Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leonel Pontes

Leão Zargo, em 29.08.19

Leonel Pontes.jpg

A equipa do Sporting sub 23 teve uma entrada de leão na Liga Revelação. Lidera isolada a tabela classificativa com quatro vitórias em quatro jogos, catorze golos marcados e apenas um sofrido (de grande penalidade). Da equipa faremos uma análise do desempenho lá mais para a frente na competição, ficamos agora por uma observação de carácter genérico sobre o treinador sportinguista.

O treinador Leonel Pontes é um “velho” conhecido da formação leonina, ainda anterior à construção da Academia de Alcochete, pois começou com os sub 15 em 1999-2000. Depois treinou outros escalões da formação, foi adjunto de Luís Alegria e de Jean Paul na equipa B (2002-03) e adjunto de Paulo Bento nos juniores e na equipa principal (2004 a 2010). Participou no crescimento desportivo de jogadores como Cristiano Ronaldo, Nani, Miguel Veloso, Quaresma, João Moutinho, Rui Patrício e Daniel Carriço, entre outros.

A seguir acompanhou Paulo Bento na selecção nacional (2010 a 2013) e foi o treinador principal no Marítimo, Panetolikos (Grécia), Al-Ittihad (Egito), Debreceni (Hungria) e Jumilla (Espanha). Em Junho de 2019 substituiu Alexandre Santos na orientação dos sub 23.

Leonel Pontes jogou futebol em clubes chamados pequenos, tem formação académica em Ciências do Desporto (Faculdade de Motricidade Humana) e o curso de treinadores UEFA Pro-Nível 4 (17,5 valores). O facto de ter alcançado até esta data pouco ou nenhum êxito no futebol profissional levou a que seja considerado por muitos como um técnico mais vocacionado para o futebol de formação, onde existe uma outra lógica de liderança e de tratamento dos jogadores, outra exigência e imediatismo nos resultados.

A especificidade da Liga Revelação sub 23 permitirá avaliar com mais rigor as suas capacidades como treinador e conhecer melhor os seus processos de treino e de modelo de jogo. Também saberemos se teve sucesso naquilo que se propôs: “criar uma equipa competitiva para ir ganhando as provas em que estamos inseridos ao mesmo tempo que promovemos jogadores desta equipa de forma a providenciarmos ferramentas mais exigentes para a alta competição”.

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De João a 29.08.2019 às 15:00

Até agora todas as indicações são muito positivas. Vê-se bom futebol dos sub-23.

Algo me diz que mais cedo ou mais tarde Leonel Pontes ainda vai parar à primeira equipa do Sporting.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.08.2019 às 15:45

O lugar de treinador dos sub 23 tem algum destaque na estrutura do futebol do Sporting. Mas ainda falta o resto do caminho...
Imagem de perfil

De Esfinge a 30.08.2019 às 10:39

Cada função específica exige de cada profissional características pessoais que se adaptarão melhor ou pior a essa mesma função. Parece claro que o Leonel Pontes tem as características necessárias para ser um treinador de sub-23 de elite, mas não de um plantel sénior.
Não acho que seja desprimor nenhum ser treinador de formação. Da mesma forma que não é ser adjunto. Nem tudo é para todos, nem todos são para tudo.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.08.2019 às 17:02

È ainda muito prematuro para analises mais detalhadas , temos que esperar mais umas quantas jornadas e aí sim podemos tentar algumas conclusões.

Uma equipa de sub 23 inserida num programa de competições como assim está definido tem muitos nuances durante a época , muitos jogadores ambulantes , que ora são chamados á equipa principal e depois não se sabe quando voltam aos sub 23 .

Não se pode construir uma equipa nestas circunstancias mas sim uma exigência de modelo de jogo em que os jogadores quando reentrem na equipa nao importa quando ja sabem o que têm que fazer , se o modelo for bom e bem compreendido por todos haverá sucesso no final da época tanto no coletivo como no pessoal para alguns desses jovens.

Mas para sacarmos melhores conclusões é de facto necessário mais algum tempo e ....." a ver que pasa" .

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo