Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Homens e opiniões em polos opostos

Rui Gomes, em 13.12.16

 

Alguém terá dito, algures, que "Todos têm o direito de se enganar nas suas opiniões. Mas ninguém tem o direito de se enganar nos factos".

 

Estamos, aqui, perante as opiniões de dois homens que se situam em polos opostos, tanto no que diz respeito aos clubes de simpatia como, também, nas suas análises dos factos à mão. Qual deles se aproxima mais da verdade é uma questão que deixamos à interpretação do leitor, prevendo, desde já, que consensualidade é meta inatingível.

 

Dias_Ferreira_6161eced_base.jpg

 

Dias Ferreira, antigo dirigente do Sporting Clube de Portugal:

 

«Já decidiram que é para dar o título ao Benfica. O colinho existe. Os meninos perderam dois jogos, estavam num período mau, vieram logo os árbitros. Está decidido quem ganha o Campeonato.

 

Saiu o presidente do Conselho de Arbitragem mas os árbitros são os mesmos. O único que saiu que tinha jeito está na Liga. Nós é que ainda não percebermos que vivemos num país de gatunos. Somos roubados pelos bancos, somos roubados pelos árbitros, somos roubados por todos.»

 

Paulo Olavo e Cunha, antigo dirigente do Sport Lisboa e Benfica:

 

JTJGTzNtJTJGLTBNM1pyU20lMkZ5THN3STJwTmglMkZOWnVGan

 

«Lamento que em Portugal os árbitros sejam criticados e responsabilizados pelos resultados, e que outros não assumam a sua responsabilidade e incompetência.

 

Os erros apontados à equipa de arbitragem não têm razão de ser. A bola só não bateria na mão dos jogadores do Benfica se lhes fossem amputados os braços. Viu-se um bom jogo, mas o futebol não teve nota artística. O Benfica foi mais eficaz na concretização, tendo ainda alguma felicidade.

 

O Sporting devia concentrar-se na sua capacidade porque a tem, como demonstrou, e na sua competência que também a tem. É uma equipa bem estruturada, com excelentes jogadores mas não deve desvalorizá-los, chamando a atenção de aspectos laterais».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:56

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


35 comentários

Sem imagem de perfil

De julius coelho a 13.12.2016 às 13:32

Meu caro eu nao reclamo penalti nenhum , até comentei que no meu entender devería ser livre indirecto , o que reclamo é que o árbitro OBRIGATORIAMENTE tería que parar a jogada ali mesmo com tamanha infração , o que marcasse a seguir era com ele. Eu jamais festejo golos da minha equipa precedidos de falta, jamais , estou cansado de o repetir aqui e quem me conhece pessoalmente sabe-o muito bem meu caro.

Por isso insisto fica-vos bem festejarem um golo precedido de falta evidente.

Nota : Caso o arbitro tenha marcado o fora de jogo seria mais um motivo para o golo do Benfica nao ter acontecido nessa mesma jogada ou não é assim , nao tem ponta por onde se pegue , o lance está ferido de ilegalidade e ponto final e todos os lampioes o festejam porque o facciosismo tolda o cerebro.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo