Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

maxresdefault.jpg

 

Foi anunciado esta segunda-feira que Luís Boa Morte vai assumir o comando técnico dos juniores, em substituição de José Lima. Também de saída está Bento Valente, que era o coordenador desta equipa.

 

Boa Morte estava até ao momento como adjunto de João de Deus, na equipa B, depois das passagens de Abel Ferreira e Francisco Barão.

 

Na 1.ª fase do Campeonato Nacional, o Sporting situa-se em segundo lugar, 9 pontos atrás do líder Benfica, com 8 vitórias, 1 empate e 3 derrotas, a última das quais, no domingo, frente ao Torreense.

 

Já na UEFA Youth Legue o cenário não é muito agradável: terceiro lugar no Grupo G, atrás do líder Chelsea e do Schalke 04, com apenas uma vitória em três jogos. Inaugurou a competição com uma vitória sobre o Maribor, na Eslovénia, por 3-1, seguiu-se a derrota em casa, por 5-0, diante o Chelsea, e mais recente, nova derrota na Alemanha por 3-0. 3 golos marcados e 9 sofridos.

 

Não conheço esta equipa de juniores o suficiente para adiantar uma análise com profundidade, mas a exemplo do que já tive ocasião de comentar em relação à equipa B, não creio que o problema passe apenas pela liderança técnica, mas tanto ou mais pela estrutura da SAD, nomeadamente pela superintendência da formação.

 

P.S. Acrescento ao texto o que já escrevi em comentário: é lamentável que Bruno de Carvalho insista em apoiar os amigos, em detrimento do Clube, neste contexto. O que penso de Virgílio, no desempenho do cargo que ocupa, já referi inúmeras vezes, praticamente desde o primeiro dia.

 

ng6CBA5F57-6636-4A54-BB40-B3A08E80B678.jpg

 

Adenda: Dando seguimento ao debate em curso, vem-se agora a saber, pelas notícias desta terça-feira, que José Lima foi convidado para assumir o cargo de coordenador técnico da Academia, ou seja, da formação, mas que este ainda não deu resposta formal ao convite. Interinamente, a posição vai ser preenchida por Virgílio Lopes que, a bem dizer, é um caso da "cura ser igual à doença", ou mesmo a própria "doença".

 

O cargo era desempenhado por Bento Valente que, como já mencionámos, apresentou a sua demissão. Desconhecem-se as razões que o levaram a esta decisão.

 

Bento Valente regressou ao Sporting após a eleição de Bruno de Carvalho, para reorganizar todo o edifício da formação, mas é por de mais óbvio que o trabalho desenvolvido não correspondeu às expectativas. Aliás, até leva a questionar o porquê da dita reorganização. Será que a formação não tinha vindo a dar frutos até esse ponto ? Quer-me parecer que diversos dos melhores talentos que se encontram tanto na equipa B, como até na principal, a exemplo de Ricardo Esgaio, Carlos Mané, João Mário, Iuri Medeiros, Chaby, Podence, os já saídos Bruma, Eric Dier e Tiago Ilori, só para nomear alguns, são o resultado da formação que estava em desenvolvimento antes da nova liderança assumir controlo.

 

Esperamos que isto seja resolvido, e bem, quanto antes, para o bem do Sporting.

 

publicado às 11:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


32 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 27.10.2014 às 22:08

Boa noite,

Resumo a situação atual, na formação do Sporting ao seguinte:

A dura realidade é que Virgílio não sabe da matéria da qual ele está incumbido. Bruno de Carvalho é culpado de manter o status quo de Virgílio devido ao apoio do mesmo.

José Lima não é o problema, tal com Boa Morte não será a solução. Bento Valente é dos melhores senão o melhor na sua área. Virgílio é o denominador comum da falta de visão e estratégia no que se passa atualmente no sector que mais reconhecimento internacional, nos trouxe.

Insisto que o facto de sermos muito competentes em várias matérias, não impede de sermos incompetentes em outras, e no sector de formação do futebol de 11 e no atletismo, estão para mim os sinais, que nos lugares certos, não estão as pessoas certas.

A formação do Sporting não pode estar refém das amizades, ela deve estar refém do profissionalismo e merece ter à frente dos seus destinos os melhores profissionais e não os melhores amigos.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2014 às 22:22

Não posso estar mais de acordo Pedro Miguel. Sou crítico da nomeação de Virgílio, desde o primeiro dia, por motivos óbvios, e ainda não vi coisa alguma que me faça mudar de ideias.

É de lamentar que Bruno de Carvalho opte por apoiar os amigos em detrimento do clube, neste contexto.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 27.10.2014 às 22:48

Eu só não estou de acordo totalmente com o que diz o Pedro Miguel porque o Bento Valente não é "dos melhores senão o melhor na sua área" coisa nenhuma.

Aliás, o Bento Valente não descansou enquanto não regressou, mas a coisa também não correu bem...

O problema não era o Lima ou o Abel, nem se irá resolver com o Boa Morte ou o João de Deus. O problema é a falta de visão e de uma política estratégica para a formação do Sporting que está a definhar.

Esta equipa de juniores é do piorzinho que eu já vi.

E já vi muitas...
Sem imagem de perfil

De RRAleixo a 27.10.2014 às 22:51

Concordo também com o Pedro e só queria acrescentar que estes dois estão há muitos anos na formação com bons resultados estes despedimentos sumários sempre pelo alvo mais facil (fiquei extremamente desapontado com a saida JLima e BValente) são ridiculos.

Abel era mau, Barão igual, mas tenho a certeza das competências de JLima e BValente, só pelo trabalho feito ao longo dos anos na nossa casa a decisão é errada (ninguém deixa de saber não me lixem).

SL
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 28.10.2014 às 00:27

nao concordo, as equipas fazem-se com treinadores com visão e capacidade á uns que a têm á outros que nem por isso e ficam aquém , nao se pode ter sempre treinadores consagrados porque antes de chegarem a consagrados alguem teve que apostar neles e arriscar, arricou-se em Lima e nao deu ponto final, arrisca-se em Boa Morte que até tem dado indícios de poder a ter essa capacidade e o futuro o dirá, se nã der á que procurar outro é assim a vida do futebol.
Virgílio tenta concerteza fazer o melhor que pode e nao adivinha como vão sair-se os treinadores em que aposta.
Barão é outro exemplo , vemos , analisamos e concluimos para uma base crítica ou de elogio, será sempre muito mais criticável é se as coisas estão mal e nada fazem para as mudar o que nao tem sido o caso , têm dado bastantes chances até ser esgotado o limite e imediatamente partem para a mudança, nada á a criticar dessa forma. Até se acertar numa equipa de treinadores ganhadores leva o seu tempo e alguma paciencia e o caminho tem sido correcto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.10.2014 às 01:11

Não questionamos a sinceridade do desempenho de Virgílio, mas sim a sua capacidade, dado que nada - mas mesmo nada - no seu perfil, indica que é a pessoa certa para uma posição de tão enorme influência na vida do Sporting.

Decerto que o Julius reconhecerá que a formação não consta apenas de treinadores.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 28.10.2014 às 01:54

Rui cheguei tarde e vou voltar a sair daqui a pouco ás 5 da manha para Marrakech , irei responder com mais calma e tempo amanha ou quarta feira ok?
Abraço
Sem imagem de perfil

De L a 27.10.2014 às 22:59

Estratégia claríssima, navegar à vista naquilo em que já fomos os melhores. E como isto está que falta vai fazer.
Sem imagem de perfil

De Fernandes a 27.10.2014 às 23:14

Quais são as qualificações do Boa Morte para lhe ser entregue a equipa de júniores? Refiro-me a experiência prévia e qualificações técnicas.

Afinal que garantias oferece que o José Lima não oferece? Não faço ideia, daí a questão.

Cumprimentos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.10.2014 às 23:52

Muito pelo que diz, questionamos a liderança da formação a partir da estrutura da SAD.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 28.10.2014 às 00:13

Curioso que sem ter qualquer conhecimento e informações do que se passa lá por "dentro" quase sempre acerto nas críticas que tenho feito, á 2 dias foi o que fiz em relação á nossa equipa de juniores pelo paupérrimo futebol apresentado sendo já o bombo da festa na competiçao europeia e critiquei a evidente incapacidade de liderança de Lima á frente da equipa e aí está a sua saída.
Conheço pouco de Luís Boa Morte mas já tenho uma ideia positiva de quem parece ter capacidade para uma boa liderança na equipa dos juniores, incansável nos detalhes e bom discurso para quem procura o sucesso.
Desejo-lhe toda a sorte e que logre pôr aquela equipa a jogar um futebol mais competitivo e que saiba detectar quem tem realmente capacidade de envergar a camisila do clube. À ali miudos que que não se entende o que estão ali a fazer, Lima mostrou-se muito fraquinho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.10.2014 às 00:29

Caro Julius,

O José Lima já regista muitos anos na formação do Sporting, e não só, e na generalidade com uma contribuição muito positiva.

Só agora é que é "muito fraquinho" ?

Muitos de nós até chegámos a argumentar que em vez de Abel Ferreira, devia ter sido ele a comandar a equipa B.

Acho que o problema é muito mais profundo.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 28.10.2014 às 00:56

Acho que Bruno de Carvalho tem feito na globalidade um trabalho excelente no Sporting. Continuo a acreditar que é o homem certo para liderar o Sporting. Tenho-o defendido aqui no blog de acordo com aquelas que são as minhas convicções.

Mas Bruno de Carvalho não é o Todo Poderoso. Já errou e vai errar mais. Já fez comentários na minha opinião infelizes, ou pelo menos evitáveis, e vai voltar a fazê-los. Como já acertou em muitas coisas e fez muitos comentários certeiros. A área da formação é aquela onde acho que o desempenho recente tem sido pior. Espero que a direcção esteja atenta e saiba como resolver estes problemas, porque até agora não tem sido capaz.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 28.10.2014 às 08:53

Porque será que Bento Valente se demitiu ? Ele, que tem provas dadas, é que apresentou a demissão. Há concerteza um motivo forte.
Sem imagem de perfil

De sloct a 28.10.2014 às 09:09

É óbvio que o problema não está nem nunca esteve no Lima, porque nem o Lima nem nenhum treinador no mundo faz omoletes sem ovos. A equipa de júniores não é fraca, é má, é francamente má, não tem talento.

Quanto ao Bento Valente, já vai tarde, aliás nunca deviam ter deixado regressar o principal responsável pelo desmantelamento da rede de observadores composta maioritariamente por antigos jogadores do clube.

Na mente genial deste cavalheiro, e também de quem lhe deu cobertura, a observação de jogadores é feita por "licenciados em gestão desportiva e / ou licenciados em psicologia".

Infelizmente sei do que falo.

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.10.2014 às 18:57

Gostei.... e acrescento

Se a equipa de juniores é fraca, pergunta-se: quem sao ou foram os treinadores nos juvenis, iniciados??
E como o Sloct diz, os observadores: quem sao??
Com essas duas respostas, compõe-se muita coisa ou quase tudo...

....."licenciados em gestão desportiva e / ou licenciados em psicologia". LOOOLL !!!
Eu acho, assim de longe.....esse aí é mais um Bento.
Os melhores(há exceções, claro) para este tipo de trabalho (observação, scouting) são e serão sempre ex-jogadores (esta experiencia é impagável)

P.S... Sloct, eu também sei do que falo :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.10.2014 às 20:32

Carlos, creio que o Sloct quis referir que tem conhecimento pessoal de determinadas circunstâncias dos trabalhos da Academia.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.10.2014 às 20:51

Sim, sim..entendi claramente.. No meu caso pessoal, é a bola mesmo. Talvez um dia diga, o que faço no dia a dia. Quando escrevo uma brincadeirinha, aviso para nao haver falsas interpretações.
Sem imagem de perfil

De L a 28.10.2014 às 20:52

A maior parte dos jogadores de que estamos a falar aqui já foram contratados por esta direcção.
Sem imagem de perfil

De Filipe a 28.10.2014 às 11:10

Para mim o grande problema da estratégia desta direção é esse mesmo.... As pessoas não estão no lugar certo e é esse o motivo pelo qual sempre tive em pânico com a tríade carvalho-inacio-vergilio..... A verdade é que, não obstante um trabalho global positivo, nenhum deles tem competências para estar no lugar que está. Não têm nem a experiência necessária nem os conhecimentos.... e tenho medo que a estratégia agora definida, possa ter consequências graves no futuro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.10.2014 às 20:34

Creio que essas consequências, pelo andar das coisas, são inevitáveis, salvo surgir uma nova estratégia e visão. E, claro, com as pessoas certas nos lugares certos.
Sem imagem de perfil

De L a 28.10.2014 às 11:13

O mais incrível é isto estar a acontecer precisamente com uma direcção que se gaba e bem de ter 7 jogadores formados em Alcochete na equipa principal, sem nunca se ter ouvido uma palavra no bom sentido em relação ao passado. São egos que só conseguem começar qualquer coisa em cima de ruínas, algo que os clubes depois pagam muito caro. E sejamos claros, mais uma vez não há dinheiro.

O Lima é um bom profissional, 3 vezes campeão com os juniores que agora deixa outra vez. Já saiu, muita gente reclamou e entrou outra vez. Parece que a ideia desta vez é ele assumir o lugar de Bento Valente, mais uma vez de saída! Da última vez apanhou boleia do Zahavi para o City, envolvido no negócio do direito de opção do Tobias Figueiredo no empréstimo do Caicedo - uma pontualidade que depois de deixar de colaborar com o City só hipotecava o futuro do Sporting, na famosa entrevista contra Aurélio Pereira. Desta vez também devemos ter que aguardar mais algum tempo.

A formação de excelência, sendo sem dúvida o melhor investimento ao longo dos anos, não é barata e basta esta ordem de grandeza para a formação leonina como a conhecíamos ter estado sempre em causa com esta direcção. Passou-se a privilegiar outros caminhos. Não querendo de maneira nenhuma estar a levantar fantasmas do passado, até porque cada direcção deve sempre cumprir o seu mandato, também ninguém tem que se coibir de falar do que pensa que é preciso. A equipa B foi um passo muito importante porque é algo fundamental para a formação. Da mesma forma que também é sempre muito importante alguém na estrutura da equipa principal que domine a formação, de modo a retirar sempre o maior rendimento.
Imagem de perfil

De sportingsempre a 28.10.2014 às 12:29

Estou por fora do que se passa na Academia, se o Virgilio percebe do assunto ou não, os maus resultados dos juniores são evidentes, e há que fazer alguma coisa.

Do que leio retiro as seguintes conclusões:

1. O Sporting tinha uma academia cuja principal mais valia era o Aurelio Pereira e a sua rede de observadores entusiastas. Basta ver o que dizem e como chegaram ao Sporting os actuais e passados jogadores oriundos da formação.

2. Nos últimos anos, esses amadores e homens da casa foram sendo substituídos por "profissionais" e "gestores", tentando-se industrializar e exportar um negócio que era baseado em olho clínico, amor e carinho (Vide Ronaldo) e permitindo ingerências dos paizinhos, padrinhos e empresários na escolha dos putos...

3. Esta equipa de juniores é o resultado dessa fase, produto de vários anos de degradação da academia, e para além dos maus resultados parece que não se aproveita ninguém... O Lima que já deu provas que com bons jogadores produz resultados, deve ser o menos culpado. Mas não foi despedido, apenas se deu a oportunidade ao Boa Morte mostrar se é capaz (o Paulo Bento tinha mais habilitações do que ele quando pegou nos juniores ? tinha era o Nani, Moutinho, Veloso, Patricio, etc). Há lá disso nos Juniores ???

4. Até ver e salvo demonstração em contrário estou com o Virgilio. Ontem já vi a B jogar futebol, a mudança está a resultar. Mas precisamos urgentemente de um novo
Aurelio Pereira...
Sem imagem de perfil

De L a 28.10.2014 às 20:48

Eu também era capaz de confiar no Virgílio, não tenho é nada para decorar. O olho clínico hoje ainda deve ser familiar das contratações cirúrgicas de ontem e o novo Aurélio Pereira era suposto ser o Bento Valente, segundo o próprio.

A prospecção e a captação de novos talentos não tem nada a ver com o que já foi, os putos hoje já “nascem” agenciados. As redes do negócio chegam a todo o lado e ainda e no mesmo instante em tempo real aos clubes. E não é preciso ser um grande liberal para aceitar bem a regularização de um mercado que ainda há pouco tempo nem existia, sinergias, economias de escala, etc. De que é que adiantava hoje tantos olhos clínicos? Para ver os jogadores ingressarem noutros emblemas? Aliás, de que é que interessa nesta fase a captação de talentos se depois os oferecemos todos ainda antes de chegarem a profissionais?

A 1ª regra em qualquer actividade, ainda à frente da disponibilidade financeira, é não passar a vida a hostilizar toda a gente. A 2ª regra da formação são os planos de carreira, de que ainda se falava há pouco tempo e que não tem nada ver com contratos de longa duração, ainda por cima à sombra de tanto entulho.

Finalmente mesmo com menos dinheiro mas com um Know how reconhecidissimo e sobretudo com mais futuro ainda ganhávamos muitas batalhas – foi sempre assim - hoje nem isso. Passamos a vida a contratar fora e sem o tal olho clínico e ainda vemos sair os melhores. Quer-me parecer que há aqui comentários que nem a noção têm que esta equipa de juniores que “… é o resultado dessa fase, produto de vários anos de degradação da academia, e para além dos maus resultados parece que não se aproveita ninguém...” já foi quase toda contratada pela actual direcção. O mesmo problema aliás da equipa B, muito entulho.

Se houvesse alguma coisa que se aproveitasse no caminho que a formação está a levar o Bento Valente nunca tinha renunciado! Uma vergonha, devia pedir desculpa a todos os sportinguistas! Pelo que andou a dizer no passado e pelo que nunca conseguiu fazer quando era suposto ser ele o responsável!

P.S. Também só agora é que vi que afinal está por fora do que se passa na Academia.
Imagem de perfil

De sportingsempre a 29.10.2014 às 12:23

Caro L,

Comecei logo por dizer que estou por fora, não sei quem é esse sr. Bento Valente, sei que o Venâncio e o Boa Morte são frutos da formação do Sporting, o que me parece bem.
Concordando com muita coisa que diz, parece-me que na sua análise faltam elementos importantes:
1. O Sporting é o único dos 3 grandes que fornece planos de carreira aos jovens, pois leva continuada e consistentemente jogadores da formação à 1ª equipa, titulares na 1ª liga e competições europeias. Esta direcção tem procurado mante-los o mais possível, sendo as clausulas de rescisão importantes para proteger a negociação. Neste momento 1/3 da formação principal são jogadores da formação. E na B temos na calha 3 ou 4.
2. O Benfica e o Porto tem ganho campeonatos de juniores, mas quantos ex-campeões desse escalão estão na 1ª equipa ? São para vender e/ou emprestar sem retorno.
3. Os jovens que forçaram a saída ultimamente, exceção feita ao Dier que é inglês e concretizou o sonho de jogar na 1ª liga a titular, não tem tido sucesso, mais parece que deram um passo atrás na carreira (Bruma, Ilori).
4. O factor distintivo da academia do Sporting sempre foi o olho clínico para detectar e acolher talentos (Figo, Futre, Ronaldo, Nani, William), convencendo a família na base da confiança, e o acolhimento humano a jovens de longe. Ao Ronaldo arranjaram um tutor, o actual treinador do Maritimo.
4. Outro factor era a liberdade táctica, valorizava-se a iniciativa e individualismo, sem espartilhos tácticos que seriam aprendidos mais tarde. Por isso, a melhor escola de extremos do mundo. Ronaldo , Quaresma, Nani, Figo, etc...
5. Assim, e sem menosprezo pela organização e gestão profissionalizada da academia (mas isso também os outros tem, e se calhar mais avançada), há que potenciar esse capital de conhecimento e dar-lhe uma nova dinâmica ajustada à situação actual. Obviamente, isso inclui ter relações civilizadas com empresários e outros "stake-holders" como agora se diz..
6. Não sei (e não sei mesmo) se é isso que tem sido feito nos últimos anos ...
Sem imagem de perfil

De L a 29.10.2014 às 16:08

O Bento Valente é um supra-sumo da formação. Parece que desta vez vai para o Chelsea apanhar Taliscas.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo