Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jpg

 

Depois de uma primeira parte para esquecer, em que cometeu erros defensivos pouco característicos da equipa e apenas com um remate à baliza adversária, o Sporting entrou em campo no segundo período com uma postura significativamente diferente, marcando dois golos em três minutos - Sebastián Coates (62') e Bruno Fernandes (65') -, que deixaram então a ideia que o caminho para a vitória estava bem traçado. No entanto, o Feirense tinha outras ideias e conseguiu chegar ao empate, muito pela mesma defesa errante que se manifestou nos primeiros 45 minutos.

 

O Sporting alinhou de início com o seguinte onze: Rui Patrício; Cristiano Piccini, Sebastián Coates, Jérémy Mathieu e Jonathan Silva; William Carvalho, Rodrigo Battaglia, Gelson Martins e Marcus Acuña; Bruno Fernandes e Bas Dost.

 

Suplentes: Romain Salin, André Pinto, Bruno César, Mattheus Oliveira, Iuri Medeiros, Alan Ruiz e  Seydou Doumbia.

 

Talvez que a paragem para os jogos de selecção tenham feito mal à equipa, dado que se assistiu a uma exibição em que vários jogadores estiveram alguns furos abaixo do seu normal. Jorge Jesus mexeu muito tardio na equipa, fazendo entrar Iuri Medeiros e Doumbia apenas aos 84 minutos. Acuña, que alinhou pela Argentina, há muito que estava a "pedir" para ser substituído. Alan Ruiz, que "saltou" do banco ainda na primeira parte, foi o outro alvo de Jesus.

 

Perdeu-se uma boa oportunidade para ver Stefan Ristovski em acção, pela lesão de Piccini. Infelizmente, não estava entre os 18 escolhidos do treinador e acabou por ser Rodrigo Battaglia que ocupou o lugar e, em abono da verdade, até esteve muito bem.

 

Destaque para a bela assistência de Gelson no golo de Bruno Fernandes e excelente pormenor técnico deste, para passar a bola por cima do guarda-redes. Mérito também para Bas Dost, que deliberadamente deixou a bola passar para o seu colega de equipa.

 

mw-860.jpg

 

A grande penalidade, ao cair do pano, decerto que será foco de discussão. Pareceu-me um pouco forçada porque tenho dúvidas se a bola ficou ao alcance de Coates. Contudo, se os operadores do vídeo-árbitro aprovaram a decisão, é porque verificaram a falta.

 

O Sporting não vai poder dar-se ao luxo de jogar apenas 45 minutos, porque mais cedo ou mais tarde irá pagar a factura.

 

Temos agora o embate diante do Olympiacos a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões. O jogo está agendado para terça-feira, às 19h45.

 

P.S.: Não me agrada ver Rui Patrício novamente com a braçadeira de «capitão», por ser guarda-redes. Tinha a ideia que o escolhido seria William Carvalho, embora seja discutível se tem personalidade e temperamento para o efeito.

 

publicado às 03:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Sem imagem de perfil

De HY a 08.09.2017 às 21:39

Rui, não compreendo a sua avaliação do lance do penalti. Até acredito quero Coates tenha facilitado a queda, mas derrubar um adversário é falta apenas se a bola estiver ao seu alcance?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.09.2017 às 21:43

Como bem sabe, são decisões ao critério do árbitro. A bola não estar ao alcance do jogador pode pesar em algumas determinações. Não lhe digo nada de novo nisto.
Sem imagem de perfil

De HY a 08.09.2017 às 21:54

Rui, o critério do árbitro é uma coisa, a regra, que ele interpreta, é outra. Um penalti (ou qualquer livre directo) não é forçado por não ser seguro que a bola iria ficar ao alcance do jogador que sofre a intervenção faltosa. Pode o árbitro seguir esse critério para o ajudar a decidir, mas esse critério não está contemplado na regra...se o seguir, faz mal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.09.2017 às 22:02

Bem... é uma questão discutível. Além das Leis do Jogo, deve ler algumas das determinações do International Board que complementam essas Leis, ou o guia de arbitragem.

Contudo, não estou a ser inflexível, apenas fiquei com a dúvida.
Sem imagem de perfil

De Angelo a 09.09.2017 às 09:52

Caro Rui veja a 2ª repetição que dá de frente e a cacetada que o jogador do Feirense dá na perna do Coates.

http://www.record.pt/multimedia/videos/detalhe/coates-caiu-na-area-e-arbitro-marcou-penalti.html
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.09.2017 às 10:21

Meu caro,

Não reparou que o link para o vídeo do lance está no post ?
Imagem de perfil

De PSousa a 08.09.2017 às 21:43

Que bela equipa a do Feirense! Jogou muito bem e tem alguns jogadores bons de bola! Isso não invalida um menos bom jogo do SCP que deveria ter aproveitado mais do que o fez! Zero, repito ZERO remates na primeira parte é algo que não pode acontecer numa equipa que quer chegar ao titulo!

Alain Ruiz, porquê Alain Ruiz? O que é que este jogador tem trazido ao SCP para além da sua lentidão? Porque não um Iuri? Ou um Doumbia? Haja paciência para a casmurrice do JJ!

Valeram os três pontos com um penalty que à primeira vista me pareceu menos do que na repetição, há efectivamente um toque no joelho do Coates, se ele chega ou não primeiro que o GR à bola, isso não consigo apurar!

Valeram os três pontos, mas não sei se o meu coração verde aguenta este tipo do jogos... (Estoril e Feirense).
Imagem de perfil

De Greenlight a 08.09.2017 às 21:46

Com Alan Ruiz o Sporting joga apenas com 10. O ano passado era o outro Ruiz a arrastar-se em campo. Não há pachorra para estas teimosias do JJ.
Jonathan com mais um jogo negativo devido à sua imaturidade e precipitação. O segundo golo do Feirense começa num passe que ele incrivelmente falhou. Já o Mathieu foi mais feliz pois o avançado do Feirense não aproveitou a sua distracção quase fatal. O Piccini não é bom mas fez falta. O Riztovski nãao estava no banco porquê? Talvez para estarem o incontornável Bruno César e o filho do Bebeto. Tivemos, infelizmente, o Gelson da Selecção, ou seja muito pouco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.09.2017 às 21:56

No falhanço de Mathieu, mérito também para Rui Patrício que saiu muito bem da baliza e fez pressão no avançado.
Sem imagem de perfil

De Luis a 08.09.2017 às 22:10

Não concordo com o autor do post relativamente ao Battaglia. Acho que é um jogador com muitas deficiências ao nível do passe.

Quanto ao resto, estamos a ter a sorte que ajuda os campeões. Oxalá continue.




Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.09.2017 às 22:19

Deficiência de passe ou não, hoje esteve bem numa posição que normalmente não é a sua.

Nota: Agradeço que tenha cuidado ao deixar espaços em branco na caixa de comentários. Preenche a página mais rapidamente.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 08.09.2017 às 22:30

DEFICE DE MENTALIDADE

Primeira parte fraca da equipa com a maioria dos jogadores a esconderem-se do jogo.
Sem ideias deixaram o adversario adaptar-se e a sua melhor organizaçao acabou por cima do jogo.
O que a equipa jogou nesta primeira parte jamais será campeâ.

Acredito que as orelhas ficaram a arder no balneario durante o intervalo porque vieram mais decididos com mais atitude na segunda parte .O Feirense começou a ceder com mais dificuldade nas recuperaçoes , os nossos homens do meio campo tomaram essa zona do campo e os 2 golos chegaram com naturalidade e depois. .....acabou!!
Baixaram a intensidade repentinamente a níveis que nao se compreende o que ja tinha acontecido o mesmo no jogo com o Estoril apos o 2-0.
O adversario estava morto e deixaram-no ressuscitar ,convidaram-no a acreditar.
É uma questao de mentalidade , aceita-se que a intensidade baixe mas nao daquela forma porque os niveis de concentraçao tambem baixam por arrastro e assim dessa forma o Feirense chegou ao empate.

Fomos salvos no ultimo minuto curiosamente no seguimento de um contra ataque perigoso do Feirense que lhes podia ter dado a votoria.
Espero que de uma vez tenham aprendido a liçao e que mesmo com 2 golos de vantagem o jogo está longe de ser ganho.
Os centrais hoje oscilaram mas devemos a vitoria a Coates.
Jonathan tem que ganhar mais maturidade o 2 golo adversario saiu de uma tabelinha para o avançado do Feirense.

Acuna podia ter matado o jogo e fazer 3-1 mas calculou mal o remate quando muito bem posicionado.
No geral nao gostei e nao vamos ter sempre esta sorte como descreve o titulo do Post.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.09.2017 às 23:33

Jorge Jesus explicou que Mathieu esteve doente durante a semana e que Coates não veio bem da selecção por não ter jogado.

Também achei estranho a vulnerabilidade invulgar deles neste jogo.

Jesus também reconheceu que a entrada de Alan Ruiz nada ofereceu, mas teimoso como ele é, não duvido que voltará a fazer o mesmo numa próxima oportunidade.

Tinha o Iuri Medeiros e o Doumbia no banco e só os mete mesmo ao cair do pano.
Sem imagem de perfil

De Angelo a 09.09.2017 às 09:45

Grande vitória num campo muito dificil de passar, ainda o ano passado lá perdemos e os nossos rivais ganharam com muita dificuldade, havendo graves problemas nas bancadas. Veremos quem este ano lá fará melhor. Temos um clube de TOP hoje há mais aventuras no futebol feminino e no futsal, temos muito para nos entretermos. Viva o Desporto. Viva o Sporting . Todos Unidos é o que eu mais desejo.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 09.09.2017 às 13:17

Só tenho para dizer..
Não jogamos nada. Não fosse a qualidade individual dos jogadores e uma ponta de sorte, ai, ai, ai...
O JJ adora complicar!!
Independemente de o Feirense não ser uma equipa tão má.

Ok.. O que conta são os três pontinhos.
Venha o próximo!

P. S. Estou curioso para ver quanto tempo a sorte nos vai sorrir..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.09.2017 às 14:29

Jorge Jesus esteve mal nas substituições, tardias e novamente a insistir em Alan Ruiz.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 09.09.2017 às 17:16

O post é um pouco crítico mas é justo.

Ontem tivemos várias fase mas no essencial temos ganho os jogos naquilo que eu chamo a fase do "rolo compressor". Aconteceu no jogo anterior-nos primeiros 30 min- e neste nos primeiros 15 da 2ª parte.Nessa fase atropelamos o adversário,marcamos golos e deixamos outros por marcar.

No resto do tempo temos muitas vezes um futebol ofensiva pouco intenso,que não cria ocasiões e temos tido dificuldade em gerir os resultados positivos.Ontem por exemplo foi demasiado nítido o abaixamento após o 2º golo.NÃO podemos permitir ao Feirense-com todo o respeito- recuperar de dois golos com esta facilidade e em curto espaço de tempo.

O momento-na semana anterior ,o cansaço,nesta semana as seleções-são um justificação ,mas não podem ser toda a justificação.

A verdade é que esta equipa tem uma maioria de jogadores que nunca jogaram juntos e isso tem o seu custo.
Na irregularidade faz-me lembrar a equipa do 1º ano de Jesus que foi assim em 2/3 do campeonato...e foi um "rolo compressor" no último terço.

Espero que a evolução seja no mesmo sentido ...mas que ocorra mais cedo e acabe melhor.
Também não estamos ter a mesma consistência defensiva.

Mathieu fez o pior jogo oficial.Parece que esteve doente.
É uma justificação.

BF ,outro grande golo... e Gelson ,grande assistência.

BD não está ao nível do ano passado em grande medida porque não está a ser bem assistido.
Grande frieza no penálti.
Mas têm aparecido outros a marcar e isso é que importa.

Penso que esta irregularidade vai-se manter por algum tempo mas espero que melhoremos progressivamente naquilo que está menos bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.09.2017 às 18:14

Boa análise e genericamente certeira. Sinto alguma curiosidade para ver os 90 minutos na terça-feira, pelo menos espero que a equipa esteja preparada para o jogo completo e não apenas para parte do tempo.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo