Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Não gosto de questionar treinadores, mas todos têm uma característica em comum que me exaspera: excesso de teimosia. E Leonardo Jardim não é excepção à regra. Atendendo às más condições do relvado - indubitavelmente identificadas muito antes do jogo começar - parece-me lógico que a disposição teria indicado ao técnico do Sporting que a sua equipa não iria poder jogar o seu usual futebol; que os extremos não iriam ter condições para conduzir o esférico pelas alas com algum grau de regularidade significante, que o jogo teria de assentar mais em lances aéreos e em profundidade e que, para esse fim, a equipa necessitaria de mais peso e altura em campo, componente que o obrigaria a alterar ligeiramente o seu preferido 4x3x3, abdicando de um extremo e fazendo entrar Islam Slimani.

Mesmo depois de verificar as dificuldades que a equipa do Sporting sentiu logo a partir do primeiro minuto em controlar a bola e assentar qualquer tipo de jogo - o Arouca teve 60 por cento posse de bola - e antecipando que seria impossível ao adversário manter na segunda parte a pressão alta que exerceu nos primeiros 45 minutos, mesmo com isto à vista, insistiu nos mesmos onze ao intervalo, optando por "queimar" 8 minutos até fazer entrar Slimani para o lugar de Diego Capel. O avançado argelino fez sentir a sua presença imediatamente e tinha a ironia do destino que ele viesse a marcar o golo que daria a vitória ao Sporting.

Esperava igualmente que fizesse alguma outra opção em relação a André Martins, que sentiu enormes dificuldades em movimentar-se naquele pesado relvado mas, surpreendentemente, foi William Carvalho que acabou por sair aos 68 minutos, ainda com o jogo empatado. A substituição não fez sentido, mas dou o benefício da dúvida a Leonardo Jardim, porque desconheço se existia algum impedimento físico com o médio leonino ou se os seus 4 amarelos influenciaram a decisão.

Em geral, um jogo que não podia ter sido bem jogado devido às condições do relvado, mas mesmo tendo isto em consideração, acho que o Sporting exagerou com o passe longo e com o jogo aéreo, especialmente na primeira parte.

As duas expulsões ordenadas por Cosme Machado foram absolutamente ridículas, na minha opinião. Tanto no caso do jogador do Arouca como com Marcos Rojo, foram faltas vulgares que não mereciam o segundo amarelo.

Em última análise, grande satisfação pela vitória, embora o empate não fosse escândalo algum. Ainda continuamos com a "estrelinha" que, a bem dizer, é justa e merecida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


55 comentários

Sem imagem de perfil

De Miguel a 18.01.2014 às 23:14

LJ explicou no final que só podia utilizar Slimani por 30/40 mnts! Esteve lesionado toda a semada. Explicou tb que preferiu tirar William porque Adrien é melhor lançador.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.01.2014 às 23:19

Duas explicações muito discutíveis Miguel. Um jogador está ou não em condições para jogar, e se está pode ser usado até qualquer impedimento indicar o contrário.

Quanto a William, essa não pega nem por um minuto !!!

Ele utilizou o termo "lançador" ? Lançador em que sentido ?... Bolas longas ?
Sem imagem de perfil

De Miguel a 19.01.2014 às 02:22

Sim, lançador de bolas longas, foi a explicação que deu.
Abraço
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 16:07

Significará isso então, que em cada jogo que o Sporting necessita de jogar com bolas longas, vai substituir William Carvalho ?... Duvido muito !

Aceito mais que ele estivesse tocado e que foi uma medida de prevenção. Isso faz sentido.
Sem imagem de perfil

De João a 19.01.2014 às 18:44

"Um jogador está ou não em condições para jogar, e se está pode ser usado até qualquer impedimento indicar o contrário."

Então está-me a dizer que era preferível por o Slimani de início até ele aguentar e correr o risco de ele se lesionar?

Não me parece.. isto não se resume simplesmente á questão de o jogador estar apto ou não.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 19:10

Bem... vamos por partes: não é uma questão dessa específica preferência nem isso é sequer equacionado. A minha experiência no futebol e a lidar com treinadores indica que salvo circunstâncias excepecionais e em jogos ultra importantes, o jogador que vai para o banco está apto para jogar. Por isso os planteis têm mais de vinte jogadores e, no caso do Sporting, todos os jogos, entre os convocados, vai um para a bancada. Se o Slimani não estava em condições de jogar, não deveria ter ido para o banco e, se tiver que acontecer, tanto se lesiona a jogar 30 minutos como 45.

Entre os jogadores que o treinador chama para um jogo, quer entrem de inicio ou fiquem no banco, resume-se inteiramente e essencialmente à sua aptidão para jogar, caso contrário foram chamados para quê ?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 19.01.2014 às 16:03

Discussão de lã caprina de treinadores de bancada. Mais um. Errar é humano. Criticar é legítimo. Disparatar aceitável. Leonardo jardim errou redondamente. Não foi um "errozinho" errou redondamente, mas ganhou. Contradição insanável. Como se pode errar redondamente e ganhar? Tirou William Carvalho e ganhou. Suponhamos que não ganhava. Lá está, a culpa foi tirar W. Carvalho. Mas quando não tirou W. Carvalho, noutros jogos, porque não ganhou? No futebol como na vida tudo é relativo. E se Slimani não tivesse marcado teria errado ainda mais redondamente? De facto a bola é redonda e aí é que está o segredo. O resto é retórica de quem não tem que tomar decisões.

MG
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 16:21

O parecer dos adeptos pode ser retórica por quem não tem que tomar decisões, mas a verdade é que sem os adeptos - os treinadores de bancada - o futebol não existiria. Faz parte da beleza do jogo.

Como é possível um treinador errar e ganhar ?.... Muito simples. Da mesma forma como é possível que uma qualquer equipa seja completamente dominada em campo pelo adversário e contra a lógica e a razão, acaba por vencer o jogo.

Neste caso concreto, o Arouca não foi a melhor equipa ao longo dos 90 minutos e o resultado foi justo, a favor do Sporting, mas nem sempre o resultado reflecte o que se passou em campo.

Mas o que para mim é mais espantoso quanto ao Sporting do momento, é que parece que há uns quantos adeptos que nem admitem que se discute os prós e contras de um jogo de futebol. A ideia aparenta ser de obrigar todos a dizer ámen a tudo. Isso, sobretudo, acho bastante lamentável.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 19.01.2014 às 20:23

Meu caro, li e reli o que escrevi e não descortinei nenhum opinião que pusesse em causa o direito à discussão. E retórica é isso mesmo, discutir tentando demonstrar que a nossa visão das coisas está certa. Mas também faz parte da discussão admitir que podemos estar errados. Agora pôr em causa a sinceridade do treinador quando diz que um dado jogador está condicionado para jogar um jogo completo para justificar determinada opinião não me parece muito correcto. O treinador erra, errou e errará. Na minha apreciação que pouco vale isso não aconteceu neste jogo pelo menos rotundamente. E independentemente do direito à opinião não me parece que se preste um bom serviço ao clube "inventando" fantasmas se não existirem. E isto, modestamente, é matéria de opinião. Vale o que vale. Nunca fui nem serei dono de qualquer verdade.
Saudações leoninas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 20:34

Caríssimo, é implícito que poderei estar errado já que o escrevi é apenas a minha opinião, embora, quero crer, com conhecimento de causa.

O post visa prioritariamente discutir futebol, em geral, e o futebol do Sporting, em particular, e não por em causa a competência deste treinador, tenha ou não cometido erros. Além do mais, ele é simplesmente isso, um treinador de futebol, vulnerável a erros como qualquer um de nós e não com menos ego.

Aqui não há fantasmas alguns, pela opção de não dizer ámen a tudo.

SL
Sem imagem de perfil

De Caio Enobarbo a 25.01.2014 às 22:34

Sim, isso é verdade. O treinador explicou as suas opções.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 18.01.2014 às 23:26

O LJ disse que o Slimani só fez recuperação durante a semana e hoje só poderia jogar 30 a 40 minutos, portanto não poderia ser titular.

Quanto à substituição do William, ia-me dando uma coisa quando a vi, porque estava a ser o melhor em campo, mas o que é certo é que o Sporting marcou logo a seguir. Há dias assim, e ainda bem! ;)

O jogo nunca podia ser bem jogado. Iria sempre ser um jogo de sacrifício, frustrante para muitos jogadores, habituados a um tipo de futebol que não podem praticar neste tipo de relvados. Mas as coisas são assim, não se pode ganhar jogos só com bom tempo, e estas partidas dão muita moral aos jogadores, porque dá ainda mais gozo ganhar quando se ultrapassam aquelas dificuldades.

O resultado é merecido, porque o Sporting teve mais oportunidades de golo, com duas perdidas incríveis do Montero e do Rojo e ainda uma bola ao ferro do William. Onde os outros quiseram meter em jeito, o Slimani fuzilou, e não houve defesa possível.

Foi uma vitória merecida também para o GRANDE apoio que o Sporting teve em Arouca, em que se a lotação não esgotou, não foi por causa dos Sportinguistas, porque esses, numa noite de muito frio e chuva, mais uma vez foram 2/3 do público. O Sporting também é isto!

Parece que há mazelas nalguns jogadores, como o Jefferson e o Maurício, mas como no próximo fim-de-semana se joga a última jornada da fase de grupos da Taça da Liga, não é muito grave se a paragem não for longa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.01.2014 às 23:36

Quanto ao Slimani, face à explicação, fica a dúvida no ar, mas continuo a pensar que Leonardo Jardim nunca alterará o 4x3x3, mesmo quando as condições de jogo e de advesários indicam que o deveria fazer.

O seu uso dos tais 12 jogadores durante a época está a começar a dar sinais.

Penso que eles queriam "limpar" William e Montero, ambos com 4 amarelos, mas o jogo não permitiu isso. E para a Taça da Liga Rojo vai descansar com o jogo de castigo.

Aquela bola ao poste de William foi um toque de grande classe e que merecia ter sido golo.

É bem verdade, a equipa não se pode queixar de falta de apoio.
Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 19.01.2014 às 02:50

Uma (ou duas) errata(s) apenas:

O jogo directo e a insistência no passe longo, na 1ª-parte, foi diminuta - daí o puco sucesso ofensivo. Na 2ª-parte foi mais assertivo, nesses aspectos, e o nosso jogo melhorou... bastante!

André Martins: quanto a mim, fundamental neste jogo, em particular - a pouca notoriedade que demonstrou no "jogo jogado", compensou-a com o "jogo sem bola", absolutamente excepcional. Reveja o jogo, que irá perceber de que falo...

A substituição de WC, de facto, nao fazia muito sentido (à-priori), mas acabou por fazê-lo, face à auto-expulsão (mais uma) de Marcos Rojo e ao equilíbrio do meio-campo que, posteriormente, com a entrada do proscrito Gérson Magrão, voltou a ganhar o ascendente territorial. Não me parece que os 4 amarelos do médio tenham pesado, até porque, a levar o 5º amarelo, deveria ter sido neste jogo, logicamente.

O relvado (?!?)/batatal de Arouca (e eu sou de Aveiro, sei do que falo) só poderia dar num jogo destes, perante as condições climatéricas - a questão aqui é a legalização de relvados destes numa competição de topo (a LPFP tem aqui uma palavra importante a dizer, e os árbitros também). O jogo directo e as bolas longas foram, desde o minuto 1, a única forma de criar perigo, superioridade e influência.

Pelo acumulado das exibições de uma e outra equipa, é possível constatar que o resultado foi o espelho do que sucedeu em campo. Uma superioridade arouquense na 1ª-parte, sem grande oportunidades de golo, ao que o Sporting CP respondeu cabalmente na 2ª-parte...

A estrelinha brilhou - claro que sim -, mas os jogadores também a procuraram...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 03:14

Cada um de nós analisa o jogo por sua própria cabeça e, daí, visões diferentes.

O Sporting na primeira nunca assentou o seu jogo e os lances em profundidade foram pouco pensados e pior ainda executados.

É verdade que esse lance foi mais assertivo e certeiro na segunda parte, mas também houve mais consciência sobre controlo de bola.

Com ou sem bola, não vi o que cita de André Martins. Gosto dele mas a sua inferioridade física nota-se cada vez mais, especialmente contra equipas que defendem bem e fazem pressão.

Indiferente do que veio a acontecer - nomeadamente o golo e vitória que ajudam a compensar tudo o resto - não compreendi e não compreendo a substituição do William . E com a explicação de LJ faz ainda menos sentido.

Quanto à "estrelinha", costuma-se dizer que para ser bom é preciso ter sorte e para ter sorte é preciso ser bom. Merecida, portanto !
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 19.01.2014 às 05:12

Nesta altura do campeonato, todos os extremos do Sporting estão em baixo de forma, mas Diego Capel é quem está mais longe das melhores exibições, mas por outro lado, tem mais experiência e garante mais consistência defensiva, o mesmo se passa com o Wilson Eduardo. Mas o Arouca entrou forte neste jogo e não deixou o Sporting jogar, apesar de os leões até conseguirem criar algum perigo depois da primeira meia-hora. Mas o Sporting foi eficaz num canto e depois na segunda-parte, a maior parte do jogo disputou-se na área arouquense.

O William Carvalho foi fundamental, André Martins uma surpresa, pois estava sempre solto e raramente pressionado, fartou-se de dar jogo a Slimani, que entrou para o lugar de Capel na segunda-parte e que tinha estado a aquecer com Dier durante mais de metade da primeira parte... O Adrien Silva esteve mais apagado, subjugado pela avalanche arouquense, Maurício em esforço foi sendo salvo por Rojo, que teve o azar de mais uma vez mostrou não ter ainda grande discernimento em certos momentos do jogo e de se ter posto a jeito para ser expulso... Piris fez o seu trabalho, mas cometeu um erro na primeira parte que deu origem a um lance perigoso por parte do Arouca, Jefferson foi influente nas bolas paradas, mas pouco pode ajudar no ataque, pois o jogo não permitia tal mobilidade ou disponibilidade.

Apesar do golo sofrido, o Sporting foi tentando impor o seu jogo e ainda antes do golo, já fazia um jogo mais directo, mas este não era um jogo para Montero, que apesar de muito se esforçar, pouca influência conseguiu ter em jogo com a bola. No global, Leonardo Jardim poderia ter jogado de outra forma, mas era preciso que Salim Cissé estivesse disponível ou que Slimani estivesse nas melhores condições físicas.

Tendo em conta que sem dinheiro, não há palhaços, Leonardo Jardim não vai sair muito disto, desde que tenha ainda umas duas ou três peças no banco para mexer no jogo, não se pode pedir muito mais a ele. :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 05:25

Salim Cissé ???... Give me a break !

O que é que ele já demonstrou no Sporting para merecer este "voto de confiança" ?

O Adrien Silva que se fartou de correr e guerrear esteve "mais apagado" e o André Martins que andou a "pisar as tulipas" foi uma "surpresa"...

Bem... cada um vê o jogo à sua maneira. Certíssimo.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 19.01.2014 às 05:40

O Adrien Silva neste jogo não foi aquele a que estamos habituados, que pauta o jogo leonino, porque o jogo não estava de feição. Acabou à frente da defesa, apesar de o William Carvalho estar a ganhar as bolas todas e na parte final, o Arouca resolveu atacar pela direita e surpreendentemente ou talvez não, o André Martins apareceu a cortar e a despejar para a frente, mas curiosamente ou talvez não, o Slimani até conseguiu apanhar quase todas essas bolas, infelizmente não teve o desejado apoio para empurrar o Arouca na sua defesa.

Já na primeira parte, aí Adrien foi mais influente, mas como referi, pouco podia fazer tendo em conta a avalanche arouquense até por volta da meia-hora. E desta vez, o André Martins como esteve solto, pode receber e passar também, mas infelizmente o campo também não o favoreceu por aí além. É verdade que contra outras equipas, o André Martins não serve para defender, faz muitas faltas, e a atacar de pouco ou nada serve, pois ora perde a bola, ou lha roubam... Mas não foi o caso deste jogo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 17:15

O Adrien e o William foram os que mais lutaram contra a pressão alta que o Arouca exerceu, especialmente na primeira parte, por isso o André Martins andava mais solto, até porque ele não se mete no "barulho".

O Slimani é muito bom a receber bolas de costas para a baliza, uma das suas melhores características. De preferência, bolas bem lançadas, porque as "despejadas" raramente resultam.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 19.01.2014 às 10:13

O Sporting acabou por ser feliz. Com a "sorte" do ano passado, de certeza que não ganhava este jogo. Iremos continuar a ter muitas dificuldades, em campos assim pesadíssimos. A equipa gosta de jogar em passes curtos , de pé para pé e nestas situações é impossível jogar assim. Na equipa tipo, temos alguns jogadores muito leves. Quanto a mim, nestas situações, devem jogar os poucos jogadores com "cabedal" que temos. O treinador acha que não. Ok, vamos ver o resto do inverno. Pode ser que chova pouco...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 12:10

O problema principal é que as alternativas são poucas, mas se não se recorre à que há, sujeitamo-nos a ter mais problemas.
Sem imagem de perfil

De Sardinha a 19.01.2014 às 10:56

Grande vitória e grande orgulho nesta equipa. O trabalho, a dedicação e o comprometimento dos jogadores permitiu aquele esforço extra necessário para dar a volta ao resultado num campo lavrado. Alguns preferem chamar-lhe sorte ou estrelinha, como queiram. Prefiro dar o mérito a quem o merece.

Também fiquei espantado com a substituição de William mas o que é certo é que o domínio do SCP na segunda parte continuou e chegámos mesmo à vitória. Por alguma coisa o Leonardo Jardim está a treinar o SCP com tanto sucesso enquanto nós treinamos desde a bancada, após o fim dos jogos qualquer mourinho da net tem soluções para tudo.

Slimani levou o guarda chuva e acabou com o Arouca. Está aqui um jogador muito interessante e que já nos valeu muitos pontos preciosos. Lembrei-me logo das palavras de Leonardo Jardim após o jogo com o Marítimo "Estou certo que quando precisarmos, o Slimani vai marcar".
É um pouco de mau gosto duvidar das declarações do treinador acerca da condição física dos atletas, ainda para mais quando foi óbvio que Slimani acabou o jogo em dificuldades. Qual era a necessidade de Jardim mentir? Tenham um pouco de bom senso e calma por favor.

Quanto à questão dos cartões, já li por aí que Jardim nunca pede aos jogadores para serem amarelados nem entra nesses jogos dos castigos. Todos os jogos são para dar o máximo e utilizar todos os jogadores disponíveis. Estou em crer que estas atitudes também contribuem para o espírito de grupo e revela confiança nos habituais suplentes. Quem sabe, sabe!

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 12:26

Uma análise típica, meramente em função do resultado, nada mais do que isso.

As crónicas são escritas logo a seguir ao jogo e sem depender na opinião de terceiros e muito menos ainda nos comentários do treinador. Ninguém duvida do excelente trabalho que LJ tem vindo a fazer, mas isso não significa que ele seja perfeito, que não erre, que não possa ser comentado. Ontem errou, mas acabou por se sair bem, pelo resultado. Sem o golo de Slimani a opinião de alguns adeptos seria totalmente diferente.

Essa tese dos cartões é de total ingenuidade. No futebol temos de ser manhosos quando é necessário. É melhor eles não limparem os cartões e depois acabarem por ficar fora num jogo crucial ???

As opções de LJ são muito limitadas mas mesmo assim é fácil de ver as estatísticas. Com ou sem confiança nos suplentes, ele tem vindo a fazer a época com os mesmos 12 jogadores e mesmo num relvado como o de ontem ele não ajusta o seu sistema de jogo. Não foi ao acaso que o Arouca foi superior ao Sporting na primeira parte, embora tivessem surgido melhoras na segunda.

Ainda não compreendi como é que o meio campo do Sporting supostamente melhorou pela saída daquele que tem sido o melhor jogador da equipa. É uma tese que me deixa boquiaberto.

Sem imagem de perfil

De Sardinha a 19.01.2014 às 12:53

Claro que a análise do jogo e o sucesso do treinador, num determinado jogo, é sempre dependente e correlacionada com o resultado. Nem podia ser de outra forma num desporto de alta competição. Não vou analisar nem teorizar sobre realidades alternativas onde o Slimani não marcou o golo da vitória. Marcou e marcou bem, não foi um golo caído do céu, mais uns ficaram por marcar.

Que tenhamos ideias diferentes do treinador, tudo bem. Daí a dizer que errou redondamente quando se viu um Sporting sempre em crescendo após as substituições e que acabou por ter o domínio do jogo e as melhores oportunidades na globalidade conseguindo uma justa vitória é esticar um pouco a corda.

Por mais que fique boquiaberto (eu também fiquei no momento da substituição!) a verdade é que após a saída do William o Sporting continuou a mandar no jogo, marcou o golo da vitória e criou as melhores oportunidades. Não é uma tese, é a realidade.

Vamos confiar em quem já mostrou que percebe da poda.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 13:04

Não temos ideias diferentes sobre Leonardo Jardim; ambos apreciamos e louvamos o seu trabalho. Dito isto, o seu trabalho pode ser comentado como o de qualquer outro. Por ter lidado com treinadores tantos anos, sei que eles, por mera teimosia, têm capacidade para recorrer a razões que a própria razão desconhece.

A explicação que ele deu para a substituição do Willim, é um exemplo perfeito disto. Correu bem, vencemos o jogo, mas não significa de modo algum que a vitória se deve ao facto do William ter saído, não seja ele o grande jogador que é.
Sem imagem de perfil

De fabio a 20.01.2014 às 05:21

Boas... Leonardo Jardim é um grande treinador, nao tem comparacao a certos treinadores como j jesus. Um sepo que anda perdido a 2 anos. Quem erra? Jesus... claro. É capaz de deitar td a perder por causa de invencoes... Pode ser q o manel faca bons jogos...

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.01.2014 às 12:18

Concordo que Leonardo Jardim é um bom treinador, mas não é infalível, nenhum treinador é, salvo Jorge Jesus que pensa que é.
Sem imagem de perfil

De Lion81 a 19.01.2014 às 11:07

O jornal A Bola diz "e até William Carvalho, que foi substituído por opção tática, saiu com o joelho e parte da coxa direita ligados". Possivelmente o William saiu por estas razões. Slimani entrou na altura que tinha que entrar. Se estava fisicamente debilitado (se não ia manter o nível naquele campo mais que 60-75min) então entrou na altura certa. A razão que vejo para só ter entrado 8min após o intervalo, é que os jogadores recuperaram ligeiramente e são assim 8min em que não se desgasta um jogador num campo que está muito difícil e que pode ser fundamental, como foi, no desenrolar do jogo. Na minha opinião, o LJ já fez noutros jogos algumas substituições tardia mas acho que ontem não foi o caso...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 12:34

O que A Bola diz não se escreve, necessariamente, embora eu tenha adimitido no post a possibilidade de haver algum impedimento com William. Em todo o caso, não foi essa a explicação de Leonardo Jardim. Ele disse que Adrien era melhor lançador, como se a alternativa fosse ele. É caso para perguntar o que é que Wilson Eduardo andou a fazer em campo.

Quanto ao Slimani, LJ disse que estava apto para 30/40 minutos, agora o leitor diz 60/75. Enfim...

A título de curiosidade, quem é recuperou naqueles 8 minutos ?

Sem imagem de perfil

De Lion81 a 19.01.2014 às 13:38

Disse 60-75min não parafraseando o LJ mas sim aludindo ao que me pareceu que o sr. quis dizer no post de que o Slimani deveria ter entrado mais cedo. No entender do treinador pelos vistos era menos tempo...e ninguém recuperou nos 8 min. Quis dizer que todos os jogadores recuperaram qualquer coisa no intervalo , logo tinham "fôlego" para mais uns minutos da 2ªparte poupando o Slimani a esse desgaste visto até os jogadores do Arouca estarem mais frescos...Enfim...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 14:34

Os nossos jogadores estavam bem fisicamente, a questão não é essa, mas sim opções de ordem técnica e tática.

O que eu disse no post é que Slimani devia ter entrado no onze inicial, porque as condições do terreno eram talhadas para as suas características. LJ até reforçou esta disposição, mas depois disse que ele não dava para mais de 30/40 minutos.

Já se sabia que na segunda parte o Arouca iria acusar desgaste físico porque jogaram em pressão alta na primeira e não tem plantel para manter esse ritmo os 90 minutos, daí que LJ deveria ter substituído logo ao intervalo - aliás, ele mandou aquecer Dier e Slimani - e não esperar mais X minutos para agir.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.01.2014 às 14:53

so para dizer que: -Nao ha campeoes sem estrelinhas (mas a sorte tambem se conquista); -E sou d sporting desde que conquistamos a Taças das Taças. FORÇA SPORTING!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 15:54

Partilho da sua opinião e sentimentos. Também eu sou adepto do Sporting, até antes da conquista da Taça das Taças e ainda hoje sei onde me encontrava na altura a assistir ao "cantinho do Morais".

Agradecemos que de futuro recorra ao uso do seu nome ou de um qualquer nick para evitar de ser editado.
Sem imagem de perfil

De ABernardino a 19.01.2014 às 18:59

OK. Eu tinha 8 anos e estava em Lourenço Marques, hoje Maputo. Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 19:19

Caro A Bernardino, eu tinha 12 anos e por ter regressado a Portugal para estudar, encontrava-me naquele célebre dia no Bombarral - a minha terra natal - mais precisamente, na sede do Sport Clube Escolar Bombarralense, com amigos e colegas de escola.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De tugafiction a 19.01.2014 às 15:26

Nao percebo como e que alguem pode errar redondamente e ganhar........
tambem eu fiquei surpreendido com a subsituicao do melhor meio campista que o sporting tinha a jogar(spr pensei que fosse o Andre Martins a sair)
Mas eu nao sou o treinador, e se fosse dificilmente faria melhor com os recursos que o LJ tem a sua disposicao, se ele o tirou foi certamente pq tinha razoes para isso.
E tendo em conta que ganhamos o jogo, nao me parece que tenha errado redondamente....Parabens aos jogadores, ao treinador e a estrutura diretiva doSCP
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 16:04

Caro leitor, se não percebe preza-me explicar-lhe:

Um qualquer jogo nunca deve ser analisado em função do resultado. Cada jogo tem a sua história muito em particular e o resultado não reflecte, necessariamente, essa história. Por outras palavras, nem sempre o melhor ganha - neste caso o Arouca não foi o melhor - nem a vitória implica, forçosamente, que o treinador vitorioso não cometeu erros. Se assim fosse, o futebol seria completamente diferente.

Também nunca fui nem pretendi ser treinador, mas o jogo de futebol não existiria sem os adeptos e todos nós temos um pouco de treinador de bancada. A discussão pós-jogo faz parte da beleza do jogo. Antigamente, era costume dizer que segunda, terça e quarta é para discutir o jogo do domingo passado, quinta, sexta e sábado é para discutir o próximo jogo. É a paixão do futebol, sem ela, nada mais há.
Sem imagem de perfil

De tugafiction a 19.01.2014 às 16:11

Claro que sim e o q estamos a fazer aqui....
continuo a dizer-lhe que nao vejo onde LJ tenha errado....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 16:43

Não vê ou não quer ver ?... Não vale a pena insistir no mesmo. Fica com a sua opinião e eu com a minha.
Sem imagem de perfil

De tugafiction a 19.01.2014 às 17:07

É disso que se trata.
Cada um tem a sua opinião. Ambas podem ser validas, ou não.
Na minha opinião, se o LJ tivesse preenchido todos os requisitos que para si são essenciais para não ter errado, e tivéssemos perdido o jogo, provavelmente estaríamos aqui a dizer que LJ devia ter jogado com a equipa que estava rotinada a jogar e que não devia inventar como o vizinho do outro lado da circular.E que por isso errou......redondamente!
Mas ai, eu ate entendia o "redondamente"....agora depois de ter ganho e de ter feito, na minha opinião, tudo o que podia e devia ter feito para ganhar o jogo.....não entendo esse redondamente.
Mas respeito a sua opinião!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 17:30

Em primeiro lugar, andei muitos no futebol para analisar o jogo desse modo. Segundo, não gosto e raramente questiono tácticas e opções de treinadores, muito por saber que, por vezes, existem factores que influenciaram as suas decisões que não são conhecidas cá fora.

O termo rendondamente " - reforçado pela primeira parte em que o Arouca esteve melhor e com mais posse de bola, enquanto aguentou a pressão alta que criou muitos problemas ao Sporting.

Ainda, porque, pelas condições do relvado, era um jogo ideal para Slimani entrar de inicio, em substituição ou não de Montero , e para dar mais peso o meio campo, com o Vítor ou o Magrão , já que André Martins é muito leve, defensivamente para estes jogos.

Continuo a insistir que ele errou, mas como se venceu o jogo, tudo bem que acaba bem. Não altera, no entanto, a disposição inicial. Não é uma questão de "inventar"; os treindores - e jogadores também - têm de se adaptar às condições dos jogos e dos adversários. Para isso, as equipas, por norma, andam com 25/27 jogadores.

Por fim, há muito que digo e escrevo que esta equipa do Sporting é melhor talhada para jogar num 4x1x3x2 ou 4x2x3x1, mediante os jogos. LJ insiste no 4xx3x3 e tem dado resultado. Veremos no fim como estamos e, se resultar, eu serei o primeiro a felicitá-lo. Claro, ele também se pode dar ao luxo de jogar assim e com um número muito reduzido de jogadores porque o Sporting tem poucos jogos na agenda.

SL
Sem imagem de perfil

De tugafiction a 19.01.2014 às 17:50

So para finalizar este tema.
De facto antes de iniciar o jogo eu também pensava que o Magrao(não me parece que o Vitor tivesse pedalada) podia entrar no lugar do Andre e que o Slimani pudesse jogar de inicio.
Percebemos que o Slimani não podia jogar o jogo todo, e sendo assim, fez bem em guardar este trunfo, para quando o campo estivesse em piores condições e o adversário mais desgastado.....
E é verdade que 30 minutos da 1 parte foram complicados para o nosso SCP, sem nunca serem aflitivos....
Mas mais uma vez repito....dadas as circunstancias, na minha opinião o LJ fez bem por em campo a equipa tipo, para ver o que dava o jogo e o campo.
Depois emendou bem e demos a volta......
No final, eu e o Sr é que estávamos redondamente enganados e ele(mais uma vez) completamente certo!!
Que este treinador fique muito tempo no nosso SCP....pois há gentes do norte bastante arrependidas de o não ter contratado :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 18:00

Gosto muito de Leonardo Jardim e já mesmo antes de ele vir para o Sporting e sempre o considerei um bom treinador. Dito isto, não significa que tenha sempre razão nas suas decisões, mesmo quando ganha.
Sem imagem de perfil

De Margil a 19.01.2014 às 18:29

O Sporting é eterno. Por isso hão-de continuar a ser discutidas eternamente as decisões dos treinadores ... por nossa parte (treinadores de bancada) .... Também me pareceu que naquele relvado - (ou batatal ?) - o Capel e o A.Martins dificilmente se adaptariam. Mas quem lá está dentro vê concerteza melhor do que quem está de fora. Por isso é de dar o benefício da dívida ao treinador, pois já tinha havido a expulsão do Rojo e ao que me pareceu o Maurício estava magoado. L.J. arriscou e petiscou.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.01.2014 às 19:01

O futebol é para ser discutido pelos adeptos e as decisões são tomadas por quem de direito. Sempre assim foi e sempre assim será.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo