Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_770x433$2017_01_24_19_23_51_1213046.jpg

 

Mário Patrício acaba de anunciar, via comunicado, que não vai avançar com uma candidatura à presidência do Sporting. Eis o que ele teve para dizer:

 

«Não foi possível chegar a uma plataforma de entendimento para que essa alternativa conjunta fosse uma realidade e por não querer contribuir para uma ainda maior divisão entre os sócios do Sporting, entendi não concorrer às eleições marcadas para 4 de Março.

 
Entendo que o Sporting Clube de Portugal necessita urgentemente de paz institucional e de reunir ao seu redor todos os seus sócios e adeptos para torná-lo cada vez mais forte por forma a poder honrar a sua já longa, rica e bonita história.

Agradeço a todos aqueles que se disponibilizaram para integrar e contribuir para um projecto de futuro.  Desejo que o processo eleitoral decorra da melhor forma e possa ser esclarecedor o suficiente para que os sócios possam votar em consciência».
 
Um discurso "politicamente correcto", mas que na realidade pouco ou nada explica. É muito provável que devido à sua decisão tardia, não tenha conseguido reunir os indispensáveis apoios para avançar com a candidatura.
 
Não sei se a sua desistência é uma boa notícia para os outros dois candidatos, mas não vejo que seja benéfico para o Sporting. Era e é necessário mais concorrência para precipitar uma maior exigência de todos os candidatos.
 
Como as coisas estão neste momento, Pedro Madeira Rodrigues terá forçosamente de envigorar a sua campanha, caso contrário o Sporting vai ter de sofrer Bruno de Carvalho durante mais quatro anos, salvo imprevistos de força superior. E, com Bruno de Carvalho, continuaremos com Jorge Jesus ao leme. Não há muitas razões para optimismo no horizonte para o futebol leonino.
 

publicado às 19:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


25 comentários

Imagem de perfil

De PSousa a 24.01.2017 às 20:12

"Como as coisas estão neste momento, Pedro Madeira Rodrigues terá forçosamente de envigorar a sua campanha, caso contrário o Sporting vai ter de sofrer Bruno de Carvalho durante mais quatro anos, salvo imprevistos de força superior. E, com Bruno de Carvalho, continuaremos com Jorge Jesus ao leme. Não há muitas razões para optimismo para o futebol leonino no horizonte."

Rui, este é aquilo que eu acho!
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 20:14

Lamentavelmente, é o que me parece.
Imagem de perfil

De PSousa a 24.01.2017 às 20:14

Somos dois!
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 24.01.2017 às 20:40

Má notícia para BdC, boa para PMR, boa para o Hall of fame do ex-candidato a candidato. Para o SCP continua tudo igual.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 21:01

A título sincero de curiosidade, como é "má notícia" para Bruno de Carvalho ?
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 24.01.2017 às 21:20

Má porque umas eleições a 3 ou mais candidatos dispersa o sentido de voto e favorece BdC sem qualquer dúvida.
A dois seria mais fácil derrotar BdC, mas com um candidato forte, coisa que PMR não é com toda a certeza.
Só com estes 2 candidatos, PMR será pulverizado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 21:26

Precisamente por isso fiz a pergunta. A ausência de candidatos é sobretudo uma muito má notícia para o Sporting. Reconheço que há quem não partilha desta visão pela obcecação por um oportunista que tudo fará para defender o único meio de sobrevivência que tem na vida.

Na realidade, este deplorável cenário não diz muito de nossa massa associativa, em geral. Daí, o oportunismo de um "paraquedista" como Bruno de Carvalho.
Sem imagem de perfil

De Sim Abelha a 24.01.2017 às 20:53

Vamos ser sérios - para haver alguma hipotese (por mais tenue que seja) de BdC ser derrotado, terá de haver apenas uma candidatura concorrente. Se aparecerem duas, é o mesmo do que admitir que BdC já ganhou. PMR é o unico que avancou, com coragem, numa altura em que o desastre da época futebolistica era aparente mas ainda não (totalmente) confirmada em campo. Quem aparecerá agora estará apenas a cavalgar a onda das derrotas - e será esse o tipo de presidente que queremos?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 21:03

Não deixa de ser uma análise razoável, mas temos de ser realistas e reconhecer que Pedro Madeira Rodrigues terá de envigorar a sua campanha, e muito, para ter hipótese de ser eleito.
Sem imagem de perfil

De Alper a 24.01.2017 às 21:41

Infelizmente, terei que concordar consigo, sr Rui Gomes, aliás, disse-o logo após o primeiro discurso de PMR.
Como benefício da dúvida ainda o ouvi e li,(a PMR) em mais algumas intervenções, mas na minha modesta opinião, pareceu-me que pouco acrescentou, repito, infelizmente!!
Sem imagem de perfil

De Peyroteo a 24.01.2017 às 22:02

Posso ter percebido mal mas pelo teor do primeiro parágrafo aqui colocado, fiquei com a ideia que Mário Patrício tentou um entendimento com Madeira Rodrigues, no sentido deste desistir a seu favor.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 22:09

Isso também me veio à ideia, mas seria muito injusto para com Pedro Madeira Rodrigues, dado que teve a coragem de avançar em tempo útil e já terá feito um investimento muito razoável na sua campanha.
Sem imagem de perfil

De Alper a 24.01.2017 às 22:14

Sim, embora não seja explícito poder-se-à inferir que existiu uma tentativa de candidatura conjunta com PMR.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 22:24

Não é claro, mas creio que é uma hipótese forte, até porque surgiram dois ou três nomes inicialmente associados a Pedro Madeira Rodrigues.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 24.01.2017 às 22:19

Já elogiei a coragem de PMR ao apresentar a sua candidatura. Parece um homem sério e competente e que o faz pelo Sporting.Também considerei que esta candidatura ainda não aparece com dinâmica de vitória. Tenho estado à espera que apareçam outra(s) outras candidatura(s). Não para dividir mas para unir. Uma candidatura que congregue as diversas sensibilidades oposicionistas. É certo e sabido que muitos adeptos estão anestesiados pela eficaz propaganda do situacionismo, vendo apenas o fogo fátuo da realidade. Parece que muitas figuras importantes da oposição não querem sair da sua zona de conforto. A candidatura de PMR, se for a única que vai a votos tem que ser mais eficaz. Montar um discurso rigoroso e coerente. Mais que promessas avulsas. Não pode dizer e desdizer como no caso do treinador. Como princípio, bastaria referir que cumpre os contratos assinados, e que decidiria em função das circunstâncias. É preciso desmascarar a gestão brunista e não apenas em relação aos resultados desportivos. É preciso um balanço rigoroso. É preciso acentuar que para além da basófia, esta Direcção não acrescentou nada à sustentabilidade do clube. Antes pelo contrário. Se não se constituir uma alternativa forte, BdC ganha e o Sporting perde.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 24.01.2017 às 22:35

Não é só o futebol. Que sentimento se pode ter quando o presidente se acha o dono do clube?

Querer ganhar com isto? Por mim pode ser, mas não me diz nada...

Agora vai casar com a namoradinha no dia 1 de Julho, que é o dia do aniversário do clube e da gala do Sporting! Loool

Quem quiser aturar com isto por mais 4 anos que ature! Lol
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 22:40

Não sabia dessa. A sério ???

Confirmando-se, é uma autêntica palhaçada. Isso seria levar o oportunismo a um extremo ridículo.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 25.01.2017 às 13:01

Sim, pode ver aqui:

http://caras.sapo.pt/famosos/2017-01-22-Bruno-de-Carvalho-ja-esta-noivo-de-Joana-Ornelas
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 24.01.2017 às 22:43

Como o Rui Gomes sabe, sou Benfiquista.
Leio este e outros posts e vejo as noticias sobre o Sporting e, cada vez mais, vejo repetida no vosso clube a história recente do meu.
BdC e LFV, aparentemente duas personalidades em extremos opostos, gerem o clube e esta fase de eleições de modo em tudo semelhante. O discurso, os erros cometidos no início dos mandatos, o esvaziamento da oposição, a omnipotência, tornam-nos quase gémeos.
Como LFV já anda nisto há uns anos, e já atingiu um patamar de onde só sai quando quiser, depreendo que BdC lhe siga as pisadas, na esperança de se perpetuar por bastante tempo na presidência do vosso clube. E provavelmente irá consegui-lo...
Num caso como noutro, as massas seguem-nos quase cegamente, a maioria sem colocar o que quer que seja em causa.
É apenas uma opinião, sem segundas intenções, ok?
Cumprimentos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 23:07

Caro João Gonçalves,

Para ser sincero, nunca escrevi muito sobre Luís Filipe Vieira, embora, como deve imaginar, não tenho uma opinião muito favorável que para o caso não interessa agora explanar.

Curiosamente, tive ocasião de lidar com ele uma única vez - creio que até referi aqui no blogue - e foi muito simpático. A meu pedido, para uma equipa amadora de futebol - cedeu 30 convites para a rapaziada assistir ao primeiro jogo oficial internacional no novo Estádio da Luz. Mesmo muito simpático.

Embora eu compreenda as suas considerações, creio que há diferenças distintas nas circunstâncias dos dois, já para não evocar as suas histórias. Bruno de Carvalho beneficia de uma enorme onda de apatia no universo leonino. Quem sabe e quem pode, não se quer dar ao trabalho de sair da sua zona de conforto. Exemplo clássico de Rogério Alves que, na minha opinião, derrotaria Bruno de Carvalho com relativa facilidade. E quem diz ele, há outros.

Bruno de Carvalho não foi eleito por uma vasta maioria de sportinguistas, mas sim por uma maioria de votantes. Grande diferença ! A sua falange de maior apoio centra-se num determinado enquadramento humano que se o apoia hoje, amanhã dar-lhe-á a proverbial facada, se as coisas correrem mal, e cada vez mais verifica-se isso. Se Pedro Madeira Rodrigues não der mais vitalidade à sua campanha, Bruno vencerá, mas com o passar dos dias, como aliás já está a ocorrer, o seu sustento vai-se corroendo. É só uma questão de tempo e de mais revelações da sua gestão a surgir na praça pública.

Sei que é a sua ambição perpetuar-se no trono, mas não vejo isso acontecer. Vai ter um caminho muito penoso pela frente e a máquina de propaganda não vai conseguir encobrir tudo.
Sem imagem de perfil

De mfd a 24.01.2017 às 23:33

Espero que o Rui Gomes não se importe que eu também opine.

Reconheço algumas parecenças, em abstracto, entre os dois mas no início dos respectivos mandatos e apenas pela questão da estratégia bélica que adoptou (e executava pessoalmente) contra o FC Porto, no caso de LFV.

Nas outras características que o caro João Gonçalves identifica e tenta comparar, encontro, no máximo, similaridades incidentais. Por exemplo, o caro João Gonçalves menciona o "esvaziamento da oposição". Ora, essa situação acontece ACTUALMENTE no Benfica, mas não se verificava no primeiro mandato de LFV. Com BdC essa situação acontece actualmente E no seu primeiro mandato.

Se queremos fazer comparações acho que devemos comparar o que é comparável e portanto a comparação deve ser feita, a meu ver, tendo por base os respectivos primeiros mandatos. Até porque nem seria justo para BdC estar a ser comparado a um LFV com 13 anos de lugar.

E era aqui que queria chegar e aproveitar para discordar (mais ou menos) com a sua conclusão. É que tendo por contexto os respectivos primeiros mandatos, a grande diferença que, pelo menos a mim, salta logo à vista é que LFV ganhou um campeonato! Diria que é uma diferença bastante relevante...

Quanto a BdC "se perpetuar por bastante tempo na presidência" concordo consigo que é o mais provável, mas obviamente acontece por questões completamente distintas, novamente. Um ganhou e tem ganho desportivamente, o outro ainda não ganhou mas não aparece ninguém que o ameace politicamente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.01.2017 às 23:44

Considerações a ter em conta, sem dúvida. Perspectivas algo diferentes, mas nem por isso merecem menos reflexão.
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 25.01.2017 às 10:09

Bom dia. Só agora pude ver os vossos comentários.
Obviamente que não vejo a presidência de BdC como um espelho completo da de LFV. Apenas detecto imensas semelhanças no estilo e no comportamento da maioria dos adeptos dos dois clubes.
É claro que o espaço temporal é bastante diferente, um com 13 ou 14 anos a frente de um clube, e o outro com apenas 3.
Quanto ao campeonato ganho por LFV no início do seu mandato, ele caiu assim um bocado aos trambolhões, com Trappatoni, embora eu não embarque nessas teorias do Estoril Gate e coisas do género.
LFV falhou imenso no início, se exceptuarmos esse campeonato. Foram diversos anos de seca até aparecer JJ no clube e, mesmo depois disso, ainda assistiu ao Tri do FCP de Vilas Boas e Vitor Pereira,
Curiosamente a contestação ao presidente nunca foi assim muito violente, tal como não é a BdC.
Nos dois casos detecto semelhanças e para mim, BdC é um aprendiz de LFV, tal como este foi de PdC.
Mas posso estar a ver mal o filme, claro
Sem imagem de perfil

De jpinto a 24.01.2017 às 22:47

Não se admirem se amanhã aparecer na famosa comissão de honra de BC

Acho que é mau para o Sporting não haver uma oposição mais forte, mas também não acho que fosse este a fazer alguma mossa.

Aliás na minha opinião, neste momento quem não votar BC, fa-lo mais por protesto do que propriamente por acreditar noutro projecto.

Assim na minha opinião, PM pode envigorar o que quiser que não é por aí que vai ganhar - o verdadeiro adversário de BC é o proprio BC e só ele pode perder as eleições

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo