Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jfif

 

Pedro Madeira Rodrigues apresentou os nomes que vão integrar os órgãos sociais, em caso de vitória, com Pedro Feist a liderar a Mesa da Assembleia Geral, e que terá ao seu lado, como vice, António Pedro Carmona Rodrigues, antigo presidente da Câmara de Lisboa, e a liderar o Conselho Fiscal e Disciplinar, António Tânger Correia, que terá como vice Jorge Gaspar.

 

No que ao Conselho Directivo diz respeito, Imran Mohamed será o vice-presidente para as Finanças e Relações Internacionais, faltando apresentar, nos próximos dias, o nome que ocupará o cargo de vice-presidente para as modalidades. Soraia Quarenta, Miguel Oom Torres, Luís Figueiredo e Carla Brito e Costa serão vogais.

 

Eis um breve resumo do seu discurso:

 

"O critério para definir os escolhidos foi os dos valores, visão e vitórias. São pessoas competentes e íntegras. Uma lista completamente independente. É fundamental que órgãos sociais alertem e não sejam "Yes men". Estamos a negociar parcerias porque Sporting precisa de 100 milhões de euros para resolver empréstimos passados e para ter folga na tesouraria e para recomprar as Vmocs. A SAD será 90% nossa. A maioria está sempre connosco.

 

Há um ano estive muito sozinho contra Bruno de Carvalho. Fui o único com coragem para aparecer naquela altura e os sportinguistas não vão esquecer. Fui o único que até agora apresentou uma solução financeira. Fui mais longe porque seria irresponsável avançar sem essa solução encaminhada. O Sporting precisa de um presidente com a maturidade certa e eu tenho essa maturidade certa. Falta de experiência em gestão não pode ser. Não sou demasiado velho ou demasiado jovem. Estou na idade ideal. É preciso ter capacidade para tomar decisões e e eu tomei muitas.

 

Sousa Cintra está a fazer um bom trabalho. Trouxe, acima de tudo, ambição, valores do Sporting, optimismo e aquela maneira de ser. Estamos muito contentes com Bas Dost e Bruno Fernandes e está a fazer muito bem a transição e vamos receber um clube melhor do que aquele que ele encontrou."

 

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.07.2018 às 09:49

Comentário apagado.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 25.07.2018 às 09:50

Pelo menos que seja como tradutor do ....Ranieri.!!
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 25.07.2018 às 10:03

Não é preciso que o Ranieri fala fluentemente o Português.
Calado eras um poeta!!!!
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 25.07.2018 às 10:00

Excelentes nomes na minha opinião.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 25.07.2018 às 10:38

Para quem quer formar um partido político, sim, são. lol
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 25.07.2018 às 11:04

Seja como são nomes com influência e é sempre positivo.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 25.07.2018 às 10:24

PMR não chega sequer a percentagem que obteve nas últimas eleições.
PMR parece ser uma pessoa séria, mas não consegue conquistar o coração dos sportinguistas.
Na altura quem não queria BdC votou em PMR porque não havia mais alternativas e como forma de protesto.
Nestas eleições existem mais candidatos, pelo que se não conseguimos chegar ao poder sozinhos para colocarmos em prática o nosso projecto, temos que fazer alianças e logicamente fazer cedências estratégicas (vide exemplo de António Costa).
PMR pense bem nisto homem...
Imagem de perfil

De Greenlight a 25.07.2018 às 10:44

Incluo-me naqueles que votaram em PMR nas últimas eleições e foi, de facto, um voto contra Bruno. Estou de acordo com tudo o que escreveu.
Sem imagem de perfil

De Jorge Pereira a 25.07.2018 às 11:27

Bom dia a todos!
Depois de ter cumprido o meu dever, como sócio do SCP, ao votar na Assembleia que destituiu o Sr. Azevedo de Carvalho, reservei-me o tempo que entendi como necessário para gozar o resultado da referida AG.
Regressado ao trabalho observo com interesse as movimentações, os jogos, os interesses, as lutas, etc. que têm conduzido à apresentação das candidaturas á Direcção do nosso grande Clube! E chegado aqui não posso deixar de me referir a Pedro Madeira Rodrigues. Como muitos de vós que aqui comentam também eu não conheço PMR. Mas há coisas perante as quais não consigo ficar indiferente. Numa altura em que as trevas se adensavam no nosso SCP, e onde muitos dos que hoje vituperam Azevedo de Carvalho lhe louvavam loas à toa, Pedro Madeira Rodrigues teve a coragem necessária para se levantar e lhe apontar o dedo! Com exceção de PMR e daqueles aquem BdC apodou de sportingados e outras coisas que tal, nenhum dos que hoje se apresentam como defensores do SCP teve a coragem que Madeira Rodrigues demonstrou! Só por isso PMR é credor do meu respeito. Mas há mais, e aqui tenho que remeter para o célebre debate a dois, emitido na Sporting TV, aquando das eleições de 2017. PMR, sendo um outsider e partindo do principio que não tinha acesso a informação previligiada, denotou, no meu entendimento obviamente, um conhecimento dos dossiers, do Clube e uma preparação para o cargo que Azevedo de Carvalho, que estava no cargo há já 4 anos nem de longe nem de perto tinha mas que sabia "mascarar" muito bem! Ficou-me na retina o momento final do debate ao ver o destituído presidente a brincar com os aparelhos do estúdio numa clara tentativa de desanuviar o ambiente pois sabia que, aos olhos de muita gente, o debate não lhe tinha sido favorável.
Para terminar gostaria apenas de referir que faço esta referência a Pedro Madeira Rodrigues por um dever de consciência. Nada mais!
Quanto ao restante desenrolar do processo eleitoral espero ansiosamente que as candidaturas se concretizem, que os respectivos programas eleitorais sejam submetidos à apreciação do universo sportinguista e que seja promovido um debate, elevado e esclarecedor, entre todos pois só assim o Sporting sairá vencedor.
Saudações Sportinguistas
Jorge M. Pereira
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 25.07.2018 às 13:07

Existe uma constante tentativa de se colar o mérito de PMR por oposição a BC.
O presidente destituído é história no clube e vale a pena escrutinar o mérito dos actuais candidatos por aquilo que estes apresentem.
PMR fez ontem uma nova apresentação onde realçou um habitual narcisismo em redor da sua figura. Uma necessidade recorrente de querer provar aos outros que ele é a personalidade ideal coloca-o sistematicamente numa predisposição algo insegura e pouco convicta.
O carisma não se vende, demonstra-se. E PMR não tem um pingo de carisma: se antes era difícil bater-se contra um candidato único é bem visto por uma larga maioria, agora teria que demonstrar valor contratos demais e não apenas se querer valer da sua "suposta" coragem contra o presidente que já não conta.
Depois aquela conversa "financeira"...
Nossa senhora! Foram "apanhados em conversas com alguns sheiks árabes" e com 100 milhões de empréstimo, então resolvemos as dependências financeiras e accionistas....?!
Bruno de Carvalho não mentiria melhor...!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.07.2018 às 13:25

Meu caro Pepeu,

Não sou apoiante de Pedro Madeira Rorigues - nem de nenhum outro candidato neste momomento - mas não deixa de ferir as minhas sensibilidades quando vejo adeptos a serem disparatadamente presunçosos e injustos.

Primeiro e sobretudo, que o lunático ex-presidente sirva de comparação para alguma coisa, é gravemente injusto para os candidatos, que tenham ou não condições para liderar o Sporting, são pessoas sérias.

Pior ainda, quando há quem se sinta no direito de dar estas bocas gratuitas, sem o mínimo de conhecimento de causa.

Em conclusão, o caro Pepeu perdeu uma boa oportunidade para ficar calado!!!
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 25.07.2018 às 13:51

Eu compreendo e respeito a sua opinião.
Entendo que me critique por parecer um bocado duro e injusto para como candidato.
Sucede que me encontro, tal como o Rui, na mesma situação.
Tenho 10 votos para entregar e não consigo perceber a quem o fazer.
É o meu drama transformado em dilema deve-se ao facto de ter agonizado com o Sporting de um passado recente que se transformou numa amostra daquilo que eu vivenciei nos meus primeiros tempos de sócio em que era um orgulho para qualquer um ser-se Sporting.
Se tivemos que nos livrar de uma dinastia decrépita que arrastou o Sporting para a banalidade, de seguida fomos iludidamente levados a acreditar que haveria um admirável mundo novo a ressurgir que apenas nos arrastou novamente, desta vez para a lama.
Desse admirável mundo novo mantive sempre uma desconfiança natural em relação à figura que o encabeçava, pela sua postura e falta de credibilidade que veio a destroná-lo, por culpa própria.
Quando agora se pretende fazer um roll-over disso tudo, a desconfiança e critérios de escolha aumentam e não me basta alguém que se auto-elogia como ninguém e que apresenta soluções coladas com cuspo e sem um pingo de coerencia.
Tal como disse, não tenho candidato mas cada vez sei mais quem não quero à frente do clube que é também meu.
Livrei-me de um incompetente e....!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.07.2018 às 15:03

Bem... nem todos nós fomos levados a acreditar nesse novo "admirável mundo"!

A ingrata realidade de momento é que mesmo admitindo que deste lote de candidatos poderá eventualmente sair um líder "floroscente", neste momento não temos um candidato de "peso", do tipo que reuniria apoio consensual.

No caso concreto de Pedro Madeira Rodrigues, considero-o um bom homem, que tem algumas dificuldades em actuar em público e fazer passar a sua mensagem de forma convicta. Mas, quase o mesmo pode ser dito de todos os outros.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 25.07.2018 às 14:06

Queria ainda fazer uma adenda ao que disse, talvez mais revelante para assunto.
Sobre o carácter da pessoa em si não me alongo. Não existe nada a apontar-lhe é quando lhe faço um reparo à sua personalidade assento a minha opinião apenas naquilo que ele transmite. Mas tal não é assim tão importante desde que provido de substância e conteúdo essencial para os desígnios do clube.

Sucede que aí é que eu não consigo ficar convencido de todo.
Falou que eu falava sem conhecimento de causa.
Bom! Talvez... Na verdade, quando determinados assuntos não são, de todo revelados ou explicados, sobra a dúvida é a especulação sobre os mesmos e, nesse aspecto, quem perdeu uma enorme oportunidade para ficar calado foi o próprio PMR.
Ninguém vem, sobre assunto tão importante e fundamental, referir-se ao seu projecto financeiro através de deixas e escapadinhas linguísticas sem concretizar aquilo ao que se vai. De outro modo cheira a demagogia e conversa para enganar tolos.
Mas porque vivo num país há muitos anos que se aldraba a si mesmo através da retórica que todo e qualquer problema se resolve atirando-se dinheiro para cima dos problemas, nunca se preocupando um pingo com as consequências nefastas de tal política de funcionamento mas apenas aplaudindo de forma bacoca todo o Salvador que promete sem se questionar, então permita-me a minha reserva de consciência para todo aquele que ainda acha que mantendo este tipo de prosa oratória chega a algum lado.
Estou farto de falsos profetas, apenas isso...
Gente decente explica-se de forma aberta e com soluções viáveis e pragmáticas.
Se têm truques de manga então não os escondam: demonstram-nos!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.07.2018 às 16:15

Ainda não consegui definir um apoio claro a nenhum dos candidatos existentes. Continuo a observar ,de fora, actos, atitudes, propostas. Em todos há virtudes e defeitos, como é natural. Uns estarão mais à frente, outros menos, mas de facto nenhum deslumbra.
Em relação a PMR, que é o candidato referido neste post, não ponho em causa que seja uma boa pessoa, honesta, correcta, respeitadora, como não posso garantir, taxativamente, que não dê um bom presidente. O que vejo, entre positivo e negativo, na sua campanha, é algum défice de afirmação. Na minha perspectiva tem ido pelo que julga o caminho mais fácil, com propostas populares, como a apresentação de treinador, ou acenando com milhões das arábias.
Sinceramente acho que este caminho, parecendo susceptível, de trazer apoios os afasta. Penso que não será por aí que irá ganhar votos, antes pelo contrário. Mera análise que admito ser discutível.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo