Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

carlos-mane-li-und-benjamin-pavard-fuehren-den-vfb

 

Algumas considerações de Carlos Mané - agora ao serviço do Estugarda por cedência do Sporting - em entrevista ao jornal O Jogo:

 

«Um jogador para marcar golos precisa de confiança e de estar motivado. O ano passado não joguei muito e acho que perdi confiança, que era algo que tinha de sobre nos últimos anos e resultava em golos. Agora recuperei os níveis de confiança e a minha alegria de jogar futebol.

 

Fiquei por lá e acabei por não evoluir nada. Um jogador jovem, como é o meu caso, tem de somar minutos para adquirir ritmo e ganhar experiência. Dessa maneira, acabei por não sobressair e acho que foi muito mau para mim não ter saído do Sporting seis meses antes porque estagnei.

 

Jorge Jesus é um grande treinador que está a fazer um bom trabalho no Sporting, tal como fizeram o Marco Silva e o Leonardo Jardim. Acho que se tivessem continuado no Sporting, iriam fazer um trabalho semelhante ao de Jesus.

 

Emiliano Insúa (colega no Estugarda) gosta muito do Sporting. Passou lá bons momentos, mas acho que ele está concentrado em fazer bons jogos pelo Estugarda. Contudo, ele diz-me que no futuro nunca se sabe se não poderá voltar a Alvalade. Parece-me claro que ele gostava de voltar, mas, tal como já disse, estamos com a cabeça no campeonato e totalmente focados no regresso à primeira divisão».

 

publicado às 10:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De PSousa a 06.10.2016 às 10:49

O regresso de Emiliano Insúa era bem melhor do que ter adquirido por exemplo André ou Castaignos, entre outros.
Faltaria se calhar era mais verba....

Quanto a C. Mané, como já o fiz noutro POST desejo-lhe muita sorte e felicidade.
Sobre o que ele diz dos treinadores, um saiu por compra outro por "birra" e não podemos afirmar se faziam ou não melhor, mas acredito que se tivessem os "mesmos ovos" também fariam, pelo menos a mesma figura. Enfim, não será nunca possível comparar dois treinadores sem que tenham o mesmo plantel disponível.
Sem imagem de perfil

De SMCM a 06.10.2016 às 10:52

Acho que mané não deixa de ter alguma razão. Duas notas:
1- Jj o ano passado disse que na época 2016/17 é que se ia ver se Rui Vitória era bom treinador por na época passada estava a aproveitar o trabalho dele dos últimos 6anos. Ora o mesmo se aplica a ele relativamente aos treinadores que o antecederam. Para já, Rui Vitória vai há frente...
2- Vi hoje no jornal que, depois de despacharem tantos médios, JJ já quer um médio para janeiro. Meli ainda nem calçou e petrovic é como se nem tivesse calçado e já querem outro? Esta gestão há JJ que com o seu enorme ego, despacha jogadores, porque se não rendem o problema é deles e nunca do treinador, porque esse, "é muita bom", já me irrita e vai levar-nos à desgraçada. BC vai ter de pôr travão nisto e chamar o "iluminado" à razão. Esta trituradora de jogadores tem de acabar.
Sem imagem de perfil

De Pedro Pinto a 06.10.2016 às 12:29

Diz-se, escreve-se: à frente, à tarde, à noite. E diz-se, escreve-se: há caracoletas, há pouco, há um ano atrás, há coisas. Assim o correcto é: "Para já, RV vai à frente" ; "Esta gestão à JJ com o seu enorme ego". Assim se escreve em bom português. Mas tens razão no que dizes nos dois pontos. Sem dúvida.
Sem imagem de perfil

De O Cid a 06.10.2016 às 13:18

Há um ano atrás, não é bom português.
Se há um ano, é passado e o atrás é redundância.
Assim se escreve em melhor português.
Se vamos para uma de ensinar, então que se ensine como deve ser.
Sem imagem de perfil

De Pedro Pinto a 06.10.2016 às 14:02

Com redundância ou não, com pleonasmo ou não, apenas quis exemplificar, explicar a diferença entre 'à' e 'há'. Foi essa apenas a intenção. Até porque a redundância, o pleonasmo são figuras de estilo que servem para ajudar a reforçar uma ideia, aquilo que se quer transmitir.
Sem imagem de perfil

De O Cid a 06.10.2016 às 16:45

Eu sei, Pedro Pinto: a sua intenção foi rebaixar pela gramática o SMCM por ter inserido um comentário que não se coadunava com o que o queria ler.
Mas o comentador só exprimiu o que, em seu entendimento, achava estar certo. Não ofendeu, não foi agressivo mas o senhor Pedro Pinto foi.
E depois nem todos podem ser bons gramaticistas. O homem até pode ser um bom advogado, médico, matemático, historiador e ser muito bom na sua profissão sem que necessariamente seja um exímio esgrimista da língua mãe.
Sem imagem de perfil

De joao pereira a 06.10.2016 às 11:45

Acho que Carlos mané tinha lugar no actual plantel do sporting, era uma aposta num jogador formado no Clube, acarinhado, e com potencial de valorização.
Agora quando ele diz que leonardo e marco faziam o mesmo que o Midas da Reboleira, aí ele tem os dias contados... enquanto Jesus estiver no SCP, Carlos Mané não vai voltar a jogar de certeza.

Pelo que li na altura o Estugarda tem cláusula de compra, e o miudo a marcar 2 golos na sua estreia... se continuar assim e o Clube subir de divisão, por certo que batem o dinheiro.

Sem imagem de perfil

De J. a 06.10.2016 às 12:02

O Mané foi simplesmente ultrapassado na hierarquia.
Gelson e Matheus nas vezes que foram chamados, estiveram melhor que ele.
A sair são 15 milhões para o Sporting, o que está longe de ser um encaixe qualquer.

Eu fico mais chateado em ver o Matheus na B, que ver o Mané a sair para o Estugarda....
Sem imagem de perfil

De joao pereira a 06.10.2016 às 14:52

Ter o André, Alan Ruiz e o Castaignos... prefiro o Mané a 2º avançado.
Ou então ter o Bryan a 2ºavançado e o Mané na ala.

O mané tem a vantagem de poder jogar nas 2 alas e atrás do ponta de lança.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 06.10.2016 às 18:07

Essa dos jogadores quererem minutos faz-me um pouquinho de espécie.
Um plantel tem, por média, 25 jogadores a quererem minutos. Enquanto se vai dando minutos a todos, a equipa vai perdendo pontos! Não é suposto mostrarem o seu valor nos treinos para serem chamados á equipa?
QUer dizer, no caso dos pontas de lança, o treinador tem que lhes dar minutos até eles marcarem. Ou seja, sine die.
Minutos...

Quanto á possibilidade de L. Jardim e M. Silva terem, hipoteticamente, feito o mesmo trabalho do que JJ tenho as seguintes opiniões:
-Percebe-se de imediato que é um discurso de ressabiado! Se JJ lhe tivesse dado os "minutos" que agora reivindica, Mané estaria a dizer que o treinador foi quem mais o marcou na sua ainda curta carreira. Não lhe ficou bem!
-Apesar da opinião supra emitida, considero que tem razão - embora a intenção de Mané não fosse essa. Penso que L. Jardim e/ou M. Silva poderiam ter feito igual ou melhor do que JJ mas ao primeiro surgiu-lhe uma oportunidade (literalmente) dourada e o segundo incompatibilizou-se com BdC.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo