Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Juvenis vencem Benfica

Rui Gomes, em 05.03.19

 

img_920x519$2019_03_05_10_57_26_1513728.jpg

 

Vitória merecida (3-1) de um Sporting mais esclarecido e eficaz em campo. Os leões sobem, assim, ao primeiro lugar da 2.ª Fase do Campeonato Nacional de Juvenis (zona sul) a uma jornada do fim.

 

Destaque para as grandes exibições dos jovens Joelson Fernandes, Bruno Tavares e Tiago Tomás, responsáveis pela qualidade ofensiva apresentada pelos leões, factor que foi preponderante para marcar a diferença entre as equipas no decorrer da partida.

 

Joelson Fernandes com tempo e espaço para tirar as medidas a fazer um chapéu magistral a Samuel Soares ainda antes da linha de meio campo

 

Do lado do Benfica, muito boa exibição de Samuel Soares, que fez defesas decisivas para manter o marcador em aberto até final.

 

lorvao_scpslb_juvenis_13.jpeg

 

Os 'onze' iniciais das duas equipas:

 

Sporting: Diogo Almeida, Alexandre Lami, Eduardo Quaresma, Rodrigo Rego, Nuno Mendes, João Daniel, Bruno Tavares, Gonçalo Batalha, Tiago Tomás, Tiago Ferreira e Joelson Fernandes.

Benfica: Samuel, Renato Matos, Tomás Araújo, Adrian Bajrami, Guilherme Montóia, Rafael Brito, Jeremy Sarmiento, Diogo Nascimento, Henrique Araújo, Paulo Bernardo e Lubamba.

 

publicado às 15:11

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Perfil Facebook

De Indiana Julio a 05.03.2019 às 16:03

Lideramos nos iniciados e juvenis mas isso nao é formaçao.
Formaçao é apartir dos 17 anos na cabeça oca de alguns.
Vi o jogo e a 2parte foi um amasso dos jovens leôes.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 05.03.2019 às 16:31

O trabalho produzido pela equipa de Varandas tem surtido efeito muito antes daquilo que se pensava!
Há bem pouco tempo eramos quase uma nulidade, agora estamos razoáveis...muito em breve seremos bestiais.
Uma coisa é haver falta de talentos nos escalões de formação...outra coisa bem diferente, é existirem talentos e não serem apostas na equipa principal.
Nos escalões de formação são todos talentos? Evidentemente que não, mas se em cada escalão se conquistar um ou dois jogadores...já é bem bom.
A falta de aposta nos miúdos sido norma no clube desde a entrada de JJ e com Keizer não melhorou nada, exceptuando os 2 ou 3 minutos que Geraldes joga perto fim de algumas partidas.
Dizem que falta sempre qualquer coisa aos miúdos do SCP para chegar aos séniores(experiência, talento, defendem mal, decidem mal os lances,...).
Sem imagem de perfil

De zé da fisga a 05.03.2019 às 18:01

Em suma. Falta encontrar o "Guião certo"
Imagem de perfil

De Greenlight a 05.03.2019 às 16:36

Lá está, era o que eu dizia no post anterior, os iniciados do Slb devem ter jogado nos Juvenis e estes jogam nos Juniores. Só assim se consegue compreender que a maior potência de formação do futebol, à face da Terra, tenha perdido para os pobres coitados de Alcochete
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 05.03.2019 às 16:42

Acho que foram os benjamins do Dubai que jogaram
Sem imagem de perfil

De José a 05.03.2019 às 18:08

Vocês são mesmo engraçados! !!
Na ausência de resultados a sério, vingam-se nos juvenis, que no caso do Benfica são um escalão abaixo., quase escolinhas.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 18:26

Dei-me ao trabalho de verificar as idades de 5/6 jogadores do Sporting e do Benfica e eram todos de 2002 (uns com 16 outros com 17, mas isso em ambos os clube)
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 05.03.2019 às 18:37

Não queria ser desmancha prazeres, mas o melhor juvenil do Benfica, de muito longe, é o Ronaldo Camará, que fez 16 anos há pouco mais de um mês, que no ano passado com 15 anos jogou nos juniores e este ano já joga na equipa B. Se jogasse hoje o jogo teria sido outro, seguramente.

A assinatura ontem dos contratos de 12 jogadores juvenis teve a intenção de os motivar, porque hoje havia jogo contra o rival contra o qual ganham troféus, o Benfica. Conseguiram ganhar. Vamos ver se chega para ganhar o campeonato.
Este tipo de tiros em geral saem pela culatra.
Serve para animar a malta. Mas se a formação fosse apenas isto…
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 18:46

Para evitar mais conversa fútil, dei-me ao trabalho de confirmar as idades do onze inicial do Benfica:

17 anos (3 jogadores)
16 anos (7 jogadores)
15 anos (1 jogador)

A sua tese sobre a renovação contratual dos jovens do Sporting, é isso mesmo, a sua tese.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 18:54

E, já agora, as idades do onze inicial do Sporting:

17 anos (4 jogadores)
16 anos (7 jogadores)
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 18:10

Consegui ver a espaços o jogo e que exibição do miudo Joelson e de mais alguns que não fixei o nome.

Excelente jogo a mostrar que estamos muito fortes no escalão sub17, como noutros inferiores e ao contrario do que a CS ( e não só) tem querido fazer passar - a formação do Sporting tem muita qualidade - haja é coragem para os lançar na equipa principal.
Sem imagem de perfil

De zé da fisga a 05.03.2019 às 19:40

Nunca ninguém disse menos. A formação do Sporting tem muita qualidade, como sempre teve.
Simplesmente depois falta qualidade aos responsáveis do Sporting para lhes aproveitarem as qualidades.
Não é a Formação do Sporting que é má, é a formação de quem é, ou são, responsáveis pelo aproveitamento da Academia.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 20:54

Uma coisa é o aproveitamento outra é a formação e quando se fala em desinvestimento na formação, nomeadamente nas condições da academia está-se a falar na segunda.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 05.03.2019 às 20:29

É de todo injusto focarmos especialmente o Joelson que faz de facto a diferença e nao incluirmos o Tiago Tomas que ganhou a maior parte dos duelos com a defesa do Benfica e esteve varias vezes perto do hat trick.
No bom caminho para vir a ser um grande 9 este miudo, muita raça tem .
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 05.03.2019 às 20:48

Amigo Indiana,
Esqueça lá isso! Da nossa formação não aparece nenhum 9.
Eu não me lembro de nenhum e na melhor das hipóteses, talvez o Cadete que não era grande espingarda.
Nós é mais extremos, o Porto si, forma jogadores para a posição 9.
O vizinho forma Ronaldos, Messis e Eusébios como quem bebe água.
Não é para todos!!!
Sem imagem de perfil

De João Gil a 05.03.2019 às 20:09

Joelson é um estrondo de jogador. Quando chegar à equipa principal do Sporting vai fazer miséria como há anos não se vê num extremo no futebol português. Tem tudo, velocidade, drible, remate. Bruno Tavares é outro craque. Esperemos ter a sorte de daqui a pouco tempo os ver vingar na equipa do Sporting. Que tenhamos treinadores e dirigentes que façam o que tem de ser feito, que os promovam, segurem no clube e ponham a jogar na equipa principal. Daqui a dois anos qualquer destes jogadores dispensa pedir licença para ser titular no Sporting.
Sem imagem de perfil

De Borges Coutinho a 05.03.2019 às 20:39

Há uns 10 anos conversei com um tipo que fez parte da equipa do Aurélio Pereira, que me disse que é exactamente esta a idade (16/17) que determina se um jogador chega a profissional ou não. A idade em que os jogadores atingem os níveis físicos, ou não.

Tudo o que vem antes é apenas "brincadeiras de areia", nas suas palavras: é comum miúdos brilhantes nos verdes escalões nunca chegarem a profissionais, assim como miúdos apenas razoáveis chegarem à I Liga, embora jamais a um grande.

Disse-me também duas coisas que nunca mais me esqueci:

- Desde os 16 anos de Fábio Paim que o Sporting sabia que este nunca iria a lado nenhum, pois nunca atingiu níveis físicos mínimos aceitáveis para um profissional;

- O juvenil que maior decepção causou foi.... José Dominguez! Ao que parece este foi uma espécie de "Maradona" até aos 14/15, mas a partir daí foi sempre a decair, pela mesma razão: mau profissional, fracos índices físicos.

Estes miúdos que aproveitem a oportunidade de serem alguém no mundo da bola enqaunto é tempo!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 05.03.2019 às 20:53

Isso é normalíssimo acontecer. Putos que são muito bons tecnicamente e que depois de lhes fazerem promessas de riqueza por causa dessa técnica, desleixam-se e desaparecem. O Ronaldo é o que é porque é uma pessoa que valoriza e gosta do treino.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 05.03.2019 às 22:20

Caro Borges Coutinho,
Conheci Dominguez tinha ele 13 ou 14 anos e era muito brinca na areia e dava-me pelo ombro em altura.
Daniel Kenedy era do mesmo escalão e mais jogador na altura.
Nesse ano, um amigo benfiquista desafiou-me até mais não para ir
fazer treinos de captação com ele no Benfica.
Fomos passando até que chegou o momento em que fizemos o ensaio no campo 2 do Benfica para a inauguração do 3o anel do Estádio da Luz, com os craques da equipa sénior...Carlos Manuel, Diamantino, Álvaro, Bento, Carlos Manuel, Pietra, Stromberg, Chalana, Shéu.
Até esse momento ainda fui superando...até que me disseram que tínhamos que comprar do próprio bolso, o equipamento para fazer a coreografia.
Foi demais para um puto Leão e não apareci mais!
Sem imagem de perfil

De Borges Coutinho a 05.03.2019 às 22:50

Saudoso ano de 1985. :) Arrisco dizer que nesse tempo o futebol seria ainda melhor por estas razões

- Para um jogador português chegar a um dos 3 grandes era atingir o topo da carreira. Raramente havia uma saída contra a vontade do clube.

- As claques não faziam mossa, pelo que podíamos ir a um estadio rival sem medo de sermos agredidos;

- Este clima de ódio não existia.

Tempos que não voltarão!

PS Ao que consta Dominguez poderia mesmo ter sido um GRANDE 10, mas não trabalhou o suficiente para atingir níveis fisicos. Um grande talento para uma pequena carreira.
Sem imagem de perfil

De RCL a 05.03.2019 às 23:30

Um grande jogador brasileiro, Orlando, grande trinco da seleção brasileira, campeão mundial em 1958, 1962, com carreira no Vasco da Gama e River Plate, aos 15/16 anos não tinha lugar na equipa do bairro. Levado para o Vasco da Gama pelo padrinho fez-se um notavel jogador.
Vicente Feola dizia o Brasil não é só Garrincha, Pelé e Didi, também Orlando. Orlando era "malquinho" pelo treino ,como Cristiano Ronaldo.
É isto que distingue os grandes jogadores, atitude mental. Depois há outros que não precisam como Garrincha.
Estória contada por um brasileiro que vive em Portugal há 40 anos.
Valeu!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo