Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Luiz Phellype e Luciano Vietto

Esfinge, em 10.05.19

 

Estas duas contratações demonstram duas lógicas diferentes no reforço do plantel.

 

21448348_V1tQi.jpeg

Luiz Phellype tem 25 anos, está desde 2012 no futebol europeu, tendo começado no Standard de Liége, e perfeitamente adaptado ao futebol Português (136 jogos, 47 golos, além de 32 jogos e ainda 13 golos no campeonato angolano). Com experiência, com boa ética de trabalho, mas ainda jovem o suficiente para poder evoluir e ser rentabilizado tanto ao nível desportivo e financeiro. Algum risco desportivo, mas ainda assim com um baixo risco financeiro: custou cerca de 500 mil euros, e presumo que o salário deva estar abaixo da média. Faz-me lembrar em algumas coisas o Slimani – se corresse bem, era um grande negócio e se corresse mal, não seria por aí que o Sporting teria um problema – seria fácil emprestá-lo ou vendê-lo sem grandes perdas (antes pelo contrário, passar pelo Sporting ainda é algo que valoriza o curriculum de um jogador). Está a correr muito bem: tem evoluído, ganho confiança, jogos e golos. Foi considerado o melhor avançado do mês de Abril. Do que se diz, o seu valor de mercado é, neste momento, 7 milhões de euros. É aqui que o Sporting deve apostar.

 

21448347_ZwqB3.jpeg

E agora Vietto. As semelhanças são muitas: 25 anos, 136 jogos em Espanha e 22 em Inglaterra, 39 golos). Mas ficam-se por aqui. Metade dos golos marcados por Vietto foram-no em 2014/2015, pelo Villareal, o que lhe valeu dar o salto para o Atlético, a partir de então, e estamos a falar de 4 épocas, o que parecia vir a ser uma carreira interessante transformou-se numa série de empréstimos. Na última época esteve no Fulham, tendo feito 1165 minutos em 22 jogos (cerca de meia partida por jogo) e marcou 1 golo.

 

Desportivamente aparenta ser um jogador em clara perda, que há quatro épocas que não impressiona o suficiente para se afirmar nas várias equipas por onde passou. Quanto ao que diz respeito à personalidade, há relatos de não ser um profissional sério. Em termos financeiros, parece que Vietto vem embrulhado num negócio cozinhado por Mendes para resolver a venda de Gélson do Atlético para o Mónaco. E, como tal, implicará uma avaliação de cerca de 6 milhões de euros, para além de um salário a rondar os dois milhões de euros líquidos por ano – durante cinco anos.

 

O retorno financeiro de um jogador destes é mais complicado por estes dois factores – ou seja, por cada ano desportivo, ao valor do passe, é preciso acrescentar 4 milhões – o que significa que, em condições ideais, Luciano Vietto, com 30 anos, deverá valer, pelo menos, 26 milhões de euros. O que, atendendo ao momento da carreira do jogador, parece muito improvável. Portanto, a única possibilidade deste negócio correr bem, é Vietto fazer uma grande época o mais depressa possível e ser vendido o mais depressa possível.

 

É provável? Pelo que já se disse atrás, a carreira tem sido de claríssima perda. Portanto, este é um negócio de elevadíssimo risco, com pouco para correr bem e muito para correr mal – e é sempre nesta perspectiva que temos de ver os negócios – e se correr mal, quanto se perde? O Sporting arrisca-se a empatar 26 milhões num jogador em perda. E o Sporting pode perder 26 milhões? Não. Destes negócios o Sporting deve fugir.

 

Até porque, em termos de balneário, não deve gerar bom ambiente, e sendo o futebol um desporto de equipa, tem efeitos. Vietto vale 6 milhões de euros e ganha 2 milhões de euros. Então quanto deveria ganhar Luiz Phellype a valer 7 milhões? E Bas Dost a valer perto de 30? E Raphinha a 6,5 milhões?

 

Gostava muito que se tivesse aprendido com o que aconteceu num passado assim não tão distante quanto isso. Os investimentos feitos em Pongolle, Bojinov, Elias, Bouhlarouz, das consequências a longo prazo desses negócios, vendas abaixo do preço de custo, os elevados salários assumidos apesar de não contarem nem para o totobola - e, muito provavelmente, o desconforto que é para trabalhadores verem outros colegas de profissão a ganharem muito mais sem correspondente retorno desportivo.

 

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


25 comentários

Sem imagem de perfil

De LG a 10.05.2019 às 14:21

mais ilógico ainda: deixamos sair jogadores de graça para poupar nos faustosos ordenados que recebiam, para contratarmos jogadores de igual custo. E, como muito bem diz, embrulhado no negócio Gelson, sob os auspícios do Sr. Comendador Mendes.

Tem tudo para correr bem. A não ser que Vietto nos recuse uma terceira vez..
Imagem de perfil

De Esfinge a 10.05.2019 às 19:44

Espero que não aceite.
Acho indecoroso que venham jogadores de fora, sem qualquer cartel, a ganhar fortunas, muito mais do que os da casa. É imperioso inverter este hábito - os da casa, aqueles que vivem o Sporting, não podem continuar a sentir que são enteados.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 10.05.2019 às 15:31

Tal como Allan Ruiz, Vietto é uma incógnita que virá para cá de forma a dar alguma projeção à sua carreira. E também em comum entre eles, os seus ordenado serão altos, logo a pressão para render será maior. Veremos se a sua atitude em campo também será igual à de Allan Ruiz. Se assim for, será dinheiro atirado fora. Se vier com vontade de trabalhar, será uma mais valia.
Imagem de perfil

De Esfinge a 10.05.2019 às 19:42

O Vietto não é uma incógnita - está na Europa desde 2014, e já jogou no campeonato espanhol e inglês. E fez duas boas épocas, 2014/2015 e 2016/2017 (Sevilha). As restantes, foram fracas. E quanto à capacidade de trabalhar, aprendi com o Shikaballa e com o Gutierrez-vou-ficar-de-férias-mais-uns-dias, se não deram até agora com as oportunidades que tiveram, também não vai ser no Sporting que vão dar
Sem imagem de perfil

De jcp a 10.05.2019 às 17:24

A contratação de Vietto não faz qualquer sentido. Sabemos que não é barato e face o percurso dele nos últimos anos não tem tido qualquer progressão. Pagar um salário tão elevado para suplente? Francamente, há coisas que não dá para perceber. Preferível receber o valor net do Gelson e não inventar cenários que só serve para o Atlético descartar. Eu não queria o Vietto nem dado.

Imagem de perfil

De Esfinge a 10.05.2019 às 19:38

Neste negócio ganha o Atlético - abate o valor de uma dívida ao Sporting E ainda se livra de um jogador com salário elevado. O Sporting perde - não só deixa de receber a quantia como ainda tem de ficar com o Vietto e pagar-lhe o salário (elevado).
Sem imagem de perfil

De Carlos Santos a 10.05.2019 às 18:43

Muito bom post e, desde que não fosse levado à letra e para todos os casos, parece-me uma excelente análise.

No entanto, apesar disso, acho que o Vietto, se vier, é uma excelente contratação. É um muito, mas mesmo muito, acima da média para o corrupstão português.

Das últimas experiências que ele teve, existem motivos para as performances fracas que têm tido, Atlético e Fulham, nomeadamente. Em Valência e em Sevilha fez boas temporadas, apesar de não ter números extraordinários.

É claramente jogador a mais para esta liga corrupta e péssima em qualidade. Temos múltiplos exemplos de jogadores banais em Espanha (que nem é o caso do Vietto) que são ou eram craques cá, por exemplo Rochemback, Piscineiro jonas ou Mathieu (apesar deste não ser banal e sim velho).

Quanto ao resto... há muita coisa a questionar. Desde o possível baixar as calças ao mendes, ao Atlético de Madrid e ao Cu Bo Ti que fugiu assustado até à vergonha de mandar embora o Nani (que merecia uma estátua) por causa do salário e agora ir buscar quem ganhe o mesmo ou mais. Mas nem me apetece ir por aí.
Imagem de perfil

De Esfinge a 10.05.2019 às 19:35

Onde quero pôr a tónica é no risco da opção. Gerir é fazer escolhas. O Sporting não é um clube rico, por isso tem de saber bem onde vai gastar o dinheiro. Slimani e Phellype são a prova que há por aí bons jogadores, a preços muito em conta, com salários mais baixos. E isso significa um risco de investimento menor e um retorno financeiro maior.
O Sporting vai arriscar pagar 20 milhões em salários por um jogador cuja carreira tem vindo a afundar-se ano após ano? Como lhe disse, lembro-me sempre das asneiras que foram sendo cometidas em anos anteriores, contratando "jovens promessas" já passadas do prazo.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 10.05.2019 às 18:43

Esfinge-------Lendo o seu post e os comentários fico preocupado com esta contratação. Estamos a falar de uma contratação bastante onerosa e que deveria ter uma contra-partida positiva. Para ser franco nunca tinha ouvido falar deste jogador. Como vejo muito futebol é possível que tenha visto algum jogo onde ele tenha estado presente, mas não retive nada referente ao mesmo. As últimas aquisições têm sido acertáveis, pelo que espero que estas primeiras impressões tão negativas não sejam lidas pelo Vietto e que ele seja uma agradável surpresa. Quando o SCP contratou o Philippe também choveram comentários depreciativos , mas os treinadores da segunda liga, disseram logo que o nosso clube tinha contratado o melhor jogador da mesma. E como verificamos não se enganaram e o referido jogador tem sido uma agradabilíssima surpresa. Vou aguardar pela "encomenda", que o Comendador Mendes nos enviou.
Saudações leoninas Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Esfinge a 10.05.2019 às 19:28

Como escrevi - é tudo uma questão de risco. Se o Luiz Phellype tivesse corrido mal, ninguém se lembraria - 500 mil euros e o salário não deve ser nada de especial.
O Vietto vem a pesar 4 milhões de euros por ano para os cofres do Sporting. Se correr mal, a factura vai ser grande. E o histórico recente dele não é famoso - Atlético, Sevilha e Fulham não ficaram impressionados com ele.
Sem imagem de perfil

De Pelisca a 11.05.2019 às 00:44

Boa noite,

Concordo com a ordem de ideias do post , mas tenho de ressalvar que o jogador ainda não veio temos de ver se vai ser boa aposta ou nao.
Não esquecer que a nossa liga é mais fraca pode beneficiar o jogador, Bas dost marcava 15/20 golos na Alemanha aqui 30 , já para não falar de Jonas foi dispensado do Valencia.

SL
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 11.05.2019 às 09:32

Pelisca------------Completamente de acordo consigo. Os Portugueses foram grandes navegadores, agora temos uma nova classe de iluminados, que é a futurologia negativa, que me parece não deveria existir. Quantos jogadores vieram para o SCP, porque dos outros clubes não me interessam para nada, foram arrasados e depois tivemos uma agradável surpresa ? A lista é enorme. Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 13:16

O que raio é que tem com termos sido navegadores com gerir negócio? Fomos uns grandes navegadores, mas andamos sempre à rasca de dinheiro, essa é que é essa.
Mas voltando ao assunto - a minha previsão de que tem muito para correr bem é baseada em factos da carreira do jogador. E a sua? É baseada em quê? Apresente-me dados de jogadores que tenham tido 3 anos de carreira aos trambolhões que tenham vindo para o Sporting fazer grandes temporadas. É que eu consigo fazer a lista inversa muito facilmente: Elias, Carlos Bueno, Rochemback (na segunda passagem), Koke, Bojinov, Shikabala, Boularhouz, Pongolle, Campbell, Markovic e, só para ver de há quanto tempo vêm estas anedotas, lembro-me bem do Skuhravy (lembra-se desse barrete?).
E sabe o que aconteceu em todas elas? O Sporting teve de pagar a conta.
E mais - aposto consigo que por cada jogador com carreira em queda que tenha sido uma surpresa (e a palavra usada é sua - uma supresa, já ninguém contava nada deles) eu arranjo 3 nomes deles que não deram em nada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2019 às 14:53

Caro Esfinge,

Reconhece-se perfeitamente que a eventual contratação de Vietto não é sem risco para o Sporting.

Também acho, no entanto, que dramatiza excessivamente o caso, até porque ainda não somos conhecedores de dados concretos relativamente ao negócio.

Há um ou outro caso do passado que pode ser explicado/justificado, a exemplo de Pongolle. Na altura, e tendo em conta o seu currículo na Espanha, achei que era uma boa aposta. Teve a infelicidade de se lesionar logo no primeiro jogo, lesão essa que o afastou dos relvados durante algum tempo e entretanto surgiu o grave problema de saúde da filha, que residia em Londres. A partir deste ponto, nunca mais foi possível contar com ele a cem por cento.

Não estou a desculpar certas tomadas de decisão, apenas a referir que há casos que estão entre o preto e o branco. Não há contratação sem risco, a ideia é de esse risco ser o mais calculado possível.

No inverso da moeda, alguém previa o que ocorreu com Slimani, um completo desconhecido adquirido por 300 mil euros ?

E, ainda, em abono da verdade, quem realmente esperava o sucesso de Bruno Fernandes, um jogador que custou cerca de 10 milhões e que o Novaro, Udinese e Sampdoria subestimaram ?
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 15:20

Mais uma vez volto ao que é o ponto essencial do meu texto: uma análise fria e racional que deve proceder antes de se assumir qualquer contratação que contém em si mesma um risco - e qual o preço.

Particularizando - o Vietto tem vindo a ter uma carreira que é má. Sem paninhos quentes. Tem 25 anos e desde os 21 que anda por clubes sem fazer nada de jeito. A perspectiva é que a coisa não mude muito por cá. De forma objectiva é isto.
Se fosse barato, até poderia olhar para o lado, seria mais um Gérson Magrão.
Mas vem a custar 4 milhões de euros por ano! Repito - apenas em salário, o Vietto vai custar ao Sporting o suficiente para contratar 10 Slimanis! E ainda sobra! E apenas num ano de salários! Ou seja, se for um barrete, como é provável que seja como demonstra a carreira recente dele, em dois anos poderíamos comprar 20 Slimanis, e ainda dava troco.

E falando no Slimani - se tivesse corrido mal o Slimani, tínhamos perdido quanto? E qual era o salário do Slimani? Não estamos a falar da mesma dimensão de valores. Se o Slimani tivesse corrido mal, era rapidamente despachado para qualquer clube da segunda liga, que ficava com ele, ou era emprestado. Sem problemas.

O Bruno Fernandes foi caro. Mas não estamos a falar da mesma curva de carreira. O Bruno Fernandes quando veio para o Sporting, com 22 anos tinha 159 jogos em Itália! 159! O ano que jogou menos foi quando tinha 18 anos, e fez 23 jogos. 1520 minutos. Mais do que o Vietto o ano passado aos 25. Mais uma vez, não estamos a falar da mesma coisa.

Por outro lado, imaginemos que corre bem. O Vietto já anda há 4 épocas em campeonatos exigentes sem ter demonstrado nada de especial. Porque é que um clube espanhol ou inglês haveria de achar que depois lá ele não vai voltar ao mesmo? E se for, o valor não será nada de especial - sendo que temos de incluir nos 6 milhões, 4 milhões por cada ano que cá esteja para não termos prejuízo.

Estamos a falar de um investimento muito elevado num negócio que tem muito mais para correr mal do que para correr bem. E estas coisas têm de ser ponderadas com cabeça antes e não depois. Neste momento a minha apreciação do negócio do Vietto é muito simples - prefiro que não venha. Mesmo que não nos paguem os 6 milhões de euros, o risco é menor. Objectiva e racionalmente.

Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 11.05.2019 às 16:27

Esfinge---------Peço-lhe que leia outra vez os meus comentários sobre o jogador Luciano Vietto. A palavra navegadores foi apenas para poder falar nos novos iluminados que fazem previsões a médio e longo prazo. Sabe que nem as bruxas advinham o futuro, embora eu acredite que elas existem.
Os seus comentários em relação aquilo que eu disse nada adiantam da minha posição em relação ao caso Vietto, pois não conheço o jogador e ainda não o vi jogar. Poderei dar a minha opinião depois de estar integrado no nosso clube.
Quanto à vasta lista de "barretes" que enfiámos com contratações desastrosas , que menciona, veja o que eu sofri, pois sou associado do SCP quase com 70 anos de filiação , com quotas sempre em dia, pelo que merecia se calhar um louvor, pois segundo lemos, tanto temos 70.000 associados pagantes como de repente passamos para 170.000 e de repente voltamos para o inverso. Mas isto nada tem com a contratação do tal Vietto, que segundo nos diz é o maior barrete do sec. XXI que o SCP vai contratar ou aperfilhar sendo jogador do Comendador Mendes, de que não tenho conhecimento. Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 19:34

Antes de mais, uma palavra de apreço pela sua dedicação a um clube do qual nem sempre é fácil ser sócio.

Onde quero pôr a tónica é que eu não "sei" se o Vietto vai ser um barrete ou não. Ninguém sabe.
O que tento fazer é pegar nos números e tentar prever o que pode acontecer com maior ou menor probabilidade. E depois conjugar isso com os valores envolvidos.
Se correr mal, quais os custos? Posso suportar os custos?

E depois penso se vale a pena correr o risco.

Cada um forma a sua opinião.
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 13:07

Vai ter de desculpar, mas essa ordem de ideias é completamente errada. Não é depois de nos comprometermos a pagar 20 milhões em salários que vamos avaliar o risco. O risco tem de ser avaliado antes. E perante o risco podemos ter 3 atitudes: medrosos, cautelosos ou temerários. Eu considero-me cauteloso, pondero os elementos que existem. E neste caso são simples: o Sporting é um clube em dificuldades financeiras e vai comprometer-se a gastar 20 milhões em salários por um jogador cuja carreira tem vindo ano após ano em perda. Este negócio tem muito para correr mal e pouco para correr bem. O dinheiro do Sporting é para ser gerido com critério, e não como noutros mandatos. Pensei que iríamos aprender com os erros.
Prefiro gastar os 20 milhões no Bruno Fernandes, no Mathieu, no Coates, num guarda-redes com nome, num médio centro com futuro.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.05.2019 às 13:49

Por exemplo o Coates veio para cá relançar a carreira, depois de ter tido uns anos em que parecia que não conseguia mostrar o potencial que tinha mostrado como jovem. Mas é verdade que esses jogadores são mais raros.
Sem imagem de perfil

De Pelisca a 11.05.2019 às 14:02

Boa tarde,


Quer nomes do plantel do SCP ??

Coates esteve num grande de Inglaterra( Liverpool) foi para o Sunderland, estava
Sempre lesionado veja agora.

Mathieu veio do Barcelona já em fim de carreira depois de muitas lesões é na minha opinião o melhor DC do SCP

Mais recentes

Fabio coentrao depois de épocas falhadas em madrid monaco etc grande época no SCP

Piccini depois de épocas sem interesse nenhum em Itália foi parar ao Betis nem era sempre titular.

Análises todos podemos fazer. E ter opiniões também.

SL
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 14:56

3 nomes por cada 1 que deu
I) Coates: 1) Campbell 2) Markovic 3) Castaignos (felizmente os dois primeiros foram só emprestados);

Mathieu não conta - longe de estar com uma carreira em queda,veio do Barcelona onde tinha feito 90 jogos em 3 épocas.

II) Coentrão: 1) Aquilani 2) Rosell 3) Shikaballa;

III) Piccini nunca me pareceu um "jovem promessa", tinha uma carreira banal, mas até dou como barato: 1) Boulahrouz, 2) Panjic 3) Jéffren

E só para o caso de achar que foram poucos, aqui vão mais uns quantos que vieram dessa lógica de jovens-promessas-em-queda-e-que-sem-supresa-foram-barretes: Bojinov, Pongolle, Angulo.

Podemos ter opiniões e análises, mas passam a ser meros "eu acho" quando não são objectivas. E objectivamente é que, por cada surpresa (e é a definição, não tinha nada para correr bem e correu) há mais que correram mal. Perde-se muito dinheiro com estas "fézadas" que não são forma de gerir nem negócios nem dinheiro dos outros.
Sem imagem de perfil

De Pelisca a 11.05.2019 às 18:52

Boa tarde,

Está a confundir contratações em que fica com o passe e outros que foram empréstimos.

Mathieu não conta ? Pelo seu raciocínio um jogador com o salário dele vir a custo zero do Barcelona o que vem fazer para o SCP?? Deve ser barrete!!!

Gostava de ver João Mario no SCP outra vez?? Bom por essa bitola é melhor não , visto que o mesmo anda a tentar fazer algo que se veja para quem custou 45M !!!!

Também lhe dou mais um nome para a sua lista Barcos!!!

Na minha opinião o jogador tem um pouco de melão só depois de aberto se me faço entender!!! Lingua país sistema de jogo ,dificuldade do campeonato lesões personalidade do jogador , reduzir tudo a números é redutor.

SL
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 19:28

Vamos a ver se nos entendemos de uma vez.

Vou a um stand comprar um carro usado. O dono do stand diz que tem um ali que há 5 anos era muito bom, mas que nos últimos 3 tem andado aos soluções e aos engasganços, e que ninguém quer ficar com ele. É o Vietto. Há a possibilidade de ele depois ser bom? Há. É provável? Não. E o que acontece se correr mal? Ficamos com uma conta de 4 milhões ao ano para pagar.

Mathieu e Schmeichel - antes de virem para o Sporting eram titulares de dois dos maiores clubes do mundo. Vietto é suplente do Fulham. É quase a mesma coisa.

João Mário por 4 milhões por ano não o queria.

Vietto - 5 anos na Europa. Não se adaptou? Esteve em Espanha. Foi a língua? Sistema de jogo - 6 clubes e 2 países. Vai adaptar-se agora por milagre? Personalidade? Há relatos de ser pouco amigo de trabalhar (basta fazer uma busca e encontra alguns).

Reduzir a números é redutor. Ignorá-los, é andar a brincar com dinheiro dos outros.
Sem imagem de perfil

De Pelisca a 11.05.2019 às 20:25

Boa tarde,

Boatos sobre se trabalha pouco é isso mesmo informações pouco objetivas para usar as suas palavras.
gpo
Jonas foi dispensado do" grande" Valencia veja o que rendeu no clube da luz.

Comparar um jogador a um carro até teve a sua piada e ao menos concorda que pode haver a possibeuilidade mesmo que dificil deste " carro" não precisar de oficina. Até pode depender do nr de kms que fizer.

Há um noção na meteorologia mais de 4 dias é futurologia penso que está a fazer esse exercício mas como é lógico respeito o seu ponto de vista , espero que se vietto vier eu esteja certo

SL q
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 22:53

Falamos línguas diferentes. Eu falo de probabilidades baseadas em factos. Não tomo, nem acho que se devam tomar, decisões baseadas em "fézadas", nem transformo excepções em regras.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo