Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Julgamento de Alcochete (10)

Rui Gomes, em 06.12.19

mw-130.jpgAté ao momento, no julgamento dos implicados na invasão ao centro de treinos do Sporting ouviram-se cinco depoimentos que corroboram a teoria do Ministério Público, que aponta o ex-presidente Bruno de Carvalho como mandante do ataque.

Uma das questões principais que o Ministério Público pretende ver provada no julgamento dos autores do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, é o envolvimento do então presidente Bruno de Carvalho enquanto autor moral e mandante da invasão.

Já passaram pelo Tribunal de Monsanto pelo menos cinco testemunhas que, como os seus depoimentos, corroboram a teoria de que o ex-líder premeditou o ataque, por ter partido dele a decisão de alterar o treino da equipa da manhã de dia 15 para a tarde do mesmo dia, momento em que se deu a invasão, e por ter, na véspera dos acontecimentos, pedido apoio incondicional aos membros do seu staff, “acontecesse o que acontecesse” no dia seguinte.

Claro ficou também, por estes cinco depoimentos, que, ao contrário do que tem dito Bruno de Carvalho desde a data dos acontecimentos, no dia anterior ao ataque à Academia, o presidente avançou mesmo com a vontade de despedir o treinador Jorge Jesus. Vejamos, então, os depoimentos que 'tramam' o ex-presidente do Sporting.

Ricardo Gonçalves, ex-coordenador de segurança da Academia de Alcochete

O antigo coordenador de segurança da Academia disse que Bruno de Carvalho reuniu com o staff um dia antes do ataque, perguntando “se estavam com ele, acontecesse o que acontecesse”.

Ricardo Gonçalves relatou ainda uma outra reunião, ocorrida em 7 de Abril de 2018, só com o plantel, dois dias após uma derrota com o Atlético de Madrid, e do post publicado na rede social Facebook pelo antigo presidente do clube, a criticar os jogadores. Explicou que os elementos do staff não participaram nessa reunião, ficando do lado de fora do auditório, mas que foi possível ouvir “discussão, pois os ânimos exaltaram-se e as vozes aumentaram”. Gonçalves disse ter ouvido Bruno de Carvalho a chamar o guarda-redes Rui Patrício de “ingrato, armado em diva, vedeta e mimado”. Afirmou ainda que ouviu o jogador William Carvalho a acusar Bruno de Carvalho de ter telefonado a Nuno Mendes ‘Mustafá’, líder da claque Juventude Leonina, para “ameaçar e agredir os jogadores”.

Manuel Fernandes, na altura, coordenador do departamento de scouting

Tivemos uma reunião na véspera da invasão e o presidente disse uma frase que me fez pensar que ele se estava a referir ao despedimento da equipa técnica”, afirmou Manuel Fernandes, aludindo à pergunta de Bruno de Carvalho: “Amanhã, vamos estar todos na Academia às 16h00, e aconteça ou que acontecer vocês estão comigo?”.

Paulo Cintrão, assessor da equipa do Sporting

O assessor da equipa principal do Sporting estava na Academia na tarde do ataque de 15 de Maio de 2018, e relatou em tribunal o cenário que encontrou no balneário. Tal como Manuel Fernandes, confirmou presença na reunião de dia 14. "O presidente foi muito objectivo. Disse qualquer coisa como aconteça o que acontecer amanhã, estarão comigo? O que pensámos foi: o Jorge Jesus já foi".

Raul José, ex-adjunto de Jorge Jesus

O antigo treinador-adjunto do Sporting recorda que o reagendamento do treino de 15 de maio de 2018 foi feito por Bruno de Carvalho: “Houve uma reunião no dia 14 com a equipa técnica. Tivemos uma reunião a fim de sermos despedidos. No fundo, fomos despedidos informalmente. A seguir houve a reunião do Bruno de Carvalho com outros departamentos. O treino estava marcado para de manhã. Foi Bruno de Carvalho que sugeriu que o treino fosse marcado para a tarde, para recebermos a nota de culpa de manhã. Não havia nenhuma reunião marcada e nós pensámos que a sugestão tinha sido feita para que o departamento jurídico tivesse tempo para fazer a nota de culpa para sermos despedidos. Quando saímos da reunião, pensávamos que não íamos dar mais nenhum treino e que não iríamos ver mais Bruno de Carvalho.”

Miguel Quaresma, elemento da equipa técnica

Miguel Quaresma contou em tribunal os pormenores que se lembrava daquela reunião na tarde de dia 14 de Maio, véspera do ataque: “Na segunda-feira à tarde chamaram a equipa técnica e disseram que era o fim da linha. Bruno de Carvalho manifestou o seu desagrado pela época […] Pela hora tardia a que acabou a reunião, ele sugeriu que a hora do treino fosse alterada para terem tempo para o documento ser redigido. Aliás, Bruno de Carvalho até disse que estava a ser nosso amigo porque a nossa ausência até podia motivar justa causa. Era para ser de manhã, passou para a tarde”.

Manuel Barros Moura, Editor de VISÂO

publicado às 03:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


68 comentários

Sem imagem de perfil

De LG a 06.12.2019 às 07:36

lol. Desonestidade intelectual rules.
Como diz o comentador, as testemunhas que falaram sobre o assunto referiram que pensavam que o "aconteça o que acontecer" e a sugestão de BdC para que o treino fosse marcado para a tarde estavam relacionados com o despedimento de Jesus (foi Jesus que marcou o treino, por sugestão de BdC, para a parte da tarde, porque estava à espera de receber a nota de culpa para o despedimento da parte da manhã e assim já não daria o treino). Só que na manhã do dia do ataque aconteceu a manchete Cashball.
Há um salto lógico entre o que as testemunhas disseram e o que o comentador depreende

E se o treino fosse marcado para a parte da manhã, os atacantes já não iam à academia? Ficavam na caminha?
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 08:33

Eles realmente pensaram que era a ver com o despedimento do treinador que se veio a ver e não aconteceu e até bruno do carvalho veio desmentir e depois é que se aperceberam que tinha a ver com Alcochete.
Sem imagem de perfil

De LG a 06.12.2019 às 08:35

Desonestidade intelectual parte II. Onde é que as testemunhas disseram isso?
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 09:01

Nao seja mentiroso , nao lhe fica bem.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 09:41

O julio é como se prova pelos investidores russos é mentiroso.
Primeiro o bruno de carvalho nunca disse que era sobre os treinadores foram eles que intrepretaram e depois não houve despedimento e ainda o bruno de carvalho ainda afirmou que o presidente bruno nunca o despediu e o que aconteceu verdadeiramentw foi a invasão a Alcochete, logo a frase foi para a invasão e não para o despedimento que o proprio bruno de carvalho em todas as telivisoes negou.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 09:50

Tenha vergonha no que escreve , para si sempre valeu tudo de momento que se achincalhe o Sporting .
No dia anterior ao ataque , viveu-se a reunião de ambiente tenso entre a Direção e o treinador e seus adjuntos , conforma lemos nas declarações ficaram todos convencidos que iriam ser despedidos no dia seguinte.
Faltava simplesmente o ex presidente reunir com os advogados e encontrar qualquer razão para uma nota de culpa que levasse a despedimento.
Ficou claro no dia seguinte que os advogados desaconselharam o ex presidente porque nada encontraram para despedimento , por isso não foram barrados na porta e iriam dar o treino.Por isso e tambemn estava la toda a artilharia da CS para dar em direto o eventual despedimento.

So no dia seguinte souberam que ainda nao iam ser despedidos pelo menos nesse dia.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 09:58

Então o despedimento aconteceu? Alcochete não aconteceu? Bruno de carvalho não esteve ao telefone com o ex lider da juveleo na noite antes de Alcochete? Tudo coincidências mas a verdade é que o despedimento não aconteceu, o telefonema aconteceu, os terroristas foram informados da troca do treino e tambem a coicidencia de o presidente ter dito uns dias antes a mustafa presidente de juveleo facam o que quiserem.
Tudo coicidencias All capone nunca mandou matar ninguem apenas disse aos seus assassinos profissionais tratem deste ou daquele.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 06.12.2019 às 10:27

É só mais um.
Já todos sabemos que BdC alterou o treino para a tarde para ter tempo de encontrar justa causa para despedimento.
Após essa alteração, os treinadores marcaram a nova hora do treino (era só o que faltava um presidente marcar a hora dum treino).

Depois disso, obviamente, foi comunicado ao tal grupo de invasores que o treino tinha mudado para as 16H e eles ajustaram a hora da invasão. Resta saber quem é que lhes comunicou a nova hora. Mas isso será difícil saber, pois a CMTV também sabia a hora do treino, portanto as fontes podem ser mais que muitas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 10:52

"Era só o que faltava um presidente marcar a hora dum treino"...

Não obstante a ingenuidade desta afirmação no que diz respeito à autoridade ditatorial do ex-presidente destituído, através dos depoimentos ficámos a saber que quem marcou a hora exacta do treino, depois da suposta "nota de culpa" aos treinadores não aparecer, foi Jorge Jesus.

Foi, no entanto, segundo as testemunhas, o ex-presidente destituído que "sugeriu" que o treino fosse mudado de manhã para a tarde. Esta "sugestão" foi bem clara!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 06.12.2019 às 10:54

" Esta "sugestão" foi bem clara!"

Foi o que eu disse.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 11:05

Veremos, eventualmente, a interpretação do colectivo de juízes sobre "sugestão", vindo de quem veio.

Onde eu digo no outro comentário "autoridade ditatorial" (do ex-presidente destituído), devia ter dito "postura ditatorial".

P.S.: Tanto foi o impacte da referida "sugestão", no âmbito da reunião com o staff técnico, que Jorge Jesus, antes de se deslocar para a Academia, mandou Raul José à frente para verificar se a entrada na propriedade lhes seria permitida.

Isto, nas palavras do próprio Raul José.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 13:30

Obviamente , ouviram bem o que o ex presidente lhes disse na reunião do fim de tarde do dia anterior , que ja não iria contar com eles, que o seu ciclo tinha chegado ao fim , o despedimento oficial ficou sò preso pelos detalhes jurídicos e como afinal nao foram definidos durante a manha seguinte, JJ ainda iria treinar , mas ate à hora do treino ele e so seus adjuntos nao sabiam se ja se tinha consumado o despedimento.
Ele não queria certamente passar pelo vexame de ser impedido de entrar na Academia.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 13:19

Mike deixemo-nos de hipocrisias e è num alerta para todos , mas que dilema os terroristas saberem da hora do treino , os cabecilhas especialmente o Fernando Mendes tinham enorme afinidade com alguns elementos do balneário do Sporting , desde jogadores a técnicos e outros elementos a volta , não vejo qualquer dificuldade em obter essa informação fosse o treino de manha , a tarde ou a meia noite.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 13:40

A falar de hipocrisias...

Portanto, segundo esta nova tese do Julius, terá sido um dos jogadores ou um elemento do staff técnico que avisou Fernando Mendes e companhia da alteração do horário do treino.

O Julius quanto mais fala mais se enterra no lamaçal de defender o indefensável.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 14:13

Meu caro não vejo nenhuma dificuldade em que tenham obtido essa informação com facilidade , viagem no tempo e recorde esses 2 días como se viveram após o sucedido no aeroporto do Funchal.

A reunião entra o ex presidente e todo o staff técnico em que em cima da mesa esta a possibilidade de despedimento imediato .
A enorme afinidade que gozavam alguns elementos das claques com vários elementos do balneário e outros á volta .
Todos a querem saber se tinha sido despedidos ou não.
Imagino o inúmero de mensagens trocadas entre essas pessoas durante a noite após essa reunião e durante a manha seguinte .
Na minha opinião tem toda a lógica e no meio esta a alteração do treino para a tarde , informação banal na comparação da bomba despedimento do Mestre da tática.

Eu pessoalmente se tivesse uma relação tão privilegiada como alguns deles tinham , faria exatamente o mesmo a tentar saber por antecipação o que se estava a passar ,
Foram de facto despedidos?
há treino amanha?
Quem vai treinar ?
Normalíssimo.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 14:02

Mas tens toda a razao ja quanto á CS social , todavia pode ter também explicação , a bomba do eventual despedimento de JJ , se me recordo no dia anterior após a reunião entre o ex presidente e os treinadores , correram-se muitos boatos na CS , sendo o mais badalado ,que ja tinha sido oficialmente despedido , o próprio peão de brega do JJ, o baixinho do Octávio disse á noite que foi despedido.
No outro dia estavam la para sacar as duvidas e dar em direto a sua chegada e entrada na Academia quando fosse dar o treino.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 14:05

E no contexto da invasão à Academia, qual é a importância disso?

Insistem em atirar areia para a água para alargar o lamaçal e desvirtuar as reais e pertinentes ocorrências.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 06.12.2019 às 14:16

No contexto da invasão à Academia verás que o tribunal a retirar a conclusão de que a mudança de hora de treino nada tem a ver com BdC ser o mandante do ataque.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 14:32

Eu reconheço que é evidência circunstancial, mas com outros factores acumulados poderá ser interpretado de forma muito mais grave.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 14:27

Meu caro ninguem, mas ninguem suspeitava minimamente que fosse da real intençao dos adeptos invasores , ate ao momento da invasao so o sucedido no aeroporto despertou a intençao.Foram todos apanhados de surpresa
Os holofotes viram-se para a bomba do eventual despedimento de JJ em que so depois do ataque passou a ser assunto menor.

Agora se mais alguem tem responsabilidade pois que as apurem , parece-me raro as autoridades nao encontrarem uma única mensagem que una o sucedido , mensagens entre os cabecilhas das claques e alguem da Direçao.

Agora isso das horas , dos treinos , das reunioes, tudo isso pode ter fácilmente sustentaçao debido ao problema que se estava a viver e que nao era pouco afinal tratava-se de uma grande bomba, o Mestre da tatica ia ser despedido.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 14:31

Pois é... para Marco Silva foi necessário uma nota de culpa de 400 páginas e agora para Jorge Jesus, processo muito mais complexo, tudo seria preparado em meras horas.

Mas quem é que acredita nisso? (pergunta retórica porque eu sei a resposta)
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 15:17

Rui nao podemos passar por cima do sucedido naquela reunião ate altas horas durante o fim de tarde do dia anterior.

Leia os depoimentos de quem esteve presente nessa reuniao.

Todos os treinador (segundo o que afirmam) saíram convictos que iriam ser despedidos no dia seguinte.

O próprio Rui recorda (e muito bem) o episódio que Raul José conta de o JJ lhe ter pedido que fosse na frente para ver o que se ia passar na porta da Academia, este entrou e telefonou de imediato para o Mestre da tática que podiam vir , não havia problema.
O que necessita de mais para ver claro esta situação? O que tem isto a ver com ter dado ordem para o ataque?

E que poderia impedir o ataque se o treino fosse de manhã, não tem o minimo de lógica , um advogado de defesa não necessita de grande ginástica mental para rebater essa teoria.

A minha conclusão é clara independentemente de no final ser ou não acusado, o treino e as horas não têm qualquer ligação com a invasão.
Nesses 2 dias juntando mais o sucedido no Domingo anterior na Madeira viveram-se muitos acontecimentos em catadupa e nem todos estão inter-ligados , todavia nao deixam de ser consequências dos maus resultados da equipa a falhar a champion league.
Inclusive o obvio despedimento de JJ
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 15:21

Tudo bem, já sabemos isso, mas o que está por explicar é a relevância ao acto de invasão e todas as consequências daí provenientes que prejudicaram o Sporting no imediato e ainda por alguns anos, em todos os aspectos.

Recusam aceitar o que eu tenho afirmado desde o primeiro minuto:

O que ocorreu, era IMPOSSÍVEL sem, no mínimo, anuência superior. Quando reconhecer esta inevitabilidade Julius, avise, se fizer favor. Repito: IMPOSSÍVEL!!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 15:51

As duas teorias são validas e fortes .

Pode ter sido , é muito valida mas também pode não ter sido , dependendo do que chama "anuência superior"

Dou umas dicas , ninguém impediu esses delinquentes abordarem os jogadores no aeroporto , ninguém , deu-lhes na gana y punto,.

Entravam e saiam da Academia quando lhes dava na gana e eles sabiam disso , não vejo imensa dificuldade que mentes delinquentes tenham decidido ir mais longe naquele dia , se reunissem e fossem curtir a maluqueira, vinham raivosos devido a algumas reações de alguns jogadores e quiseram (pensaram eles) mostrar quem são ( não são nada )

Agora um outro aparte e leia com atenção caro Rui , onde (na minha opinião) o ex presidente é culpado foi em ter dado demasiada rédea a essa gente , as afinidades exageradas , as entregas de dinheiro que nunca entendi para que finalidade , esse mundo estranho e muito perigoso em que ele se meteu dando-lhes excessiva importância , tudo isso sobe nas cabeças fracas e imbecis , ja se julgavam o novo exercito romano.
Aí sim , sem duvida tem muita culpa e acuso-o de irresponsável e imbécil.
Irresponsabilidade sem medir consequências que poderiam surgir como a do sucedido em Alcochete.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 09:00

Desonestidade intelectual em alta , mas o que gostaria de saber è a finalidade deste Manuel Moura mentir desta forma , todos nós seguimos os acontecimentos diariamente no tribunal , nao esta em causa de ainda vir a poder provar-se o eventual envolvimento do ex presidente, mas nao nestes depoimentos.

O caso quente naquele período que antecedeu Alcochete era a vontade do ex presidente despedir JJ por outras palavras encontrar forma jurídica de lhe fazer a cama.
Pediu ao Staff se estariam com ele sub entende-se perfeitamente por ir despedir JJ no dia seguinte.
Mudou o treino para a tarde para que durante a manha reunisse com os advogados do clube para a possibilidade de elaborarem uma nota de culpa para o treinador.
Mas quem definiu a hora do treino da tarde foi JJ, palavras de Raul Jose.
Tal era a certeza que iriam ser despedidos que JJ mandou Raul Jose a frente com medo que fossem barrados na porta de centro de treinos , JJ nao iria querer passar por esse vexame.
Mas este Manuel Moura não surpreende , um poço repleto de veneno contra o Sporting tais são as invenções e confusões que constantemente inventa contra o nosso clube , è um jornalista manhoso ligado ao clube da Luz.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 09:29

Mais ainda , gostaria de tocar num assunto que sempre me intrigou e nem de propósito este "ataque" deste desonesto jornalista .
Uma meia dúzia de jornalistas liderados precisamente por este senhor e a Tania Laranjo da CM e da CMTV viveram um largo período de nojo contra o Sporting , tudo o que mexia era motivo para achincalhar o Sporting especialmente o ex presidente que lhes fez guerra (terá sido esse o motivo)?

A coincidência de no mesmo dia em que supostamente JJ seria despedido (por isso estaba a porta da Academia toda a artilharia da CS principalmente da CMTV so faltou levar helicópteros saem as declarações na CMTV e CM desse estranha personagem desconhecida a jurar a pés juntos que o Sporting comprava resultados , quem foram os realizadores desta longa metragem? Precisamente este desonesto jornalista Manuel Moura e Tania Laranjo , eu gostaria muito que as autoridades abanassem bem essa sinistra personagem para que descubram o verdadeiro rostro ou rostos dos que lhe pagaram para vir com aquelas historias.

É que eu nunca acreditei em coincidências , porque tivemos no mesmo dia:
- A capa do CM num ataque sem precedentes ao Sporting
-A abertura das noticias da manha da CMTV com a bomba que o Sporting comprava resultados
- O dia em que JJ supostamente seria despedido
- O ataque á Academia

Tudo isto num só dia, um qualquer cínico diria quem nem tudo foram coincidências.

Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 09:39

Por ultimo (a todos que seguem as diarias do tribunal com o assunto Alcochete)

Mas que embrulhada disparatada essa da hora do treino a tarde ou de manha , eu pergunto ; os terroristas é que têm que se adaptar e organizarem-se perante o horario do treino dos jogadores ou è o horario que tem que ser ajustado a chegada dos terroristas?
Nem se dao conta do ridículo?
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 09:44

A verdade é que o treino foi mudado de manha para a tarde e os terroristas foram informados da mudanca e apareceram à hora do treino, e quem mudou foi o seu deus não o treinador, o treinador somente depois de lhe ter sido comunicado pelo seu deus bruno de carvalho, marcou a hora.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 09:53

Meu caro , nunca tive Deus ou Deuses , nunca adorei ninguem , sou alérgico a adoraçoes agora o caro è que parece ter um Diabo o ex presidente e o Sporting , esta muito claro.

Eu comento factos sejam eles quais forem .
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 10:01

Voce é que por algu a razão desconhecida não se quer aperceber que ele fez muito mal ao seu clube insultando tudo e todos e levando à violencia como se viu em Alcochete.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 10:35

Meu caro Julius,

Não é verdade que "comenta factos", mas sim que distorce/manipula factos à conveniência da sua ideologia no que diz respeito ao ex-presidente e o seu envolvimento na invasão da Academia.

Não conheço este jornalista de parte alguma, mas o pouco que ele adiante que não faz parte dos depoimentos das testemunhas não é mais do que a maioria de pessoas sensatas e moderadas suspeitam há muito.

Aos poucos, verifica-se que não há muita diferença entre o Julius e o Schmeichel, só para nomear este, em defender o indefensável.

Também aos poucos, através dos depoimentos das testemunhas, verifica-se que poucos foram aqueles jogadores e staff que de uma forma ou outra não foram agredidos.

Isto, em contraste com as teses do Julius, que não há muitos dias duvidava que alguém tivesse sido agredido além de Bas Dost.

Julius, é livre de argumentar o que desejar, mas não venha com um camião de areia para atirar para os olhos de todos aqueles que têm capacidade para pensar por sua própria cabeça.

Triste e lamentável!!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 13:05

O que é afinal triste e lamentável caro Rui Gomes????

O que é que eu disse de inverdade??
Jamais terei simpatia por este manhoso jornalista tal o ódio que sempre destilou contra o Sporting, ele e a Tania Laranjo, este jornalista que estava de serviço diariamente para que o Bruno saísse do Sporting para Inglaterra, que ja tinha inclusive assinado pelo Totenham que ja estava em Inglaterra para os testes médicos , este è um dos cabecilhas do terrorismo que a CMTV e o CM fazem contra o Sporting , um dos realizadores da novela "Cashball" , estranho o Rui Gomes??, dizer que não o conhece , anda muito mal informado .

Que interpretação lógica se dão aos depoimentos dos acontecimentos do dia antecedente ao ataque e no próprio dia , a memoria atraiçoa porque é conveniente? Não contem comigo para que ajude a "empurrar" essas conveniências , eu como a maioria pretende saber toda a verdade excluindo a política , ódios e outros interesses e que sejam duramente castigados os que realmente forem provados culpados.

Distorço o quê propriamente? Pode detalhar ?

vejo a hora do treino completamente irrelevante no processo quando tinha estoirado um problema com o treinador que podia ou não treinar no dia seguinte , a minha lógica (tenho o meu direito a tê-la)è clara, a reunião com os treinadores decorreu ate tarde no dia anterior e a Direção necessitava de algum tempo de analisar juridicamente o eventual despedimento , o motivo lógico que se passou o treino para a tarde , não vejo qual o problema.Podia dar-se o caso de já nem ser dirigido por JJ .

Nós aqui internauticamente ganhamos algumas supostas amizades (relativas) mas não nos conhecemos e maior parte das vezes é claro o desconhecimento real da outra pessoa do outro lado , por isso ninguém tem o direito de me conectar a quem quer que seja porque não estou conectado minimamente a ninguém.

Mais uma vez sublinho que apoiei o ex presidente porque na minha opinião era claramente mais problema que solução durante os primeiros tempos do seu mandato mas que mal tem isso, quando apoio todos sem exceção , mas todos os presidentes e treinadores do Sporting no seu inicio e depois vou analisando o que fazem.
Apoiei Bettencourt e Godinho Lopes da mesma forma que apoiei o atual, escrevi deles o mesmo que escrevi do ex-presidente ate eles se revelarem idiotas imbecis e que nada iriam trazer de bom ao clube.Que pachorra andarmos sempre no mesmo , já começa a ser ridículo.

Quando Varandas sair apoio o seguinte mesmo não sabendo quem é depois logo se verá , tudo depende do que fazem e nao fazem.
Quanto ao ex presidente a desilusão foi tanta que ganhei antipatia com essa pessoa , se for culpado que seja castigado mas temos que crivar os factos não só porque nos apetece enterrar.

Eu não atiro nem pretendo atirar areia para ninguém, mas que raio de surpresa agora sabermos que afinal existiram outras agressões , ate ao inicio deste processo em pleno julgamento ninguém publicamente o sabia e eu leio tudo , nunca foi dito antes, tirando o que se sabia das agressões a JJ e a Bas Dost.

Vou la eu poder saber se sou igual ou diferente do Schmeichel , nunca nos conhecemos nem ninguém nos conhece daqui . Ninguém tem o direito de julgar as minhas ideologias porque correm o risco de fazer juízos errados de valor por demonstrarem um total desconhecimento como se percebe neste caso.




Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 13:07

Obviamente "Mais soluçao que problema"
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 13:35

Escreve um "livro" tão extenso para dizer tão pouco.

O que este jornalista diz não é consequente. Encontrei casualmente este artigo a fazer um resumo dos depoimentos das principais testemenhuas até agora.

O que é importante é o depoimento das testemunhas e há muitas mais para vir.

Tudo o resto é adorno desnecessário.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 13:55

Então só nos resta esperar por ouvir todos os testemunhos especialmente os agressores e no final sacamos as nossas conclusões , agora e sò pelos factos que o jornalista coloca de todo têm justificação todas essas ações e movimentos que fez o ex presidente , no dia anterior rebentou o problema treinador em que todos esperavam o seu despedimento , bomba suficiente para centralizar todas as atenções dos midea nesses momentos.

Mas não me surpreende que seja este jornalista a vir com este artigo , não devia surpreender os mais atentos.

O "livro" por vezes è necesário face á natureza da importância do assunto em questâo.
Sem imagem de perfil

De T. Cascais a 07.12.2019 às 08:38


Escreva menos sr, Júlio, a bem da nossa sanidade!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 06.12.2019 às 10:22

Indiana Julio,

Duas coisas:

1ª- a Tânia Laranjo foi aquela que publicou a famosa frase: "Não deixes que a verdade se sobreponha a uma boa história";
2ª- porque é que estás a perder tempo a responder a este hugo gomes?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 10:43

Mike,

Não é este Hugo Gomes que está em questão. Nós já conhecemos bem as suas visões tendenciosas.

O que está em questão é surgirem aqui alguns a refutar o que as próprias testemunhas já declararam em pleno Tribunal. Isso é que é importante!

Alguém também disse algures que... "As verdades diferentes na aparência são como inúmeras folhas que parecem diferentes e estão na mesma árvore".
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 11:06

Mike eu apresentei factos e não opiniões e se comprova com nem voce nem o julios refuta nenhum dos factos.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 11:08

A verdade é que bruno de carvalho disse essa frase e quem a ouviu interpretou que fosse por causa do treinador ( mas o presidente nunca disse a razão porque proferriu essa frase) mas a realidade é que o treinador não foi despedido e Alcochete aconteceu.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 13:14

Porque irritam Mike ,este jornalista muitos sabem da sua ligaçao ao clube da Luz, tudo que escreve e comenta tras sempre agrado aos lampioes.
Aquela montagem que ele e a Tania fizeram com o tipo desconhecido a declarar que recebia dinheiro para corromper os adversarios do Sporting foi o seu ponto alto da sua missao contra o Sporting e nao vejo ninguem a ficar incomodado com esse facto.
Eu fico e bastante.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 13:43

No contexto da invasão à Academia, o que interessa o que este jornalista e a tal Tania fizeram ou deixaram de fazer sobre outras questões?

Nós não precisamos deles para reflectir sobre toda a informação factual disponível.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 06.12.2019 às 11:56

Independentemente de tudo - ainda não percebi porque é tão relevante a mudança da hora do treino.

Ou melhor - imaginando que BC foi realmente o mandante do ataque, porque razão tinha que se marcar o treino para a tarde ???

Há alguma razão objectiva para isso ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 12:41

Deve dirigir essa pergunta aos invasores!
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 06.12.2019 às 14:10

Não - a pergunta está bem dirigida:

È dirigida aqueles que acham que o facto mudar um treino de manhã para a tarde é motivo para desconfiar seja do que for.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 14:37

Ouso garantir que a mudança de horário não foi para preparar qualquer nota de culpa.

Desconheço o procedimento legal nestes casos, mas parece-me que além de um documento breve e formal, a real nota de culpa é apresentada posteriormente.

No caso de Marco Silva a nota de culpa constou de 400 páginas. Com Jorge Jesus e o seu staff, processo muito mais complexo, esse documento iria ser preparado em meras horas?

Também há quem ainda acredita no Pai de Natal!?!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 15:27

Rui não esta a entender.
O ex presidente não pretendia redigir qualquer nota de culpa , ele só queria ter o aval jurídico para despedir JJ , depois fariam chegar-lhe os motivos .
Em causa estava uma choruda indemnizaçao que óbviamente o Sporting não iria querer pagar .

Necessitava de consultar os seus advogados ou outros experts na matéria e caso eles lhe dessem calor nas costas faria o despedimento.Por ele JJ ja nao entrava mais em Alcochete.

Percebemos todos depois , que foi desaconselhado e por isso nao avançou com a oficialização do despedimento e JJ foi treinar .
Alguém também lhe fez recordar que estavam a 1 semana de uma final no Jamor .
Mas estou convencido caso não aconteça o ataque , após a final do Jamor o ex presidente voltaria ao tema despedimento e com mais tempre iria procurar a forma de lhe fazer a cama.(JJ)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 16:43

Eu é que não estou a compreender???

Julius, vá dar uma volta para refrescar essa cabeça. Repete as coisas vezes sem fim como a querer tornar verdade o que lhe vem à mente.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.12.2019 às 16:30

É importante porque os invasores foram à tarde e não demanha como seria suposto o treino.
Sem imagem de perfil

De Antonio Vieira a 06.12.2019 às 12:13

Costuma-se dizer que não há crimes perfeitos, mas há criminosos...Este do assalto à a Academia de Alcochete, parece-me um deles um deles. E eu pergunto como é que o CM e a CMTV soube que o ataque iria acontecer?...Alguém lhes informou, portanto era de chamar a tribunal para depor os jornalistas Tânia Laranjo e Manuel Moura eles que fizeram uma grande novela sobre o caso deve muito saber o mentor do projecto...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 12:43

E a relevância disso no contexto factual da invasão e de tudo o que decorreu daí?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 13:38

P.S.: O que devia perguntar, por ser muito mais pertinente, é quem informou os invasores da mudança de horário do treino. Parece-me que esta informação só podia vir de "dentro".
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 06.12.2019 às 13:58

A informação do horário do treino era fácil de obter por vários meios. Por isso a CMTV sabia e estava lá aquela hora.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 14:40

Não estamos a falar da CMTV mas sim de um grupo grande de invasores que por natureza precisam de tempo para planear e efectuar a invasão.

Além disso, o timimg é crucial, dado que o objectivo é apanhar o grupo no balneário e não no relvado.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 15:32

Bastava 1 saber as horas em que la iam estar os jogadores e treinadores , organizar uma batida? Os telemoveis servem para quê? Mas continuo convencido que grande parte deles foram no arrasto so para se armarem em machitos e ..correu mal.

Nao assistiu ao sucedido em direto no aeroporto da Madeira? E Aquilo foi o que? Alguem mandou eles irem ao aeroporto provocar os jogadores?

Sabe-se la o que passa na cabeça dos marginais , ali tem gente capaz de tudo e sabem depois persuadir os outros a segui-los e que vao depois no arrasto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 16:44

Mas um vez... .
Sem imagem de perfil

De António a 06.12.2019 às 13:40

A quantidade de gente que vê fantasmas em todo o lado. Mas também é verdade que gritam a sua indignação aos 7 ventos que se vão embora para nunca mais voltar e depois logo voltam.

Não sei se BC foi o instigador da invasão, mas que dela sabia e deixou acontecer... isso é óbvio.

Adia-se um treino para a equipa jurídica ter uma manhã para verificar se arranja uma tramóia para despedir a equipa técnica? Mas isto faz algum sentido? E o haver treino de manhã impedia alguém de despedir de tarde, na manhã seguinte ou.no milénio posterior?

Por outro lado, depois de tudo o que aconteceu e acontece (invasão das garagens, aperto a alguns jogadores, chuva de tochas sobre Patrício, ameaças via tel. e redes sociais, bem.como cara a cara aos jogadores e a familiares, incidentes na Madeira, e o clímax da invasão a Alcochete), o foco está no CM e na CMTV. .

MAS HÁ ALGUÉM QUE TENHA FEITO MAIS MAL AO SPORTING DO QUE OS (ALGUNS) PRÓPRIOS SPORTINGUISTAS?

Na enumeração dos atos grotescos, esqueci-me de referir o cerco grotesco que estão a fazer a Varandas. Não gosto particularmente da figura, mas é intolerável o que lhe fazem diariamente. Deve ser também culpa da CMTV.

Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 06.12.2019 às 14:13

Explique lá a sua opinião para se ter então mudado a hora do treino
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 14:41

Nao vale a pena , estamos a bater numa pedra de granito.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 14:55

"Estamos" não... alguns de vocês é que estão e já há muito tempo!!!

Acho que deviam ter mais respeito por v/próprios.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 15:34

É simples:
O Rui Gomes tem a certeza absoluta que o ex presidente é o responsavel pela invasao á Academia?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 16:40

Que ele é responsável, está à vista de todo o Mundo, se ele é culpado é para o Tribunal decidir.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.12.2019 às 17:35

De todo o Mundo ? Responsável moral? Por ter mantido ele próprio o clima em alta efervescência ; também lhe convinha , quería correr com o JJ e isso era de todo conveniente , mas nunca soube conhecer os limites e pagou (ainda esta a pagar) por isso.

Quanto a responsável direto, ser ele o organizador , eu no meu caso e face a tão gravíssima acusação necessito de elementos de prova , uma única que seja ,uma mensagem de watsaap, um testemunho que lhe aponte o dedo , ou qualquer outra ocurrencia que o ligue.

Como diz e bem uma alta organização com tanta gente envolvida tem forçosamente que existirem elementos que liguem e que confirmem o ou os responsáveis da ordem.
Veremos se em tribunal elas aparecem.

A frio pouco ou nada se tem adiantado ate agora nos depoimentos ja feitos , tem sido uma repetição dos acontecimentos que ja conhecemos , quisa algo mais no numero de agressões , no balneário não existem câmaras.
Esperemos, o que vão dizer os agressores.

E a mim já pouco me interessa o relato repetitivo do que aconteceu caso não existam novas declarações com factos novos.
O que me interessa são as respostas as perguntas de quem teve a ideia de se juntarem para esse triste final , a origem dos primeiros contactos.
Tudo teve um inicio ,alguém primeiro contactou alguém e queremos saber quem foi esse primeiro porque so ele poderá dizer quem o mandou.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.12.2019 às 17:40

Mais areia Julius, não se cansa desse disco?

Já verificou que houve mais agredidos além de Bas Dost ou continua também a insistir nessa tese?

Para sua informação, há uma grande diferença entre responsabilidade e culpabilidade.

Mas vocês bater na mesma tecla o que desejarem: nada do que aconteceu seria possível sem o lunático ex-presidente destituído. Ponto!!!
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 06.12.2019 às 23:44

O presente Julgamento irá apurar o grau de culpabilidade individual, activa e/ou de grupo, dos elementos constituídos arguidos.
Estamos na presença de diversos crimes, ilícitos e violência, com enquadramento à luz da Lei e qualificação como acto terrorista.
As investigações e respectivo libelo acusatório, verificam-se em dois planos de instrução e aplicação, ou seja, o da responsabilidade criminal e o da responsabilidade civil.
Decorreram 9 sessões e audiência de vários testemunhos. Pelo dito e provado até agora, não tenho qualquer dúvida, da profunda responsabilidade civil, imputável ao anterior e máxima figura representativa do clube:
- pela enorme incompetência demonstrada e falhanço no seu segundo mandato, enquanto líder de uma instituição da dimensão e prestígio do Sporting;
- pela verossímil, insana e péssima gestão de recursos humanos ligados ao quadro técnico e profissional de futebol;
- pela inadmissível proximidade, pelo promíscuo relacionamento, pela promoção, incentivo e concessão de privilégios / mordomias, pela evidente e não negada conivência e proteção, junto e comungada com as claques.
Pelo exposto, certa e justamente será lavrado laudo e Sentença condenatória.
A minha revolta e indignação, aumentou exponencialmente após tão hediondo crime, e ainda mais, depois de todas as posteriores e vergonhosas ocorrências e comportamentos assumidos pelo anterior. Presidente, pessoa essa em que confiei e ajudei a eleger.
Imperdoável o seu comportamento, intolerável as suas atitudes desiquilibradas, desrespeitosa a mistura da sua vida privada com a colectidade, aviltante a traição aos valores e ética da alma sportinguista, etc..
Força Sporting.
SL



Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo