Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




img_920x518$2022_11_03_20_39_30_2058617.jpg

Muito tem sido dito pelos adeptos sobre a necessidade do Sporting reforçar-se no mercado de Janeiro. Ontem, na conferência de imprensa de antevisão ao V. Guimarães, Rúben Amorim foi instado a comentar esta questão:

"Acima de tudo nós fazemos a avaliação diariamente. A nossa ideia não é ir ao mercado. Podemos optar ou não por ir. Temos este mês inteiro onde não temos campeonato, e podemos ter de repensar isso, sabemos que temos esse tempo para pensar nisso. O Luís Neto foi operado a um pulmão e vai ficar algum tempo parado. Já estava parado há muito tempo com a lesão no joelho e isso também pode mexer no nosso pensamento do mercado.

Sabemos que algumas posições têm de ser reforçadas, mas de acordo com a época temos de pensar bem nisso, tem de ser algo pensado com tempo. Temos um bom planeamento, fizemos um mercado satisfatório e teremos tempo para pensar nisso. Com tantos jogos e com a importância do próximo jogo, teremos tempo durante o Mundial para o fazer.

Falo com a direcção todos os dias, temos as reuniões marcadas, assim como temos as da formação, onde estabelecemos as subidas e descidas. Isso está tudo planeado, mas vão haver reuniões mais concretas para resolver isso".

É evidente que muito além da possível necessidade, é também preciso ter a incontornável capacidade financeira para esse fim, sabendo, antecipadamente, que qualquer contratação ao alcance do Sporting, por muito ponderada que seja, é sempre um risco.

Rúben Amorim afirmou que o staff e a estrutura reconhecem que "algumas posições" têm de ser reforçadas. Não se espera que ele revele essas posições, mas seria interessante saber se o que eles têm em mente coincide com o parecer generalizado dos adeptos.

publicado às 02:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


56 comentários

Sem imagem de perfil

De Leão do Xangai a 05.11.2022 às 08:06

Em Janeiro é obrigatório ir ao mercado e sugiro 3 contratações : 1 defesa central,um médio centro e 1 ponta de lança!
Viva o SCP 🇳🇬💪💚
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 09:26

Temos grandes promessas na formação nessas três posições. A dúvida é se já estão preparados para integrar a equipa principal,
Sem imagem de perfil

De Yazalde a 05.11.2022 às 13:21

Sim é verdade temos jogadores da formação prometem ,mas acho que ainda não estão preparados ,entrarem a pouco e pouco, na equipa principal , precisamos de jogadores de imediato , jogadores maduros, isso custa muito dinheiro, em janeiro é difícil, o Benfica tem jogadores feitos mas gastam muito dinheiro só este ano até ver tem dado resultado, faz se contas no fim.
Sem imagem de perfil

De De Perry a 05.11.2022 às 08:16

Há sempre necessidade de ir ao mercado, quando se vai buscar mais valias, o que vemos é que muitas vezes se vai ao mercado e não vêm para a equipe essas mais valias e para isso ou seja gastar milhões por um punhado de nada, vale mais estar quieto e dar minutos ao pessoal da formação nem que fiquemos em décimo ou décimo primeiro. Aqueles miúdos da Youth league são fantásticos, os centrais, o Rafael Veiga no meio campo se tiverem cabeça e forem bem conduzidos podem ter um grande futuro e aqui sim, damos um passo atrás para depois dar-mos dois á frente. Não me importo perder quando pressinto que estão a construir uma equipe. O Sporting neste momento não está em condições de enfiar barretes e aí é sempre muito importante a formação, porque não há dinheiro para desbaratar
Sem imagem de perfil

De Sandro Rosado a 05.11.2022 às 10:04

Equipa, com a.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 05.11.2022 às 08:59

Ainda na quarta-feira vi uma grande exibição do central do Sporting, Gilberto Batista, na Youth League, os alemães não lhe ganharam uma única bola. Amorim não deve ter visto o jogo senão não pensava em ir comprar mais centrais. E o trinco, o Veiga, muito bom também. Escusavam de ter comprado aquele trinco grego que, pelos vistos, já não interessa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 09:23

O Gilberto Batista é uma grande promessa, defende bem, mas com a bola ainda está muito cru. A qualidade de passe e a subir no terreno deixa muito a desejar.

O Renato Veiga tem treinado com a equipa principal e até acho que já esteve no banco num jogo.

O que Amorim disse do grego é que tacticamente ainda não está integrado na equipa. Nâo disse que "não interessa".
Sem imagem de perfil

De De Perry a 05.11.2022 às 09:32

Sr. Rui alguns das primeiras dão muitos erros e continuam a jogar. Este jogador o Batista precisa é de jogar e que o treinador confie nele e o corrija, como tem feito com alguns na primeira equipe e que continuam a errar
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 09:39

O Gilberto Batista ainda só tem 18 anos.
Sem imagem de perfil

De De Perry a 05.11.2022 às 09:45

Quantos tinha o Carlos Xavier quando começou ? Só que o Malcolm Alison era um treinador que passava essa confiança, ainda agora o alemão do nosso rival que tem um central de milhões que foi buscar ao Brasil, confiou mais num miúdo.
Sem imagem de perfil

De João F. a 05.11.2022 às 16:14

"Quantos tinha o Carlos Xavier quando começou?"

Outro a comparar o futebol de há 40 anos com o futebol de 2022!
É um fartote de tanto rir!
Sem imagem de perfil

De De Perry a 05.11.2022 às 17:18

Pois eu acho que os jogadores até pelas competições que jogam nos dias de hoje, são muito mais maduros e profissionais que há 40 anos. Por isso há academias que também os preparam e nada lhes falta.
Sem imagem de perfil

De João F. a 05.11.2022 às 17:58

Não há comparação possível entre a competitividade e a exigência das provas de há 40 anos, com as de agora.
Há 40 anos, o futebol tinha acabado de sair do semi-profissionalismo na grande maioria dos países europeus, incluindo o futebol português. Por isso mesmo, compará-lo com o profissionalismo de 2022, é como fazer a comparação do Portugal desse tempo, com o Portugal de hoje.
No Portugal de há 40 anos, uma grande parte dos clubes que disputavam o Campeonato Nacional da 1ª divisão, não tinham sequer os seus campos principais relvados!

As Academias servem principalmente para dar aos jovens jogadores meios técnico-tácticos de base para a sua formação, mas nunca lhes dará maturidade competitiva sénior. Para que tal aconteça, têm de jogar ao mais alto nível, mas essa oportunidade só dada aos mais dotados.



Sem imagem de perfil

De De Perry a 05.11.2022 às 18:17

Veremos quem são os dotados, tenho visto grandes casas na equipa de jogadores com muita experiência
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 05.11.2022 às 11:11

Não é o que ele diz, é o que ele faz. Quando o grego chegou, começou logo a jogar, será que já estava integrado e depois "desintegrou-se"?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 11:25

Ainda ontem ele falou no Sotiris. Se o que ele diz não conta, quem é que devemos ouvir... o Orlando Santos?
Sem imagem de perfil

De Yazalde a 05.11.2022 às 13:25

Sotiris acho que não está integrado, mas também ainda é cedo para o serve e não serve, o tempo é que o dirá, ainda é uma incógnita, se não fosse não tinha custado barato ,tinha saído para clubes do dinheiro.
Perfil Facebook

De José Albufeira a 05.11.2022 às 09:27

Claro que sim! Com perdões de divida superiores a 100M€, dados pela Banca capitalizada com o dinheiro dos contribuintes, claro que há capacidade para ir ao mercado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 09:37

Se é só isso que tem para contribuir, perdeu uma boa ocasião para ficar calado!
Sem imagem de perfil

De João F. a 05.11.2022 às 16:28

Devias primeiro ir ver quanto é que os contribuintes tiveram de pagar pela falência do BES, um Banco onde o teu clubeco tanto mamou. Há um ano na Sic Noticias, foi dito que foram cerca de 335M€!
Não tenhas inveja, porque o teu SLBatota ficou bem servido!
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 05.11.2022 às 10:55

Na minha ótica seriam necessários um defesa central( só temos 4 disponíveis e dois deles muito atreitos a lesões) e um médio centro com dimensão física. Mas, há sempre um mas, o mercado de Janeiro é um pouco atípico, é propício a contratar-se aquilo que os outros não querem ter e não aquilo que a equipa precisa. Subidas para a A dos jovens, muito sinceramente não vejo ninguém com capacidade para pegar de estaca na equipa, apesar de jogadores como Travassos, Essugo, Afonso Moreira, Mateus Fernandes e Rodrigo Ribeiro, pelo menos estes( Gilberto Batista terá dificuldade, para já em jogar no sistema de Amorim, que requer muito bons pés aos centrais) serem enormes promessas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 16:03

Há activos de qualidade que podem ser aracados no mercado de Janeiro, mesmo contra a vontade dos clubes, o problema é sobretudo $$$.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 17:00

Perdão... devia ser "atacados".
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 05.11.2022 às 17:23

Desconheço o termo aracados, possivelmente quis escrever atacados. Sem dúvida, se não havia capacidade financeira para comprar no Verão, comprou-se o que pôde, mal quanto a mim, mas é fácil dizer isto depois de se ver o que jogam, não haverá agora muita folga para comprar, ou nenhuma mesmo. Por isso eu sou algo crítico da gestão desportiva da SAD desta época, porquê comprar um “ Rochinha” , ou um “ Sotiris? Os dois somados custaram cerca de 7M€, praticamente não jogam, quem não tem liquidez, quem tem que ser muito rigoroso em termos financeiros, não desperdiçar um níquel em contratações de risco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 19:28

23 minutos antes do seu comentário eu corrigi. Não leu?
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 05.11.2022 às 19:56

O Rui Gomes tem certamente um problema comigo, não sei porquê. Então acha que se eu tivesse visto e lido tinha escrito aquilo? Bolas, você não deve nada à simpatia, pelo menos com a minha pessoa. Explico-lhe, eu recebo e-mail com as respostas e tenho a opção de responder através da ligação. Mas ao responder só vejo a resposta ao que escrevi, se existirem outros comentários, não estão visíveis. E até lhe digo, há termos que não conheço, não sou iletrado na Língua Portuguesa, mas existem tantas palavras, que a minha frase não tem nada de sarcasmo. Veja lá por favor se muda essa atitude. Ok? Eu agradeço.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 20:12

Mas que complexo! Enfim...
Sem imagem de perfil

De Elitista a 05.11.2022 às 11:13

Alinho com a opinião do Luís Carvalho.
A taxa de sucesso nas contratações no mercado de Janeiro é, normalmente, baixa.
Como esta temporada vai ter uma espécie de "defeso" de inverno, permite mais tempo e decisões mais ponderadas.
A mim não me preocupam só as lacunas do plantel mas também o rendimento de jogadores contratados por valores já apreciáveis e que, até agora, ainda não justifucaram o investinento.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 05.11.2022 às 11:16

Um dos problemas (ja visto com o Bento) foi o Amorim dar demasiado a cara em assuntos que não do for(n)o desportivo.
Situação financeira, comunicação, despesas correntes, etc. Corre bem quando a bola entra, quando bate no poste leva com a borrasca sozinho.
Não há dinheiro, fala o Amorim e não o Zenha (ou Varandas), há buracos no plantel, fala o Amorim e não o Viana (ou Varandas). Assim é difícil aguentar.

Mercado... em Agosto não havia $$$, agora sem LC e com uns meses de despesa sem receita (a não ser que se venda) a sério vão gastar?
Quanto muito repescar Quaresma e o Esteves. Presumo que dos restantes emprestados não se aproveite um.
Pensem já no próximo ano, necessário um central fiável e forte no jogo aéreo (de que serve ser forte na "construção " se nas bolas na área anda aos papéis), um trinco com características do Palhinha, e um avançado centro menos associativo e mais chutador de bolas. Tres jogadores que sejam altos (já pareço o jj) e agressivos.
Faltam essencialmente alternativas em algumas posições, e altura. O trio da frente necessita de pelo menos um jogador que seja agressivo, pote e edwards são "sonecas", têm de ser colmatados com outro tipo de parceiro que não Paulinho, ou o Trincao Barbosa dos pobres.
Não esquecer que em Janeiro o Bragança será reforço (e Neto?).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 11:22

As conferências de imprensa pré e pós jogos são para os treinadores e não para os directores desportivos ou presidentes.

Os jornalistas procuram o sensacionalismo e Rúben Amorim faz mal em comentar questões que não são do seu domínio.

Esse disco é típico de quem só quer atacar a Direcção!
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 05.11.2022 às 13:12

Qual disco?

Que o treinador se devia proteger mais e evitar falar de assuntos extra campo e de usar expressões como dinheiro esticadinho? Quem se foi esticando foi o Amorim, e agora cai-lhe tudo em cima por questões em que ele não é tido nem achado. Se estivesse em alta, havia respeitinho, e qualquer provocação resolvia-se com uma laracha, estando em baixa, tudo quanto é rafeiro lhe dá dentadas.

"As conferências de imprensa pré e pós jogos são para os treinadores e não para os directores desportivos ou presidentes."

Excepto quando não o são.
E até parece que um presidente não tem acesso a microfones quando e onde quiser.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 16:00

"As conferências de imprensa pré e pós jogos são para os treinadores e não para os directores desportivos ou presidentes."Excepto quando não o são".

Está a falar para quem..."excepto quando não o são"?

Há casos excepcionais em que dirigentes decidem falar à margem das conferências, mas estas são única e exclusivamente para treinadores.

Sem imagem de perfil

De Anonimus a 06.11.2022 às 00:11

O que vale é que o Rui Gomes diz não perceber a pergunta mas dá a resposta.
Os dirigentes vão às CI quando acham que devem ir. O mais normal é para descascar nos árbitros, mas também quando os treinadores são apertados. E nesse aspecto o Amorim tem zero de cobertura.
O velho corrupto pode ter muitos defeitos, mas nisso costuma ser implacável (excepto quando quer ver o treinador pelas costas).
Neste momento, ou melhor, nesta época, é Amorim contra o Mundo.
Perdoe-me se acho isso isso mal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.11.2022 às 00:27

"O que vale é que o Rui Gomes diz não perceber a pergunta mas dá a resposta".

Para já, não foi uma pergunta mas sim uma afirmação, sem nexo, diga-se, que eu compreendi muito bem.

Não atire bocas destas para o ar porque não me impressionam.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 06.11.2022 às 08:07

Sem nexo, mas compreendeu. E confirmou.
Bocas como "Esse disco é típico de quem só quer atacar a Direcção!" é que valem. Mesmo sem qualquer justificação lógica, a não ser não se gostar.
Sem imagem de perfil

De João F. a 05.11.2022 às 16:57

"Esse disco é típico de quem só quer atacar a Direcção!"

Sem imagem de perfil

De Anonimus a 06.11.2022 às 00:03

Qual disco?
Sem imagem de perfil

De José Silva a 05.11.2022 às 11:31

A taxa de sucesso de contratações feitas em janeiro , é baixa..como assim..? A taxa de sucesso meus caros, não tem nada a haver com o mês, tem a haver e somente com a qualidade dos jogadores. Não tragam é mais " Alexandropolos"..!Quando o Sporting foi campeão com Inácio, isso só foi possivel com as contratações de César Prates, Mpensa,e salvo o erro Acosta, grande " matador", todos eles contratados em janeiro..! Lembram-se Então uma equipa que neste momento ocupa a 6ª posição da tabela não precisa de reforços de qualidade..?!
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 05.11.2022 às 11:54

O Acosta já vinha da época anterior, quem chegou e foi o jogador mais decisivo foi o André Cruz.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 05.11.2022 às 14:37

É um facto que a "taxa de sucesso não tem nada a haver com o mês, tem a haver e somente com a qualidade dos jogadores".
O problema é que há meses com uma quantidade elevada de jogadores com qualidade e disponíveis e outros onde essa quantidade é escassa.
Sem imagem de perfil

De De Perry a 05.11.2022 às 11:53

A época na América do sul termina agora, se os reforços que o Sporting quer, estiverem nesse continente é possível que pesque alguma coisa de geito. O argentino que os nossos rivais foram buscar, o clube dele só queria que ele saísse em Dezembro, final da temporada lá, mas Ruben Amorim não tem querido jogadores desse mercado, só se agora mudarem de agulha
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 05.11.2022 às 13:02

Mercado interno, ou uma ou outra oportunidade de negócio que surja. Muitos jogadores de colossos estão encostados e sem jogar. Eventualmente alguns não desdenhariam vir um ano e meio para Portugal no sentido de relançar as carreiras.

Veja-se os casos de Sarabia e de Draxler, que se não fossem as lesões seria destacadamente o melhor jogador a atuar em Portugal.

De resto, sim. Claramente o Sporting precisa MESMO de se reforçar em janeiro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.11.2022 às 20:15

A grande dúvida é se há vontade e meios para isso. Nesta altura, não é claro...

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo