Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O director-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT) diz estar “razoavelmente optimista” em relação à conclusão de um acordo com a FIFA para que os direitos sociais sejam considerados na atribuição dos Mundiais de futebol.

Screenshot (1572).png

Em entrevista à agência noticiosa AFP, Golbert Houngbo, que no domingo se reuniu com o presidente da FIFA, Gianni Infantino, explicou que a OIT propôs “a realização de uma revisão diligente aos países candidatos”, à organização de futuros Campeonatos do Mundo, que tenha em conta o respeito pelos direitos laborais e sociais.

Todas as conversas que tivemos até agora levam-me a crer que a FIFA está muito determinada em fazer com as questões sociais e as normas laborais sejam fundamentais na atribuição da organização dos próximos Mundiais”, afirmou Houngbo.

Após a divulgação da entrevista do director-geral da OIT, o presidente da FIFA anunciou, em comunicado, que... “os dois organismos estão em conversações há vários anos, e querem cooperar de forma frutífera. O fortalecimento da relação entre a FIFA e a OIT faz parte do legado do Mundial do Qatar”.

Com a edição do Mundial de 2026 atribuída a Estados Unidos, México e Canadá, a FIFA, alvo de inúmeras críticas com a escolha do Qatar, terá de escolher os organizadores do Mundial de 2030, que marca o centenário da competição.

Portugal, Espanha e Ucrânia já formalizaram a candidatura à organização do Mundial de 2030, à qual também já manifestaram a sua intenção de concorrer, igualmente de forma conjunta, a Argentina e o Uruguai.

Desde que foi escolhido pela FIFA para organizar o evento, em 2010, o Qatar tem sido alvo de fortes críticas, que se intensificaram à medida que se aproximou o início do evento, em particular sobre os direitos dos trabalhadores migrantes ou pessoas LGBTQ+.

Reportagem da Lusa

publicado às 03:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo