Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

f_286393.jpg

 

Na "flash interview" de ontem, Marco Silva confirmou de forma subtil e indirecta o meu maior receio quando soube que Ewerton esteve quatro meses afastado dos relvados devido a lesão. Inicialmente, pelo sua escassa utilização esta época no Anzhi, pensei que tivesse sido um mero suplente, mas não parece ser esse o caso.

 

O treinador do Sporting, instado a comentar o novo reforço do Clube, afirmou o seguinte:

 

«O Ewerton está sem ritmo de jogo, vai precisar de tempo e de trabalhar para merecer um lugar no onze. Gostávamos de contratar um determinado tipo de jogadores mas o Sporting não tem capacidade financeira para o fazer.»

 

Bem... é verdade que não se pode ignorar a realidade financeira, mas, por outro lado, também é facto que o jogador chegou a Alvalade por empréstimo e que a decisão sobre exercer ou não a opção de compra terá de ser feita até ao final da época. Veremos se ele vai ter tempo de jogo suficiente para permitir essa decisão.

 

Pela positiva, é uma grande oportunidade para o jovem Tobias Figueiredo, de algum o género de oportunidade que lhe devia ter sido dada quando a opção de risco recaiu sobre Naby Sarr. É natural e porventura inevitável que ele, e a equipa, venham a passar por algum sofrimento inerente à sua fase de crescimento na competição superior, especialmente tendo em conta a nossa participação na Liga Europa, mas creio que é um risco que poderá proporcionar um retorno desportivo significativo, eventualmente até financeiro, se todo o seu potencial se realizar.

 

publicado às 13:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


34 comentários

Sem imagem de perfil

De southwest lion a 26.01.2015 às 13:41

Mais um do amigo Nelson Almeida. O grande amigo do Inácio que já trouxe Cissé, Hugo Sousa, Enoh, Gazela, Saar e Sacko e agora um suplente da 2º divisão russa. Este sim é que merece um processo.
Não gozes mais Inácio

SPORTING SEMPRE
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 26.01.2015 às 13:49

Já esperava que Ewerton, fosse no maximo a 3ª opção pelo menos para já

Não tem ritmo competitivo, mas terá de o adquirir nos treinos

3 ou 4 semanas tem de estar OK

Depois também temos rabia que pelos vistos ontem jogou muito bem (embora a 6), mas mesmo assim poderá ser uma melhor solução que Naby Sarr

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 15:13

O Rabia não é, pelo menos imediato, e porventura nunca, o central que o Sporting necessita.

O meu ponto é que precisamos de um reforço no imediato, não daqui a 3/4 semanas, ou até mais. Para isso existe o mercado de Janeiro.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 26.01.2015 às 14:29

SL
O homem nem aterrou...
Sabemos que não temos dinheiro nem para cantar o ceguinho, por isso deixem ver se o homem recupera a forma e nos possa ser útil.
Como em posts anteriores referi... eu apostava SEMPRE no Tobias....
Mesmo com os erros que possa cometer com equipas mais fortes...
Certo é que tem sido regular, com poucas falhas e com cortes providenciais...
Tomara o SCP ter mais um na B....
Vamos ver se Rabia.... se confirma...
Sporting Sempre!
Sem imagem de perfil

De Balajic a 27.01.2015 às 10:05

O não ter dinheiro para mandar cantar um ceguinho já foi desculpa para levarmos com jogadores de grande nível como o Nalitzis, o Koke, o Mota, o Marcos, o Bueno...

O Rabia é uma valente porcaria. Mais vale mandarem-no para o Egipto à procura do Shikabala.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 27.01.2015 às 10:20

SL
Balajic, após um fim de semana tão profícuo para o Sporting só tenho a dizer que é mesmo assim... não há guito e temos de ir ao refugo... se contratamos jogadores da qualidade que referiu, é a vida do nosso clube!
Quanto a Rabia, não me posso alongar face a não ter assistido aos jogos da B.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 26.01.2015 às 14:51

Vou dizer de cabeça mas mais tarde irei confirmar , penso que na Rússia teem de estar sempre 5/6 russos em campo.

Eu pensei que o seu maior receio fosse que ele apenas tivesse mostrado qualidade no sistema de jogo de Jardim , onde Maurício também era "bom".

O jogador vem de lesão e paragem de 4 meses, naturalmente não seria titular do Sporting imediatamente , tem de ser recuperado e mostrar que é mais valia para o podermos comprar. Eu comprava-o na mesma , porque penso que integrado neste ambiente vai inevitavelmente voltar a ser o jogador que deixou de ser.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 15:05

As considerações de ordem técnica são para depois. O mercado de Janeiro foi implementado para as equipas, especialmente as mais competitivas, se poderem reforçar para lhes permitir fazer face às exigências da segunda fase da época e não para contratar com o médio prazo em vista. Lamentavelmente, poderemos cometer o mesmo erro da época passada em que, mesmo assim, ainda conseguimos o 2.º lugar. Agora, a grande diferença, é que ainda temos quatro provas pela frente.

Não estou a ser crítico do jogador, por si, mas sim deste tipo de contratação nesta altura do ano.
Sem imagem de perfil

De J. a 26.01.2015 às 15:01

Já não presta!?
Não durou muito. :-)
Quem veio mais estagiar para Alvalade? só para perceber o alcance da critica.
O Sporting por 300 mil assegura a possibilidade de saber se será esta a opção ou não para correcta para a defesa. Não me parece má ideia!
Se não for bom, que volte a casa. Se for reforço, por com 1,5 milhões de euros asseguramos um bom central para o clube.

Respondendo ao primeiro comentário, e é assim que se tem exercicios positivos e se apresenta lucros no final do ano.
Quando se agora fala em Cissés ou Gazelas, antes eram Bojinov´s ou Pongollés.
Para ai 20 vezes mais caros.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 15:10

Está a fazer comparações sem nexo, sem ser surpresa alguma, pela sua usual oratória.

Faça um esforço para tentar compreender o ponto deste post, que não é uma crítica mas sim uma análise legítima a uma situação factual. Aliás, nem sequer é a qualidade do jogador que está em questão, mas sim a sua disponibilidade numa altura da época em que o bom senso desportivo indica que um reforço em Janeiro é para integrar a equipa de imediato e não daqui a algumas semanas.
Sem imagem de perfil

De J. a 26.01.2015 às 17:00

Quer dizer, você diz "Mais um que veio para estagiar?" Eu pergunto " quem mais veio para estagiar, só para perceber o alcance da critica" e não tenho resposta e ainda levo com um "não faça comparações sem nexo".
????
Mais um exemplo do "se quiser concordar conmigo fale aqui, se estiver em desacordo por favor vá para outro lado" que parece caracterizar este espaço.

Tentando conversar, diria:
- Reforços imediatos para o plantel naquela posição no exterior pediriam, pelo que vejo nos rivais diretos, pelo menos 3 (César), 5 (Lisandro Lopez), 8 (Bruno Indi) ou 11 milhões(Reyes), e acho que de momento não temos esta liquidez;
- Ou então opções internas...por ex: quando contratamos o Paulo Oliveira por 1,8 (que chegou a ser prontamente apelidado de flop pelo que fez na pré-epoca) e apostamos num João Afonso, Marcelo ou Frederico Venâncio por um valor parecido;

Acho que o que se está a tentar é lançar Tobias de momento e ir preparando para o futuro próximo, uma outra opção a um custo relativamente baixo.
Sem imagem de perfil

De jose a 26.01.2015 às 15:22

Falam muito do jovem Tobias, conheço-o mal, vi-o jogar contra o Rio-Ave e acho-o muito verde.

Discordo totalmente que o sporting tenha uma dupla de centrais constituída por dois jovens. A melhor forma de valorizar e acrescentar qualidade num jovem jogador é este, estar ao lado de alguém mais experiente. Aliás, este principio, aplica-se numa carreira qualquer, aprender com quem tem mais experiência.

Com esta dupla é aumentar o risco, fragilizar a nossa defesa, podem acertar? Podem, mas o risco é grande e tenho receio que contra o Benfica fiquem todos a tremer.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 16:29

O Tobias ainda é jovem e começa agora a sua travessia a um nível mais elevado de competição que lhe vai proporcionar a oportunidade para crescimento. Concordo que como alternativa devíamos per um central mais experiente neste momento, mas, pelos vistos, o novo reforço só vai estar disponível daqui a algum tempo.
Sem imagem de perfil

De OCR a 26.01.2015 às 16:15



Sinceramente, só espero que não seja mais um do tipo ChicoKabala , também segundo diziam com grande qualidade, mas que foi mais um falhanço.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 16:25

Em princípio, não coloco em causa a sua qualidade, mas sim a sua disponibilidade, dado que é um reforço de Janeiro, que, pela lógica, devia poder integrar a equipa de imediato.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 26.01.2015 às 17:47

1. Se Tobias tivesse sido lancado na altura da temporada em que Sarr foi lancado, por esta altura já estava queimado. Isto é linear. Sarr entrou numa equipa em construcao, que expunha a linha dos defesas de forma criminosa jogo após jogo porque os centro-campistas (William em particular) nao conseguiam interpretar o conceito defensivo de MS, bem diferente do que LJ tinha implementado em 2013-14. Isto levou algum tempo a Marco Silva para corrigir/rectificar e, hoje, fazer parte do quarteto defensivo do Sporting é bem menos suicida do que o era no comeco da temporada.

2. O ponto 1 nao invalida que Tobias seja bem melhor do que Sarr. Mas convém nao esquecer que Paulo Oliveira foi pela blogosfera imediatamente rotulado de "flop" e só ao entrar mais tarde no 11, na sobra de uma suspensao (penso que de Maurício), conseguiu passar de "besta" a "bestial".

3. Se o intento do post é criticar o jogador, peca por ser cedo de mais. Se se pretende criticar o facto de se contratar um jogador que provavelmente nao vai "pegar de estaca" e ajudar a equipa no imediato (tipo André Cruz em Janeiro de 2000), eu compreendo e acho uma crítica razoável. A questao é, mais do que provavelmente, financeira e de equilíbrio orcamental (como de costume).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 18:06

Em primeiro lugar, o ponto do post é muito claro !

Segundo, quem lhe disse:

a) Que o Tobias já estaria "queimado" ?

b) Que o Sarr está "queimado" ?

O que ficou provado é que ele precisa de mais tempo, treinamento e jogos para crescer, seja no Sporting, seja, por empréstimo, em um outro clube.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 26.01.2015 às 18:58

O ponto do post é sempre claro para o seu autor. Quem le nem sempre tem a mesma percepcao. Mas isto já o Rui sabe (ou devia saber).

Sarr está queimadíssimo entre os adeptos. Ignorar isto é pura fantasia. Coloca-se em causa a experiencia e rodagem de jovens jogadores até certo ponto. Mas os níveis de performance (e confianca) de Sarr nos jogos que vai fazendo revelam um jogador a quem faria bem um empréstimo para longe da exposicao que tem aqui.

Tobias comete alguns erros por jogo, mas tem ao seu lado um central muito mais "certinho" do que Maurício alguma vez foi e beneficia de um colectivo bem mais capaz na transicao defensiva.
Por outro lado nao deixa de ser interessante como, perdendo Maurício, o Sporting perdeu de forma notória na qualidade da saída com bola a partir dos centrais (algo que nao seria de esperar).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 19:31

Estamos a falar da percepção do Petinga, claro !

O Sarr não estar nas boas graças dos adeptos é significativamente diferente de estar "queimado" na perspectiva técnica do treinador.

Sem imagem de perfil

De Petinga a 27.01.2015 às 18:19

Curiosamente não fui o único leitor a questionar o intuito do post. Às vezes um bocadinho de calma não lhe ficava nada mal, Rui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.01.2015 às 19:04

Os leitores que questionam o intuito do post são os que, a exemplo do Petinga, acusam um grau de sensibilidade extrema em tudo e mais alguma coisa em que haja a percepção - real ou imaginária - de crítica a BdC e à sua liderança. Não é que haja alguma novidade nisto, mas explica a disposição das coisas.

Quanto à minha "calma"... recomendo que o Petinga crie um blogue do género deste e lide com tudo e com todos com que eu tenho de lidar diariamente. Quando fizer isso, então poderemos comparar notas e estados de espírito. Além do mais, nunca clamei perfeição ! E, com isto, nem sequer me refiro somente ao negativo, que por sinal é em minoria, mas sim à responsabilidade e ao trabalho global de uma incumbência desta natureza.
Sem imagem de perfil

De Luis Franco a 26.01.2015 às 18:15

Eu nao estou preocupado com o ewerton. O jogador vem de uma lesao mas nao quer dizer que nao vai dar cartas. Temos que dar tempo ao jogador. Lembro-me de quando o xandao chegou ao sporting em janeiro por emprestimo....tambem vinha sem ritimo porque no brasil tinham comecado a pre epoca e foi nessa mesma epoca que foi titular ate final da epoca inclusivo marcou bom golo contra o manchester city. Nessa epoca o xandao demorou 3-4 semanas ate ser titular. Tenho a certeza que o ewerton vai fazer trabalho extra nos treinos para recuperar o ritimo e depois vamos ver se convence o marco silva a apostar.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 26.01.2015 às 19:06

Eu vi os comentários de MS em directo não fiquei com ideia que estivesse a ser ceitico ou irónico nos mesmos, foi apenas frontal face às questões que lhe fizeram.

É obvio para todos que Ewerthon não veio para ser titular no imediato, tal como MS eu nossas restrições financeira não o permitem.

Por outro lado interpretei nas suas palavras que conhece o Ewerthon e como disse acredita no seu valor.

Agora nada melhor que esperar para ver a evolução do jogador, se tudo correr bem para o ano cá estará senão vai ser um pouco "apertado" para MS gerir ainda os muitos jogos que o SCP tem apenas PO e TF a darem reais garantias ao treinador.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 19:37

Essa do ser óbvio que ele não veio para ser titular no imediato, torna-se evidente agora, não no momento da contratação, quando ele até é/era um desconhecido para a maioria dos adeptos.

Qualquer conhecimento que Marco Silva já tinha do jogador só pode originar da sua breve estada no Braga, nada mais do que isso.

O ponto deste post, que alguns recusam compreender, é que o mercado de Janeiro, na regra, é para reforçar equipas no imediato e não a médio prazo, salvo rara excepção. No entanto, parece que no Sporting do momento a excepção é a regra.

O Maurício chegou a Roma e alinhou logo passado dois dias.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 26.01.2015 às 20:06

Rui a pouca utilização do jogador como o Rui até referiu no seu primeiro post acerca desta contratação levaria invariavelmente À assumpção de que não seria um jogador para pegar de estaca.

MS não sei até que ponto será esse seu conhecimento, mas agora lhe digo que muitos se lembram de Ewerthon nos seus 12 meses de passagem pelo Braga e isso acaba por ser um excelente indicador da sua qualidade.

Ao contrário do Rui :) eu não considero o mercado de Janeiro como sendo de "aquisição de titulares" ... poucos serão os casos em que isso acontece, a regra é o reforço da equipa nas lacunas que apresenta por vezes até podem ser lugares chaves (titulares) mas excepcionalmente serão aqueles que entram de caras no onze!

O Rui lembra-se da última vez que isso aconteceu nos 3 grandes !?
Assim de repente lembro-me o ano passado do Heldon (não conta :) ) e do Quaresma no FCP (passou por uma f1º fase para recuperar o ritmo e só após mas 3/4 semanas pegou de estaca).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.01.2015 às 22:35

Indiferente dos exemplos que citou e da sua percepção, o mercado de Janeiro foi criado precisamente para o efeito que citei. Até porque outra coisa não faz sentido algum.

Muito pelo mercado de Janeiro ter sido aproveitado para o efeito que levou à sua criação, quebrámos o jejum de 18 anos.

Que o Sporting, neste momento, não tenha a capacidade financeira necessária, é outra conversa.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.01.2015 às 09:13

Rui as contratações do André Cruz e do César Prates (na altura até tinhamos o Saber para LD) em 2000 foram uma feliz exceção!

Os "titulares" compram-se no inicio da época, Janeiro é para "tapar" as lacunas que se forem detetando e para colocar jogadores excedentários ou outros que não se tenham adaptado.

Já as limitações financeiras que atravessamos são incontornáveis, no entanto no meu caso fico contente por este CD não ceder à tentação fácil de investir o que não tem e fazer como o FCP fez no arranque deste ano.

SL,



Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.01.2015 às 11:15

Ele não o faz, porque não tem mesmo meios para o efeito.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo