Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




img_1280x720$2020_04_14_02_35_31_936750.jpg

A questão dos adeptos nos campos é polémica e complexa. O comportamento dos adeptos, pelo menos, de parte, é incontrolável dentro do campo. Teria de haver um controlo muito apertado, que exige bastantes meios. Mas a melhor prova é fazer a experiência.

Quando não se está no centro do furação é muito fácil acusar quem tem de lidar com ele. Não houve nenhum milagre português, e nem me parece que essa ideia fosse propalada, sendo elogiados muitas vezes, como fundamentais, o comportamento dos portugueses. O que realmente houve, foi um vasto leque de medidas que permitiram que a situação não se descontrolasse, contrariamente ao que aconteceu, em muitos outros países.

Os "parlapatões" nas suas palavras, estão em todo o mundo. Veja-se o que se passa, neste momento - só para falar da Europa - em Espanha, na França, na Alemanha e até na impoluta Inglaterra, que nos marginalizou, mas que está numa situação muito pior, à beira de grande descontrole. Tudo "incompetentes".

Lidar com um surto pandémico desta dimensão e imprevisibilidade é muito complicado, como se vê a nível global. Ser treinador de bancada, no futebol, ainda se admite. Num caso sério com este, enfim... Criticar a autorização ou não de adeptos nos estádios é aceitável. Fazer apreciações políticas, na minha perspectiva. sem fundamento e conhecimento de causa, chama-se oportunismo. Nem vem a propósito neste espaço.

Texto da autoria de Nação Valente

ADENDA

Parece-me pertinente fazer um esclarecimento a este comentário, contextualizando-o. Este texto resultou de uma resposta ao leitor Greenlight a propósito da questão de não serem autorizados adeptos nos estádios de futebol, com base numa transcrição de declarações do presidente Varandas.

O referido leitor criticou, com todo o direito, essa postura da DGS. Mas para além disso aproveitou, na minha opinião, fora do contexto, para atacar o Governo português, como responsável pela evolução da epidemia, numa perspectiva de posicionamento político, que não me pareceu adequado ao que estava em debate.Reafirmo que o debate de adeptos nos estádios faz parte da manifestação livre de opinião, no âmbito em que se insere.

Espero ter esclarecido eventuais leitores sobre o que escrevi.

Nação Valente

publicado às 04:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De De Vigia a 26.09.2020 às 12:09

Tem toda a razão o caro NV. Qualquer decisão tem de ser deixada ás Autoridades Sanitárias suportada em pareceres da Ciência. A economia seja familiar, seja da empresa ou do país é importantíssima, mas sem o indispensável contributo activo das pessoas não vale nada!
Infelizmente em Portugal existe uma quantidade de "cromos" que por terem um microfone e camara na frente são logo especialistas "do tudo e do nada".
Só quem nunca foi ao teatro e ao cinema pode comparar os com comportamentos de quem vai assistir a um jogo de futebol do seu clube do coração, onde na maior parte do tempo o racional está dominado pelo emocional.
Vamos ter calma e proteger-nos porque ao fazê-lo estamos a proteger os outros.
Saúde!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds