Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilegalidades é com ele!

Ricardo Leão, em 11.06.18

 

img_770x433$2017_02_07_00_38_38_1220535.jpg

 

O ex-membro da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Rui Morgado, recordou hoje em post no seu mural do Facebook, e este facto deve ser recordado a Azevedo de Carvalho por quem de direito na próxima AG destitutiva, que, ao contrário do que afirmou ontem quando disse que, que se houver uma AG de destituição, vai lá e mete uma cruz a favor, tal participação em sede de voto é ILEGAL.

 

Senão vejamos:

 

Código Civil

Artigo 176.º 
(Privação do direito de voto)

1. O associado não pode votar, por si ou como representante de outrem, nas matérias em que haja conflito de interesses entre a associação e ele, seu cônjuge, ascendentes ou descendentes."

 

Ou seja, e sem margem para quaisquer dúvidas, Azevedo de Carvalho e 'sus muchachos' não podem votar numa AG em o que está em causa é a sua (eventual) destituição. 

 

Se dúvidas ainda existissem sobre o grau de desconhecimento e a vontade de violação de lei por parte de Bruno Miguel e de seus compagnons de route, aqui está mais uma prova cabal da forma como acham que podem agir!

 

Ainda, em declarações à Rádio Renascença, Rui Morgado acentuou que as manobras em curso por mão do ainda presidente visam somente evitar a sua perda de quórum e reforçar os seus poderes:

 

"Em 2011, na alteração de estatutos que foi feita, acabaram-se com as cooptações, que eram uma tradição no Sporting CP, designadamente até de presidentes, que eram cooptados. Considerou-se que não era um modelo democrático, porque democrático é os sócios elegerem uma lista com o nome das pessoas.

 

A partir do momento em que terminam as listas e voltamos às cooptações, a democracia esfuma-se. A intenção é acabar com a democracia no Sporting. A partir do momento em que o presidente pode cooptar quem quer, os sócios deixam de ter representantes no Conselho Directivo.

 

O processo da marcação da assembleia de dia 17 está inquinado e não é válido.Todo o processo está inquinado desde o início. Para ser válido, o processo tem de ser convocado através do órgão legítimo, que é a Mesa da Assembleia Geral e não por um órgão inexistente. Tem de ser feita uma convocatória em que têm de ser divulgados os artigos que vão ser alterados e as propostas para a alteração desses mesmos artigos. Por fim, tem de haver uma Assembleia Geral legítima que aprove as medidas. Tudo aquilo que é proposto é absolutamente ilegal.

 

Espera-se a decisão a uma providência cautelar já interposta. Se essa decisão não vier a tempo, tudo o que for decidido nesta Assembleia Geral é impossível de ser sufragado por um tribunal. É impossível este tipo de aprovação e uma Assembleia Geral criada por um órgão que não existe. De qualquer maneira, avançará uma providência cautelar e essa deitará por terra tudo o que ali for aprovado".

 

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


20 comentários

Perfil Facebook

De Mike Portugal a 11.06.2018 às 15:00

As alterações de estatutos propostas, em relação a criar uma comissão transitória da MAG, é completamente desnecessário, pois o modelo atual funciona bem. Em relação ao presidente do CD poder nomear substitutos para membros do CD que se demitam, sem serem os suplentes que estavam nas suas listas, NEM PENSAR.

Era só o que faltava. Eu votei numa lista com determinadas pessoas e não validei nenhumas outras. Se querem meter novas pessoas para substituir as demissionárias, têm que ser os sócios a decidir em eleições.
Sem imagem de perfil

De Mário Ferreira a 11.06.2018 às 15:53

Caro Mike

Viva o Bruno.
Contamos com o seu voto!
Defensor desde a primeira hora, defensor até à morte!
Viva o Bruno. Perdão: viva o Mike!
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 11.06.2018 às 17:05

Eu apoio BdC em muita coisa que ele faz. Não em tudo.
Tenho algum cérebro para saber distinguir o que é bom e o que é mau.
Nâo como alguns que são contra tudo o que ele faz ou outros que são a favor de tudo o que ele faz.

Perdeste uma oportunidade para estar calado.
Sem imagem de perfil

De Mário Ferreira a 11.06.2018 às 17:18

Ou seja: és um bocadinho a favor e um bocadinho contra. Nem és carne nem és peixe!
És uma coisa qualquer, que no final do dia apoia o Bruno. Gente da tua gente!
Sai do armário, que já deves ter idade pra isso...
PS: está para nascer o homem que me diz quando eu devo estar ou não calado.
Certamente não serás tu. Primeiro tens que te definir, tens que te assumir.
É mesmo nesse dia, não vais ter autoridade moral para me dizer aquilo que devo ou não dizer!
Como dizia o Jesus, para chegares aos meus calcanhares tens de nascer dez (quais dez?) vezes.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.06.2018 às 17:21

Bem... eu quase que invejo o Mike.

Não compreendo como é possível fazer e eu não o consigo, olhar para um patife ordinário - e é isso que ele é - e separar o joio do trigo, ou seja, entre tanto de negativo associado à sua pessoa, escolher algum positivo.

Há de facto positivos no seu mandato, mas a questão principal é a sua essência como líder, e nesse sentido é um zero à esquerda. Pior ainda por andar a servir-se do Sporting para benefício próprio, social e material.

E, reitero, acho que nós estamos muito longe de saber o pior.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 11.06.2018 às 20:57

Caro Rui Gomes já há alguns estudos sobre isso basta ler os estudos sobre as groupies dos assassinos em série brutais americanos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.06.2018 às 17:40

Mais três que já foram.
Fala agora, seu excomungado do inferno!
Foi gente da tua laia que levou a isto! Seu ignóbil appiaste do Bruno!
Sem imagem de perfil

De Mario Ferreira a 11.06.2018 às 17:40

O comentário é meu!
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 11.06.2018 às 18:12

Rui,

Vamos admitir name calling no blog?
Só para saber como devo proceder daqui para a frente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.06.2018 às 18:23

Não vamos brincar com coisas sérias. Não posso estar a ver tudo segundo a segundo.

Já todos sabem das nossas exigências de conduta.
Sem imagem de perfil

De Mário Ferreira a 11.06.2018 às 18:35

"Name calling". Referes-te ao "excomungado do inferno"? Para tua informação usei um eufemismo! Ok? (Como diz o Macaco Dolbeth, que tanto deves apreciar!)
Sai do armário rapaz!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.06.2018 às 18:45

Vamos deixar este tipo de conversas!!!
Sem imagem de perfil

De Mário Ferreira a 11.06.2018 às 19:02

Caro Rui Gomes

Rogo-lhe, não me peça para ter que levar para casa desaforos de hipócritas.
Já ando há muitos anos a aturá-los, para ter que continuar a engolir os seus (deles) desaforos.
Sem imagem de perfil

De Francisco Esquina a 12.06.2018 às 02:01

“...relação a criar uma comissão transitória da MAG, é completamente desnecessário, pois o modelo atual funciona bem.”

Peço desculpa mas dizer isso é, à mesma, (quase) uma aberração! Não é uma questão de ser “desnecessário”! NÃO PODE/NÃO DEVE ser de outra maneira! Não é por acaso que o PMAG é considerado, per si, um órgão social como a MAG é o único órgão social que, para cair, é preciso que caiam PMAG e ViceMAG. Tem a honra de serem os representantes máximos dos sócios, logo só lá podem estar por direta e expressa vontade destes. O garante do cumprimento dos estatutos e regulamentos do clube!

É preciso entender muito bem isto para se perceber quão grave (até porque foi feito de tão ânimo leve) é a safadeza com que, tão desrespeitosamente, o CD andou a criar comissões, principalmente a da MAG! Só isto, por si só, é revelador do tipo de respeito que há pelos símbolos do clube e pelos sócios.

O andar a escolher ad-eternum os elementos do CD, à medida que vai caindo, é uma pérola. Mas só demonstra a sede de poder e que para o sujeito vale tudo e ao que é que tem respeito. Enfim, esta classifico “apenas” como palhaçada.

É que mesmo que fosse verdade que o grande líder é/foi um grande gestor e herói da grande recuperação do clube, temos que esperar para ver, como diz o ceguinho. Quando se começar a mexer nalguns pedregulhos, aí que se vai ver o que está por baixo! Mas, como dizia, mesmo que verdade, é uma questão de se ter uma espécie de bom/mau ditador. Qual prefere?

Cuidado, é uma rasteira!
Sem imagem de perfil

De HY a 11.06.2018 às 16:02

Em tese, até posso aceitar um modelo presidencialista em que se elege um presidente e este cria o seu team como entender. Mas isso exigiria outros mecanismos de controlo. E, sobretudo, ser decidido numa altura pacífica, após discussão profunda e não à golpada e de modo completamente inconstitucional (para os os distraídos, os estatutos são a constituição do Sporting, a garantia de que o Sporting é nosso!).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.06.2018 às 16:12

A exemplo do que ocorre nos Estados Unidos. Tem alguns contras, mas de facto permite ao presidente constituir o executivo com os melhores profissionais ao seu alcance.

No outro lado da moeda, temos o sistema que existe no Canadá, em que o Primeiro Ministro é obrigado a escolher entre os membros de Parlamento eleitos para o seu executivo. E é por este meio, a exemplo verídico, que o até recente vendedor de automoveis acaba por ser nomeado Ministro dos Transportes.

Não há sistema perfeito. Na realidade, o mais importante é o respeito pela essência democrática de um país, neste caso de um Clube, que é precisamente o que NÃO está a acontecer.

Este repugnante presidente recusa demitir-se e promover eleições. Na minha opinião, porque ele teme o que lhe poderá acontecer quando ele já não conseguir escudar-se no emblema do Sporting.
Imagem de perfil

De Greenlight a 11.06.2018 às 16:34

Eu também aceito um modelo presidencialista desde que o presidente compre o clube ou seja,usa a sua fortuna para comprar o clube. No caso do sr.bruno estamos perante um cavalheiro (nunca usaria a palavra em inglês para me referir ao sr.bruno) que vive à conta do clube, nunca colocou nem vai lá investir um cêntimo. Era um pelintra antes de ir para presidente do Sporting.Não tem vergonha nenhuma e depois vem falar em felicidade aos sócios e adeptos do Sporting. Mas qual felicidade? Em 5 anos ganhámos 1 supertaça e 1 taça da liga. É insuportável, não tem categoria para ser presidente do Sporting, quer seja no modelo de estatutos actual ou outro qualquer.
Imagem de perfil

De Greenlight a 11.06.2018 às 16:38

E todos os dias, o Sem Vergonha, faz uma renovação ou contratação de jogadoras de futebol para aparecer em mais uma fotografia. Não há pachorra!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.06.2018 às 17:24

Mais do que isso, é para projectar uma imagem de normalidade!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo