Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Indignado sim, mas confiante!

Rui Gomes, em 07.12.20

40684720_2157348820965225_7351147096189173760_n.pn

Passadas horas sobre o jogo em Famalicão permaneço indignado mas não me resigno à fatalidade das arbitragens. Sabe-se como é que as coisas funcionam para quem considera que em Portugal só há lugar para dois grandes clubes. Isso é história antiga para quem segue o Sporting há muitos anos e é possível enumerar um elevado número de situações em que fomos espoliados da vitória.

Neste contexto, o essencial é a nossa equipa continuar unida e confiante e manter o alto nível de progressão técnica e táctica. O jogo de ontem foi revelador em vários aspectos. O Sporting dominou e empurrou o adversário para o seu meio campo. Durante cerca de 80 minutos os famalicenses não conseguiram criar verdadeiro perigo, essencialmente pelo excelente posicionamento dos nossos jogadores e pela forma eficaz como reagiam à perda da bola. Há decerto um ou outro problema a exigir correcção, há lacunas na equipa, mas também há inúmeras potencialidades por explorar e desenvolver.

Indignado, sim, mas confiante.

Texto da autoria de Leão Zargo

publicado às 03:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


32 comentários

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 08:51

Este fim de semana teve lances caricatos nos 3 grandes do futebol portugues , O Tondela atira uma bola na barra no derradeiro lance do jogo e que seria o 4º golo do empate contra o Porto , O Benfica faz o seu golo da vitoria no derradeiro lance e o Sporting faz tambem o seu golo da vitoria nesse fatídico ultimo lance da partida, a diferença é que esse nao contou porque teve lugar a passar nos microscopios das camaras para que encontrassem frames comprometedores para que o golo fosse invalidado.
Ja o lance do empurrâo ostensivo ao Joâo Mario que seria penalti e a possibilidade de matar o jogo com 3-1, esse já nâo interessou nem captou a atençâo do Sr do VAR (Artur Soares Dias) ter a gentileza de o levar aos mesmos microscopios das camaras.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 10:29

Julius

A forma como fomos prejudicados no golo de Coates retirou algum do empurrão ostensivo ao João Mario e o que penalti consequentemente deveria ter sido assinalado. Mas, esse lance existiu e foi uma falta evidente do defesa do Famalicão.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 07.12.2020 às 11:37

Caro Leão Zargo, pelo contrário, deve ser nesse lance do João Mário e na dualidade de critérios que as criticas devem ser mais fundamentadas, porque não oferece qualquer dúvida, é um erro grosseiro e claro e também porque se não houvesse dualidade de critérios na amostragem de cartões se calhar o Famalicão terminava com 9 jogadores e na altura que aconteceu o lance do Coates se calhar o jogo já estaria resolvido a nosso favor.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 11:52

Caro Paulo Salcedas, o foco esteve no lance do Coates porque houve golo. Ainda por cima o João Mário reagiu com fair play e não protestou posicionando se para a continuação do jogo. Mas isso não ilude o essencial, que foi penalti evidente.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 07.12.2020 às 12:01

O JM não reagiu porque sabia perfeitamente que se o fizesse levava amarelo, a culpa deste lance é do árbitro e muito muito do VAR, que fez vista grossa.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 12:14

Paulo, de acordo, nem pretendi dizer que ele deveria ter reclamado. Os jogadores devem estar focados no jogo e as faltas não são assinaladas a pedido.
Imagem de perfil

De Greenlight a 07.12.2020 às 08:51

O que se passou em Famalicão foi uma ROUBALHEIRA, já o disse e mantenho.
No entanto, há que olhar para as lacunas da equipa do Sporting. O Adan demonstrou que não nos vai ajudar a chegar mais longe. Um GR com a sua experiência não pode falhar daquela maneira no primeiro golo sofrido. O Borja entrou para passar a bola ao adversário, no lance que origina o segundo golo. O Famalicão pouco jogou, mas nas poucas vezes que foi lá à frente marcou dois golos. O Sporar passou mais uma vez ao lado do jogo, não marca golos, perde a bola, etc. Mais uma exibição desastrada. Se tivéssemos jogado com um PL, a sério, os ladrões da arbitragem não teriam conseguido os seus intentos.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 09:33

Sem duvida e esses sao erros nao podem de forma alguma acontecer em jogos que temos que ganhar se queremos os objectivos altos a que se propôem.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 10:38

julius

De acordo, essa limitação dos erros são condição necessária para o sucesso da equipa.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 09:58

Mais , aparte os erros propositados dos arbitros que se organizaram para a matança de sabado á noite ( porque era mesmo noite de matança do leâo, em caça proibida), nao podemos fugir ás nossas responsabilidades e branquear os erros demasiado expressivos que alguns dos nossos jogadores cometeram nesse jogo porque se nao fossem esses erros, essa matança teria saido gorada , os tiros que dispararam ao Leâo nao teriam sido suficientes para o ferirem daquela forma como feriram.

Compreendo o treinador quando disse que seria Sporar mais 10 , eu no seu lugar teria dito o mesmo , Amorim sabe do problema que tem em mâos atê Janeiro e tem que ter a inteligencia de lidar com ele da melhor forma e a melhor é tentar manter o jogador motivado em alta, na esperança que minimamente faça algo de util porque se lhe mata a moral ainda será pior por nao termos outras soluçôes.
Mas creio que finalmente ja todos viram o que temos ali,.

De todos os erros, o que nao aceito mesmo digam o que disserem é o do Borja porque o do Adan foi ainda muito cedo no jogo a tempo de corrigirmos enquanto o do Borja nem nos Juniores se faz aquilo que fez , so mostrou que nao tem estaleca. Tenho a certeza do que vai na alma do Amorim sobre esse erro do Borja , publicamente nunca o irá obviamente comentar.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 10:40

julius

Amorim faz a gestão emocional e motivacional dos jogadores, é verdade. São aqueles que ele tem no plantel, com quem ele trabalha, e não vale a pena construir castelos no ar.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 10:36

Greenlight

O Adan cometeu uma falha grave, mas creio que foi a primeira que ele cometeu desde que chegou ao Sporting. No livre directo ele posicionou-se no outro poste confiando na barreira. Teve azar, a bola passou por cima de Palhinha, que praticamente não saltou, e ao lado da Cabeça de Coates... que saltou.

Mesmo no final do jogo, Adan teve uma boa intervenção. O Famalicão rematou três vezes à baliza e marcou dois golos. Mantenho a confiança nele.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 11:01

Nao concordo consigo Leâo Zargo nesse lance que descreve , eu gosto dos detalhes , convivi com eles e nao me importa de enfrentá-los e discuti-los.

Ja falamos do numero de elementos na barreira pedidos pelo Adan , o treinador chutou para canto dizendo que a responsabilidade é toda do Vital porque é ele que treina os G redes nesse tipo de lances , mas tem outra situaçâo que deve ser comentada e analisada.

O Geredes num livre frontal como o de sabado tem poucas soluçôes , ou coloca-se a meio da baliza , pouco prudente e pouco usual ou coloca-se como a maioria no lado contrario á barreira , ora ele sabe que convida o marcador do livre a 2 situaçôes ou num remate forte para o seu lado ou um remate em arco por cima da barreira.
Quando o jogador parte para a bola o Gredes ja dá para perceber a opçâo que ele tomou , no caso do jogo de sabado é visivel para os experientes que quando o famalicense parte para a bola é para o remate em arco por cima da barreira e Adan nem se mexeu mesmo sabendo que era para ali , nao comento que poderia defender , porque bem marcado estes lances dificilmente têm defesa mas no minimo tem que se lançar ja sabendo que é para ali que vai a bola , depois pode ou nao defender , agora defender com os olhos isso é 100% golo.
E aí fiquei de novo decepcionado com o nosso Adan.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 11:28

julius

Tanto quanto me recordo, no livre Adan fez-se à bola mas chegou um pouco tarde. De resto, concordo consigo.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 11:35

lançou-se sem convicçâo , faltou-lhe o feeling e atrasou-se .
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2020 às 11:49

Mas que conversa esta sua sobre o livre e o guarda-redes...

Na realidade, 99% das bolas, em livres, que passam a barreira dão golo, e não é o "feeling" do guarda-redes que vai evitar isso.

O Adán estava bem colocado, simplesmente não conseguiu chegar à bola. Se a barreira devia ter mais um homem é discutível, mas apenas isso.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 11:57

De todo que nao concordo consigo , existems forma de se fazerem ao lance , ja escrevi em cima que estes livres bem marcados por cima da barreira dao golo e dificilmente se conseguem defender mas a bola nem foi ao angulo, caiu a meio do ultimo terço da baliza contrario ao Gredes , independentemente do que acontecia devia ter-se lançado mais rapido , foi lento a lançar-se porque percebeu tarde demais a opçao do marcador , é a minha opiniao do que vi na imagem corrida e mais ainda quando a vejo em imagem lenta.

Nao o descrevo como um erro mas sim que podia ter tentado fazer algo mais pelo menos perante os nossos olhos , depois do clamoroso erro do 1º golo em que nem precisava de ter saltado ao encontro do cruzamento mas sim com mais calma ter tido a leitura correcta do lance bastava ter dado um passo para o seu lado direito e em frente e com uma palmada tirava a bola antes de chegar á cabeça do avançado que marcou o golo.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 11:59

Desculpem ," bastava ter dado um passo para o seu lado esquerdo e em frente"
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2020 às 12:08

Enfim... não vale a pena argumentar mais. A conclusão óbvia é que nos anos em que fui guarda-redes pouco ou nada aprendi.

P.S.: Não fui um grande GR, mas fui GR!!!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 12:14

Rui eu respeito todos os que andaram la "dentro" ou como atletas ou como treinadores e todos ganhamos as nossas opinôes , tem a sua e eu habituei-me a ter as minhas perante as experiencias que tive .

Treinei G redes , treinei muitos livres contra e a favor e uma das coisas que dizia aos meus guarda redes é que nao lhes perdoava golos sofridos se a bola nao fosse aos angulos ou rente aos postes ou trave, punto e claro muito menos atiradas para o seu lado de espera.
Podiam nao defender a tempo mas tinham que pelo menos raspar na bola quando ela caia a meio do ultimo terço contrario a eles.

Agora sao opôes , eu tambem num livre frontal nunca coloquei so 4 jogadores na barreira mas aí é discutivel, mas pelos vistos nao melhorou nada.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 12:06

É ingrato ser guarda redes do Sporting. Na maior parte dos jogos intervêm poucas vezes e têm de o fazer a 100%. Qualquer lance de golo é analisado ao pormenor e o g.r. fica quase sempre com uma percentagem de responsabilidade. É injusto mas é assim que as coisas se passam.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 07.12.2020 às 09:40

Mas acima de tudo é também interessante percebermos o que vai acontecer à dupla de arbitragem (Luís Godinho Soares Dias) para os próximos jogos depois de terem IGNORADO o lance do penalti aos 66m sobre o João Mário, que poderia ter tido influência no resultado uma vez que os que "beneficiaram" o Sporting no lance do golo do Pedro Gonçalves, supostamente com o cotovelo, foram para a jarra.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 10:53

Francisco, nada que prejudique Luís Godinho e Soares Dias. Vai uma apostinha?
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 11:09

Eu tambem estou na expectativa , ainda ontem comentei isso mesmo com um ilustre sportinguista que me telefonou para comentarmos a pouca vergonha de alguns dos nossos arbitros .

O Sporting tem que fazer barulho e tentar levar estas situaçôes a serem faladas no estrangeiro.

Artur Soares Dias anda de fininho a ver se é desta que vai a uma fase final da FIFA, anda a fazer-se ao próximo Europeu e os pendejos nao merecem esses presentes , isto se der barulho vai colocá-lo em maus lençois porque a FIFA nao brinca com estas coisas.
O lance do Joao Mario tramou-o , naquela dura apreciaçâo de detalhes microscopicos de toquezinhos na area que tiraram o golo ao Coates, mas o toquezâo muito mais evidente ao Joao Mario deixou passar nao avisando o arbitro de campo que era penalti , isso vai tramá-lo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 11:30

julius

na verdade, aquilo com o João Mário não foi uma carga de ombro como alguns disseram. Foi um empurrão ostensivo. Penálti, portanto.
Sem imagem de perfil

De Rui a 07.12.2020 às 12:10

Concordo com o post, a arbitragem provoca indignação máxima, mas a equipa mostra uma atitude completamente nova (veja-se os resultados com o famalicão no ano passado). Infelizmente, houve também pequenos erros (a reacção de P. Gonçalves), normais em qualquer equipa, mas no caso do Sporting aproveitados para os árbitros prejudicarem.
Já com o Moreirense se percebeu que a equipa tem de continuar a crescer. É continuar a apoiar, sabendo que o 1º lugar será sempre difícil: é preciso, para o Sporting ser campeão, ter um registo sem erros, ao contrário de outros que têm um sistema a apoiar...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 12:27

Rui, é a atitude certa. Trabalhar para evoluir, foco na competição e motivação permanente. A denúncia dos roubos não pode desviar do que central: a um jogo segue se outro jogo, a uma final outra final.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 07.12.2020 às 14:00

O Sporting só por si não tem força suficiente para se fazer respeitar!? O que tem a menos que Benfica e Porto? Temos que pensar nisso...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.12.2020 às 15:14

Profeta

A sua pergunta suscita-me uma breve reflexão: há interesses poderosos financeiros que tentam sempre controlar as competições desportivas, que originam esquemas fraudulentos e corrupção. O futebol distanciou-se ficou prisioneiro da “civilização do espectáculo” e de um capitalismo desregrado. O Sporting é um dos clubes fundadores do futebol português enquanto grande fenómeno social e cultural de massas e deve bater-se pela regulação e moralização do desporto-rei. De uma forma realista e pragmática, é verdade, mas deve fazê-lo. Isso consegue-se participando de facto nas estruturas decisórias do nosso futebol.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.12.2020 às 15:52

Profeta aí é até facil de responder .

Infelizmente o poder politico nao esta preparado para enfrentar os grandes problemas que invadem o futebol , nâo dá votos meterem-se aí.
Assim o futebol fica mais aliviado e livre de ser tomado por assalto por um qualquer gang chefiado por um mafioso , nem precisam de ser muitos , basta tomarem os principais postos de comando , depois os milhoes que o futebol geram fazem os resto.
Muitos querem mamar nao importando que para isso tenham que vender a sua alma.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 07.12.2020 às 22:27

Leão Zargo,

Eu subscrevo totalmente a sua indignação, mas, essencialmente pelo espírito da equipa e da qualidade do seu líder, também partilho a sua confiança.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 07.12.2020 às 22:41

Totalmente de acordo. O Sporting tem uma excelente equipa e um belíssimo plantel é um bom treinador. Tem ainda soluções para testar e poder melhorar esta mesma equipa. A época é longa, terá muitas incidências. Haverá lugar para vermos novas combinações que melhorem o desempenho e a capacidade competitiva da equipa do Sporting. Faltou-nos neste jogo aquilo que sobrou a outros que estiveram igualmente no limiar de perder dois pontos nos instantes finais dos desafios. Não há conforto possível nesse reconhecimento, pelo que só resta trabalhar mais, acreditar mais, tocar a rebate e correr mais que os adversários para chegar no fim à frente deles. Apesar de tudo o que está contra, que é muito e só pode ser contrariado como tem sido. Jogando mais e melhor do que todos os adversários. É o que tem feito o Sporting.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo