Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Injustiça repetida

Rui Gomes, em 13.01.15

 

790.gif

 

Não concordei com a eleição de Vicente del Bosque como o Melhor Treinador do Mundo em 2012 e não posso concordar agora com a escolha de Joachim Low para a mesma distinção, relativamente a 2014.

 

Ambos são seleccionadores nacionais, uma função totalmente distinta da de treinador de clube, e não vejo a que critérios se pode recorrer para fazer uma avaliação justa e objectiva. É por de mais óbvio que a eleição é assente apenas e tão só na conquista do título Mundial, ignorando quem terá realizado maiores feitos como treinador de clube, disputando competições que perduram praticamente um ano inteiro.

 

Não sou fã de Diego Simeone, mas considerando que na liderança do Atlético de Madrid conseguiu conquistar o campeonato espanhol - deixando pelo caminho os poderosos Real Madrid e Barcelona - e, ainda, chegar à final da Liga dos Campeões, sinto que é uma grande injustiça a Bola de Ouro não ter sido entregue a ele.

 

publicado às 01:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.01.2015 às 02:30

Sem imagem de perfil

De Petinga a 13.01.2015 às 07:06

100% de acordo; Simeone foi quem realizou os feitos mais "impossíveis" do ano 2014 e merecia ter ganho (de caras). Entre Ancelotti e Low mesmo assim escolheria o alemao porque convém nao esquecer que a Alemanha já nao vencia um torneio internacional desde o Euro 1996...
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 13.01.2015 às 08:05

👏
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 13.01.2015 às 10:26

Estes prémios são sempre muito relativos... mas concordo com a entrega a Low.
Senão vejamos, campeão do mundo indiscutível (quem não se lembra dos 7-0 ao Brasil?), para além de todo o trabalho feito pela Alemanha na formação de jogadores nos últimos anos que tem sido espectacular.

Podemos sempre afirmar que Ancelotti ficou em 3º no campeonato espanhol (logo não merecia ganhar), enquanto pelo contrário Simeone poderia ter ganho o prémio, pelo facto de ter pior equipa (que os rivais) mas mesmo assim ganhando títulos.

Mas creio que nos anos de campeonato do mundo, o prémio tem sido entregue ao treinador campeão do mundo (o que tem sentido por ser de 4 em 4 anos), permitindo aos treinadores de clubes ganharem nos outros 3 anos... o Simeone teve foi azar no ano em que foi campeão de Espanha!

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.01.2015 às 11:06

Argumento completamente vazio. Isto não deve ser uma conta matemática tendo em consideração que o Mundial é só realizado cada 4 anos. A questão é que selecionadores não são treinadores, no real sentido da função. Eles limitam-se a coordenar, por uns dias, um grupo de jogadores que são treinados por outros.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 13.01.2015 às 11:24

Não concordo com a sua interpretação simplista do papel do Seleccionador. Por exemplo na Alemanha foi feito um grande trabalho na formação, onde estão incluídos não só os clubes mas também a federação (coisa que não acontece em Portugal). Outra razão do mérito de Joachim Loew é o facto de se ter tornado Selecionador em 2008 e tem no seu currículo uma final e uma semi-final de Europeu, um 3º lugar e um titulo mundial.
Estes resultados não são só obra do trabalho dos clubes, são também do trabalho da federação alemã (repare que Loew foi o adjunto do antigo Selecionador alemão, logo houve uma continuidade no trabalho).

Existem outros exemplos, por exemplo o caso do seleccionador da Costa Rica, ou o antigo seleccionador da Grécia que lhes deu o titulo europeu, não os considera treinadores de futebol? eles que alteraram a forma de jogar desses países, não podem ser meros coordenadores...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.01.2015 às 11:31

Não se trata de eu não os considerar treinadores, mas sim que a função deles não é essa, como selecionadores.

Até porque podemos argumentar que mesmo considerando seleccionadores, o campeão do Mundo não é necessariamente o melhor, só porque venceu.

O trabalho feito na Alemanha é estrutural e não directamente a ver com a função de um treinador/seleccionador numa única época.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.01.2015 às 12:25

Schmeichel..sorry mas, tens que concordar (sem obrigação)....Seleccionador nao é treinador.
Na Alemanha !!!! Eu moro por aqui e estive de alguma maneira envolvido nesse periodo de reformolação de trabalho da formação... O Joachim Löw nao tem nada a ver com isso... nesse tempo ele ainda estava na Suiça. Além disso, ele ele nao é muito querido mas, os alemaes, tem outra forma de defender e o projetar tudo que seja pura e simplesmente alemao

Voces nem se imaginam como ele estava "cagado" antes do Mundial, por defrontar no primeiro jogo, o C.Ronaldo e companhia....Azar, foi os nossos estarem lesionados, mal preparados e sobranceiros.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo