Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Gostamos de Diaby"

Rui Gomes, em 29.10.18

 

img_818x455$2018_10_28_20_41_39_792225.jpg

 

Considerações de José Peseiro, em conferência de imprensa, após a vitória do Sporting sobre o Boavista:

 

"Vitória justa, com muito boa exibição. Dominámos e controlámos o jogo quase nos 90 minutos, depois de uma partida exigente na quinta-feira. Mostrámos o valor que temos. Um resultado 3-0 sem sofrer golos é sempre bom. Estamos satisfeitos. Foi um passo em frente, queremos continuar na luta pela liga portuguesa.

 

Temos de conseguir jogar com pressão, stress competitivo. Quem não conseguir, não pode jogar no Sporting. Mostrámos de forma cabal com um grande jogo, a nossa qualidade. Mas sabemos que podemos fazer melhor ainda.

 

Gostamos de Diaby. Há muito tempo que podia jogar, mas várias situações, ter chegado mais tarde, a selecção, impediram isso. Sabemos do valor dele, mas o colectivo é mais importante. É bom o regresso de Dost e Mathieu. Entendo que todos os jogadores são importantes para esta equipa, temos muitas soluções, assim como outros que não estavam a jogar".

 

Especialmente após a exibição de ontem, não é minha intenção dirigir críticas ao treinador José Peseiro, um homem que tem sido alvo de muita atenção negativa desnecessária, desde que regressou a Alvalade.

 

Dito isto, sinto alguma dificuldade em compreender a sua explicação para a não utilização de Diaby até agora, mesmo reconhecendo que o avançado maliano necessitou de algum tempo para se adaptar ao Sporting e aos métodos de trabalho da equipa técnica.

 

Esta minha reflexão ganha ainda mais revelo considerando a ausência de Bas Dost durante praticamente dois meses. Agora, depois da sua primeira titularidade e boa exibição, está sujeito em não repetir num futuro muito próximo, dado o regresso de Bas Dost e o momento de boa forma de Montero.

 

Na realidade, até nós adeptos temos sido injustos para com o jogador, desvalorizando-o a cada oportunidade, pela nossa percepção que a sua não utilização implicava a sua fraca qualidade. Pode não ser um craque, mas a sua exibição de ontem deixou claras indicações que poderá vir a ser importante para o Sporting.

 

Veremos como José Peseiro lida com esta situação...

 

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 29.10.2018 às 10:37

Eu leio nas entre-linhas das palavras do Zé Peseiro um cuidado extremo de não queimar o jogador à primeira.
Pois, como ele diz, vinha de viagens(cansaço) e adaptação ao sistema.

Este um problema do treinador português. Não sabem em geral, lidar com a CS..
Desbocam-se!. Sem querer. 😊 😊
(Zé, muitas explicações induzem os adeptos em erro e a CS ainda mais. Deixa isso para nós, adeptos)
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 29.10.2018 às 10:42

Rui,

Sinto muito mas, esse titulo está errado.
Correctamente seria..
Gostamos muito do Diabynho!
Esperemos que seja para ser o que ontem foi..
Irreverente, atrevido.. Faltou chutar com precisão.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 29.10.2018 às 10:44

Completamente de acordo com a sua análise sobre Diaby, por muito que se tenha de adaptar, por muito que venha de selecções, por muito que ainda não esteja totalmente integrado, viu-se o que pode dar à equipa... muita velocidade e não só!

Finalmente, Diogo Faro, poderá fazer uma análise para além dos habituais 5 minutos! LOL

Com o regresso de Bas Dost, com Montero em GRANDE, na minha humilde opinião quem se iria sentar no banco seria GUDELJ.

Sobre o SCP, ontem, só poderia ser assim... tínhamos de ganhar, não havia outro resultado! Este Boavista que ainda chegou a dar luta, após o primeiro golo - abanou!

Melhor exibição da era Peseiro, nos primeiros 5 minutos fizemos mais do que noutros jogos... se tem aparecido um golo nesse momento, não sei o que seria do Boavista.
Parabéns à equipa, ao Peseiro porque não colocou o PETROVIC , mas mesmo assim com 3-0 poderia ter confiado mais e deixar Montero em campo em vez de o tirar. Entrava o central na mesma, mas saía GUDELJ, por exemplo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.10.2018 às 11:54

Meu caro PSousa,

Não estou a compreender a sua visão de coisas.

O dilema para Peseiro vai ser ter três avançados, Bas Dost, Montero e Diaby, e já nem evoco o Jovane e o Raphinha quando regressar, e a sua solução é tirar um médio?

O Sporting ontem jogou em 4x3x3, Nani, Montero e Diaby na frente, Battaglia a "6", Gudelj a "8" e Bruno Fernandes a "10", e viu-se que este sentiu-se melhor assim.

E acho que deve continuar a jogar assim, a dúvida é o avançado a mais para o 'onze' inicial.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 29.10.2018 às 12:06

Rui,
Diaby jogou como extremo e não como avançado.
Apesar do SCP jogar muito bem, gostava de ver em campo e com adversários mais acessíveis a seguinte equipa: Salin, Acuña, Mathieu, Coates, Ristovski, Battaglia "6", Bruno Fernandes "8", Nani, Montero "10", Bas Dost e Diaby.

Mas se for diferente e o SCP ganhar, nem quero saber da táctica.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.10.2018 às 12:11

E um extremo não é um avançado?... Ora essa!
Sem imagem de perfil

De PSousa a 29.10.2018 às 12:17

Então temos mesmo muitos avançados.
Nani, Jovane, Raphinha, Montero, Bas Dost, Diaby... entre outros!

O que eu lhe quis dizer é que podemos jogar com Montero a 10, tirar Gudelj!!!!
E Diaby já encaixa...

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.10.2018 às 12:44

É possível, mas não sei se é o ideal. Esse modelo vai obrigar Bruno Fernandes a jogar mais recuado para apoiar Battaglia e coloca Montero como construtor, e não sei se ele tem capacidade para isso.

Gudelj é bom jogador, mas ainda não está a cem por cento. Ele necessita de avançar mais no terreno e ser mais objectivo ofensivamente. Agora, joga mais em apoio a Battaglia, por vezes até mais recuado que o argentino.
Imagem de perfil

De Greenlight a 29.10.2018 às 11:11

Diaby teve uma boa prestação. É diferente jogar a titular com os melhores do que com as reservas e, claro, é muito diferente jogar a titular ou nos últimos 5 minutos.
Pena ter falhado a concretização do golo (algo que Suarez, em lance semelhante, não perdoou ao RMA).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.10.2018 às 11:57

Creio que é uma questão de confiança. Com mais jogos nas pernas e acréscimo de confiança. não falhará um golo desses. Aiás, ele bateu o guarda-redes mas com a bola ia muito frouxa, o defesa chegou a tempo para aliviar.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.10.2018 às 13:47

Enquanto Raphinha não estiver bem, Diaby deve ser titular.
Quando Raphinha voltar, significa que já temos mais 1 jogador para dar qualidade ao banco.

Nos jogos em Alvalade não deveríamos jogar com duplo pivôt. Basta Battaglia a 6 e podemos colocar B.Fernandes a 8 para construir jogo mais atrás.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 29.10.2018 às 14:17

Não tive oportunidade de ver o jogo pelo que não tenho opinião formada sobre a exibição da equipa e dos jogadores em particular.
Mas tenho a percepção de ter sido uma exibição bem conseguida onde Diaby surpreendeu pela positiva dando finalmente uma imagem melhor da razão por que foi contratado.
Ainda bem que assim é.
Mas, ainda que o jogo tenha sido relativamente fácil, resta perceber quais as suas competências em cenários mais exigentes.
Só agora te-lo colocado a extremo puro é algo que não é explicável dado ter sido sempre essa a ideia que se tinha dele e que agora culminou numa exibição conseguida.
Ganha a equipa com o reforço de qualidade dentro do plantel à disposição.

Continua a ser o eixo mais recuado do meio campo aquele que requer mais atenção no sentido de se melhorar processos de jogo que conduzam a uma maior fluidez e capacidade de construção já que ambos os ocupantes naturais desse sector denotam pouca apetencia para construir, abrir espaços e linhas de passe e distribuir como tão bem faziam os seus antecessores nesta equipa.

Um jogo não refaz a opinião em definitivo que se tinha do trabalho que tem sido desenvolvido mas é um princípio que todos desejam ser iniciado no sentido de se aumentar a qualidade de jogo da equipa e que tal traduza-se em resultados e sucessos para o clube.
Veremos o que nos reserva os próximos tempos onde o jogo nos Açores no próximo fim de semana é fundamental para reforçar o trilho que se quer fazer não sendo admissível recair num desaire semelhante ao ocorrido em Portimão que terá que ter sido uma excepção face à exigência que este clube merece.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.10.2018 às 15:47

Na sua carreira Diaby tem vindo a alinhar nas duas posições, ponta de lança (não necessariamente fixo na área) e extremo esquerdo.

Por conseguinte, a sua utilização varia mediante as características da equipa e do sistema de jogo.

Com a sua tremenda velocidade, desequilibra mais na ala, porque consegue explorar mais e melhor os espaços.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo