Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Luiz Phellype e Luciano Vietto

Esfinge, em 10.05.19

 

Estas duas contratações demonstram duas lógicas diferentes no reforço do plantel.

 

21448348_V1tQi.jpeg

Luiz Phellype tem 25 anos, está desde 2012 no futebol europeu, tendo começado no Standard de Liége, e perfeitamente adaptado ao futebol Português (136 jogos, 47 golos, além de 32 jogos e ainda 13 golos no campeonato angolano). Com experiência, com boa ética de trabalho, mas ainda jovem o suficiente para poder evoluir e ser rentabilizado tanto ao nível desportivo e financeiro. Algum risco desportivo, mas ainda assim com um baixo risco financeiro: custou cerca de 500 mil euros, e presumo que o salário deva estar abaixo da média. Faz-me lembrar em algumas coisas o Slimani – se corresse bem, era um grande negócio e se corresse mal, não seria por aí que o Sporting teria um problema – seria fácil emprestá-lo ou vendê-lo sem grandes perdas (antes pelo contrário, passar pelo Sporting ainda é algo que valoriza o curriculum de um jogador). Está a correr muito bem: tem evoluído, ganho confiança, jogos e golos. Foi considerado o melhor avançado do mês de Abril. Do que se diz, o seu valor de mercado é, neste momento, 7 milhões de euros. É aqui que o Sporting deve apostar.

 

21448347_ZwqB3.jpeg

E agora Vietto. As semelhanças são muitas: 25 anos, 136 jogos em Espanha e 22 em Inglaterra, 39 golos). Mas ficam-se por aqui. Metade dos golos marcados por Vietto foram-no em 2014/2015, pelo Villareal, o que lhe valeu dar o salto para o Atlético, a partir de então, e estamos a falar de 4 épocas, o que parecia vir a ser uma carreira interessante transformou-se numa série de empréstimos. Na última época esteve no Fulham, tendo feito 1165 minutos em 22 jogos (cerca de meia partida por jogo) e marcou 1 golo.

 

Desportivamente aparenta ser um jogador em clara perda, que há quatro épocas que não impressiona o suficiente para se afirmar nas várias equipas por onde passou. Quanto ao que diz respeito à personalidade, há relatos de não ser um profissional sério. Em termos financeiros, parece que Vietto vem embrulhado num negócio cozinhado por Mendes para resolver a venda de Gélson do Atlético para o Mónaco. E, como tal, implicará uma avaliação de cerca de 6 milhões de euros, para além de um salário a rondar os dois milhões de euros líquidos por ano – durante cinco anos.

 

O retorno financeiro de um jogador destes é mais complicado por estes dois factores – ou seja, por cada ano desportivo, ao valor do passe, é preciso acrescentar 4 milhões – o que significa que, em condições ideais, Luciano Vietto, com 30 anos, deverá valer, pelo menos, 26 milhões de euros. O que, atendendo ao momento da carreira do jogador, parece muito improvável. Portanto, a única possibilidade deste negócio correr bem, é Vietto fazer uma grande época o mais depressa possível e ser vendido o mais depressa possível.

 

É provável? Pelo que já se disse atrás, a carreira tem sido de claríssima perda. Portanto, este é um negócio de elevadíssimo risco, com pouco para correr bem e muito para correr mal – e é sempre nesta perspectiva que temos de ver os negócios – e se correr mal, quanto se perde? O Sporting arrisca-se a empatar 26 milhões num jogador em perda. E o Sporting pode perder 26 milhões? Não. Destes negócios o Sporting deve fugir.

 

Até porque, em termos de balneário, não deve gerar bom ambiente, e sendo o futebol um desporto de equipa, tem efeitos. Vietto vale 6 milhões de euros e ganha 2 milhões de euros. Então quanto deveria ganhar Luiz Phellype a valer 7 milhões? E Bas Dost a valer perto de 30? E Raphinha a 6,5 milhões?

 

Gostava muito que se tivesse aprendido com o que aconteceu num passado assim não tão distante quanto isso. Os investimentos feitos em Pongolle, Bojinov, Elias, Bouhlarouz, das consequências a longo prazo desses negócios, vendas abaixo do preço de custo, os elevados salários assumidos apesar de não contarem nem para o totobola - e, muito provavelmente, o desconforto que é para trabalhadores verem outros colegas de profissão a ganharem muito mais sem correspondente retorno desportivo.

 

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


25 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2019 às 14:53

Caro Esfinge,

Reconhece-se perfeitamente que a eventual contratação de Vietto não é sem risco para o Sporting.

Também acho, no entanto, que dramatiza excessivamente o caso, até porque ainda não somos conhecedores de dados concretos relativamente ao negócio.

Há um ou outro caso do passado que pode ser explicado/justificado, a exemplo de Pongolle. Na altura, e tendo em conta o seu currículo na Espanha, achei que era uma boa aposta. Teve a infelicidade de se lesionar logo no primeiro jogo, lesão essa que o afastou dos relvados durante algum tempo e entretanto surgiu o grave problema de saúde da filha, que residia em Londres. A partir deste ponto, nunca mais foi possível contar com ele a cem por cento.

Não estou a desculpar certas tomadas de decisão, apenas a referir que há casos que estão entre o preto e o branco. Não há contratação sem risco, a ideia é de esse risco ser o mais calculado possível.

No inverso da moeda, alguém previa o que ocorreu com Slimani, um completo desconhecido adquirido por 300 mil euros ?

E, ainda, em abono da verdade, quem realmente esperava o sucesso de Bruno Fernandes, um jogador que custou cerca de 10 milhões e que o Novaro, Udinese e Sampdoria subestimaram ?
Imagem de perfil

De Esfinge a 11.05.2019 às 15:20

Mais uma vez volto ao que é o ponto essencial do meu texto: uma análise fria e racional que deve proceder antes de se assumir qualquer contratação que contém em si mesma um risco - e qual o preço.

Particularizando - o Vietto tem vindo a ter uma carreira que é má. Sem paninhos quentes. Tem 25 anos e desde os 21 que anda por clubes sem fazer nada de jeito. A perspectiva é que a coisa não mude muito por cá. De forma objectiva é isto.
Se fosse barato, até poderia olhar para o lado, seria mais um Gérson Magrão.
Mas vem a custar 4 milhões de euros por ano! Repito - apenas em salário, o Vietto vai custar ao Sporting o suficiente para contratar 10 Slimanis! E ainda sobra! E apenas num ano de salários! Ou seja, se for um barrete, como é provável que seja como demonstra a carreira recente dele, em dois anos poderíamos comprar 20 Slimanis, e ainda dava troco.

E falando no Slimani - se tivesse corrido mal o Slimani, tínhamos perdido quanto? E qual era o salário do Slimani? Não estamos a falar da mesma dimensão de valores. Se o Slimani tivesse corrido mal, era rapidamente despachado para qualquer clube da segunda liga, que ficava com ele, ou era emprestado. Sem problemas.

O Bruno Fernandes foi caro. Mas não estamos a falar da mesma curva de carreira. O Bruno Fernandes quando veio para o Sporting, com 22 anos tinha 159 jogos em Itália! 159! O ano que jogou menos foi quando tinha 18 anos, e fez 23 jogos. 1520 minutos. Mais do que o Vietto o ano passado aos 25. Mais uma vez, não estamos a falar da mesma coisa.

Por outro lado, imaginemos que corre bem. O Vietto já anda há 4 épocas em campeonatos exigentes sem ter demonstrado nada de especial. Porque é que um clube espanhol ou inglês haveria de achar que depois lá ele não vai voltar ao mesmo? E se for, o valor não será nada de especial - sendo que temos de incluir nos 6 milhões, 4 milhões por cada ano que cá esteja para não termos prejuízo.

Estamos a falar de um investimento muito elevado num negócio que tem muito mais para correr mal do que para correr bem. E estas coisas têm de ser ponderadas com cabeça antes e não depois. Neste momento a minha apreciação do negócio do Vietto é muito simples - prefiro que não venha. Mesmo que não nos paguem os 6 milhões de euros, o risco é menor. Objectiva e racionalmente.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo