz sentido.
Sem imagem de perfil

De Bento Jesus Carvalho a 29.11.2017 às 11:16

Como de costume, mais um excelente post do Sr. Rui Gomes, com um comentário lúcido e assertivo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.11.2017 às 11:39

Obrigado.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo