Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mal menor numa pobre exibição

Rui Gomes, em 14.02.15

 

cfb_scp_2-650x447.jpg

 

Seja ainda os efeitos do resultado do "derby", o "autocarro estacionado" do Belenenses, o relvado molhado e pesado e/ou a falta de inspiração por parte dos jogadores leoninos, a realidade à vista é que o Sporting deixou o seu futebol em casa neste sábado.

 

Na primeira parte ainda se verificaram alguns lances de jeito, mas também a eterna ausência de jogo pelo meio, agressividade, criatividade e remates. Fredy Montero teve uma bela oportunidade, bem cedo, para adiantar a equipa no marcador, mas frente a Ventura mais não conseguiu fazer que rematar contra o corpo do guarda-redes.

 

10987705_10152595232616555_2817563503484061745_n.p

  

Acho que Marco Silva fez bem em mexer na equipa ao intervalo - é discutível se os jogadores que saíram eram os mais indicados - mas pouco ou nada alterou o jogo do Sporting. Nani terá feito a exibição menos conseguida da época, Jefferson este apenas horrível, Carrillo raramente conseguiu levar a melhor sobre os defesas de Belém, Tobias Figueiredo não esteve mal de todo, mas cometeu muitas faltas e falhou muito no passe, Cédric mais voluntarioso mas com pouca eficácia nos cruzamentos, acabando por ser expulso, na minha opinião, injustamente, ao ver o segundo amarelo. Por fim, Rui Patrício a dar aquela super fífia que concedeu o golo de baliza aberta ao Belenenses.

 

Fundamentalmente, um jogo para esquecer em que o empate é mesmo um mal menor, face às circunstâncias.

 

Não gostei do trabalho de Paulo Baptista, mas não devemos recorrer à arbitragem para minimizar esta muito pobre exibição.

 

Declarações de Marco Silva depois do jogo

 

marco-silva.jpg

«Para nós um empate é sempre frustrante, é quase como uma derrota. Entrámos de forma lenta, como se já estivéssemos a ganhar por dois ou três a zero. Foi um jogo muito mau da nossa equipa. É muito complicado (o título), não podemos esconder essa realidade. Temos de nos concentrar nos nossos jogos e ganhá-los. Se não ganharmos os nossos jogos, fica quase impossível. Estou desiludido com a nossa prestação e eu, como treinador, sou o principal responsável.»

 

publicado às 22:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


31 comentários

Sem imagem de perfil

De m1950 a 14.02.2015 às 22:44

45 anos de casamento , hoje não vou criticar o meu Sporting nem o meu treinador , li e percebi e advinhei o que aconteceu no jogo, que seja este o choque para haver mudanças na equipa a nível ofensivo.

Há 2 semanas tivemos um jogador no Restelo , verdadeiro explorador de espaço interior que marcou 2 golos , espero que seja agora que esse jogador tenha oportunidades.

COMO SEMPRE VIVA O SPORTING!!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2015 às 22:49

Parabéns, então, pelo aniversário. Uma realização matrimonial de difícil concretização hoje em dia. Eu que o diga, repetidamente.

Parabéns !
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.02.2015 às 20:43

Porra !!! m1950 , também os meus parabéns... 45 a 23, aqui vou perdendo

P.S. Hoje, também eu não crítico. LOOLL !! Aqui, empatamos (não pude ver o jogo)
Abrazzzo
Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 14.02.2015 às 22:57

Uma exibição muito muito fraca.
Tirando William, Tobias e Paulo Oliveira, a exibição dos restantes jogadores foi muito pobre
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2015 às 23:01

William terá sido o melhor entre tanta miséria.
Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 14.02.2015 às 23:27

Concordo
De facto, já no jogo com o lampiosos William esteve acima da média
A exibição foi muito pobre. Preocupantes algumas exibições como Nani, João Mário, Carrillo, Jefferson, Adrien. Muítissimo abaixo do que nos habituaram.
Montero também muito fraco
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2015 às 23:42

Só posso concluir que se deve a uma combinação de factores, como indico no post. Era num jogo deste baixo nível que precisávamos da experiência de Nani para levantar a equipa, mas nem ele se aproveitou.

Muito sinceramente, não estava à espera, não obstante antecipar o anti jogo de Vidigal e a nossa usual falta de criatividade pelo meio.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 14.02.2015 às 23:33

O principal responsável foi mesmo ele. Aquela troca de Joao Mário por Mané foi o fim do nosso meio-campo. Sempre que o meio-campo perde capacidade de guardar a bola e empurrar o adversário para trás, a defesa fica exposta e subitamente surgem os erros individuais do sector defensivo. Foi a história do comeco da temporada. MS já devia ter percebido isto!
Acho que uma abanadela em alguns jogadores acomodados e um renovar das oportunidades aos jovens da B que tao boa conta deram de si poderia agitar as águas no bom sentido.

Detesto ter razao: acabou o blackout = 2 empates consecutivos :-(
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2015 às 23:38

Custa-me a acreditar que tenha visto um bom João Mário na primeira parte. Não podemos ir por aí para explicar a má exibição ao longo dos 90 minutos.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.02.2015 às 01:45

So what? Joao Mário tem um tipo de posicionamento no relvado e um tipo de rotina na transicao defesa-ataque que nada tem a ver com Mané.
A exibicao nao foi tao fraca como se quer fazer crer; infelizmente, a equipa parecia estar em modo "recreio" nos primeiros 45 minutos, onde teve vários momentos em que entrou no bloco do Belenenses mas depois foi incapaz de ser objectiva no passe ou decisiva no momento de rematar (uma tendencia para querer entrar dentro da baliza em passes e combinacoes, coisa que só um Barcelona de Guardiola conseguia - e mesmo nesse caso nao era fácil). Sei que nao é a sua opiniao, mas nao alinho nessa da falta de jogo pelo meio.

O que é triste nesta história toda é que o plantel do Sporting nem é nada fraco. De todo. Ryan Gauld poderia ter dado muito melhor conta de si do que Joao Mário ou até Mané (naquela posicao). Podence poderia ser uma alternativa muito mais capaz de mexer com o jogo (porque os adversários nao o conhecem) na altura de substituir Carrillo ou Nani. Há ali imensa qualidade técnica, sem comparacao com os "ovos" que Jardim tinha, e fica difícil perceber porque nao é melhor gerida.

O ano passado fomos contundentes com Jardim quando errava nas alteracoes. Nao podemos deixar de o ser agora só porque decidimos tomar o partido de Marco Silva em tudo o que ele faz.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2015 às 01:58

A resposta usual a "so what" é batatas !

Fora do nosso usual contexto de picardias, digo-lhe que terá sido o único que diz que "a exibição não foi tão fraca como se quer fazer crer".

Na primeira parte, que a menos má das duas - menos má não significa boa - houve aquele lance de Montero que poderia ter mudado o jogo completamente. Com a técnica dele, teve espaço para fazer tudo e mais alguma coisa e acabou por rematar de trivela contra o guarda-redes. Este jogador, que eu sempre muito apoiei, desilude-me cada vez mais. Não tem fibra, aquele sentido de "matar" !

Quanto ao resto que indica, é uma ilusão pensar que podemos alinhar com ainda mais jovens, embora seja verdade que eu gostaria de ver mais de Gauld, mas também não sei se ele já está recuperado dos problemas musculares.

Não devemos entrar pelo caminho de que quem não é que é melhor.

P.S. Eu serei dos poucos que tenho feito críticas a Marco Silva desde a pré-época.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2015 às 02:01

Perdão... queria dizer "que quem não está é que é melhor".
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.02.2015 às 13:45

Concordo com muito do que escreve. Acho simplesmente que quando a qualidade começa a estagnar, ou em momentos com mais jogos, se poderia dar uso a quem fez exibições de qualidade quando foi chamado. Motiva uns e espicaça os outros.
Também de acordo na questão Montero. Pior do que o central que veio, não veio ou deixou de vir foi não se ter conseguido um ponta de lança! Mas a história de perder Slimani para além da CAN é ridícula é daquelas coisas que às vezes parece que só acontecem ao Sporting. Nem na B existe alguém que possa ser chamado para sentar Montero no banco alguns minutos...
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.02.2015 às 01:54

Claro que a maior explicacao aventada será a psicológica, decorrente do jogo anterior. Eu acho que ela se mescla com a inexperiencia - de muitos dos jogadores e também de quem lidera. O treinador tem que encontrar forma de nao perder o rumo porque mesmo nao sendo o 3o lugar um desempenho muito bom (é quase por assim dizer o objectivo mínimo) é o menor dos males para quem só pegou na equipa o Verao passado. Há ainda um duplo confronto com o Wolfsburgo que, em caso de vitória (e os alemaes sao permeáveis defensivamente + nao acho que vao jogar à defesa como o colinho fez), pode moralizar e muito a equipa e, sobretudo, há a primeira chance de vencer um troféu desde 2008 - e essa nao a podemos MESMO deixar escapar. Poderia ser o élan necessário para atacar a próxima temporada com outro arcaboico.
Sem imagem de perfil

De HY a 15.02.2015 às 06:56

Não é a primeira chance. Importante é não a deixar mesmo escapar, como deixamos escapar a outra...

Infelizmente, desde há muitos anos que temos brancas destas em momentos muito importantes....

Talvez a falta de maturidade ajude a explicar.... Mas é insuportável esta repetida sensação de que não fizemos tudo o que as circunstâncias exigiam (e não digo isto pelo resultado, pois esse é sempre algo aleatório)
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.02.2015 às 13:51

Tem razão. Aquela da Académica foi tão má, tão má que quase me esqueci.

Nos tempos idos agora começaríamos a perder gás, escorregávamos para o 4. ou até 5. lugar, éramos arrumados na LE e perdíamos a final da taça para o gajo da equipa que corre muito e dá muito pau. Penso que é uma prova de fogo para a liderança actual (e aqui incluo sobretudo a direcção) evitar por todos os meios que algo assim possa suceder.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 15.02.2015 às 00:56

Um jogo para análise psíquica porque foi muito mais do que um simples mau jogo da equipa.
Deprimente tanta falta de acerto quase geral, houve pouca vontade de ganhar ao ritmo lento de um tango mal ensaiado.
A ressaca do jogo anterior deixou mossas e tolheu movimentos e gelou a inspiração.
Ao ultimo segundo empatámos em Braga e no jogo de hoje e ao ultimo segundo deixámos empatar na semana passada no jogo que seria a base de motivaçao extra para nos atirarmos mais a sério á fase derradeira do campeonato.
Resta-nos agora concentrarmo-nos no limite na eliminatória com os alemães, pois foi isso mesmo que os nossos jogadores deram claramente a entender já no jogo de hoje.
É uma questão de mentalidade competitiva que ......a equipa ainda não tem.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 15.02.2015 às 00:58

Quis dizer ao ultimo segundo ganhámos em Braga, ao ultimo segundo deixámos empatar na semana passada e ao ultimo segundo empatámos hoje.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2015 às 01:25

Julius, é de facto um jogo que nem merece análise pormenorizada. Foi um mau jogo, ponto final !

O resultado do derby teve muito maior impacte do que era esperado e a equipa não recuperou emocionalmente. Até o Rui Patrício esteve a dormir.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 15.02.2015 às 12:33

Enquanto não arranjarmos um matador, continuaremos sempre com problemas. Para mim é o que continua a faltar para subir de nível. E isso só com dinheiro ou sorte... Tem a palavra a direcção.
Sem imagem de perfil

De vanurome a 15.02.2015 às 17:04

Todos os especialistas falavam em reforçar defesas,meios campo,ataques,etc...curiosamente ninguém neste blog(que me recorde),manifestou a sua convicção quanto à necessidade de alguém que faça o mínimo de guarda-redes.
Não sei o que estamos à espera.Já "queimamos" jovens guarda-redes por bem menos(Stojkovic).
Quanto ao facto de ser capitão,só piora ainda mais o cenário.Já aqui deixei no passado a minha ideia, quanto aquele individuo, que transporta um pedaço de pano na manga e que apenas escolhe bola/campo.Deixo-lhe novamente um pedido/desejo de um braço partido e mais oportunidades ao Marcelo.
Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 15.02.2015 às 17:13

Rui Patrício não esteve bem mas, não vamos esquecer que também já nos deu muitos pontos
Saudações leoninas
Sem imagem de perfil

De L a 15.02.2015 às 19:48

Só um braço partido? Se calhar é melhor ver o lance outra vez para ver se consegue compreender que aquela bola nem nunca era do Rui. Com dois centrais! E bastava um para mandar a bola para a bancada. Mas sobretudo era preciso mais experiência para levantar o braço para o GR, que nunca devia ter abandonado os postes.
Sem imagem de perfil

De vanurome a 15.02.2015 às 20:00

Claro!Eu estava enganado.
Aquela bola nunca seria do Rui.Ele sai da baliza (provavelmente não devia) feito Zé Gato,chega em condições de pontapear a bola para longe/fora e acaba por acertar em cheio no pobre do Oliveira.Claro que não!Aquela bola nunca seria dele,nem essa bola nem a que lhe escapa das mãos e que ele com um calcanhar à Madjer coloca para canto para gáudio dos adeptos sportinguistas.Mas aquela com o Luisão,meu Deus!!Claro que também não era dele,por isso deixou passar a bola para a baliza.
Como vocês são queridos com o Rui.Tudo o que ele faz é desculpável. Grande promessa e todos os grandes da Europa ambicionam ter alguém como ele nas suas fileiras.
Todos enganam Monacos e companhia e nós nunca conseguiremos enganar ninguém?
Sem imagem de perfil

De L a 15.02.2015 às 20:36

Esta dupla de centrais fez 4 ou 5 jogos? É perfeitamente normal qq GR não ter a confiança e o entrosamento necessários em tão pouco tempo. Porventura também bastava um central mais experiente, que conseguisse falar e jogar ao mesmo tempo. O Rui é só o melhor GR português.
Sem imagem de perfil

De L a 15.02.2015 às 20:43

Ao fim de 6 meses e com tanta gente tão nova a equipa só tem que crescer. Não há drama nenhum nalguns jogos menos conseguidos. Até o Porto, com muito mais opções, passa mal sem Jackson e com Brahimi em baixo. E o Sporting até já esteve muito bem contra o Porto este ano.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 15.02.2015 às 17:18

O Sporting tem um problemas que já arrasta do ano passado,a ausência de um médio com características atacantes.Se não tivermos Slimani ,juntamos outro, a falta de um jogador de área.
J Mário é um 8 ,em que ,devido à sua capacidade de condução de bola e passe de rotura,tem mais características ofensivas ,que ,digamos, Adrien ou AM.
Mas não é um finalizadors.É um 8 ,com qualidades ofensivas superiores aos outros que lá temos.Não é um "abre-latas"

Montero, e como ontem se viu,Tanaka,não são jogadores para actuarem sozinhos.Tanaka,em particular ,ontem ,provou mais uma vez que não tem instinto matador ,quando com a baliza à frente,atrasa para Nani que está praticamente tapado.

Ao intervalo saíram os dois equívocos ,mas os jogadores são os menos culpados.
Esta situação é mais aguda porque,mesmo em casa,o adversário jogou fechado e em contra-ataque.
Vamos sofrer sempre sem Slimani...e com ele também sofremos,embora menos,porque não temos médios claramente ofensivos e alas capazes de finalizarem.
Connosco o "autocarro " funciona bem.

O resultado disto é muitas vezes muita bola e poucas ocasiões.
Gauld poderia ser solução mas eu pergunto-me se seria proveitoso pôr esta responsabilidade nos ombros de um jovem de 18 anos.

A isto juntou-se um erro clamoroso de RP e uma tarde desinspirada de Nani.

Tudo isto deriva muito de opções erradas como a de Shikabala que era para ser o 10
ou Héldon que seria o extremo goleador.
Por outro lado o jogador mais caro foi jogar para a equipa B e aqui a decisão foi da estrutura.
Se houvesse o entendimento de que Gauld era para a equipa A ...ia para a equipa A.O treinador utilizava ou não.Ou seja demos 4M por um jogador que não teve utilidade imediata.

Um campeão em Portugal tem que ganhar quase todos os jogos e manifestamente não houve-nem podia haver-uma investimento à altura para o efeito.
Para azar-ou demérito-só P.Oliveira se revelou uma verdadeira mais valia.
Uma conjunto de aquisições que pouco acrescentou.

Não somos candidatos ao título.Somos candidatos ao 3º lugar,espreitando o 2º.
Esta equipa está a fazer-me lembrar a equipa de JF,cheia de talentos mas jovem.Futebol interessante,mas lá foi perdendo com Rio Ave,Estoril e Paços de Ferreira,além do roubo da Luz.
Apesar da evidente qualidade dos seus jogadores.

Além do mais vai surgir a sobrecarga,com mais jogos e não descortino soluções alternativas para nos dar o nível competitivo necessário na Europa.
Pelo menos não teremos autocarros.

Resumindo devemos apoiar mas com o realismo necessário .
O que me preocupa mais é não ver o que mudará para o ano.Sem uma equipa mais equilibrada e com maior investimento não seremos candidatos ao título excepto por campeonatos atípicos dos adversário directos.

Por fim,MS.Não mudei a minha opinião.Acho-o um excelente treinador e deve continuar.Também está a fazer o 1º ano,potencialmente pior que o 2º.
Mourinho diz muito isso e tem razão.

Neste jogo não esteve muito bem.Pareceu-me que tentou fazer de Nani o 10-e CM ,que também lá parecia-mas os jogadores estiveram desinspirados e continuámos sem poder de fogo na área.
Na conferência de imprensa foi bastante duro com os jogadores,uma mudança de discurso ,provavelmente com origem no período turbulento que se viveu.

Dadas as limitações óbvias de plantel,entre outras ,devemos apostar no campeonato e na Taça.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2015 às 19:39

Caro Leão 1906,

Concordo genericamente com a sua análise.

Desde o primeiro dia que aponto a falta de criatividade e profundidade pelo corredor central, seja através de um 10 (Gauld) ou um outro médio com essa capacidade. Daí o problema eterno com os "autocarros": concentram-se a tapar as alas porque sabem e/ou não sentem a ameaça pelo meio. Depois, especialmente sem Slimani, fazemos cruzamentos inconsequentes, com irritante regularidade.

Sempre acreditei em Tanaka, porque me parece um jogador muito últil na área. Não foge ao "barulho" e tem tido alguma influência. Também reparei naquele lance que referiu, e eu creio que a sua opção se deve a três factores: 1) insuficiente confiança. Além dos jogos da Taça da Liga, ainda não foi titular no campeonato. 2) o seu enorme sentido do colectivo. Pensa sempre na equipa, ,mas há ocasiões que devia ser mais egoísta, à ponta de lança. 3) Especificamente neste lance, verificou-se o respeito e a influência de Nani na equipa. Com ele ao seu lado, não hesitou em servi-lo. Curiosamente, Nani até fez um remate potencialmente perigoso, mas bateu numa perna, salvo erro.
Sem imagem de perfil

De L a 15.02.2015 às 21:37

O mesmo Tanaka que há duas semanas, sem espaço nenhum na área e com um colega completamente solto em frente à baliza, decidiu-se por fazer meia volta, chutar à baliza e... golo. Ontem, sem ninguém entre ele e o GR e voltou para trás. É futebol, é confiança, numa equipa com muitos jogadores que ainda se deixam intranquilizar com muita facilidade. Uma equipa muito jovem, pouco consolidada e sempre com muito barulho à volta, que também não ajuda nada. Isto da parte dos jogadores porque da parte do treinador, simplesmente não consigo compreender como é que Marco Silva ainda vai acabar a época no Sporting.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 15.02.2015 às 22:29

Caro Rui Gomes,

também concordo com a sua apreciação de Tanaka.Penso que o factor cultural,por exemplo,é muito importante.
Lembro-me há alguns anos,Carlos Queirós, que trabalhou nos EUA e no Japão, ter dito precisamente que nos EUA teve dificuldade em que os jogadores compreendessem a necessidade de o individualismo se submeter ao colectivo mas no Japão,ao contrário,tinha-lhe sido difícil que os jogadores compreendessem a necessidade de assumirem o seu individualismo em prol do colectivo.

Tanaka,tendo apenas jogado no Japão,é naturalmente um produto desta cultura.
Os restantes factores que menciona são o normal numa equipa de futebol.

A verdade é que nem ele,nem Montero me parecem uma solução adequada a jogarem como 9...mas é o que temos neste momento..
Sem imagem de perfil

De SMCM a 16.02.2015 às 11:13

Continuamos com o problema da circulação de bola no interior do campo quando o adversário defende muito e bem. João Mário é um jogador com visão de jogo mas o que nos falta é capacidade de desequilibrar. Percebo o treinador, mas acho que errou nas duas substituições. Em vez de João Mário, teria tirado o Adrien ou o William e colocado o André Martins. Gosto muito do Adrien, é o nosso motor, mas uma vez que o nosso "10" João Mário não chega para desequilibrar, temos de usar dois pernetas para ver se de dois fazemos 1. O Belenenses não atacava, por isso não havia necessidade de manter 2 médios de características mais defensivas. Teria tirado um deles, talvez o Adrien e colocado o AMartins no meio para trocar a bola no meio campo.
Ao tirar o João Mário o meio campo fica à mercê da criatividade de Adrien e William que é muito pouco para furar uma muralha defensiva.
Foi um erro. Acabámos a jogar com 3 alas quando o problema não são as alas, é presença na área e à entrada da área.

Quanto a Tanaka, continuo a preferi-lo a Montero. Experimentem ouvir um relato na rádio e vão perceber o porquê. Montero tem jogos que nem se dá conta que está a jogar. Tanaka, mesmo tomando más opções, sempre vai estando mais em jogo do que Montero. É muito mais esforçado e isso pode ser importante para abrir espaços.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo